# # #

Quebrei o braço visitando os parentes no interior e minha tia cuidou de mim, melhor que ninguem

3529 palavras | 1 |4.68
Por

Sobre um acidente na viagem de férias que mudou minha vida, adoro o interior..

Sei que não e novidade, mas precisava relatar a minha história, mas quando tinha 12 anos meus pais queriam viajar, uma lua de mel para renovar a vida, a muito eles não faziam uma viagem a dois, mais que merecida, eramos três filhos e sempre alguma estava ou doente, machucado ou em recuperação na escola. Eu e minhas irmãs mais velhas fomos para casa da minha vó no interior, um certo tédio, sítio era bom uma semana mas um mês você fica sem fazer nada. Mas tudo bem, família. Passamos a primeira semana, tios e primos próximos se reunirão e foi aquela festa, minhas primas tinham ficado gostosinhas, e aproveitamos para treinar beijo atrás do galpão.
Ótimo pegar uns peitinhos de prima, mas sempre em segredo, ouvi minha vó ligando para minha tia Valeria e brigando por ela não ter vindo, me minha falou que ela era muito rebelde por ser a última filha , mas eu não me lembrava dela, sempre foi meio afastada, sai dali para uma cidade ali próxima e abriu uma loja de sapatos femininos, ia muito bem até.. mas nada que alguém de 12 anos presta-se atenção, tivemos a sorte grande um tio nosso tinha feito fortuna, e tinha um casão na praia, ficava uns 400 km dali, como era muito falador, resolveu ligar pra um amigo e alugar um ônibus para todos irem juntos a praia, todos colaboram, mas não aceitou só faltava minha mãe e minha tia… todo mundo comemorou que deu certo, meus avôs não queriam ir mas os convenceram e ficou com para o próximo fim de semana com feriado na mesma semana, aproveitando o tempo no sitio faltando dois dias fui jogar bola, minha irmã falou não vai, eles jogam pesado aqui, era mesmo, o cara deu uma entrada e me jogou longe, quebrei o braço, porra que raiva, adeus praia… minhas ficaram putas comigo, iam perder a praia por minha causa, minha vó não queria ir mas meu tio entrou na conversa.
-Não mãe… senhora nunca sai de casa.. e só foi a praia uma vez na vida… vocês vão…
-E menino, acontece.. eu fico e cuido deles, podem todos ir…
-ele e bem grandinho, não precisa de sopa..
-Eu fico sozinho.. tem problema não …
-Ta maluco.. sua mãe me mata e outra quem vai fazer comida?
Ai meu tio pegou o celular e ligou.
-Valeria… oi mana tudo bem?? vamos a praia? Toda a família vai estar lá… fecha a loja? E feriado… tá namorando? .. não… que bom… então vou te levar uma visita, seu sobrinho quebrou o braço… e você sabe cuidar…. Tem 12 anos Valeria… não e um bebe… e só dar comida e são três dias…. a mãe vai com a gente… sério? Mas você odeia sua família mesmo… lógico nem veio almoçar com a gente….. tudo bem, eu deixo ele aqui sozinho…obrigado… te amo chata..
Desligou, minha vó ria..
-você pegou ela direitinho…
-da próxima vez ela vem almoçar em família, Paulo vamos pra casa da sua tia Valeria, ela chata e reclamona… tão nova e chata …mas ela vai cuidar de você …são três dias
No pensamento, uma velha gorda e bruxa, me despedi de todos numa tristeza, meu tio me levou de carro ate a cidade, a loja era bem bonita, três portas bem movimentada para uma cidade pequena, entramos pela lateral, ela morava na sobre loja, um apartamento grande, ele desceu pegar minhas malas e a chave, minha tia estava ocupada e não pode vir, ele trouce minha mala e entramos, tinha três quartos, me levou na mais ao fundo, simples cama de casal, legal, me fez sentar na sala, ele ria sozinho.. perguntei…
-Ela esta uma arara de brava, vai ser uma lição pra ela, preparativo para ter filhos.. ou não… kkkk
-O tio.. então me leva embora vai…
-Para … você acha que ela vai te maltratar… um pouco… brincadeira, sua tia chata com os irmãos, mas você tem uma vantagem… ela ama a sua mãe… foi a que mais apoiou ela a abrir a loja e virar morar aqui….fica tranquilo… três dias Paulo.. a gente volta e sua avó te mima… tchau to indo…
Saiu rindo e eu fiquei la apreensivo, dias de inferno… ainda feriado!!… se você durante semana ela ficava lá e eu aqui….fiquei assistindo TV e passado uma horas, meu coração bateu forte.. escuto a porta se abrir… entra uma deusa, minha tia era linda, um camisa branca colada uma minia saia justa e foi atravesando a sala em direção ao quarto, tirando a camisa, e jogou em direção a cozinha, peitoes, “porra” antes de entrar quarto ela tirou a minisaia e jogou tambem, calcinha e uma bunda linda, ela não me viu, entrou no quarto, escuto chuveiro… “ela não me viu” fiquei petrificado, pinto duro, depois de um tempo parou o chuveiro, treinei o que falar, mas não deu tempo de novo, ela saiu enxugando o cabelo, de sutia, o sofa escondeu da cintura para baixo, era o paraiso..nisso ela olhou e de um grito, correu pro quarto…
-meu deus.. que susto, Paulo esqueci de você… me desculpa…. Ai que vergonha…estou tão acostumada ficar sozinha,,,desculpa… você tá bem?
Voltou a porta..
-Eu não vi nada!!
Tinhas 500 frases na minha cabeça e saiu logo essa… e riu e voltou pro quarto…
-Tudo bem.. você tem irmãs… não viu nada de novo…
MENTIRA…. Tudo era grande e lindo.. uma cintura… como minha tia era gostosa, me lembrei que ela não tinha 30 anos, um cabelo comprido, preto, seios grandes… seis enormes… ela se arrumou e vestiu uma camisa bem solta, mas um shorts colado… veio e de meu um beijo no rosto…eu pensava “casa comigo?”, sentou no sofá
-como você cresceu, faz um cinco anos que não te vejo, um homem já… tem 12 ou 13? acho que 12…
Engrossei a voz, mas não adiantou..
-Isso… 12 e meio…
Riu..
-Deixa eu ver esse braço… tocou no meu ombro.. tudo era desejo, ela ali olhando pra mim, o cheiro de recém saida do banho… eu via boca dela se mexer não ouvia nada…
-Então? Tá ai? Paulo.. vai querer pizza ou um lanche?
-Pizza.. ou que a senhora quiser….
“porra.. senhora.. otário, fica de boca fechada…
Ela deu um pulo…
-”senhora”??? “senhora… credo parece minha vó falando… tia Valeria.. ou melhor.. Valeria ou Val…vou pedir a pizza..
Chegou a pizza e ela me chamou pra mesa, o braço atrapalhava tudo ate levantar, não queria que ela me visse como invalido, tentei mas consegui.. ela veio me ajudar, puxou pelo ombro, senti seu cheiro mais perto, que delicia, mas foi pior ainda, meu pau enroscou e virou uma barraca, sem chance de ela não ver, olhou direto, eu tentava me virar mas não tinha como, ela sorria, sentei correndo na cadeira, ai que ela ria mesmo… porra esse dia não acabava, só fazia coisa errada, mas o melhor ainda estava por vir, tentei pegar a pizza e não deu, tentei cortar em pedaços nada, ela se levantou e puxou a cadeira bem perto,
-Eu tambem nem pensei, deixa que eu dou pra você…
Ela cortava pedacinhos e levava a minha boca, mas com esse movimento ela encostava os peitoes em mim, calor… que delicia, ela sorria pra mim, seu cheiro, peitos… sou um tarado mesmo… nessa idade era pior… ela derrubou um pedaço de calabresa no meu colo… sem pensar ela pegou, nossa quase gozei, derrubou de novo… vou morrer, pegou o pedaço e ainda deu um tapinha para tirar as migalhas, meu pau reagiu… ela via tudo… mas nem ligava…finalmente algo bom, terminamos e ela levou os pratos para a cozinha, aproveite e levantei e arrumei a barraca, coloquei de lado, beleza escondeu… ela voltou.. olhou bem pra lá.. na minha mente “garoto esperto, esperou eu sair, bom menino”
-Vem vamos ver um filme, de ficção…
-Adoro.. desculpa te atrapalhar…mas obrigado por me aceitar aqui.. amanha eu fico no quarto…
-Ai que amor meu sobrinho….da uma abraço
Me abraçou… tá dificil… minha barraca mudou de lugar… ela me soltou, mas ainda deu tempo antes de eu sentar.. notou o volume….
-Nossa.. você esta flor da pele…sensivel…
-Não entendi?
-Nada.. pensei alto… vamos ver o filme….
Que filme porra nenhuma, eu só olhava ela, meu sofá era frente e ela deitou no maior, linda coxas grossas, ela gostava do filme, se mexia e acompanhava, pulava… sentava com as pernas encolhidas, ai o shorts subia e dava para ver tudo.. ou quase….ai ela lembrava olhava pra mim e sentava direto,
mas logo esquecia, tentei manter o foco o filme.. acabou tarde.
-E ai ..gostou?
-Bem legal… ate via de novo…
-Tem outros mas qualquer coisa amanhã coloco de novo….vc já tomou banho?
-Sim, antes vir..
-Uffa, hoje escapei… amanhã a gente da um jeito…
me levou ate o quarto me ajudou a trocar a camisa, por uma camiseta, mais facil, a bermuda foi foda, falei não mas não adiantou, ela foi puxar, e enroscou na barraca armada, quase saiu a cueca, ela rapidamente arrumou, e puxou o shorts… eu fiquei vermelho,,, ela olhou e sorria…
-Que gracinha meu sobrinho… eu não vi nada… juro… mais ou menos..
Deu um beijo de boa noite…
Quem dormia? “mais ou menos”.. o que ela viu?… o quanto ela viu? Sera que achou grande? Ou pequeno, ridículo.. devia estar rindo de mim… não dormia, levantei e fui na cozinha pegar agua, escutei ela falando… devia ter ligado para contar a alguém o pinto pequeno q tem o sobrinho… cheguei perto da porta.
-Poxa amiga.. logo amanhã… não dá, meu sobrinho quebrou o braço, eu tenho que cuidar dele…tadinho… um amorzinho… não vou deixar ele sozinho para ir na balada… eu sei …tem 12 anos não vamos levar ele… lógico que ela adorar ver uma doida… para… credo…. Nem me lembre, já foram quase 06 meses… não me arrependo, era um filho da puta… mas pelo menos eu tinha algo pra fazer,,.. acabei de falar… 12 anos… tadinho, barraca armada toda hora, sabe como e a idade, viu mulher o negócio sobe… para sua tarada,… meu sobrinho… não e pequeno não.. fui ajudar ele a trocar de roupa quase tomei na cara… kkkkk.. para sua sem vergonha… não vai vir aqui não… deixar você sozinha com ele você come ele…. E meu… quem sabe… mas daqui uns anos… ai sim vai ter um tamanho bom, mas olhando bem eu não dispensava hoje também não… kkkk.. vou dar banho sim, mas não vou tirar foto pra você… tchau ….. você está muito puta hoje… beijo…aproveita a balada por mimm..
“caralho” mulher e foda… meu pinto estava no teto “ deixar você sozinha com ele você come ele”
“ E meu… quem sabe… mas daqui uns anos… ai sim vai ter um tamanho bom, mas olhando bem eu não dispensava hoje também não” me senti… fiquei um tempo ali, quem sabe ela liga para alguém, escutei a TV e logo um gemidos, mas da TV,,, filme porno… passou um tempo ela desligou ai escutei gemidinhos, era ela, se masturbando… será que pensando em mim… ate parece…. Fui pro meu quarto, vai que faço barulho.. tentei bater punheta, mas a mão não ajudava… e o gesso ficava em cima… desisti… demorei mas dormi….. logo cedo escuto a porta…
-bom dia… meu sobrinho dormiu bem ? Quer ajuda para ir no banheiro…
-bom dia.. não eu dou um jeito….obrigado tia Valeria…
-Só Val… mas tudo bem tia… e legal em casa, na rua e Val… tá … pergunta paozinho ou resto de pizza?
-Resto de pizza.
-Ótima pedida, to morrendo de preguiça de ir na padaria,,, to te esperando…
Mijei sentado, o pau não ficava mole, que saco… tentei punheta, mas batia no gesso.. doeu pra porra, me lavei, escovei os dentes… e coloquei de lado, peguei uma cueca apertada.
Ela me esperava na mesa, camisão bem solto, comprido, mas as coxas lindas, mesa de vidro… sorria pra mim.
-conseguiu,,, ponto pra você… vem eu cortei…
-tudo bem então .. Val… eu consigo…
-Deixa eu te mimar… to gostando de ter alguém para eu cuidar…
Sentou colada em mim, rosava o peito toda vez no meu braço…meu pinto não me ajudava, ainda mais de dia, ela olhava pela mesa de vidro…mas fingia não ver….
Derrubei de novo pedaço de pizza no colo, ela pegou firme, quase puxou meu pinto junto…
-ai desculpa… machucou…
-Não tia.. Val… tudo bem…
Nossa ela encheu a mão… terminamos ela lavou tudo e perguntou o que eu queria fazer? Dar um passeio ou ir na outra cidade que tinha shopping…
-Não tia… não Val.. eu fico em casa, você poderia sair, eu fico aqui…. Tá tudo bem, não quero te atrapalhar….
Veio e me deu um abraço, eu sentado no sofá aqueles peitos na minha cara…paraiso, não sai mais..
-Meu sobrinho lindo… você e um anjo mesmo… imagina vai ser divertido.. ou quer ver mais filme comigo…
-o que você quiser… filme?
-Otima ideia… tambem não to afim de ver ninguém, feriado deve estar lotado, amanhã eu vou abrir loja e ai começa tudo de novo.. mas eu ate gosto.. dinheiro no banco… mesmo tema? Ficção ou romance?
-ficção…
-Sabia… nunca e romance….
-Ta bom.. você escolhe….
-Ficção mesmo… amanha a gente vê um de menina…vai se acostumando… cheio de frescura e flores… meloso…..
rimos muitos.. ela era o máximo… gostosa, inteligente, gostosa….
Assistimos uns dois filmes, almoçamos, voltamos para mais filmes, chegou a tarde, ela pegou um saco e enrolou meu braço, tirou minha camisa e eu fui para o banheiro, meia hora, mas não adiantou ela veio de olhos fechado e tirou minha bermuda, rimos…dei um jeito de tirar a cueca e fiz o melhor possível, mas ela não deixou trancar a porta…caso acontecesse algo, aproveitei e comecei uma punheta, em pé parecia estar mais facil, não ia demorar nada, só de pensar nela…quase lá… escorreguei mas fiquei de pe… ela escutou e entrou com tudo….fixou o olhar no meu pinto, cabeça vermelha todo pra fora, tinha acabado de começar a gozar,, porra espirrou para todo o lado.. sai um jato que nunca tinha acontecido…ela travou, mas logo veio e me segurou…
-Sai tia… eu to bem.. pode sair… desculpa tia… desculpa….
Tentava me esconder….mas não adiantava mais….
-Paulo..fica calmo…tudo bem… eu sou mulher… e você não e o primeiro e espero não o último.. isso e natural…faz parte…deixa eu te ajudar..
-Não…
-Me escuta sozinho não da… eu fecha o olho eu vou ser rapida ….
Me ensaboava, as costas os braços, as pernas… uffa.. mas não demorou, ela pegou e começou a lavar, puxou a cabeça para fora e lavou bem, mas ficou mais tempo ali segurando, já sentia que estava limpo, abri o olho e ela estava segurando ali, meu pau subiu de novo ainda mais com aquela mão…
-terminei.. to pronto….
-Esta nada… calma, eu vou te ajudar…fecha o olho e pensa em alguma menina que você gosta…
começou uma punheta.. porra.. aquilo era demais,, nunca alguém tinha feito pra mim.. devagar, passava a mão no meu saco, voltava, que delicia… começou a acelerar e diminuiu,, acelerava e novamente … me judiava,, olhei pra ela..ajoelhada,,, quase com o pinto na boca, dava para ver os lábios secos.. ela passava a língua… eu não resisti… explodi o gozo foi tudo nela… virei de lado mas não deu tempo… ela se limpou…
-Me perdoa…
-Tudo bem.. da próxima vez você me avisa tá bom… tenta se controlar.. Mas me avisa….
“próxima vez”… ai que foda… ela me secou, me vestiu e me colocou na cama, foi para o quarto dela, eu levantei e fui escutar, estava no banho demorou pra caramba para desligar o chuveiro, não escutei mais nada…voltei e dormi…acordei cedo, lembrando que ela ia trabalhar, me arrumei como pude e sai, a padaria era bem próximo, não demorou nada voltei, no que coloquei o pao na mesa ela saiu do quarto, um babydoll de seda, shorts curtinha e camisa sem mangas, sem calcinha ou sutia por baixo… linda, não tinha outra… sorriu ao me ver…
-Voce foi aonde?
-Na padaria.. Você vão trabalhar.. Queria ter pão fresquinho.. e leite..
-Ai como e bom ter um homem em casa.. que lindo…
Abraçou-me, com vontade… senti-la, que delicia….se encostou em mim, sua buceta era quente…
-vou fazer o café… mas eu não vou abri não… não vai ter movimento, prefiro ficar aqui com você… vendo filme com você..que tal?
-Vou adorar tia… adoro ficar com você…
-eu tambem meu amor… você e um doce…
Comemos, ela me deu tudo na boca, adorava me servir, brincava comigo…
Sentamos no sofá, e pegou um filme cheio de romance…
-hoje e vez das meninas.
-Ta bom.. eu também gosto.
-Mas o filme era bem mais forte que o normal… cenas de sexo, não tão explicito mas tinha, ela me olhava pelo canto do olho…
Fiquei duro como pedra…. Quando eu pensei ela falou….
-Ta calor né? Quer tomar um banho?
-Eu quero…
Levantou e foi pegar o plastico, eu fui para o banheiro… ela colocou o plastico, e foi tirando minha roupa, mas desta vez fiz questão de ficar bem na frente dela… ela puxou a bermuda e a cueca, o pinto pulo pra fora e bateu bem na boca.. e segurou ele… e começou a punhetar… que delicia…
parou e mandou eu entrar embaixo do chuveiro.. eu fui devagar para não escorregar, quando olhei para tras, ela estava pelada…que sonho.. bucetinha desenhada, parecia um triangulo, peitos era mesmo lindos…
-Para não molhar minha roupa.
Se esfregou em mim e me ensaboava, passava a mão por cima…
-para que enrolar…
Abaixou e começou a me chupar… única,, boca … que boca… mas ela foi rapida
-Devagar,, eu vou gozar… devagar
-Agora.. eu quero logo.. vem goza…
Chupou e eu explodi… ela engolia tudo….
-Ai que saudade…
meu pinto nem amoleceu… ela me lavou novamente, me secou e me puxou para cama….me fez deitar… e começou a me chupar… parou um pouco
-Voce já chupou uma buceta antes?
-Nao..
-Vai aprender hoje..
Subiu na cama e sentou na minha cara….nao queria mais nada na vida… chupava e lambia…ela gemia…e me punhetava ao mesmo tempo….pela primeira vez senti o gosto de gozo dela… eu explodi, ela segurou firme…. Mas meu pinto não baixou..
-Cassete duro… não abaixa.. que bom…
Sentou no meu pau todo gozado, facilitou… entrou tudo,,, ela sentava como louca…
-Paulo.. que caralho gostoso você tem… parece um adulto….
-obrigado tia.. você e tão linda e gostosa..
-Isso.. só me chama de tia.. tia no pinto do Paulo.. delicia…
Gozei novamente, mas nada fazia abaixar… ela saiu de cima e ficou olhando pra ele.. encarando, começou a chupar…aquilo era um sonho… largou um pouco..
-Quando você tira o gesso?
-Na semana que vem…
-maravilha, eu adoro ficar de quatro pro meu homem… você quer ir pra sua avó ou ficar aqui o resto das férias ?
Riu…me punhetando mais forte… gozei de novo..
-Aqui com a tia….
-boa resposta….
Transamos todos os dias, minha mãe ligava e perguntava se tudo bem, eu dizia que sim, logico, ela me tratava bem e eu via filme o dia todo, ela só trabalhava e voltava a noite…mentira, ela deixou a loja com a gerente e passava o dia comigo, fecha a loja e passa a noite comigo,, me esgotou e eu acabei com ela,,, todos feriados e férias eu só ia na casa dela, minhas irmãs uma vez vieram e não acharam graça, voltaram a ficar na minha vó… ótimo… logo na festa de fim do ano, minha tia foi… me deu um sorriso logo de cara,, “ai próximas férias”.. mas ai contou para minha vó que estava grávida mas não ia casar… meu pai ficou desconfiado, mas nunca falou nada…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,68 de 31 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder jovem16 ID:7n7h280b09

    Adoro Família…tia e melhor que prima….