# #

Minha primeira mamada

295 palavras | 4 |3.91
Por

Bom, o meu conto não vai ser muito longo, mas é verdadeiro. Eu tenho 17 anos, 1,65, branco e tenho um corpo de normal pra magro e essa história começa comigo no mercado, eu estava no corredor onde ficam espelhos e coisas de vidro, quando aparece um cara com mais ou menos 35 anos, com uma camisa Polo que mostravam seu peito cabeludo, ele devia ter uns 1,70 e ele tinha uma barriguinha, eu nao tinha entendi bem o que ele queria, mas tinha ficado curioso do pq ele ficava me encarando, então quando nos ficamos totalmente sozinhos no corredor eu passei por ele e ele deu aquela pegada no pau e me deu uma piscadinha, eu já tinha entendido oq ele queria, cheguei perto dele e ele me convidou pra gente ir até o carro dele, quando a gente chegou lá ele estava duraço, já saiu tirando o pau pra fora, mas o mercado estava cheio, então muitas pessoas estavam passando, mas mesmo assim eu simplesmente coloquei na minha boca e comecei a chupar, mas quando eu comecei a chupar começaram a passar algumas pessoas e ele simplesmente segurou minha cabeça fazendo com que todo o pau dele ficasse dentro da minha boca, eu nunca tinha feito isso estava engasgando, mas ele não ligava e continuava segurando, até q ele finalmente gozou bem no fundo da minha garganta, eu tomei tudinho sem dispersar absoluta nada, depois disso marcamos de nos encontramos pra gente fazer mais coisas assim, mas ele não apareceu.

É isso, espero q vc tenha gostado é realmente uma história verídica por isso é meio sem graçakkk, e caso vc seja da zona leste de SP escreve seu número aí pra ver se rola alguma coisa

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,91 de 22 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder João Luiz ID:1elod16u5khe

    Estava dando umas voltas num shopping, qdo deu vontade de urinar. Eu estava no terceiro piso, e fui num banheiro que ficava no caminho da saída do estacionamento. Estava vazio, eu lá mijando numa boa, qdo entrou um garoto. Mictório não faltava, mas ele veio num bem ao meu lado. Sem nenhuma cerimônia, ele olhou pra minha, depois olhou pra mim e sorriu. Perguntei se tinha gostado, ele sorriu e disse que adorou.
    Falei que se quisesse, podia ser dele. Já tínhamos urinado, e ele até guardado a rolinha, mas eu não. Virei pra dele, e nem precisei pedir. Ele pegou com gosto, apalpou, olhou pra mim e perguntou se eu estava de carro. Respondi que sim, ele falou pra irmos pro carro então que queria me chupar. Pensei que podia ser uma fria, vai que ele é só uma isca né. Perguntei seu nome, e idade. Rodrigo, 13a, e disse que tinha de ser rápido pq estava com a mãe. Saímos, e perguntei se a mãe sabia que ele era “viadinho”, ele disse que ela não fazia nem idéia de quem o fez ser assim. Perguntei quem. Foi um ex-namorado da mãe qdo ele tinha 11a. Brinquei dizendo que ele só dava a bundinha a pouco tempo. Ele riu e disse foi só três pessoas. O ex-namorado da mãe, um colega de escola, e irmão de uma outra colega. Falei que queria ser o quarto então. Ele parou e falou que nem pensar, pq minha rola era muito grande, que queria só chupar. Disse que me viu numa loja, me achou bonito, charmoso e por isso me seguiu. Chegamos no carro, uma S-10 na época, toda lacrada. Olhei ao redor antes, e entramos. Resolvi mudar de lugar, e fui pro outro piso. Qdo parei, nem precisei pedir, ele já meteu a mão tirando minha rola pra fora. Peguei lenço umedecido no porta luvas, pra ele limpar minha rola já que eu tinha acabado de mijar, ele riu, me olhou com uma cara de safado e falou que gostava de rola com cheiro e gosto de macho. Nunca fui chupado daquele jeito. Não deu nem dez minutos, gozei na boca do garoto, e ele engoliu cada gota de porra que saiu do meu pau. Nos recompomos, e saímos do carro.

    • João Luiz ID:1elod16u5khe

      Fomos conversando, e o elogiei dizendo que ele chupava bem demais. Nada modesto, falou que gostava de chupar, e sabia que era bom de boquete. Eu queria mesmo comer a bundinha dele, e que bundinha. Ele era todo bonitinho, e cheiroso que só. Consegui marcar da gente se ver novamente em outra ocasião mais calma, e nos conhecermos melhor. Ele aceitou, me disse onde estudava, a hr que saía, e podíamos nos encontrar já na segunda-feira. No dia, hr e local marcado, lá estava eu. Minutos depois ele atravessou a rua e entrou no carro. Sorriu, me cumprimentou, e perguntou onde íamos. Deixei-o a vontade. Ele perguntou onde eu morava e e se tinha alguém naquele horário. Qdo falei que morava só, ele mordeu os lábios, e falou de um jeito bem engraçado.
      – toca pra lá “James”…kkkkk…
      Dez minutos depois estávamos no sofá papeando, enquanto ele acariciava minha rola. Depois de ter me chupado, e engolido minha porra, falei que ia ficar frustrado de estar com um garoto lindo, gostosinho, e não meter no cusinho dele. Ele arregalou os olhos, apertou minha rola e falou que era maior que a do ex-namorado da mãe, e maior que as dos garotos que tinha dado. Foi difícil, mas consegui convence-lo pelo menos tentar, e prometi que se não aguentasse, era só pedir, e eu parava. Fiz ele acreditar que estava disposto a cumprir. Ele pediu pra tomar um banho antes, e sozinho. Disse que tinha que se preparar. Apontei para o banheiro, falei onde estavam as toalhas limpas. O banho foi demorado, e qdo saiu, olhei e vi o qto ele era gostoso. Não foi fácil fazê-lo relaxar, e qdo ele mesmo pediu pra “fazer logo de uma vez”, foi demais. Ele chorou sim, e gemeu muito de dor, mas não pediu pra parar. Aguentou minha rola até o talo, e me deixou boquiaberto qdo gozou sem tocar em sua rola. E foi demais gozar cusinho dele, apertadinho e guloso. Ficamos na cama por mais de uma hr, e antes de sairmos pra lanchar e leva-lo pra casa, ele já mais relaxado, trepamos mais vez, gozei e o fiz gozar tbm do mesmo jeito.

    • Mineirinho ID:1ckssilnwl4y

      Comer novinhos é tudo de bom

  • Responder DOM ORFHEU ID:1diyf01kzyf4

    mas entao vc mamou ele e tomou seu leite direto na garganta, e ele foi seu primeiro macho ou vc teve outros bezerrinho novinho