# #

A mamadeira do Tio Vini I

1687 palavras | 11 |4.50
Por

Depois que subi para o meu quarto, o tio Vini bate à porta. Eu sabia que o safado queria se aproveitar de mim também e quase fomos pegos haha

Eu juro que não entendo vocês. A gente escreve conto, acha que está indo bem. De repente as notas baixam.Não farei mais contos longos. Gastar horas para tirar nota 1…como me deram vários!

Já no meu quarto, deito-me na cama e me cubro até a cintura. Eu estava com tanta raiva do Gabs e ainda havia o banho de água fria do tio Vini. Eu balancei a cabeça pensativo. Peguei meu celular e fui distrair minha mente no app de mensagem.

“Oi, querido. É a tia Helena. Tudo bem? Eu não consigo falar com o Gabs. Ele foi dormir aí, o Fernando me disse! Dê recado a ele, boa noite!

Eu só encaminhei a mensagem para ele que visualizou. Eu então vi mensagem do tio fê.

“Acordado, safado?”

“Oi, lindo. Tô sim!”

“E o Gabs tá contigo na cama?”

“Não, ele dorme no sofá!”

“Tem medo da cobra te picar hehe”

“Bobo”

“Eu queria te ver antes de sábado, ainda faltam 3 dias”

“A gente vê, amanhã não posso!”

“Eu vou pensar e te falo. Tesão tá grande aqui!”

“Mostra”

Ele então, me envia um vídeo masturbando aquela chapeleta. Eu levo a mão ao meu pau e massageio. Aquele pau saindo do buraco da samba canção e a mãozona descascando aquele calibre grosso. Mas sou interrompido por batidas na porta. Eu olho a mensagem do Gabs

“Desculpa, mano. Como eu iria dizer que te peguei para um desconhecido”

“Eu não vou abrir a porta, esquece!”

“Eu não tô na porta, eu acho que é outra pessoa, cê vai abrir?”

“Não é da sua conta”

“Verdade. Então, boa diversão!”

Eu só visualizo e não respondo mais. Decido abrir a porta, mas antes passei um perfume docinho. Assim que abro o tio Vini estava lá segurando um prato com 2 pedaços de pizzas e um copo de suco.

-O Gabriel pediu para te entregar!
-Ah, foi! Valeu!
-Agradeça-o depois
-Tá certo
-Então, vou nessa

Eu não me contive e falei

-Não vá, tio Vini.
-Não faz isso, por favor
-Seu olhar diz que você quer, mas cê que sabe!

Eu me viro para deixar as comidas na escrivaninha, quando escuto a porta fechar e me viro. Ele está lá parado olhando para mim.Eu me aproximo dele e seguro sua mão, em seguida o guio para minha cama. Ele fica em pé e eu me com os braços para trás escorando meu tronco e fico o encarando.

-Porra, mano, o que tô fazendo?
-Ainda nada rsrs
-Cê tem medo de quê?

Eu volto para mais próximo e toco no seu calção que já marcava um pouco o pau. Eu o olho. Ele alisa meu rosto com o dorso da mão e aperta minha bochecha e eu cheiro por cima do calção.

-Tem quantos anos?
-Vou fazer 13 mês que vem rsrs
-Seus pais sabem?

Eu baixei seu calção e cueca, o pau estava meia bomba. Era um mastro lindo, do jeito que imaginei, branquinho da cabeça rosada coberta pelo prepúcio. Eu acho que tinha uns 19 a 20 cm. Eu alisei aquelas coxas grossas, subi minhas mãos sempre o observando, apertei suas nádegas, que durinhas eram.

-Sabem o quê?

Ele me levanta e coloca-me em seus braços. Cruzo as pernas nele, e com as mãos aliso as laterais do seu rosto indo para seu cabelo e apertando entre meus dedos até cruzar uma mão na outra na sua nuca.

-Que vc é gay?

Eu me aproximo da sua orelha roçando meu rosto no dele e falo ao pé do ouvido

-Só não sabem que sou depravada assim! rsrs

Ele ri e cheira meu pescoço, que inclino a cabeça me arrepiando. Uma mão entra no meu reguinho enquanto o outro braço me sustenta sozinho, ele era tão forte. Ele chega ao meu botão que estava bem inchado e pressiona. Eu gemo e mordisco seu ombro forte.

-Ai, safada. Tá deflorado?
-Tá, tio Vini
-Quer mamadeira?
-Hunrum

Eu sou colocado no chão, ele retira a camisa e fico olhando aquele peito de mamilos rosados. Eu sentado na cama empurro seu corpo para vir mais perto. O seu monumento já estava duro e o cogumelo visível.

-É lindo esse morango rosinha
-Hehe então chupa, putinha
-Sluup…hum…
-Isso…chupa o tio
-Arrg…arrg…
-Aii…cê já engole assim, safada

Ele não espera que eu já estava ficando craque na arte da garganta profunda. Ele segura minha cabeça e puxa para eu o olhar. Dá um tapinha na minha cara e balança o pau de um lado para o outro do meu rosto. Eu o seguro novamente

-sluup…sluup…humm que delícia tio
-Que ninfeta do caralho, mano
-Humm…hummm…
-Segura o fôlego…ai
-Arrg…Cof…Arrg…sss…
-Issso…engole essa pica de macho
-Arrg…Cof…Cof…ai…gostoso
-Já tá chorando na pica do tio

As lágrimas escorriam pelo meu rosto, ele como era branquinho já estava com o rosto vermelho, ele trincava a boca forçando para que eu engolisse cada vez mais.

-Só a cabecinha, suga…ai
-Assim…Sluup…Arrg…hum
-Issso…faz essa boca de xoxota
-Arrg…hum…hum…
-Porra, que tesão do caralho…ai
-Tá gostando…Arrg… tio Vini?
-Shiii…mama sem parar…humm

Ele me chamava de tanto nome, meu cuzinho piscava muito e meu corpo se arrepiava. Eu levanto minha mão e aliso seu abdome, que delícia de macho.

-Humm…Sluup…arg…
-Mama…não para…ahh

Ele estava muito vermelho, era um delícia de ver. Ele segurava com as duas mãos minha cabeça e empurrava para engolir num vai e vem frenético.

-Arrrg…cof…Arrg…arrrg
-Não vomite puta

Como ele era mais alto o pau descia inclinado para baixo com mais facilidade.

-Mama, vadia. Você queria o casado
-Arrg…hummm…adoro um casado…Sluup
-Já deu muito, hein? Vai dar para o tio…aii issso
-Se eu conseguir você será o 3 de hoje…hehe

Olhei para ele que arregalou os olhos, eu não aguentei e ri da cara dele, que deu tapa na minha cara.

-Fique de quatro para eu ver esse cuzinho arrombado
-Sim, gostoso

Eu me posiciono na ponta da cama e ele abre as duas bandas para ver meu reguinho. Ele mete um tapa mesmo na flor, dói que eu vou para frente. Ele me puxa de volta

-Relaxa o botão, deixa eu ver
-Nossaa…que florzinha desabrochando

Eu de repente sinto sua boca tentar me sugar e dou um gemido.

-Gosta, né? Sluup…Sluup
-Ain, tio, chupa meu grelinho

Ele subia e descia sua língua áspera me fazendo delirar de tesão, puxava com seus lábios meu botão que doía e me dava prazer ao mesmo tempo. Ele sobe lambendo meu rego e depois beijando minhas costa. Seu pau agora roçava meu cuzinho. Ele chega ao meu pescoço e beija

-Posso meter, delícia
-Devagarzinho, tio
-Vai ser com carinho, até você se acostumar, safada

Eu escuto ele cuspir e seu dedo penetrar, enquanto ele pentrava, mordiscava minha bunda.

-Ain…isso, meu macho
-Eu sou o quê?

Eu sinto o tapa forte

-Aiiin…meu macho
-Isso mesmo, putinha

Dois dedos agora tentavam me penetrar, eu forçava para relaxar, tava assado já, a dor era grande. Será que eu conseguiria dar.

-Ain…calma,tio. Tá queimando
-Tô parado…não aperte, apenas relaxe

Ele permanecia com ambos os dedos dentro, mas começa a beijar minha bunda e lamber. Ele era carinhoso, mas eu estava de cara na cama, prendendo o grito o máximo possível. Ele começa a movimentar lentamente os dedos, sinto que ele cospe novamente. Será que ainda tinha lubrificante lá no banheiro?

-Ain, tio. Vá no banheiro ver se tem lubrificante em cima do suporte de sabonete
-Safada, cê deu no banheiro hehe

Ele saiu, eu me deito na cama de barriga para cima e levo minha mão ao meu cu, erguendo minhas pernas. Ele volta e vê a cena. Eu tampo meu pau, não sei se ele queria ver

-Que delícia, quer assim é? Não precisa tampar o grelo

Ele vinha com a embalagem na mão e a joga na cama. Sobe por cima de mim, beijando meu abdome e retirando minha camisa. Ele vê meu mamilo vermelho com marca de chupão. Ele para e olha para mim

-Quem fez essa porra deveria levar um murro. Vai demorar a sair, viu?

Ele beija meu mamilo e suga, Ain ele sabia mamar melhor que os outros dois. Deveria chupar muito as tetas da tia. Eu seguro sua cabeça e desço alisando seus braços fortes.

-Peitinho de mocinha cê tem
-Chupa…tio
-Cê toma hormônio é? Esse biquinho
-Não tomo rsrs, puxei ao papai. Ele tinha peito, teve que fazer cirurgia…Ain…chupe
-Você nem vai querer fazer, né? Fêmea tem que ter peito para mamar…hum…delícia

De repente eu escuto a porta bater. Eu não acredito que o Gabs estava me atrapalhando. Ele então se levanta e eu ponho um roupão meu. Abro a porta e ele está desesperado.

– A mulher dele desceu as escadas para beber água
-PQP, vá logo. Diga que tava, deixe eu pensar….
-Anda, eu digo que tava onde?
-No terraço, você sobe essa escada ali. O Gabs vai dizer que ouviu barulho da porta do terraço. Vai!

Gabs coça a cabeça e desce as escadas, e quando me tranco no quarto com meu coração a mil. Já pensou se somos flagrados, o cabaré estaria formado hahaha

Em respeito aos que sabem dar os devidos créditos, posto esse que eu já havia começado…mas a pessoa perde até a mão com um feedback tão ruim!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 116 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

11 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Romana Almeida ID:1daic2ct0j

    Eu estou gostando muito do seus contos vadiazinha e guerreira de perder a virgindade e da pra 3 no mesmo dia continue com força os seus relatos vou fazer o meu TCC expirada em você putinha safada

  • Responder Antony ID:1cxk2lsv7v11

    Cara não te preocupa, este teu conto é um dos melhores que li até hj,vc tem nota 10 comigo.
    Vc independente de comentários ruins ou bons, vc educadamente responde, alguns com tristesa, é normal.
    Outros que se sentem escritores até nos bloqueiam se o comentário não for bom,e sem falar que levam meses pra postar um capítulo.
    O pior é que estava lendo um conto que está estacionado no EP 53 a meses e ele já poderia encerar o mesmo pois está tão explícita o final da história que ele não precisaria mais perder tempo,acredite eu e no ep3 vc já concluí todo o enredo da história?
    Lastimável, sem contar que na história deixa bem claro que um gay apaixonado deve deixar ser espancado,cuspido, traído na sua frente, não ser respeitado,ser inclusive usado pelo seu amante com o aval do pai do mesmo.
    Simplismente esta é denegrindo a classe LGBTQIA+.
    Lamentável.
    Mas vc por FAVOR não pare de escrever estou amando.

  • Responder Tô curtindo. ID:1e6vx5omb7n9

    Gato, preste a atenção!
    Tem um Luiz, que inclusive já comentou aqui, que nada tá bom pra ele.
    Faz o teu, não deixe que influencie na história.

  • Responder Luiz ID:3v6otnnr6ic

    Eu gostei mais de quando vc deu para o tio Fe foi mais tesao nao entendi as notas baixas mas agora vc ta feliz to ansioso esperando o sabado

  • Responder Mato Grosso 7 ID:1d47p4sb5l19

    Meu tá cada dia melhor , todos os seus contos são muito bons! Falta apenas você deixar uma foto de como ficou seu burraquinho. Kkkkk.beijos sua safadinha

  • Responder Santarem ID:wc612n8l

    Jaquero a parte dois 😍😍

  • Responder Nick ID:gqbuwrd9d

    Nota mil pelos seus contos.
    Parabéns

    • Lukaz ID:1dy5mg0ck84p

      Eu estou amando, e muito bom ler contos com essas histórias. Só não deixe o menino muito chato, tipo cheio de frescura.

  • Responder Emerson itabuna ID:8cipdgx5m4

    Seus contos são perfeitos, se alguém da nota baixa deve estar com inveja.
    Continua por favor estou amando Seus contos 🥰

    • Santarem ID:wc612n8l

      Tentei dar nota 5 aqui, mas o app não deixou não sei pq. Perfeito, eu ja estava quase gozando se não fosse a tia atrapalhar kkk

    • Romana Almeida ID:1daic2ct0j

      Eu também as vezes tenho problemas de da 5 estrelas 🌟 e o site tem o hora que dá bug