#

Fui deliciosamente fodida no aniversário

1093 palavras | 6 |4.66
Por

“Nunca fui de comemorar aniversários, mas quando fiz 30 anos, quis algo especial. Resolvi fazer algo que não tenho hábito, sair com amigos e encher a

Marquei de sair na noite de sexta, um dia após meu aniversário, com 3 amigos e 2 amigas. Avisei todos uma semana antes. Todos confirmaram. No dia, Raquel e Monique, minhas duas amigas não puderam comparecer. Raquel viajou e Monique trabalhou até mais tarde. Sobraram meus três amigos, Jonas, Adriano e Rafael. Saímos nós quatro.

Marcamos de nos encontrar em um bar. Pedimos umas entradas e cada um pediu um drink. Rimos muito, tínhamos muita intimidade. Papo de sexo rolava solto. Num determinado momento, Jonas perguntou o que eu gostaria de ganhar de aniversário, se pudesse escolher. Com um sorriso malicioso, e já bêbada, fui bem direta: ‘rola!’

Todos rimos muito. Eles eram respeitosos comigo mas todos éramos bem sacanas. Uma hora depois, tivemos a ideia de ir até a boate da cidade. Na frente, apareceu um amigo de Rafael que se juntou ao grupo. Se chamava Higor. Um gato! Comecei a sentir tesão estando rodeada de tanto homem bonito. De canto, falei com Rafael, disse para me ajudar a ficar com Higor na boate. Dito e feito! Entramos, dançamos, bebemos ainda mais e beijei muito o Higor. Adriano era mais atirado e conseguiu ficar com uma menina também, mas ela logo partiu para outro. Eu e Higor aproveitamos bastante, mas dado momento o grupo se uniu novamente na boate e paramos de nos beijar. Eu queria mais, eu queria sexo. O som estava alto, difícil para chegar no ouvido de Higor e pedir para ele me comer. Foi quando deixei meu tesão de bêbada falar mais alto. No meio dos quatro, coloquei as mãos no ombro de Higor e falei em tom alto: ‘quero transar agora!’

Foi divertido, a reação deles todos foi impagável. Peguei na mão de Higor para levá-lo ao lado de fora, mas aí tive outra ideia. E se eu chamasse todos eles? Sempre tive essa fantasia mas nunca realizei por falta de coragem e oportunidade. Era meu aniversário, eu estava bêbada, com tesão e tenho certeza que todos topariam me comer, matar a minha vontade. Então, olhei para trás e falei: ‘querem vir também?’

Higor ficou muito surpreso, todos se olharam, cochicharam algo, me olharam de cima a baixo e vieram. Lá fora, discutimos sobre o local, com os olhos deles sobre mim o tempo todo. Imaginei todos os paus me servindo e fiquei molhada. Queria logo! Não podia ser num motel, alguém poderia me ver e não seria bom para mim. Rafael nos chamou para o apartamento dele e gostei da ideia. Prosseguimos!

Higor foi no carro dele, Rafael dirigiu o dele, com Adriano no banco da frente, enquanto eu e Jonas já começávamos a esquentar as coisas no banco de trás. Jonas me beijou, apertou meus peitos, colocou os dedos dentro da minha calcinha e eu pude sentir o pau dele já duro. Adriano, babando ao assistir a cena, se virou, colocou dois dedos na minha boca. Chupei os dedos dele. Depois, suavemente apalpou meus peitos. O clima todo estava ótimo.

Chegamos no apartamento de Rafael. Ele ofereceu mais bebida, mas eu já estava no ponto, quis começar rapidamente. ‘Não quero beber mais, quero meu presente agora’, falei.

Adriano me pegou no e me levou para a sala. Me colocou no sofá, abriu as minhas pernas e começou a me chupar loucamente. Jonas foi o primeiro a botar o pau para fora. Veio até mim, colocou a rola na minha boca e mamei. Os outros dois se empolgaram, tiraram as calças, ficando um de cada lado. Masturbei os dois, ao mesmo tempo em que chupava e era chupada. A sala funcionou como uma área de preparação. Muito sexo oral e nenhuma penetração. Até que fomos para o quarto. Lá, foi uma loucura!

Eu não sabia mais que pau eu chupava, era muita fartura. Rafael e Adriano tinham paus bem acima da média. O de Rafael era maior. Os outros tinham pau menores, mas não era pequenos, eram de tamanho médio. O de Jonas era o mais grosso, cabeçudo. Provei o sabor da rola dos quatro, até que passei a ser penetrada.

De lado, na cama, Higor me penetrou primeiro. Caprichei nos gemidos para deixar todos bem excitados. Enquanto Higor metia, eu mamava a rolona de Rafael. Os outros dois assistiam, bem próximos. Todos revezaram para me foder. Mamei todos enquanto era fodida, um de cada vez. Até que, numa vontade absurda, pedi por dupla penetração. Foi quando tudo ficou maravilhosamente ótimo.

Eu tinha prática em fazer sexo anal, mas mesmo assim pedi que fossem com cautela. Higor chegou primeiro para foder a minha bunda, mas pedi para esperar. Lubrifiquei bastante o pau dele com a minha língua e depois sentei em Adriano, que já estava deitado. Dái Higor foi e meteu. A cabeça dele na entrada da minha bunda, enquanto eu sentia a rola de Adriano entrando bem fundo, me arrepiou toda. Os outros dois babavam assistindo. Rafael voltou a colocar o pau na minha boca. Foi quando testei meu limite. Pedi para Higor e Adriano meterem fundo e, no mesmo momento, tentei uma garganta profunda em Rafael. Eu estava gulosa. Queria sentir todos em mim. Durante a noite, quatro rolas me foderam em todas as posições imagináveis. Minhas amigas jamais acreditariam na minha loucura.

Depois de tentarmos muitas posições, Rafael foi o último a foder a minha bunda. O pau dele entrou me rasgando toda. Senti cada centímetro! O tesão dele era tanto, que senti que estava perto de gozar. Tive uma ideia. Receber o leite deles na minha cara. Tirei a rola de Rafael, me levantei da cama e me ajoelhei no centro do quarto. ‘Quero tudo na minha cara’, supliquei.

Eles ficaram em pé, em volta de mim, todos querendo socar na minha boca. Rafael gozou primeiro, acho que estava segurando. Jorrou forte, chegando a espirrar no meu cabelo. Adriano e Jonas gozaram quase ao mesmo tempo. Aquela porra toda começou a escorrer pelo meu rosto, passando pelos meus lábios. Era a vez de Higor, ele jogou toda a porra no fundo da minha boca. Senti que era grossa. Parte dela eu engoli, o restante deixei escorrer pelos meus lábios, se misturando com o leitinho dos demais. Acabaram comigo, mas estava feliz e saciada! Muito saciada!”

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,66 de 29 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Thi... ID:1e7pwp75nlea

    Olá chame no telegran sou de sp z/o @PiritubaT, quero saber mais detalhes, ótimo conto.

  • Responder Gos ID:1d2iixke3bgl

    JÁ comi uma colega de trabalho, assim mesmo,entre amigos…ela deu no estoque pra 4 caras…tomou pica de todo jeito. No outro dia ela estava andando de pernas abertas.

  • Responder Rick ID:1d2iixke3bgl

    Tenho um fetiche de transar com outras mulheres ao mesmo tempo…ainda quero realizar em breve.

  • Responder Pau pequeno e grosso ID:81rmwnam9d

    Quero fazer uma festinha assim, topa participar? Aguentaria 8 rolas? Me chama que a gente combina os detalhes delícia!

    • Raquel gostosa ID:6stwykeoib

      Ha safado o dia que voce fizer sua festinha me convida tambem.. vou amar 8 rolas. Se for grandes e grossas melho. Mas so me fodem se for sem camisinha.

    • Touro ID:1dgik88hqyej

      Sábias palavras RAQUEL GOSTOSA
      Fale comigo amoré
      tourodovale(arroba)Hotmail.com