# # #

Iniciação aos 15 no ônibus com um coroa + tia incentivando

1509 palavras | 19 |4.12
Por

Oi meu nome é Grazi hoje tenho 20 anos mas na época estava com 15.

Meu corpo se desenvolveu muito rápido, então desde sempre chamei atenção mas não ligava muito, andava de saia, vestidos e sem sutiã. Tinha uns peitos enorme e bicudos desde os 12 anos e um bumbum bem avantajado e redondinho.
Sou do interior e tenho uma tia que mora no centro, essa tia sempre teve um pensamento de submissão em relação aos homens e que as mulheres nascerem para servi-los seja no sexo, em casa em tudo!
Eu tinha muito contato com ela, porque ela vinha muito para o interior então aprendi um pouco desse pensamento dela, mas na hora de me vestir era um desastre, não gostava de sutiã e nem de calcinha as vezes, e ela sempre me dizia: “Grazi, seu corpo já chama atenção, se algum
Homem passar a mão você não pode reclamar, olha esses bicos do peito quase de fora”.
Eu sempre gostava de ver alguns pornôs, umas imagens, as vezes ficava esperando ser encoxada, mas ainda era virgem não sonhava em perder de forma mágica e maravilhosa mas sabia que esse momento ia chegar alguma hora.
Nas férias do final do ano acabei indo para casa dessa tia, chegando lá ela ficou espantada com meu corpo ( tinha me visto a última vez em julho), tava bem mais curvado e segundo ela parecia de garota de programa rsrsrs meu peito muito grande e bicudo, bunda enorme e cintura fina. Esses comentários que ela fazia não me deixava constrangida nem nada, sempre tive medo de me impor ou de negar algo, então sempre eu ria. Nesse dia que cheguei na casa dela ela me perguntou a cor da minha buceta: eu respondi “ rosinha titia, quer ver?” E ainda ri.
Tivemos vários momentos legais nessas férias, ela me aconselhou sobre várias coisas sobre sexo, porque sabia que eu ainda não tinha feito, me deu umas calcinhas bem pequenas, só com um fio atrás, igual aquelas que eu via nos filmes pornôs que curtia. Ela me fez entender que o fato de não usar calcinhas ou sutiã poderia significar que eu gostasse de ser observada pelos homens. E eu concordei com ela.
Passou uns dias ela me chamou para ir ao centro com ela para conhecer seu novo namorado. E eu fiquei animada com a ideia de andar pela cidade grande.
Estava muito quente e era de tarde, coloquei uma saia bem curta do jeito que gostava, sem calcinha e uma regata branca de alcinha.
Chegue na sala da minha tia que logo disse: “ menina, você não tá no interior não, mas pode ir assim, hoje você vai aprender como as coisas funcionam” eu sorri peguei uma mochila e fomos.
Encontramos o namorado dela na rua debaixo e seguimos para pegar o ônibus, ele era um coroa grisalho, bem aparentado, não tinha um tanquinho mas tinha uma barriguinha normal. Não era feio nem bonito.
Assim que chegamos no ponto, o ônibus passou lotado. Era esse que íamos pegar, entrei meio sem jeito porque estava sem calcinha e nunca tinha pego um ônibus tão cheio em minha cidade, quando eu entrei já senti os olhares sobre meu corpo, quando fui passar na roleta já senti uma mão pegando em minha bunda. Respirei fundo, e avistei dois lugares de idosos sendo desocupados logo ofereci para minha tia e seu namorado. Ela sentou na janela e ele não quis sentar, cedeu o lugar para que eu sentasse e ficou ao meu lado segurando na pilastras.
Logo entendi o motivo dele ter me cedido o lugar. O ônibus balançava muito e minha saia subia demais mas estava tampando com a mochila que levei, minha tia logo pegou minha mochila e disse “ eu levo para você Grazi, fica a vontade” eu não questiono nada, tirei a mochila e entreguei para ela, pronto! Minha saia só estava servindo para tampar meu grelinho porque de resto, já estava bem a mostra, na medida que o ônibus balançava meus peitos pulavam e como são bicudos ficava difícil segurar totalmente dentro da regata, mas me senti bem naquela situação. Engano meu, olhei para cima e vi seus olhos fixos em meu corpo, ele não estava paralisado, apertando seu pau por cima da calça, minha tia percebeu que eu vi e disse “ viu o que sua roupa esta causando, se você gosta disso, aproveita, não tenta arrumar a saia, deixa ele te olhar, ele precisa disso” , mais uma vez escutei minha titia, relaxei mais no banco, em uma das balançadas do ônibus fingi que não vi o bico do peito aparecer, olhava para ele e cada vez seu pau tava maior. Ele começou a roçar seu pau no meu ombro, minha tia me incentivou a chegar com o
rosto perto do pau dele, eu fiquei com medo mas ela foi me empurrando e cheguei com as bochechas bem pertinho daquele pau duro, fingindo que não estava acontecendo nada, servindo de atração para aquele coroa. De repente senti um molhado, ele tinha gozado. Achei que tinha acabado ali, mas minha tia me disse para ceder meu lugar para uma senhora que estava vindo.
Prontamente me levantei, e fui quase que obrigada a me posicionar em frente ao coroa safado, quando estava me levantando minha tia falou baixinho “ aproveita e faz tudo que ele pedir”.
Lá estava eu, com uma saia curta sem calcinha e com peitos enormes que já estava sendo desejados.
Ele começou a roçar aquela rola por cima da saia, eu empinei meu bumbum, queria aproveitar e satisfazer aquele homem, afinal eu tinha me vestido para isso, quando ele sentiu que estava sem calcinha soltou um palavrão em meu ouvido “ sua filha da puta, vou ter que te comer aqui mesmo” eu balancei a cabeça dizendo que sim, eu tava pronta, eu queria ser comida.
Quando ele começou a colocar a cabeça não entrou, eu era muito apertada, tentei empinar ao máximo, as pessoas ao lado nao percebia nada, ele tentou novamente e nada. Fiz a negativa para minha tia, balancei a cabeça, não tava entrando. Ele tava ficando nervoso e eu também!
Então ele tentou com o dedo e entrou, eu gemi, a senhora que estava sentada em meu lugar perguntou se estava tudo bem, eu disse que sim, começou a puxar assunto e eu só queria rebolar naquela pica, mas não entrava, eu decidi que ia ser mais cara de pau, se alguém percebesse pelo menos eu estaria rebolando em uma pica.
Empinei bem meu cuzinho, nessa hora quem não
Tinha visto viu, empinei tudo, ele foi mais para trás e colocou de uma vez na buceta. Eu gemi alto, não aguentei, a senhora perguntou se estava tudo bem, e eu comecei a rebolar ignorando ela e olhando para minha tia que batia uma nela mesma, escondendo pela mochila.
Um homem que estava ao meu lado percebeu a movimentação e começou a pegar nos meus peitos que nessa hora já estavam praticamente de fora, o ônibus tava muito cheio quem não estava muito perto não via, quem tava perto de mim era a senhora, minha tia, o coroa me fudendo o homem que apalpava meu peito e mais uns dois homens.
Meu titio emprestado tava acabando com meu cabacinho e eu tava adorando, ele gozou dentro, eu não consegui gozar dessa vez, o homem que tava apalpando meu peito tentou ir para o lugar do titio, naquele esfrega, esfrega acabou chegando atrás de mim, eu tava com porra na perna toda, ele chegou dedando minha buceta, me chamou de puta levantou minha saia sem nem olhar se tinha alguém vendo, mandou eu empinar meu rabao e começou a me comer, meu titio me olhava de longe e tocava em seu membro, minha tia estava na terceira siririca já! Eu estava amando proporcionar prazer para tanta gente, não tava me importando se alguém tava olhando ou não, eu sou queria rebolar naquela pica enorme que me comia, a senhora que estava sentada em meu lugar percebeu o gozo descendo, e notou a movimentação, minha tia disse para ela “ deixa a menina, tá dando prazer para os homens, tá certa” a senhora ficou envergonhada e logo desceu eu pedi para o homem parar porque eu queria sentar um pouco, ele não deixou, eu tentei sair um pouco, ele disse que não tinha terminado, eu cedi, fiquei lá sendo penetrada diversas vezes até ele gozar dentro tambem! Ele queria meu cuzinho mas logo sentei na cadeira, estava toda cheia de gozo, mas estava feliz e satisfeita!

Tenho outras histórias! Comenta aí se eu sempre fui uma
Puta!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,12 de 57 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

19 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder [email protected] ID:1e7y7fs5t81g

    Muito gostoso o conto. Quero uma exibida assim para mim. Mas real que saia sem calcinha, peitos soltos, roupas coladas e curta..bem PIRIGUETE mesmo..adoro..Me escrevam..

  • Responder Grazi ID:13q50ytqs3p5

    Eu tenho um relato bem gostoso de quando meu titio emprestado me comeu junto com a minha tia que me iniciou, vocês preferem que eu conte esse ou vou direto para o dia que dei meu cuzinho?

    • Incrédulo ID:1evkkdl5b7wf

      Pensa num conto mentiroso e mal contado kkkk vamos fingir realmente que isso aconteceu bem na entrada do ônibus e ninguém viu Kkkk pelo amor, tem que ser muito ingênuo para acreditar nisso

    • Darkness232 ID:1dak5ba4qi

      E quem liga se é mentira ou verdade? A gente quer é gozar lendo

  • Responder Micheli ID:19f65gs4vhf0

    Tive que trocar de calcinha depois que li esse conto! Que delícia! Meu sonho é ser arrombada assim no ônibus! Já saí sem calcinha e recebi apenas umas apalpadas. Eu penso igual sua tia! Tem que aproveitar e deixar que eles aproveitem. Sempre que saio tento deixar alguma brecha: um saia sem calcinha, camiseta sem sutiã, uma empinada, quando vou em clube então, direto deixo um pedaço da buceta aparecendo e finjo que não tô vendo! Já dancei forro sem calcinha com um senhor que só de lembrar fico com vontade de gozar.

    • Fudedor ID:1d60uctr27gi

      Que ônibus vc anda?…kkkk

      Só tive esse prazer uma vez no metrô, da sem querer, tava tão cheio, a menina parou bem na minha frente, não deu pra segurar, a rola endureceu, ela se ligou e não saiu, aí aproveitei, pena que tinha muita roupa, senão ia gozar na bunda dela, tô escrevendo de rola dura,

  • Responder Tourodovale ID:j4wkhzs1mqx

    Amei os peitos bicudos..e quero uma assim como vc ou vc mesma no meu email: [email protected]

  • Responder Saturno ID:16p0ucrvj37c

    Devia coloca uma foto sua pra gente ver

    • Marcone ID:g62bi298j

      Que sorte do cara a se fosse eu comendo vc

  • Responder Jhon17 ID:gqbjdjbd1

    Eu já tive essa sorte, tava num ônibus muito lotado, aí eu tava em pé lá no fundão, de repente 3 garotas de mini saia ficam em pé em volta de mim, aí uma delas começou a esfregar a bunda no meu pau, eu n aguentei e fiquei de pau duro, as outras garotas estavam cada uma do meu lado meio q tapando a visão das pessoas ao redor.

    A garota q estava se esfregando em mim colocou a mão pra trás e tirou meu pau pra fora, em seguida ela levantou a saia e começou a esfregar meu pau no meio da bunda dela, vez ou outra eu via as amigas dela passando a mão nas bucetinhas delas, de repente a garota segurou meu pau colocou na entrada do cuzinho dela e começou a força a bunda contra mim, depois de um pouco de esforço, meu pau entrou dentro dela, daí foram uns 15 minutos dela dando o cuzinho pra mim, aí eu gozei dentro.

    Assim q eu tirei as amigas dela começaram a passar a mão na porra q tava no meu pau e a lamber os dedos, eu ainda fiquei com o pau roçando na bunda dela por mais uns 10 minutos até q chegou o ponto delas.

    Antes de descer uma das garotas me deu um papel com um número de telefone, q era da garota q eu tinha comido, depois q elas desceram eu olhei em volta pra ver se alguém tinha percebido, e uma mulher tava me encarando de uma maneira q eu tive certeza de q ela tinha percebido.

    Depois cvs com a garota por msg eu descobri q ela tinha 15 aninhos, e as amigas dela uma tinha 17 e a outra 14, eu peguei ela mais umas duas vezes, e peguei as amigas dela tbm, uma na frente da outra, elas n se importavam com isso.

    A de 14 anos era virgem ainda e na época ela só quis dar a bunda pra mim, a de 17 fodia como uma profissional, foi umas das melhores garotas com quem já foi, a gente fodeu no quarto dela com as amigas dela lá no quarto com a gente.

    Mas ter fodido a garota no ônibus foi uma experiência maravilhosa e única, uma mistura de tensão e prazer, só quem já fez sabe como é

    • Grazi ID:1djqyojaguuc

      Que delícia essa história, tenho várias também que fui andar de ônibus só para ser enrrabada fico louca só de pensar, no fim é sempre igual avistou uma sainha no ônibus pode ir que é gozada garantida. Não entendo mulher que não gosta é tão prazeroso!

  • Responder Jaqueline ID:1djqyojaguuc

    Meninas que andam sem sutiã e calcinha só querem uma coisa: pica.

    • Rafaella ID:7xbyxpzfib

      KKKK, Jaqueline sua exagerada… pica não, PICAS !!!

  • Responder Marcelo ID:1djqyojaguuc

    Que putinha safada você hein? Deu para um velho para satisfazer ele, tá certa! Da próxima coloca mais detalhes! Adoro relatos de ônibus se alguém tiver ou você tiver mais algum, conta aí!

  • Responder ninfetadeveio ID:t3pow76tnma

    Que delicia tua história!
    Eu também amo dar pra homens mais velhos, me sinto uma putinha safada 🤤

    • Zeca ID:8k4je3020a

      E quantos aninhos vc tem

    • Grazi ID:1djqyojaguuc

      Conta suas histórias para gente! Estou doida para ler esse tipo de putaria!

  • Responder Jg ID:b94yeta5lyw

    Boaa grazii conta mais

    • Grazi ID:1djqyojaguuc

      Tenho várias histórias dessa época e de antes também rsrsrs desde os 12 eu já era encoxada e depois dessa transa no ônibus tenho várias, qual estilo prefere?