# #

Transei com o meu priminho

651 palavras | 10 |4.45
Por

( Me desculpem os erros escrever pelo celular esse texto não é bom ) Que bom que eu encontrei um espaço para desabafar essa experiência extremamente excitante no qual me fez enxergar a minha bissexualidade. Meu nome é Júlio, tenho 23 anos e sou estudante de Direito, vivo com minha avó e mãe no interior da Bahia, em alguns finais de semana e feriados sempre recebemos a visita do meu irmão , sua mulher e seu filho, o Diego. Diego é de boa, tem 11 anos e só andava no celular, meio nerd , é baixinho e usa óculos, já ficamos algumas vezes sozinhos, mas nunca houve nenhuma tensão sexual , até porque sou “hetero” ( no ano do ocorrido eu ficava com uma menina da faculdade, muito gostosa e eu estava gostando, isso aconteceu em 2019) . Diego me pediu para dar uma olhada no celular dele pois estava com um problema, lá em casa eu sempre resolvia esses pepinos, ao terminar o conserto, fui vasculhar a galeria de fotos, não sei o que me deu, dou de cara com uma foto dele de costas, mano, que bunda perfeita! Eu nunca tinha reparado, eram três fotos que me fizeram engolir a seco, minha pica pulsava olhando aquela bunda. Passou alguns dia e aquilo martelando na minha cabeça: será se sou gay? Ele enviava pra quem ? Será se ele já deu? Mas é meu primo!
um dia chegou ele e a mãe dele lá em casa, eu estava no sofá e ele passou por mim , cara, me deu muito tesão, ou seja, a presença dele já me causava efeitos rs. Sempre quando ele dormia lá em casa, as vezes, ficávamos assistindo e quando ele pegava no sono ele ia dormi com minha avó. Passou alguns dias ele teve lá e eu sugerir que ele ficasse pra gente assistir filme, o pai deixou ! ficamos na sala e tal e eu comecei puxar assunto de putaria e tal , ah! eu queria experimentar aquilo…e fiz um trato com ele : Diego, se eu fizer uma coisa você conta pra alguém ? Ele disse que não e ficou curioso!
– O que, Júlio.
Botei minha pica para fora e comecei a bater uma, o safado começo a rir e disse: vai bater uma, é? Então, vamos! Aí ele botou o dele para fora e ficamos ali batendo, eu aí sugerir : quer pegar? Mano, ele começou a bater uma para mim de um jeito tão gostoso e eu sem pedir ele meteu na boca! Já peguei várias meninas e nenhuma tinha aquela boca, meu pau é grande e grosso e ele ia sugando como se não houvesse dentes na boca dele, enquanto a baba ia escorrendo pela pica , sem falar que ele ia acariciando meus pentelhos e gemia com ela na boca, aquilo me deixava louco, então, gozei, minha pica pulsava sem parar e ele sugava não deixando escorrer nada, eu estava anestesiado de prazer naquela sala escura só com a luz da TV, chamei ele pra meu quarto e comecei a chupar os mamilos dele , aquilo estava muito bom ! Ele gemia muito me pegando, não parecia ser a primeira vez dele. Coloquei ele de bulso e finalmente, aquele cuzinho era meu , chupei sem pressa aquele cuzinho enquanto ele gemia me chamando de primo, peguei um creme e fui passando no seu cuzinho, enquanto metia o dedo botei ele para chupar mais, então deitei por cima bem devagar…e minha pica ia enterrando e ele gemia muito ,e eu fui bem devagar, larguei meu peso todo nele e meus pentelhos enroscavam nas sua bunda suada , até que entrou, só consegui dar umas quatro metidas , eu estava com muito tesão, eu sentia vontade de morder ele enquanto metia, aí eu não aguentei . Gozei litros naquele cu ….. Houve novamente em uma lavagem no tanque ,mas conto depois …

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,45 de 31 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

10 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder malhado sfado ID:1d3hscth3ci1

    porra, bora curtir esses lances juntos, chama ai @cwbp0

  • Responder Marcos Tadeu ID:19i2vpzrwlk3

    O irmão de um amigo, tinha 11a qdo começou se engraçar comigo. Um dia aproveitei que estávamos a sós, e o alertei sobre isso. Disse a ele que se o irmão ou a mãe soubessem das gracinhas dele, o bicho ia pegar pra ele. Isso não o intimidou, e bem debochado, falou que só iam saber se eu contasse. Jamais contaria, e disse isso. Ele pousou a mão na minha coxa, acariciou, e fez o que eu achava que ia fazer. Apalpou minha rola, olhou sorriu e falando baixinho, pediu pra ver. O irmão estava no banho, ia demorar, perguntei da mãe, ele foi ver onde ela estava. Voltou dizendo que estava estendendo roupa. Fui até a janela da sala, olhei só pra ter certeza. Abaixei o agasalho, tirei a rola e mostrei. Ele não se contentou só em olhar, meteu a mão e ficou acariciando. Tirei a mão dele, subi o agasalho, e voltei pro sofá. Ele me olhou com uma cara de safado, disse que era maior que a do irmão. Perguntei como sabia disso. Ele disse que sempre via o irmão nu. Eu não tinha mais dúvidas, ele gostava mesmo de rola. E pelo jeito não ia demorar pra liberar o cusinho, isso se já não tivesse liberado. Arrisquei apalpando a bundinha dele, e perguntei se já tinha dado. Ele negou. Duvidei, ele continuou negando. Só de zoeira, falei que se continuasse de gracinhas comigo, eu ia acabar comendo a bundinha dele. Não esperava aquela reposta tão explícita. Disse que se eu quisesse mesmo, que “pra mim” ele dava. Ouvi-lo dizer aquilo, foi esquisito, mas confesso que fiquei excitado com a hipótese de romper as preguinhas dele. E ele passou a me atentar mais ainda e deixei rolar. Um dia, sabendo que ele estava sozinho, resolvi não ir pra escola, e fui na casa dele. Já cheguei provocando ele, que não demorou nada pra entrar na onda. Botei ele pra chupar, e a inexperiência dele aumentou o tesão. Cobrei o que ele disse, que pra mim ele dava. Foi loucura, eu sei, e quase deu merda, pq o que aquele menino chorou foi de lascar. Meti com gosto, arregacei-lhe as preguinhas, e enchi o cusinho dele de porra.

    • Marcos Tadeu ID:19i2vpzrwlk3

      Ajudei ele no banho depois de ter lhe torado as preguinhas, e lavei bem o cusinho dele. Levei-o no colo até o quarto, ele pegou o uniforme da escola, reclamou que estava doendo um pouquinho ainda, e eu o consolei dizendo que era assim mesmo na primeira vez. Que depois não ia doer mais, brincamos mais um pouco antes dele se vestir, fia ele me chupar novamente, e dessa vez gozei na boca dele, que não gostou muito, e cuspiu no chão do quarto mesmo. Eu mesmo limpei depois. Ele se vestiu, escovou os dentes, e fomos pra sala. Perto da mãe dele chegar, dei uma geral com ele na casa, pra ter certeza que estava td ok, e antes de ir embora, conversei com ele sobre nosso segredo, e o danadinho prometeu guardar. Até pq falei que se contasse pra alguém, ia ficar feio pra ele, e não pra mim. Depois daquele dia, qdo eu ia na casa dele, bastava um momento a sós, que pelo menos um boquete eu ganhava. Comi ele muitas vezes, na casa dele mesmo, e na minha tbm. Qdo completou 14a, conversou com a mãe, e assumiu que era gay, que gostava de meninos. A mãe não brigou com ele, e disse que já sabia disso, e não permitiu que meu amigo, seu irmão não brigasse com ele tbm, e exigiu que o respeitasse. E o aconselhou a tomar cuidado com quem conversava sobre isso, pq temia que alguém batesse nele por isso. Qdo o irmão me contou, fingi surpresa, e o aconselhei tbm a respeitar o irmão e deixar que vivesse a vida dele, e além de respeita-lo, o apoiasse tbm em td. A única coisa difícil, era disfarçar e esconder que eu comia ele. Mas a gente se virava muito bem. Até os 16a ele foi só meu, depois deu para um primo, pro irmão de uma colega de escola, e até para o seu professor de História. Qdo mudei da casa onde morava, perdemos contato, mas até hj tenho na memória o dia que torei as preguinhas dele. E mesmo chorando, não pediu pra tirar a rola de seu cusinho nem ferrando. Chorou muito, mas aguentou até o fim.

    • Luiz ID:3v6otnnr6ic

      Adorei seu relato muito bom, deveria escrever mais

  • Responder Samuel ID:8cipmgxyhl

    Diego é primo ou sobrinho?

  • Responder Koller ID:1cryhkbdld5l

    Tá parecendo o DavyJones, confundindo sobrinho com primo

    • @nomegus ID:w71fotaz

      Kkk verdade

  • Responder PassNovinho ID:1epzegzwb89u

    Se é filho do seu irmão, ele é seu sobrinho kk

  • Responder Padrasto safado ID:g61zb7344

    Meu enteado de 11 aninhos é assim uma delícia bem delicadinho, e meigo parece querer rola mas é cabacinho ainda , eu acho até já pensei em conversar com ele junto com outro macho

    • Comedor pau grosso SP ID:8efc7w7b0b

      Opa, se estiver em SP, me chama. Já iniciei alguns novinhos indecisos q depois se descobriram putinhas. Telegram Lobowolf55