# # #

Filhinha de 11 anos putinha, eu comi gostoso seu cuzinho e sua bucetinha PARTE 3

995 palavras | 11 |4.71
Por

Agora ela estava curiosa em saber como era gozar com um pau grosso no cuzinho

Olá, pessoal. Este é o 3º conto da saga de putaria entre minha filha de 11 anos e eu. Para entender melhor a história, você precisa ler os contos 1 e 2. Siga o link abaixo, mas não deixe de comentar ao final.
/2023/05/filhinha-de-11-anos-putinha-eu-comi-gostoso-seu-cuzinho-e-sua-bucetinha-parte-2/

Sou um cara de 47 anos, divorciado e muito safado. Jamais dispenso uma boa putaria e por conta disso, já vivi inúmeras aventuras, algumas delas relatadas neste site.
Quando acordei naquela manhã deliciosa, tive que mandar lavar os lençóis, porque ficaram manchados com nossos fluidos e um pouco de sangue que saiu de sua bucetinha virgem após ela mesma ter forçado o rompimento de seu hímen. Eu não a acordei para ir à escola porque, afinal de contas, era um dia especial: O dia que ela se tornou uma mulher quase completa. Faltava-lhe apenas menstruar. Deixei que ela dormisse até lá pelas 10 horas. Eu já estava em meu escritório (Sou fotógrafo profissional), quando ela entra, ainda com sua roupinha de dormir, toda amarrotada, cabelinho espalhado e carinha de quem estava acabada. Me deu um beijo, dizendo: Paizinho, o que foi aquilo ontem a noite? Estou toda dolorida e nem ando direito e sorriu. Ah, meu amor, eu não sei de nada. Foi você quem enlouqueceu ontem e praticamente me estuprou, sua diabinha. Rimos bastante e ela foi tomar seu banho e eu fui cuidar dos meus afazeres e meditar no que havia acontecido. Eu, um homem maduro, com meus cabelos já grisalhos, fazendo coisas de rapaz novo. Na verdade, eu estava era me sentindo um menino que acabou de ganhar um brinquedo novo. Fui até o banheiro e fiquei olhando de fora do box transparente, seu corpinho ainda quase infantil banhando-se e sabendo que no dia anterior, meu pau todinho estava dentro daquela bucetinha pequena. Passaram-se uns 2 dias em que deixei ela se recuperar um pouco, mas ela ainda não sabia que eu mexia em seu celular e foi por causa disso que se originou toda essa aventura que estávamos vivendo. Continuei mexendo diariamente em seu celular quando ela ia pra escola e de cara já peguei sua conversa com aquela amiga safadinha que também dançava e gravava suas dancinhas sensuais. A conversa era mais ou menos assim: “Amiga, você não faz ideia do que é gozar com um pau gostoso enfiado. Sua louca….vai me dizer que vc deu para o seu pai???Eu não resisti, amiga, ele é muto gostoso. Menina…..acho que eu desmaiei, porque foi tão gostoso que só acordei no outro dia já era mais de 10 horas. Nossa amiga, você é privilegiada; seu pai é super gostoso; queria tanto que meu pai notasse que eu quero dar pra ele também”. E este foi o teor da conversa delas. Aninha terminou a conversa dizendo que um dia quem sabe ela liberava o pai para comer a amiga. Eu, evidentemente, fiquei todo orgulhoso e de pau duro na hora, me sentindo um galã. Naquela mesma semana, retomamos as gravações de mais clipes de dança. Sempre começando normal com roupa e terminando com ela sem roupa nenhuma sentando aquela bucetinha na minha cara e eu enfiando o dedo em seu cuzinho. Na verdade eu já estava preparando o seu cuzinho para o que viria. com o tempo, eu já estava enfiando 2 dedos em seu cuzinho que já não oferecia tanta resistência e ela amava isso. Ela mesma sugeriu que devíamos fazer uns vídeos onde ela pudesse ver meu pau entrando e saindo de sua bucetinha. Lógico que eu aceitei imediatamente, afinal, qual homem não gosta de um videozinho pornô? Ainda mais quando é uma linda menina de 11 anos nas imagens. Então preparei o quarto com luzes, tripés e toda a estrutura para que os vídeos ficassem o mais profissional possível, mesmo que somente nós dois é que iríamos visualizar. Aproveitei um dia que estava mais fresco e preparei todo o cenário. Aninha sugeriu cenas em que ela estivesse toda embebida em óleo desses perfumados. Assim fizemos. Peguei aquele óleo Sève, da Natura, que ela usava no banho e passei no seu corpo todinho, dos pés à cabeça, mas bastante em sua bundinha redondinha. Filmei ela em todos os ângulos e closes possíveis e depois de tirar também a minha roupa, subi na cama oferendo meu pau duro como pedra para ela chupar. Sabendo que estava sendo filmada, ela fazia carinha de puta e lambia meu pau até as bolas, babando nele todo. Fiz ela ficar de quatro e passei a pincelar meu pau em sua bucetinha e seu cuzinho que piscava sem parar. Como ela estava toda lambuzada de óleo, meu pau entrou fácil em sua bucetinha apertada e fiquei ali metendo vagarosamente em sua bucetinha enquanto lhe fazia carinho com o dedão em seu cuzinho e a outra mão segurava a câmera. Quando vi que ela já estava pronta, coloquei a cabeça do meu pau em seu cuzinho e fiquei ali esfregando esperando que ela, aos poucos começasse a forçar a bundinha para trás, enquanto meu pau ia devagarinho entrando naquele cuzinho gostoso. As vezes ela fazia uma careta de dor, mas mesmo assim não recuava; apenas parava um pouco e depois continuava, até que entrou todo meu pau em seu cu. Eu não me fiz de rogado; comecei um vai-e-vem cadenciado com seu rebolado e com poucas bombadas, gozei fartamente enchendo seu cuzinho de porra quentinha. Ficamos ali os dois grudados até que meu pau amoleceu e saiu naturalmente de seu cu, o qual vazou muita porra no lençol. Fomos ao banho juntos e depois dormimos o restante da tarde, já que eu não tinha clientes aquele dia. Continue acompanhando a saga. nos próximos contos, tem coisa nova e inédita. Não perca. Meu telegram é @PauloRoberto9613

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,71 de 80 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

11 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder @ saull77 ID:1dak0jbb0a

    Mais uma vez tá de parabéns

  • Responder Raul ID:1daiadjozj

    Bem detalhado e muito excitante seus contos. Cadê a continuação?

  • Responder Vespucio Neto ID:8d5ngwaoib

    Cara está maravilhoso cara conto melhor que o outro, fecho; a olhos e consigo ver a cena de tão bem detalhado que está o conto.

  • Responder Ronaldo mineirinho ID:2je6s041

    Você pode fazer os contos mais longos e nos deixar com mais tesão que já deixa, agora está na hora da amiguinha também entrar na brincadeira junto com sua filha.

  • Responder Detector de Mentira ID:1ck85l55b830

    Aí ,você acordou ,e viu que tava todo cagado

    • Paulo Roberto ID:81rd4h2v9k

      Você é débil mental????? Com certeza sofre de problemas cognitivos ou tem complexo de inferioridade por ter sido rejeitado sempre. Você não sabe o que significa a palavra “conto”???? Deixa eu te ensinar então: A palavra conto já diz tudo: É um conto. Pode ser verdade ou não. Você é quem decide de vai acreditar ou não. Portanto, faça seus próprios relatos e pare de vir aqui pra bater punheta e depois encher o saco dos demais leitores. Idiota.

  • Responder Observador ID:w73hy49k

    Resposta esse conto com seu usuário para não perdermos as continuações.

    • Gordinho gtz ID:1drt6fjsmgz9

      Esse
      Cara é muito sortudo,quero muito ver uma fotinha da sua filha

    • Gordinho gtz ID:1drt6fjsmgz9

      Mano muito bom o conto eu queria ver essa filha dele

  • Responder ABIN ID:40vowlylqr9

    Doido para ver você contar essas histprinhas aqui dentro da jaula. Adoro quando um pedo FDP como voc~e cai aqui. Sua hpra chegrá.

  • Responder lorena ID:1dak4gxzra

    faz um conto mãe e filho se seduzinho pelo wpp, inclusive com troca de fotos