# # # #

Dormindo na Casa da Tia e na cama Dela

1000 palavras | 3 |4.03
Por

Dia que dormi com minha tia e ela dormiu só de camisola

Bom era quase Natal de 2013, meu tio não estava em casa só chegaria dia 24 de manhã, e eu cheguei na casa da minha tia dia 21, como a casa estava cheia, logo em minha chegada ela disse dorme no quarto da tia tem um colchão de solteiro no chão pra ti, levei as coisas lá e o dia seguiu.

Durante o dia ainda, almoçamos normal e após almoço minha Tia foi tirar sua soneca da tarde, o resto da família tinha saído também, eu não fui pq tava cansado da viagem. Nessa tarde tomei um banho e entrei no quarto deitar também, quando abro a porta pude ver a imagem dela na cama usando apenas um shortinho de verão largo nas pernas e uma regata sem sutiã. De bunda pra cima, ela é bunduda e sempre brincamos com ela de apertar e se fazer cócegas. No que abri o quarto e entrei logo ela acordou e eu avisei ela que iria deitar para descansar um pouco, mas o colchão pra mim não estava organizado ainda, e ela me disse pra deitar com ela ali.

Eu usava só um calção fino de tactel, e sem camiseta, deitei ao lado dela, e ela ligou o ar pra nós, e tbm fechou as persianas para “dormir”, e disse pra nós cobrirmos com um lençol, nisso nos arrumamos na cama, e logo ela já voltou dormir mas dessa vez de lado, e eu virado pra ela mas longe dela. Pelo lençol podia ver que seu shorts tinha baixado e mostrava a calcinha dela, preta parecia ser fina, eu cansado acabei dormindo, mas dormi pouco 30min por aí.

Quando acordei ao lado dela era por volta das 15h, de tanto se mexer o shorts tinha baixado meia bunda já, e mostrava a calcinha atolada dela, aí tentei chegar perto e encoxar ela e fingir que dormia. Consegui por uns minutos até ela acordar, e eu fingi dormir, ela se levantou e ali mesmo trocou a roupa pra sair do quarto, e eu pude ver pq estava acordado mas ela não sabia, trocou tudo até a calcinha, colocou um vestido soltinho, e deixou as roupas bem no canto do quarto no cestinho deles.

Nisso depois eu me levantei, e ficamos na sala até a noite, olhamos filme normal e jantamos pizza, por volta das 21h, pessoal bebendo e tal, e ela me disse pra dormir com ela até meu tio voltar pois iríamos receber um primo ainda e ele usaria o colchão na sala.

Perto das 22h antes de ir deitar, eu fui ao quarto peguei a calcinha que ela usava a tarde e levei ao banheiro escondido, bati uma e gozei naquela calcinha que tinha muito cheiro bom. E devolvi ela, mas cometi o erro de deixar na tampa do cesto no quarto. Quando iríamos todos dormir ela entrou no quarto e antes pediu licença pra se vestir pra dormir, eu esperei tranquilo. Quando me disse que podia entrar ela vestia uma camisola preta lisa até metade da coxa, e tava com aquela calcinha na mão, me pedindo oq era aquilo. Eu travei e não queria responder, ela disse pra sentar na cama e falar pq se não teria briga, aí peguei e respondi que eu tinha batido punheta usando ela, ela ficou furiosa na hora e disse que isso era feio e errado, pq eu era minha tia, depois do sermão só me falou. “Se está com desejo de adolescente precisa contar pra alguém, amiguinha sei lá”. Nisso ela saiu do quarto, pegar água e levou aquela calcinha junto.

Voltou mas notei que voltou meio estranha, agindo diferente, aí deitamos e ela quis deixar um abajur aceso uns minutos pq tava tonta e me pediu pra desligar. Ela dormiu rápido e usávamos só o lençol, eu de curioso ergui aquela camisola pq ela tava apagada igual, e vi a calcinha gozada nela, ela vestiu. Ficou com tesão da situação, nisso eu pensei, é um sinal verde. Esse dia dormi só de cueca. Deitei perto dela e a abracei, encoxava aquela bunda e ela nem se mexia, fiquei nisso um tempo até não aguentar mais, aí fui tirando a calcinha dela aos poucos. Quando tirei ela, ainda de lado que ela estava, abria a bunda e via tudo. Mas ela começou querer acordar. Fiquei encoxando e com o pau na entrada da buceta dela, uns 3min, quase gozando. Nisso ela se mexe e acorda, eu tomei um susto e fiquei imóvel, ela sentiu tudo ali e viu também até pq o abajur ainda tava ligado. Mas ela não me acordou e nem brigou, só foi ao banheiro, ela pensou que não tinha feito nada ou que no máximo encoxei ela, que a calcinha ela tinha tirado ou nem vestiu direito.

Na volta do banheiro eu fiquei pelado já, e fingindo dormir, quando ela voltou logo se arrumou perto de mim e sentiu que eu tava sem roupa, e começou se esfregar ficou assim uns 3min, aí fingi acordar e pedir oque ela tava fazendo. Lembro que ela disse cala-boca guri, hoje tu aprende o que é bom.

Depois disso lembro dela me puxar contra ela, ela mesmo arrumar meu pinto, e eu pude meter nela, tive a experiência mais louca naquela idade, 13 anos só e metendo numa tia minha, casada ainda. Mas eles não iam bem a tempo já, e também minha tia já havia traído ele no trabalho dela, ela é camareira de hotel. Naquela madrugada lembro de pouca coisa até pq eu apaguei depois do que fizemos, mas lembro ser muito bom.

No dia seguinte ela fingiu que não aconteceu, e seguiu normal as coisas, nunca tocamos no assunto, eu por medo, e ela acho que por vergonha ou ética.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,03 de 36 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Anônimo 001 ID:1d1o7zo8wlt4

    Não sei Rick, me parece falso

  • Responder Chupadordebuceta ID:sjewprw8

    Relato gostoso!
    Fiquei totalmente ereto aqui, doido pra socar numa putinha🔥😈🥵

  • Responder Amauri ID:1ddez4ocyubt

    Muito bom esse conto, mostra a tia gostosa pra gente aqui