# #

Se tornando a esposa do papai -parte 2

895 palavras | 9 |4.67
Por

Incesto-mas com muito amor envolvido e umas pitadas de proibido

Depois de aprender a mama o papai e descobrir que ele me daria leitinho como aquela noite sempre ,me fez sentir especial, pois papai fico cada dia mais feliz e carinhoso. Os dias foram passando papai fico mais em casa comigo me chamava pra ver TV sentado no seu colo e me fazia sempre fica sem roupa dentro de casa, na hora do banho ele me lavava dizia que tinha que está sempre tudo limpinho ele passava a mão na minha pepeca e eu sentia aquela cosquinha gostosa, só quando ele lavava meu buraquinho atrás que era meio doloroso porque ele enfiava o dedo e ficava mexendo devagar,parecia que eu estava sendo meio rasgada ,cheia, eu choramingava o papai dizia que eu iria me acostumar, mas toda vez que eu me acostumava ele enfiava mais um dedo assim foi durante uns bom dias.
Meu corpo se desenvolvia crescendo cada vez mais, meus seios já estava maior era duas bolas quase do tamanho de um limão já esta estava criando bico, papai adorava fica mexendo, uma noite ele mexeu e chupo muito forte minha cosquinha aumento eu sentia algo me molhando na minha bucetinha achei que tava tipo fazendo xixi mas era tão gostoso que comecei a sentir um comichão entre as pernas, quando papai foi passa mão viu ele olhou e disse que eu tava molhadinha que eu tava começando sentir tesão intenso, fiquei preocupada mas como ele tava sorrindo achei que era uma coisa boa, ele começou a me toca só que dessa vez ele foi descendo e quando chupo meu grelo senti uma coisa tão intensa que achei que ia desmaiar, meu corpo tremia, parecia que eu estava com febre porque me sentia tão quente, comecei a me mexer tipo debater papai me segurou abriu minhas pernas mais ainda e chupo mais forte eu comecei a choramingar e foi ficando mais intenso quando derrepente eu senti uma coisa tão gostosa que não tinha palavras pra explicar, parecia que eu tinha perdido o sentindo eu ouvia alguém chorando baixinho e suspirando tremendo fui perceber que era eu só quando meu coração bateu mais devagar ,fiquei preocupada porque sem querer eu tinha feito xixi por quando olhei pro papai ele tava todo molhado, fui me acalmando quando vi o papai sorrindo ele me disse que eu estava pronta pra me tornar dele que eu era uma mulher com tesão agora eu não entendi mas gostei de ouvir aquilo, papai me mandou mama ele e encheu minha boca de leite, tava mais grosso foi difícil de engolir.
Eu tinha gostado tanto daquilo que eu queria mais quando eu descobri que toda vez que ele tocava e chupava eu sentia aquilo eu ficava doida querendo mais,queria o dia todo se podesse, uma noite papai tava me chupando e do nada enfio o dedo no meu cuzinho no começo senti um encomodo igual ele lavava, mas daí foi mudando, eu senti uma coisa mais intensa mais gostoso do que as outras vezes que ele fazia eu goza, eu me contorci e choraminguei mais, meu pai me olhou e falo
-Como esse cuzinho gosta de ser comido, ele suga o meu dedo todo imagina meu pau.
Não dei muito importância continuei deixando tava tão bom, meu pai me mando vira de costa eu achei estranho porque ele gostava que eu ficasse de perna aberta, ele me fez fica de 4 e começou a me lambe tava tão bom comecei a me mexer ele lambia mais e mais derrepente eu viro e disse que tava pronto que ele precisava comer meu cuzinho , não entendi muito bem, foi quando ele pego seu pau é começou a passa na entrada tava até gostoso mas ele começou a empurra forçando a entrada, era muito grosso pra entra eu comecei a senti dor porque estava tipo me abrindo, ele tava forçando entra mas era muito apertado pro pau dele, comecei a querer sai ele me segurou no lugar e continuo eu comecei a gritar pedindo pra para ele falou que não tava porque era muito apertado era bom demais que eu tava sugando ele, quando derrepente ele enfio mais fundo eu queria sair pois doia, ele ficou brabo e me deu um tapa na bunda e disse que eu tinha que fica quieta porque eu era dele ele tinha o direito de me come, eu nunca tinha visto ele assim ele me segurou mais forte e estoco com força entrando eu vi estrela e doeu muito ele ficou gemendo dizendo que nunca tinha comido um cu tão apertado eu queria que acabasse mas ele começou a tira achei que tinha acabado só que ele tiro e pós novamente e foi fazendo cada vez mais rápido eu já tava mole ele tava urrando ele derrepente enfio bem fundo e foi ai que senti uma coisa quente dentro de mim , ele saiu e não tive força pra mim mexer ele me pego no colo e me levo pra me limpa depois me colocou pra dormir e disse que eu me amava e que eu era dele.
Foi só o começo dele me ensinando a receber prazer e da……

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,67 de 36 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Margarida ID:1ien0eqm

    Gostei muito do seu conto. Fiquei excitada.
    De alguém quiser conversar.. [email protected]

  • Responder Papai ID:19p2cvld4

    Ótimo conto!
    Procuro por mãe e filha que queiram compartilhar a mesma pica, um verdadeiro trisal. Quero engravidar mãe e filha!
    Meu email: [email protected] telegram: dtoretto76

  • Responder Renata ID:gsudr920d

    Acho q seu pai foi muito violento para a iniciação sua no anal. Eu não foi meu pai mas sim meu padrasto que me iniciou, ele foi muito carinhoso comigo, me dedilhou o tempo todo, sentir um incômodo mas eu estava muito excitada quando dei por mim ele estava ejaculando seu esperma dentro do meu ânus. Adorei seu conto bjs

    • Nilramos ID:8d5i4j86ia

      Achei o mesmo que vc Renata, foi muito bruto para uma menina de 8 anos, mas tem horas que se vc não fizer de uma vez não faz mais. A um tempo atrás quando ainda vivia com minha ex mulher, a filha dela de 12 anos se mostrava muito assanhada sempre que a mãe e a irmã não estavam, sentava no meu colo e não parava quieta, me deixando de pau duro, passei a sarrar legal até o dia que a coloquei apoiada no encosto de braço do sofá e sarrei pele com pele, ela ficou doidinha, aproveitei nosso pré gozo pra lubrificar o cuzinho dela, e fui empurrando, ela choramingando e reclamando mandava tirar mas eu me mantive firme, a cabeça já estava dentro e meu pau deve ter uns 15 cm (normal), fui forçando sem meter todo até ela começar a gemer, mordia os lábios dando sinais de prazer, fiquei dando leves empurradas mas já estava muito seco, gozei gostoso alguns minutos depois, ela ficou sem falar comigo por vários dias até recomeçar tudo novamente, só que dessa vez eu estava preparando com um gel ky, foi só alegria comendo o cuzinho dela

    • Rafaella ID:funxvfyv3

      O conto foi muito bom, fiquei molhadinha. Mas concordo com a Renata. Foi um pouco afobado o pai da Camilinha. Mas ela ta virando submissa.
      Beijos Camilinha. Divirtam-se !!

    • Renata ID:g3j9taqrj

      Nilramos quando a gente sente tesão q não sabemos de onde vem por um homem não conseguimos nos controlar, o remédio é só pau mesmo, e depois q damos pro cara não conseguimos ficar sem, ainda mais quando ele faz gostoso, nossanos apaixonamos, isso é independente de idade.

    • Rafaella ID:funxvfyv3

      Concordo Renata !!

  • Responder tele: deboza ID:funszdpv0

    Safadinha vc espero que um dia tenha uma filha assim

    • Nilramos ID:8d5i4j86ia

      Ter a filha safadinha é outro nível, pena que só tive enteadas assim