# # # #

Realizando meu sonho

1183 palavras | 2 |4.40
Por

O dia em que eu realizei um sonho mamando meu pai

Oi meu nome e Daniel e meu pai Eduardo

Eu tenho 13 anos na época do conto eu era Meio gordinho Cabelo pequeno e meio crespo pardo 1.50 mais ou menos de altura

Eduardo meu pai tinha uns 35 na época pardo tbm Barriga de cachaça porém magro tipo ele e magro mais tem uma barriga de cachaça enfim O cabelo dele é igual o meu Ele é até atraente

Vamos la era um fim de semana e todo o fim de semana eu ia pra casa do meu pai com a minha irmã mais nova ela tem 6 anos

Nesse fim de semana meu pai e minha madrasta tinham brigado então ela foi pra casa do pai dele e eu minha irmã e meu pai íamos ficar sozinhos Na casa com ele aquele fim de semana

Eu nunca fui tão próximo do meu pai éramos Distantes já minha irmã era colada nele um tanto incomum mais ok né

Enfim era domingo meu último dia na casa dele ele tinha discutido com a minha madrasta

Eu tava na sala sentado jogando no meu celular a minha irmã já tinha dormido era 10 da noite

Ele tava andando pra lá e pra cá discutindo por mensagem com ela Acabou que ele cansou largou o celular e saiu pediu pra eu cuidar da minha irmã

Edu”filho olha sua irmã aí vou ali no bar rapidinho tô de cabeça cheia”

Ele saiu e eu fiquei só em cas por 10 minutos ele voltou com uma caixa de cerveja

Obviamente ele começou a beber pra afogar as mágoas provavelmente

Ele ficou lá bebendo e bebendo e eu na sala jogando

Lá pras 11 da noite ele parou de beber Eu já tinha me tocado que ele tava Bêbado muito bêbado

Ele foi pro quarto e ficou mexendo no celular a porta aberta e a luz ligada ele tava quase caindo achei estranho ficar assim por causa de uma caixa mais tudo bem né

Eu fiquei na minha na sala eu tava com tzao e resolvi bater uma punheta fiquei na sala lá batendo uma e ele no quarto mexendo no cll depois de um tempo veio os pensamentos intrusivos

Eu fui ver oque ele tava fazendo

E me deparei com a cena dele batendo uma

Eu já tinha visto o pau dele muitas vezes mais nunca tinha visto duro ele tava vendo porno pelo celular

Eu fiquei batendo uma vendo escondido pela porta ele batendo tbm Nossa nem consigo Dizer assim sabe era uma pica bem escura uns 19 20 cm Grossinha cabeçuda

Eu continuei lá por um bom tempo depois eu vi ele levantar e corri pro sofá de volta

Me deitei no sofa bem sonso

E fiquei no cll ele saiu do quarto Sem roupa Duro como uma arma apontada foi pro banheiro pegou papel higiênico e voltou pro quarto

Era como se ele n tivesse me percebido ali

Só que depois de um 3 5 minutos ele apareceu do meu lado no sofá já mole infelizmente

Era a melhor chance de eu ver a pica dele

E falou

Edu”filh3 vai dormi vai chega já tá tarde”

Mega bêbado
Daniel”vou ir ja”

Eu falava pouco com ele so confirmei que eu ia dormir e fui

Eu dormia com ele minha irmã tinha o quarto dele na casa enfim

Eu fui pro quarto e me deitei

Eu tinha percebido a cama sacudindo

Eu me virei discretamente e vi ele tava se masturbando do meu lado

Ele gozou algumas vezes O motivo dele ter pego o papel higiênico

Eu fiquei la só vendo de perto Aquela coisa linda de se ver

Eu decidi tomar uma atitude e peguei nas costas dele

Pra ver se ele ia reagir se ele agisse de forma “sobria” eu ia começar um drama “a porque vc tá se masturbando do meu lado”

Mais se ele agisse como um bêbado eu ia tentar me aproveitar da situação

Quando peguei nas costas dele ele nem reagiu nessa hora eu tive certeza que ele tava bêbado

Eu peguei o braço dele com uma confiança e ele n fez nada ao falou comigo

Edu”oque foi?”

Daniel”pai posso te ajudar” (eu disse gaguejando de medo dele fazer algo ou estar figindo)

Ele deixou

Edu”pode”

Eu abri um sorriso na hora peguei no pau dele com a pau e ele deitado na cama

Eu comecei a brincar que nem uma criança

Eu olhei cada.parte do pau dele depois eu lambi a cabeça as bolas depois tentei pagar um boquete ele reclamou que eu bati meus dentes

Entao me esforcei mais e com cuidado coloquei o pau na minha boca e comecei a mamar ele

Era uma sensação tão Boa e sem graça ao mesmo tempo eu nao sentia prazer mais eu sabia que ele tava sentindo.prazer e pra mim era oque importava

Eu continuei mamanda a cada sugada era uma explosão de alegria eu mamei ele mamei e mamei

Depois de um tempo eu parei e comecei a chupar os mamilos dele como eu via em uns pornos

Mais ele aparentou não gostar

Então voltei a mamar o pau dele todo babado nossa era ótimo

Aí ele gozou eu cuspi na hora nunca tinha provado ent fiquei com um pouco de nojo

Só que depois de gozar ele gemeu e começou a me agarrar

Ele me agarrou me beijou na bochecha no pescoço ficava falando sacanagem no meu ouvido coisas que eu nem me lembro

Eu só lembro que foi cada beijo incrível

Eu nao sabia beijar mais ele sim e foi ótimo

Depois ele Foi me virou e Começou a lamber (nao chupar) o meu cu eu achei bem desconfortável não era como se fosse ruim mais tipo eu n tinha feito chuca nem nada ent vcs já imaginam

Depois de chupad meu cu ele colocou o dedo ai foi incrível ele enfiou o dedo Muito fundo ficava remexendo lá dentro foi uma delícia total

Ele cuspia metia o dedo enrola sacudia era tão prazeroso que eu revirei mais olhos

Só que do nada ele me pegou me deitou e começou a me chupar eu achei incrível a boca dele quentinha só que ele tava machucando muito mesmo os dentes provavelmente ele nunca fez isso ainda mais bêbado

Piorou

Ele deitou de volta eu n perdi a chance pq percebi que ele dormiu e comecei a tirar fotos do pau dele gravei alguns vídeos Mamando e foi incrível

Eu voltei pro meu cantinho e deitei com medo de ele acordar sóbrio

Sla né

E dormi no dia seguinte eu acordei me arrumei e ele levou a gente pra casa ele falou Pouquíssimo comigo eu estranhei vai que ele lembrou

Mais eu pensei principalmente nele ter pensado

Já que ele acordou pelado do meu lado e todo gozado ele deve ter ficado Envergonhado

Enfim até a próxima

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,40 de 35 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Luiz ID:3v6otnnr6ic

    Transa entre pai e filho é sensacional

    • ApenasNinguem ID:ona37wboid

      Bom demais mesmo ksksks