# # #

Aconteceu de novo, Outro viadinho encantou-se por mim

1236 palavras | 6 |4.00
Por

Viadinho Novo doido para brincar me perguntou se eu gostava da brincadeira

Olá, Me Chamo Dan e já escrevi um conto nesse site, Conto antigo e verdadeiro “Fudendo o Cuzinho do JP”

Trabalho com delivery em um comércio local e já faz tempo que estava quieto, Sem nem uma foda livre.
Não sei explicar mas essas crianças de hoje em dia são muito inteligentes e avançadas, Tenho 23 Anos mas tomo liberdade para dizer.
Que geração mais safadinha, No meu bairro tem garotas de 13 a 16 anos que dão de 10/10 em qualquer mulher de academia, O que estão dando para essas novinhas? Fermento?
E são daquelas que o olhar é inocente como de qualquer criança ou adolescente da idade delas mas já flagrei muitas vezes elas saindo de dentro dos matos com alguns cara aqui da região. adultos, Casados, País de família e metendo a rola nas novinhas, E eu aqui esperando elas amadurecerem para não dar B.O, Mal sabia eu que já tinha alguns apressadinhos comendo verde mesmo.

Bom vamos ao conto, Tenho que afirmar que infelizmente ou felizmente(Depende da situação) tenho um certo chama pra viado, Não sei dizer o que é mais parece que quando eles me conhecem automaticamente o cuzinho deles piscam e decidem me dar.

Estava trabalhando quando chegou um conhecido da família, Eu já suspeitava que o garoto era fruta mas nunca conversei com ele nem nada.
Ele passa por mim e fala:

Ele: Oi, Tá saindo pra fazer entrega agora? Posso ir contigo?

Eu:Pode sem problemas

Davi, Moreninho de 11 Anos, Magrinho e sapeca criado pela a avó.
Como eu poderia recusar?

Eu:Claro Garoto, Pode sim, Mas antes você precisa avisar sua Avó

Ele: Ta tranquilo ela não liga, Vivo saindo com o pessoal da outra rua.

Eu: Ok, Então sobe aí.

Ele subiu na moto empinou a bundinha magrinha dele como se fosse uma panicat.

Conversa vai e conversa vem perguntou o motivo dele querer vir comigo, Ele disse que me achou muito bonito é que tava curioso sobre mim, Perguntei:

Eu: Sobre oq você tá curioso?

Ele: Não é bem tipo uma curiosidade é mais uma dúvida.

Eu: Tá me fala então, Qual a dúvida?

Ele: Então queria saber se você já tinha ficado com um Menino igual eu.

Me toquei logo onde ele queria chegar e respondi.

Eu: Por Que a dúvida? Se você não contar a ninguém talvez eu te fale.

Ele: vai me fala por favor, Não vou contar a ninguém prometo.
Se você falar eu falo também.

Eu: Sim, Já como um garotinho da tua idade mas já faz muito tempo.

Ele: Sabia que se eu viesse falar com você ia dar certo.

Eu: O que ia dar certo?

Ele: Então, sabe o meu irmão?(Ele tem um irmão adotivo que tem 25 anos de idade.)

Eu: Sim oq tem ele?

Ele: Desde de que ele casou eu sinto falta, Ele vai lá na casa da minha vó as vezes mas não é mais a mesma coisa, Ele já é casado então acho que não quer brincar mais comigo.

Eu: E Como ele brincava com você?

Ele: Ah ele colocava a pau dele pra fora e pedia pra eu chupar, Chupava minha bunda e colocava a cabeça as vezes, Mas doía muito e eu pedia pra ele parar.

Meu pau ficou igual pedra na hora.

Eu: É mesmo Davi? Acho que posso te ajudar mas me conta mais oq ele fazia e como ele fazia?

Ele: Desde de quando eu tinha 7 anos ele brinca assim comigo, ele que me ensinou e eu gostei, Sei que é errado pq ele é meu irmão e me pede segredo, Mas eu gosto.

Eu: Pensando caralho, Que filho da puta. comendo um Viadinho infantil de primeira linha sozinho?

Eu: Então Davi eu vou terminar essa entrega e a gente para em algum canto escuro e com muita mata ta ok?

Ele: Tá Sim mas vai logo, tô ansioso.

Foi o que fiz parei em um local mais afastado das casas.
Onde geralmente os Adolescentes do bairro vão para ficar mais avontade durante o dia.

Como era uma noite de domingo eu sabia que ninguém ia aparecer lá.

Levei o putinho e perguntei por onde ele queria começar.

Eu mal terminei de falar ele já foi baixando os shorts e a cuequinha, Empinou na árvore e ficou esperando.

Admirei por uns segundos aquela bundinha moreninha, Cuzinho pretinho com tons avermelhados.
Que delícia aquele meninozinho ali só pra mim, A quanto tempo eu não me deliciava em uma sacanagem dessas.

Davi parece aqueles meninos de favela.

Eu: Calma safado sei que você quer pica mas vai ter que chupar primeiro.

Ele abocanhou minha rola com maestria, Babou muitoo

E novamente empinou.

Davi como disse era magrinho é minha rola não é grande mas também não é pequena, Foi sufoco.

Cuzinho apertado do garoto quase me fez desistir pela a demora.

Eu: Davi vou tentar mais uma vez, deixa entrar, Quando tiver com a cabeça dentro você faz força de botar pra fora(Força de Cagar) que ele vai entrar dessa vez

E assim o garoto fez

Eu: Tá entrando Davi, já tá com a cabeça dentro.

Ele: tá bom até aí, Pq vai doer se colocar tudo, Lembra que meu irmão coloca só a cabeça pra não me machucar?

Eu: Davi, eu não sou seu irmão, Você pediu e tá mais na hora de aguentar uma rola toda no cu que é para você ficar profissional.

Enfiei aos poucos e ele quase chorando da dor mas suportando como um mini guerreiro.

Ele:Aí aí tá doendo, Não mete mais pq senão eu vou chorar.

Eu parei por um instante de meter e deixei ele acostumar, O Cuzinho do Davi mastigava muito meu pau.

Eu: Davi agora que você acostumou eu vou continuar tá?

Ele: Tá mas vai devagar por favor.

Comecei aquele vai e vem no cuzinho quente dele.

No começo só era até o meio, Quando ele acostumou mesmo que vi que começou a gemer, Eu já tinha encostado o meus ovos naquela bundinha magra .

Continuei metendo cada vez mais e ele delirando na minha rola, O garoto gostava daquilo.
Dava pra ver que ele tinha nascido pra isso.

Pedi pra ele sentar na minha rola, Troquei a posição sem tirar de dentro, Sabia que ia ser difícil colocar novamente.
Não por causa do cuzinho dele apertado, Não.
A essa hora o cuzinho dele já tava todo arrombadinho.
O buraco já tava do tamanho de um limão.

Ele sentou com gosto e continuou sentando, Peguei no pintinho dele e ele tremou as pernas e mordeu meu pau com o cuzinho.

Eu: Você gostou?

Ele: Sim! Faz novamente.

Comecei uma punhetinha enquanto fudia o cuzinho dele, Desliva tanto que delícia, ele já tava sentando com vontade que fazia até o barulhinho ploc ploc.

Aumentei o ritmo da metida quando peguei ele pela a cintura e levantei, com a outra mão batia a punhetinha naquele pintinho de 6 cm.

Deu uma gozada farta no cuzinho dele enquanto ele se mijava segurando o pintinho e gemendo .

Foi uma delícia, Adoro sexo com sapecas dessa idade, Sendo menino ou menina.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 26 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Juquinha. ID:40von6ruzrc

    Eu também fui criado pela avó e parece que os homens já percebem que como tá sem um pai presente fica mais fácil de conseguir comer o viadinho. Com 13 levava pica do vendedor de bala q ficava na frente da escola.tudo a troco de chiclete e bala

  • Responder PE15 ID:w73hy49b

    Quando os 2 querem e muito bom

  • Responder Luiz ID:3v6otnnr6ic

    Olha eu tinha 11 anos quando dei para um adulto ele tinha acho que 46 anos me arrebentou todo mas me comeu nesse dia 3 vez era uma sexta feira na terça feira ele me comeu novamente eu nunca senti dor sempre tive tezao em da o cu e logo ja estava dando para varios adultos, o viadinho ja nasce feito e tem que ser tratado como vc fez meter sem pena nunca pense no cu do viadinho pois nossos cus foram feitos para receber rolas de qualquer tamnho

  • Responder Garoto novinho ID:g61zb7344

    Tenho 11 tb e quero ser levar rola e ser iniciado por um macho mais velho que eu

    • Garoto novinho ID:g61zb7344

      Olá Salviano

    • Atv23cm ID:on93n2xv9a

      Deixa seu contato