# # #

Meu filho me ajudou a recuperar meu casamento

3019 palavras | 2 |4.42
Por

Eu acho que todo o casamento tem seus altos e baixos, vou contar como quase perdi o meu, mas no final deu tudo certo ate agora.

Com a empolgação da idade eu com 16 engravidei minha namorada de 14 anos, me casei obrigado e ao mesmo tempo não, sair de casa foi bom, veio um menino e fizemos mais duas meninas em seguida, ela era muito ativa e eu não negava sem juizo algum, meu pai ficou bravo comigo, mas já estava fora de casa mesmo, mas ela acabou trancando a fábrica e nosso sexo ficou melhor ainda, a família ajudo dos dois lados, meu sogro era um homem muito bom e adorou o neto logo de cara, “macho” deu tudo que podia, meu pai para não ficar pra trás, afinal também amou o neto.. financiou minha casa e me fez estudar mesmo casado, nos sustentaram por uns anos, bem básico mas não faltava nada para as crianças e sobrava tempo para sexo…

Mas logo no primeiro filho um dia chegando em casa minha mãe, tia e sogram estavam ao redor do berço do Pedro, riam e cochichavam “nossa, você já tinha visto nesta idade assim?” “Nunca, isso vai dar um trabalho pra esposa,” minha tia mais safada “que esposa? Esposas vou me congelar e só me acordem daqui a 18”.. riram mas me viram chegar saíram de perto.. minha tia era bem safada passou por mim… “parabéns, muito bem fabricado em, tal pai tal filho?” fiquei com aquilo na cabeça, chegou a noite só eu e minha esposa perguntei o que era,, ela riu e tirou a fralda, um pinto, nunca tinha visto um pinto de bebe..
-E dai? Menino! um pinto!
Ela riu
-Claudio… e do tamanho do meu mindinho … ele não tem um ano ainda… puxou o pai…
-Vitoria.. vai.. ate parece…meu e normal…
-Não vi muitos.. mas normal não e a palavra… você acha que me conquistou com palavras?
-Quantos você viu?
-Meus irmãos, meus primos e um namoradinho antes de você…mas só abri as pernas para você viu..fiquei apaixonada…
Fizemos sexo delicioso aquele dia… por isso mais duas meninas…

Consegui um bom emprego em um banco quando tinha 18 anos.. e vou contar foi graças aos meus filhos, a entrevistadora perguntou duas vezes se a ficha estava certa e deve ter pensando “esse precisa mesmo do emprego”
Foram tempos difíceis, mas minha mãe e sogra sempre estavam nos ajudando e com o passar do tempo tudo começou a se alinhar, e Vitoria além de boa mãe era ótima amante, mesmo cansada de três, chegava a noite sempre disposta, eu ia trabalhar aliviado.
Apliquei-me ao trabalho, fazia horas extras, mas nunca deixei de dar atenção em casa, Vitoria e as crianças sempre em primeiro lugar, acho que fiz um bom trabalho sempre era elogiado nas festas da de fim de ano, meu chefe ate falava que pelas idades eramos todos irmãos.
Mas quando completei 28 anos o meu casamento esfriou, Vitoria sempre cansada, nosso sexo foi para a cada dois dias, passado um ano ficou para uma vez por semana, passado mais um ano e o as brigas, eu querendo atenção e ela nada, sexo por obrigação, quando tinha, reduzi a cobrança. Minha mãe falava que era normal.. ainda mais 15 anos casados..nada dura para sempre…. Quando completei 31 quase sai de casa, mas eu amava Vitoria, sentei e pensei sera que fiquei muito tempo no trabalho e ela arrumou outro? Acho que não? Como ? Só cuidava das crianças, mas tudo bem… Pedro tinha 15, meu amigão,, jogávamos bola todo o Domingo, Bianca 14 e Vanessa 13 e eu sempre acompanhei a lição de casa e reunião dos pais … eramos próximos e se tivesse alguma coisas eles me contariam… não tenho duvida… uma amigo estava vendendo coisas do Paraguay no banco, me mostrou um monte de porcaria, eu queria nada, pegou do fundo um botão..
-Isso Pedro.. e uma câmera, você coloca no quadro ou no relógio, dura 15 dias a bateria a grava tudo, som e imagem, comprei 04 câmeras… vou tirar minha dúvida… em um Domingo ela foi para a mãe com as crianças, Coloquei no quarto e cozinha, na sala e no banheiro nem pensei direito.. Deixei bem escondido mas com visão total.
Vida que segue, reduzi a procura e ate Vitoria veio atrás uma noite ia negar mas não resisti,, sexo bom pra porra. Tentei evitar ao maximo assim se fosse outro logo ia aparecer, sempre que podia ficava ate tarde e só voltava para dormir, na segunda investida eu falei que tava cansado… tive que bater uma para segurar, mas isso tinha virada pratica, não me procurou..vou saber ou não…mas vida normal, chegou o dia, saíram para ir a minha sogra, recolhi todos cartões e coloquei no notebook, o do meu quarto primeiro, fui assistindo e nada, arrumar, limpar, tirou um cochilo de 10 minutos, crianças para la e pra ca roupa, dia normal, a noite.. eu sentei e comecei uma punheta… “ai que merda logo de cara” adiantei mas voltei, olhando por cima… meu pinto ate que era grande…nada no primeiro dia, segundo, terceiro… resolvi mudar, cozinha, nada ate o quinto dia.. cansa ficar olhando, quase deixei pra lá… mas vou ver tudo…nisso Pedro passa pela camera e achei que tinha algum defeito, ele estava sozinho em casa, parecia e levava roupa pra lavanderia, peladão, “porra que pintão, meu era um tripe, balançava no meio das pernas “mole assim imagina duro” agora entendi, sempre que jogavamos bola ele ficava pra trás eu brigava achando que ele ere molenga, mas não tomava banho com o pessoal, nunca ficava na frente das fotos, se via uma menina bonita eu ia mostrar ela sentava ou virava… “o meu filho, assim que voltar vou conversar com ele, na verdade chamar os avôs e mostrar o troféu… porra me senti uma menina perto dele, caralho chegava perto do joelho, MOLE”.
Eu sorria de orelha a orelha, pausei e fui na câmera do banheiro.. “como sai o jato de mijo? “ comecei mas logo de cara entra Bianca, tirou a roupa e.. tentei parar não pausou… continuei… linda minha menina, uns peitos formados uma bundinha, bucetinha desenhada?… “ vou mandar o Pedro ficar em cima… o corpo da mãe dela… eu engravidei ela nessa idade… meu pinto subiu,,,
comecei a tocar uma punheta, lembrando da mãe dela mas olhando ela… que delicia gozei pra caralho ainda mais que ela começou a tocar uma também…. “ai que foda.. para e minha filha”, adiantei bastante, entrou minha esposa,, bucetão lindo.. meu pau foi subindo.. nossa filha Vanessa.. lindinha também… ai que foda parei.. adiantei umas horas… liguei de novo.. “eu” sai velho … adiantei e Pedro entrou… porra parecia uma mangueira dos bombeiros… não parava de mijar… tudo espirado no banheiro.. pegou um papel enxugou o pinto e as bordas da batente.. abaixou as tampas… “isso, tem menina em casa, limpa e abaixa a tampa”… sentou.. e começou a massagem, praticamente com as duas mãos.. cabeção…subiu.. “como isso fica em pé…” bateram na porta.. esqueci que tinha áudio… liguei… “vem Pedro.. por favor” “ depois mãe..to ocupado” “ por isso meu filho.. e uma boa hora vem que as meninas foram fazer um trabalho escolar” ele levantou e saiu…. Troquei anotei as horas e peguei da sala, ajustei e dei o play… ai minha surpresa…Eles conversavam, tinha esquecido do som, ela pegou no shorts dele, e tentou tirar a mão.. ela deu um tapa na mão dele e se ajoelhou… abaixou o shorts e a cueca… o negocio duro apontou.. ela pegou deu uns beijos e começou a chupar… a cabeça quase não cabia na boca dela… forçava ate a garganta mas só uma parte entrava…ela colocou a mão embaixo do vestido e se se masturbava chupando o filho… susto e ao mesmo tempo tesão… “filha da puta me traindo com nosso filho”.. mas não parei de assistir, Pedro não parecia confortável. Mas logo o tesão tomou conta e ele pegou a cabeça da mãe e puxava com força… metia na boca dela mesmo… ele gozou e como gozou.. ela engasgava… caia no chão… ela levantou e pegou ele pela mão ate o quarto…. Troquei o cartão, play, lembrei do som…”vem filho rápido antes que elas voltem” “ só uma vez em mãe.. não vai dar tempo de duas”… deitou e abriu as pernas.. ele mirou e foi enfiando…forçava ela gemia… tirou passou um gel, e forçou.. ate que entrou metade.. começou bem rapido o vai e vem.. e gozou de novo… nisso escuto portas e vozes.. se arrumaram e ela pegou um pano e foi para sala, troquei de câmera, se ajoelhou e limpou o chão, as meninas iam atravessar.. “cuidado para não escorregar, eu derramei detergente”, fiquei pensando no que fazer…ir embora, chamar a policia, estragar minha vida? Pra que? Continuar tudo como está? Não… isso não .. filha da puta vai trepar todo dia…bolei um plano…me vingar e ser feliz…chegou o fim de semana ia para casa da minha mãe, Pedro queria ir junto mas pedi para ficar, o Jogo do Domingo… ele era meu parceiro.. levei as meninas e falei que buscava na segunda de manhã, prontas para ir a escola.. ficaram ate felizes, os avos mimavam elas, mas não perdi a oportunidade, chamei meu pai e mostrei o video do Pedro mijando.. “ Caralho filho, olha o tamanho do nosso menino… fodão, deva estar arrebentando as meninas, tem camisinha para esse tamanho?,,” eu orgulhoso “ de negão extra “ rimos…
Voltamos eu e Pedro… não deixei ele em casa, já pensado que ela poderia aproveitar, lógico que faria, fomos jogar bolo mas pedi para ele não cansar muito… tomamos banho e passando na padaria dei um dinheiro pra ele…
-Filho..faz o seguinte compra pão, leite e toma um sorvete.. daqui uns 40 minutos mais menos você vai pra casa,, eu preciso conversar com a sua mãe.. coisa de marido e mulher…
-Ta tudo bem pai… algum problema?
-Nada filho… quando você casar você vai saber… ou não… coisas de casal,,
-Sabe de alguma coisa? Você não vai embora ne pai… por favor…
-Para filho.. eu amo vocês e sua mãe.. não importa o q aconteça… não vou me separar… tá.. eu quero namorar sua mãe.. como antes … entendeu..?
Sorriu..
– A bom pai.. que susto.. As meninas na vó e você fala isso.. tá bom pai… uma hora,,, ou duas?
-Nada .filho 40 minuto e tá bom demais… por hoje logico..
Rimos e ele sentou na padaria.. logo apareceu uns colegas.. em 05 minutos tinha mais tres meninas sorrindo e chamando a atenção dele… idade e foda… voltei pra casa, fechei a porta… Vitoria esta vindo do quarto.
-E ai como foi o jogo? Cade o Pedro?
-Pedro vai demorar… ficou conversando com os amigos na padaria…
-Ta bom.. quer comer algo?
Fui para cima dela.. se assustou.. peguei no braço e levei pro quarto….
-sim .você,, de joelhos… vai logo..
-Credo Claudio… não sou puta não… não me trata assim…
Não me contive.. dei um tapa na cara dela.. ela sentou na cama petrificada..
-E minha puta sim.. e minha mulher e sempre vai ser…. Devia ter feito isso a mais tempo… de joelhos porra… vai …
-para com isso..
Dei outro tapa, mas forte.. Estava com raiva.. Mas com dó ao mesmo tempo.. eu a amava.. mas ela merecia…
Ela se ajoelhou e foi tirando meu cinto e calça em silencio, chorava bem baixinho… tirou meu pau e começou a chupar com vontade.. e chupava …me senti o máximo… vou maltratar essa porra..
Soltei seu vestido por cima.. ela entendeu.. e tirou a parte de cima, mas sem parar de chupar.. soltou o sutia….seios lindos mesmo depois de três … peguei e apertei ela gemeu mas voltou a chupar.. qause gozando tirei da boca dela… e gozei tudo na cara e nos peitos.. ela meio que espera isso, mas era a minha primeira vez…
-toma cadelona… porra na cara e oque você merece…lambe e limpa meu pau… vai logo.
Nem mandei ela me puxou e chupava.. “filha da puta tá gostando” “ não”… tem que sofrer… puxei pelo braço e joguei na cama… ela ficou…puxei o vestido e depois arranquei a calcinha.. facil ate.. abri as pernas… e enfiei sem dó… ela deu um gritinho..
-Cala a boca… aguenta… essa buceta e minha.. e minha..
meti e meti com força….gozei… sai de cima… meu tesão não abaixava.. fiquei de pe na frente dela.. ela começou a levantar..
-Fica ai.. vou meter mais um pouco…vc e minha ..
Começou a chorar…
-Sim meu amor.. sou sua.. que saudade… não sabia como sentia sua falta.. fiz tanta coisa errada…ai que merda.. que eu fiz?
-Não caio nessa não… abre as pernas… vai …
-Sim meu amor… depois a gente conversa… quem sabe você me perdoa…. Mas agora.. adoro esse você …. machão… me maltrata..
Dava pra ver que ela adorava.. gozava mesmo… filha da puta…
Subi em cima e fui sem do, mas já estava mais larga. Metia com vontade. Ela me abraçava e me beijava… eu me esqueci e Pedro chegou.. mas já tinha ido ate ali….ela tentou se cobrir.
Olhei e ri…
-Pedro vem aqui no quarto do pai….
Ela ficou branca… puxei o vestido.. ela ficou ali…coitado veio e ficou parado…
-o Pai..
Foi saindo…
-Não Pedro… meu filho volta aqui…tira o pinto pra fora…vai?
Ficou meio assim, olhava para mãe.. ela olhava pra o calção dele…
Tirou.. meio duro…
-Chupa.. de joelhos e chupa ele…
-Não pai…
-Filho.. isso aqui e uma mulher.. ela gosta e você tambem… faz o que o pai pede…
Ela se ajoelhou e começou… meu filho ficou sem graça… mas ela tentava engolir… ficou duro.. puxei ela…
-Deita e abre as pernas. .vai… hoje e seu dia….Pedro sobe em cima…
Pedro foi e enfiava, mesmo depois de mim, ainda com dificuldade… mas entrou logo.. ela gemia,
-Devagar Pedro.. isso meu filho.. forte mas com carinho… isso….
Ficou um tempo e notei Pedro chegando…
-Deita você na cama Pedro.. papai vai dar uma ajuda….
Ele deitou e apontou aquele poste para cima…ela nem perguntou subiu na cama e foi descendo aos poucos.. era grande.. começou a subir e descer…eu a empurrei e ele a abraçou… eu subi na cama…
-Agora vai me dar o cuzinho… negou a vida toda.. agora vai aguentar nos dois…. Ouvi reclamar?
-não meu amor…
Enfiei em do.. lubricado de tanto gozo… acho que ela desmaiou por um segundo… Pedro metia embaixo e eu em cima… dava pra sentir o pinto dele… porra….gozamos com intervalo pequeno… sai de cima… ela deitou…acabada….Pedro levantou, sorrindo ate,,
-Agora e assim… deixa o Pedro em paz… eu entendi.. um pintão desse tamanho… tem que ser meu.. mas não é…
-Juro… eu quero só meu marido… to morta…
-Deixa eu falar… agora Pedro.. você gosta ?
-A pai ..se o senhor deixar.. as vezes e bom..
-Então quando Pedro quiser.. ele vai falar… Quando nosso filho quiser… e ele vai me contar…
-Juro.. só você e quando ele quiser… mas acho que nem precisa… meu marido da conta de agora em diante…
-Vai tomar um banho.. faz algo para gente almoçar… e depois do cochilo, você fique pronta… Pedro vai dar umas voltas né filho?
-Claro pai… posso falar com o senho na cozinha…
Fomos lá e perguntei se tudo bem pra ele… era uma coisa necessária
-A pai.. foi da hora… e você mostrou quem manda.. isso e bom.. você vai ficar bravo?
-Não .. sou todo ouvidos?
-Tem a Bianca? A gente começou brincando e …
-Porra filho.. sua irmã tambem? Não tá gravida ne?
-Não ela toma pilula… mas começou mas depois que ela descobriu sobre a mãe… mas eu gosto pai.. não e forçado… e estranho?
-Não.. e sua irmã… a gente ama.. ela e bonita … normal… depois a gente fala com ela…
-Legal.. Nos dois? Riu…
-Boa ideia.. Nos dois…
Não foi bem assim, na semana seguinte busquei Bianca na escola e a levei para passear, paramos em um bosque e sem falar nada eu tirei minha roupa, ela ficou olhando meu pinto duro…sem falar nada meteu na boca…
-Tira a roupa…
-A pai ..serio isso?
-Vou te comer de roupa menina… vem ,,
Safada igual a mãe não questionou não reclamou.. só tirou a roupa e subiu no meu colo… foi descendo… cavalgou e gozou muito…ficou de rosinha a vermelhinha…
-Ai,,,como você sabia que eu tava doida para dá para você ?
-ouvindo o banheiro..
-Eu falei alto?
Sorri… ela também… na eu voltei a assistir os vídeos com áudio.. ela fala “papai que delicia de rola”
Começou a se vestir…
-pra que? Só uma ? Pode tirar… vou te foder gostoso.. e em casa a gente dá um jeito…
-A gente pode transar quando a mãe vai na vó… ou na igreja no Domingo… você tem futebol… depois deles dormirem a gente vai na lavanderia… que tal?
-Sobe aqui na minha rola menina… pai cuida disso…
Ela subiu mais uma vez, chorou na pica.. mas gozava.. Começou a falar.
-Vc já comeu a Vanessa? Se não eu acho que ela topa.. Nossa isso seria o máximo…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,42 de 45 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Mathias ID:1djerjwj27iu

    Ridículo a atitude do nattador

  • Responder Cariocs ID:on9190lk0a

    Conto mais confuso nunca vi