# # # #

Lúcia observa sua filha – 3

524 palavras | 8 |4.64
Por

incesto me e filha, lesbianismo, zoofilia, teen

-“Mamãe, aii o pau dele já saiu de dentro de minha buceta”.
Ivete joelha-se e se põe por baixo do dog e com suas mãos busca seu pau ainda duro e gotejante e passa a lambê-lo em toda sua extensão, dando volta com a língua na cabeça do pau dele e em seguida o enfia todinho em sua boca e o chupa avidamente, põe e tira de sua boca, lambe o sêmen que continua a fluir da cabeça do pau do dog e me convida:
-“ Vem mamãe, chupa o pau dele e depois deixa ele te comer.”
Eu hesito, não sei se devo, mas confesso, ver minha filha chupar esse caralho enorme me encheu de tesão. Ajoelho-me e toando o lugar de Ivete, agarro o pau do Dog e o acaricio de ponta a ponta, acaricio a com a ponta dos dedos a cabeça do seu pau, caio de boca nele, engolindo-o todo e chupando avidamente, sentindo seu pau pulsar dentro de minha boca e nisso sinto a boca de Ivete de encontro à minha buceta que ela lambe, chupa deliciosamente, me levando à loucura, eu chupando o pau do dog e minha filha chupando minha buceta… Que deliciosa tortura…
– “Mamãe, agora fica de bruços, se ajoelha, quero ver o dog comendo a tua buceta. Isso assim mamãe, vou ajudá-lo a encaixar o pau. Sentindo a cabeça do pau dele querendo te penetrar, mamãe?”.
O pau do Lorde penetrou de vez em minha buceta, aquele pau em enorme, me dilacerando, estocando, me fodendo, metendo, com suas patas me agarrando e me sujeitando pelos quadris, estocando sem parar, bufando junta ao meu rosto, e nisso Ivete vem por baixo e toma meus lábios em um beijo ardente, suando minha língua, digladiando com a sua, me presenteando com sua saliva que ela derrama em minha boca, passa com a mão a afagar meu seio, apertando meu mamilo eriçado, arrepiado, me levando a gemer e chorar de tanto prazer.
Gozei inúmeras vezes até sentir Lorde despejar todo seu orgasmo dento de minha buceta, virar-se e ficarmos engatados, com aquela bola expandida dentro de mim.
Ivete, solidariamente, continuou com seus carinhos e sugando minha boca e em seguida tomando meu seio em sua boca, e sugando, passando a língua pelo mamilo, e eu a ponto de desmaiar.
Passados algum tempo, sei lá, quanto, talvez uns 10 a 15 minutos e finalmente o pau do Lorde sai de dentro de mim, e então me deito extenuada com a melhor foda que tive em toda minha vida.
Nisso, Lorde me força com seu focinho a abrir minhas pernas e passa a lamber e fazer uma completa limpeza em minha buceta, bebendo meu sumo misturado com seu sêmen.
Exausta, me levanto e abraçando minha filha, lhe digo:
– Obrigado filha, foi a foda mais fantástica de toda minha vida. Agora, como você me prometeu quero que me conte como tudo começou e como você se tornou essa putinha deliciosa.

Continua parte 4

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,64 de 33 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder pedro terra ID:1d2i7kn2gurg

    muito bom

  • Responder mari ID:w71ptkzl

    me chamem no telegr4m —- Mari Fernandes — o perfil tem uns shortinhos pra venda, nao vou por o perfil laqui ainda não , chamem que a gente troca ideias legais

    • Victor ID:g3iuhxthk

      Não aparece

  • Responder Bro6911 ID:1ewu75tm8yfu

    Delícia de conto! Gostava de ter uma família assim 3 quem sabe dar o meu ao dog também!

  • Responder Flori ID:1ck9f4gyxp60

    Nossa fiquei excitada com esse conto

    • Gordinha safada ID:1elihou0dgxa

      Eu tbm fiquei delícia

    • Nacana05 ID:1cry12sbj3xl

      Delícia

    • Beletrista ID:16mdrck0p27y

      Vou postar a partge 4