# # # #

Madrasta bebada na praia

1710 palavras | 2 |3.33
Por

Comi minha madrasta bebada no sofá pq ela tava quase pelada

Fomos para a praia final de ano de 2021 para passar a virada lá, em 6, meu pai, madrasta, meia irmã, eu, meu irmão e minha cunhada. Para contextualizar aqui, meu pai tinha 59 anos minha madrasta 47, minha meia irmã 24, eu 21, meu irmão 42, e minha cunhada 21.

Alugamos um sobrado beira mar, dois andares em Capão da Canoa, chegamos era a tarde lá e daí fomos nos organizar nos quartos e também comprar coisas no mercado, tinha apenas 2 quartos lá, e eu fiquei no quarto com meu irmão e minha cunhada. E no outro meu pai, madrasta e minha meia irmã, tinha duas cama de casal e dois colchão de solteiro no chão em cada quarto. Os banheiros tinha um por quarto e um no andar de baixo.

Nessa mesma tarde, eu meu pai e meu irmão saímos comprar coisas pra casa, coisas de comer e bebidas também, e as mulheres ficaram, demoramos quase 2h e voltamos perto das 18, 19h e nisso já emendamos um churrasco e umas cervejas e caipirinha tbm pq as mulheres queriam, as mulheres ali estavam usando apenas roupas curtas pois era verão e nós homens tbm, calção sem camiseta. Elas de top e shorts. Bebemos a noite toda e curtimos bastante, e lá pela meia noite combinamos de ir dormir pq já tava todo mundo meio alterado e tonto já falando bobagem e querendo beber mais, mas meu pai tomou a frente e disse pra nós ir dormir que amanhã aproveitava mais. Todos subiram pq iam tomar banho, ali embaixo ficou eu e minha madrasta só, organizando um pouco a cozinha e já iríamos subir tbm. Ela lavava a louça, eu secava e guardava, e a cozinha lá era estilo americana, pequena e com bancada atrás da pia, tipo pra tomar café da manhã.

Numa dessas que estou secando a louça e quero passar guardar, acabo raspando nela, tipo encoxando, e senti a bunda dela e ela tem um bundao, ela é meio loira, bem gostosa, não é malhada mas tem corpão. E ela usava apenas um shorts de pano bem fininho na cor laranja até meio transparente na luz, e ele era solto nas pernas, e curto, no máximo tampava a sua bunda, conforme se abaixava mostrava a polpa da bunda, e como nos encostamos seu shorts meio que se enroscou em mim e subiu um pouco mostrando quase toda sua bunda, ela nem deu bola, e continuamos organizando, quando apagamos subimos juntos. E na escada fui atrás dela, podia olhar aquela bunda mexendo toda. E nisso apenas fomos dormir.

Pela manhã acordamos todos umas 9h, tomamos café juntos e tal, as mulheres foram pra praia que era em frente pegar sol, dava pra ver do segundo andar da casa, e nós ficamos um pouco ali organizando bebida e tal pra meio dia, depois fomos lá tbm com elas. Nós homens apenas de calção e elas de biquíni, todas usavam biquínis mais chamativos, pq eram finos atrás, e na bunda da minha madrasta chegava sumir, aparecia só a parte que ficava nas costas e na frente, fio do meio da bunda sumia na bunda dela, biquíni dela era branco ainda. Começaram beber na praia já, e entraram na água tbm. Quando saíram da água o biquíni da minha madrasta marcou toda a buceta dela na frente, pq meio que ficou transparente.

Nisso voltamos todos pra almoçar em casa, e as mulheres ficaram de biquíni mesmo, e eu não parava de pensar na bunda dela, até que uma hora a vi se abaixar pra pegar algo na cozinha e a bunda meio que dividiu e apareceu o cuzinho dela apareceu pelo biquíni, e a buceta dela tbm marcava muito. E aquela cena não saiu da minha cabeça a tarde toda.

A noite fomos num pub comer petiscos e beber, todos bem verão vestidos, as mulheres de saia e tal, e minha madrasta usava uma saia preta curta e bem colada no corpo dela, meu pai nunca reclamou de nada disso. Ficamos até umas 23h nesse pub e depois fomos pra casa, bebemos em casa ainda até perto das 2h, nisso só estávamos em três ali, eu minha madrasta e meu irmão, o resto já tinha ido dormir, aí meu irmão tbm foi e nós falamos que iríamos tbm. Ficamos os dois ali na sala sentados com música na tv meio baixinha, e minha madrasta disse que não queria subir deitar tão tonta pq não ia conseguir subir a escada, até ofereci ajuda mas ela não quis e pediu pra dormir no sofá, e eu deixei ela ali e fui pegar água e depois iria subir ao quarto. Voltando da cozinha a vejo deitada de bruços no sofá e sua saia estava toda enrolada pra cima e de bunda pra fora.

Nessa hora que vi ela já pensei besteira até pq a calcinha que ela usava era uma fio dental tão fina que sumia naquela bunda tbm, e nisso fui até ela e tentei chamar ela e nada dela acordar ou se mexer, até que se virou de lado e deixou a bunds virada pra fora do sofá. E eu já tava de pau duro ali nessa hora e pronto pra fazer merda, e tentei baixar a calcinha dela e consegui e ela nem acordou, nisso passei a mão naquela buceta dela e senti toda molhada e me deu mais tesão ainda, aí pensei em tentar meter nela, mas comecei com um dedo e deu certo, e nisso logo meti o pau, eu tava meio de lado pra conseguir encaixar nela pela sua posição no sofá, mas daí ajeitei ela deitada e consegui melhor.

No que comecei meter ela, ela meio que se acordou mas não olhou quem era, só começou falar meio atrapalhada, ela dizia “Isso amor me come, depois vai no cuzinho, achei que não ia rolar hoje”, e repetiu umas três vezes, eu não disse nada só continuei, antes de gozar mudei pra anal, comecei comer o cu dela, e aí notei que seu cu já era bem aberto, entrou de uma vez só, de tanto dar já. No cu dela tava tão bom, e ela começou gemer mais alto até, e ainda pediu pra fixar dentro, não sabia que era eu. Gozei dentro dela e muito. Ela chegou a se peidar porra, depois disso só levantei e fui pegar papel pra limpar ela. Limpei mas deixei um resto de gozo na calcinha e no cuzinho ainda, e daí vesti ela. Pra ela acordar gozada.

Depois disso era quase 3h da manhã já e ouvi meu pai chamar nós lá de cima, ele me disse pra irmos dormir e pra ajudar ela a subir pro quarto, vesti ela bem certinho e subi com ela, cheguei ao quarto deles e daí meu pai ajudou a por ela deitada na cama, e pediu se ela tinha bebido muito, eu disse que sim, e daí fui dormir tbm. Fui dormir com tesão e realizado. No meu quarto ainda tive a surpresa de ver minha cunhada sem coberta e sem calcinha pq tinham transado ela e meu irmão, mas ela eu só cobri ela e fui dormir. Mas ela tbm é muito gostosa.

Pela manhã acordamos cedo todos, minha madrasta um pouco depois e foi direto ao banho, e no café da manhã depois eu pude ouvir ela pedindo ao meu pai o que tinha acontecido e ele disse que ele tinha dormido e que eu e ela ficamos bebendo lá embaixo. Ela não me questionou nada até de tarde, mas a tardinha que ela já tinha tomado uns gole veio me pedir que horas subimos dormir e tal, e eu contei a ela. E tbm me pediu se ela fez fiasco, eu disse que não. Última pergunta dela pra mim foi se eu tive que ajudar ela em alguma coisa, aí eu disse que sim a subir pro quarto. Ai ela não pediu nada depois mas acho que desconfia de algo.

Porém macetei ela, e não parava de lembrar nisso, e nessa mesma noite depois ela já meio alegre de novo, veio me pedir uma ajuda no celular dela que tava cheio de foto, e eu ia apagar umas, e abri a galeria dela ali com ela pra ensinar, e tinha vários nudes dela e do pai. Ela tirou logo da minha mão e deu risada, mas depois eu disse que não ia mexer lá e mostrei como apagar as coisas. Essa hora estávamos sozinhos no quarto lá em cima, e ela resolveu que ia pro banho e deixou sua porta entre aberta pra conversamos enquanto eu acabava as coisas. Quando acabei, avisei ela, e pedi se ela queria caipira e disse que ia fazer, porém ela achou que eu ia esperar lá embaixo, mas eu subi no quarto de volta e esperei ali na cama sentado, ela achou que não tinha ninguém e saiu do banho pelada sem toalha. Ali tivemos a troca de olhar de eu ver ela e ela me ver ali, ela de início se assustou e só pegou toalha mas não me disse pra sair dali.

Ai tomou caipira um golao, e daí eu saí pq ela pediu, depois lá embaixo a vi descer bem roupa de praia, tanga e biquíni mesmo pq a noite tava muito quente. Mas essa noite fomos dormir mais cedo, logo após isso todos subimos, eu só desci depois que ouvi todos nos quartos e fui pegar água, e nisso encontro ela de novo na cozinha, e desci só de cueca pq tava tudo escuro, e ela me viu tbm, e me elogiou, dizendo que puxei o pai, pelo tamanho do pau, eu fiquei envergonhado mas relevei e fui pegar água, e quando ela passou por mim ainda apertou meu pau, e disse “Saudades disso e dessa idade, aproveita as menininhas”

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,33 de 12 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Mauriciocasado ID:8bvxh4j4ql

    Eu acordei minha mulher chupando e metendo nela! Vi isso numa cena de Dois Homens e Meio e resolvi tentar imitar numa época que a rotina tava enfadando o casamento! Não sei como faz mas acho que vou escrever um conto aqui no site.

  • Responder Sérgio Reis ID:81rf8ywt0b

    Esse é dos meus