# # #

Minha irmã lésbica me fez sua puta

2715 palavras | 5 |4.25
Por

Olá podem me chamar de Shad, vou trazer mais um relato contado a mim para q eu pudesse publica-lo.

Desta vez vou trazer a história de Leandro q tem uma irmã lésbica e na vontade fez o irmão de puta.

Lembrando q vou contar na visão do personagem principal da história.

Vamos a história

Sou Leandro moreno de pele clara, 1,75 m, na época do ocorrido eu estava com 17 anos, minha irmã Larissa (hj depois da mudança de gênero agora ela se chama Lucas) morena tbm, pele um pouco mais escura q a minha, 1,65 de altura, peitos pequenos mas uma bunda media, empinada e bem redondinha, na época do ocorrido ela estava com 18 anos, quase 19.

Eu saía de manhã de casa e chegava em casa por volta das 5 da tarde, meus pais saiam pra trabalhar e só chegavam por volta das 6 da tarde, minha irmã saía junto cmg de manhã mas seu curso acabava as 11 da manhã.

Era uma sexta feira eu estava chegando do colégio um pouco mais cedo pois n teria o último período, abri a porta entrei estava tudo muito quieto, fui até a cozinha peguei uma maçã na fruteira e subi as escadas, entrei no meu quarto joguei a mochila na cama, tirei meus tênis e sai, estava tudo muito quieto o q n era normal com minha irmã estando em casa, fui até seu quarto mais n tinha ninguém, desci novamente as escadas e fui até a lavanderia, na lavanderia tem uma porta onde a parte de cima é vidro, e olhando de dentro pra fora e possível ver tudo mas olhando de fora pra dentro n da pra ver nd.

Entrei na lavanderia e tbm n tinha ninguém, por curiosidade decidi olhar pelo vidro, quando olhei pelo na vi nada mas quando olhei na direção da banheira de hidromassagem do meu pai n acreditei no q vi.

Minha irmã estava com a melhor amiga dela Gabriela, uma garota q eu tinha certeza q transava com minha irmã direto, Gabi estava completamente pelada como a banheira n era funda ela estava ajoelhada com os cotovelos apoiado em uma das bordas, atrás dela minha irmã tbm estava completamente pelada, mas ela usava um cinto daqueles com um pênis de borracha, minha irmã estava atrás de Gabi enfiando aquele cacete na bucetinha dela, eu fiquei extasiado com aquela cena, sm pensar duas vezes tirei meu pau pra fora e comecei a me masturba vendo Lari fodendo com muita vontade a bucetinha de Gabi, ela enfiava aquele cacete com muita vontade enquanto com as duas mãos ela segurava a bunda de Gabi, de onde eu estava eu via a cena meio de lado, mas eu conseguia ver com clareza os peitos deliciosos de Gabi e sua bunda gostosa, e tbm conseguia ver os peitos pequenos da minha irmã e sua bunda gostosa, eu estava louquinho vendo Lari foder com muito gosto a bucetinha de Gabi, então Gabi começou a gemer mais alto e então minha irmã deu mais umas 5 estocadas e socou uma última vez até o fundo, nisso Gabi deu um gemido bem gostoso abrindo a boca e ae deitando sobre a borda da banheira, elas ficaram por alguns instantes naquela posição até q Lari tirou o cacete da bucetinha de Gabi, então eu pude ver com exatidão aquela bunda q parecia q escorria um pouquinho n me segurei e gozei em uma das calcinhas da minha irmã q estavam ali do meu lado, fiquei mais um pouco e ainda pude ver Lari se inclinando um pouquinho e passando a língua na bucetinha e na entrada do cuzinho de Gabi, enquanto Lari estava inclinada lambendo Gabi, eh pude ver tbm um pouquinho da sua bucetinha, uma bucetinha lisinha e toda linda, eu sempre via Lari de calcinha e sutiã, mas nunca eu a tinha visto com os olhos q eu estava vendo, como disse minha irmã e lésbica então eu via ela mais como um irmão msm, notei q as duas começaram a se levantar então rapidamente vesti minha cueca e calça e sai antes q pudessem me notar.

Subi entrei no meu quarto, quando escutei as duas chegando perto do meu quarto sai pra elas perceberem q eu já estava em casa, mas me surpreendi de novo, assim q sai do quarto dei de cara com as duas ainda completamente nuas, assim q me viram Gabi rapidamente escondeu atrás de Lari, q me olhou sorrindo tranquilamente, me perguntando se eu havia chegado a muito tempo, disfarcei dizendo q havia chegado a uns 5 minutos, mas eu n conseguia parar de olhar na direção de sua bucetinha, Gabi estava espantada perguntando se ela n ia se tampar mas ela disse q nos éramos irmãos e n tinha nd a ver, se despediram de mim e foram indo em direção ao quarto, Gabi tentando se esconder como podia e Lari ia tranquilamente rebolando sua bunda gostosa e tentando ajudar a amiga a se cobrir, elas entraram no quarto e fecharam a porta.

A sexta feira se passou normal como todos os outros dias, o sábado tbm, mas no domingo notei uma inquietação de Lari, q a todo instante olhava o celular como se esperasse algo, no domingo meus pais costumavam sair pra jantar só os dois e só voltavam pra casa no dia seguinte, e naquele domingo n foi diferente, por volta das 6 da tarde eles saíram, Lari continuava inquieta até q eu perguntei o q estava acontecendo.

Lari me disse q n era nd só estava esperando uma msg, deixei quieto, por volta das 10 da noite tava na sala vendo TV, Lari desceu as escadas foi ate a cozinha pegou uma água e bateu a porta da geladeira com raiva, veio e se sentou ao meu lado, perguntei o q havia acontecido, ela me disse brava q estava esperando Gabi mas ela precisou viajar com os pais pra casa dos avós, eu imaginei o pq ela tava tão chateada, então perguntei se eu podia fazer algo por ela.

Ela ficou um pouco pensativa e pra minha surpresa ela disse q talvez eu poderia ajudar ela, n imaginei como, então sem demora ela já veio me dizendo q ela e Gabi iam transar e q eu talvez poderia ajuda-la, fiquei meio sem reação, perguntei se ela estava louca, nos éramos irmãos e eu n podia transar com ela, mas então ela me surpreendeu mais ainda, Lari veio me perguntando se eu tinha a vontade de dar pra outro homem, gaguejei um pouco e ela me disse q algumas vezes ela mexendo no meu notebook ela viu vídeos e pesquisas sobre trios bissexuais, onde eram dois homens e uma mulher, e em determinado momento os homens comiam um ao outro, fiquei sem o q dizer pq ela tinha descobrido meu segredo, Lari então veio me dizendo q se eu tinha desejo de experimentar algo diferente quem melhor do q minha irmãzinha pra fazer isso.

Pensei um pouco até q ela perguntou de novo se eu queria ou n, apenas fiz com a cabeça q sim, desligamos a TV e ela já foi me puxando pela mão até chegarmos no seu quarto.

Já no quarto ela me mandou tirar a roupa, tirei meio sem jeito, ainda estava com o pau meio mole por ser minha irmã ali, ela então me olhou e foi tirando a roupa e eu acompanhando com os olhos, ela então ficou pelada e se deitou na cama e abriu as pernas exibindo sua linda e deliciosa bucetinha, na hr meu pau já começou a ficar duro, Lari molhou os dedos na boca e começou a massagear sua bucetinha, e então me mandou chupala, sem perder tempo já fui indo e metendo a boca naquela bucetinha, ela segurou minha cabeça enquanto eu ficava chupando e lambendo sua bucetinha, passei um dedo na bucetinha molhadinha dela e voltei a chupar, com o dedo q eu molhei levei are o seu cuzinho e comecei a enfiar meu dedo no seu cuzinho, ela deu alguns gemidos e me mandou continuar pq estava muito bom.

Depois de uns 5 minutos naquela situação gostosa Lari me mandou parar, eu obedeci, ela me mandou deitar, eu deitei já estava com o pau muito duro, ela veio então é começou a chupar meu pau, pra alguém q só pega mulher seu boquete era maravilhoso, depois de um tempinho me chupando ela me mandou fik de quatro, fiquei e Lari deu uma inclinado em direção a minha bunda deu uns beijinhos e então passou a língua no meu cuzinho, foi uma sensação espetacular, ela então pegou um gel lubrificante passou no dedo e começou a esfregar na entrada do meu cuzinho, massageou um pouco e então foi enfiando o dedinho em mim, aquilo era maravilhoso, aquele seu dava uma sensação geladinha e Lari era muito boa no q fazia, ela introduziu o dedo todinho dentro de mim e começou um vai e vem delicioso com o dedo, aquilo era muito bom, eu estava tão envolvido q deitei meu peito sobre a cama deixando minha bunda ainda mais arreganhada para Lari q continuava fodendo meu cuzinho bem gostoso, avisei q estava quase gozando aí então ela parou, me mandou deitar com o pau pra cima, obedeci, assim q deitei ela me mandou ficar na posição de sexo frango assado, assim eu fiz, Lari pegou meu pau e enfiou na boca ao msm tempo passa mais gel nos dedos e enfiou no meu cuzinho de novo, agora ela fodia meu cuzinho enquanto chupava meu pau, tava tão gostoso e ela foi e enfiou outro dedo, agora ela fodia meu cuzinho com dois dedos, ela ia fodendo cada vez mais rápido, até q avisei q ia gozar e ela enfiou o dedo com tudo uma última vez até o fundo, então comecei a gozar na boca dela q voltou a foder meu cuzinho só q mais devagar dessa vez enquanto chupava meu pau e engolia toda minha porra.

Ela então parou e se levantou enquanto eu fiquei jogado na cama, ela foi indo em direção ao seu guarda-roupas enquanto me falava q eu já estava pronto, n entendi muito bem até q ela abriu uma gaveta e tirou um cinto com um pênis de borracha, ele n era o msm q eu havia visto ela usando em Gabi, esse era menor, tinha uns 15 cm mais ou menos.

Ela colocou aquele cinto enquanto olhava pra mim e eu meio assustado sem saber se deveria ou n, Lari veio até mim e me puxou pela mão, tem um sofá no seu quarto então ela foi até ele e se sentou, em seguida me mandou subir em cima dela mas virado de costas pra ela, fiquei em pé sobre ela e fui descendo até sentar no seu colo, pude sentir aquele cacete roçando nas minhas bolas.

Lari me pediu pra levantar um pouquinho, assim q fiz isso ela pegou aquele gel e lambuzou bem aquele cacete, então ela segurou com uma das mãos na minha cintura e a outra ela foi posicionando aquele cacete na direção da minha bunda, ela foi me fazendo descer devagar até q senti aquele cacete encostando no meu cuzinho.

Assim q ele entrou um pouquinho ela segurou minha cintura com as duas mãos e foi me puxando pra baixo, aquele cacete tava tão lambuzado de lubrificante q ele foi entrando sem dificuldades em mim.

Assim q entrou metade Lari me mandou parar e esperar um pouquinho ate eu me acostumar, depois de um tempinho ela novamente foi me fazendo descer mais até q entrou todo, aí então Lari ainda agarrando minha cintura foi me fazendo subir e descer, aquele cacete ia me arreganhando todo, Lari me fazia subir até ficar só a cabeça do cacete e em seguida me forçava pra baixo até minha bunda encostar nela, e assim eu ia descendo e subindo naquele cacete, era uma sensação única, e era muito gostoso.

Depois de algum tempo assim, Lari me fez parar um pouco acima só com a cabeça do cacete dentro, eu n entendi o q ela ia fazer, e então ela agarrou forte a minha bunda e começou a se movimentar debaixo de mim, n era mais eu quem descia naquele cacete e sim Lari q movia seu corpo em direção ao meu fazendo aquele cacete entrar todo em mim e depois ela voltava, era ela quem comandava os movimentos agora, e ela foi aumentando a velocidade, cada vez mais rápido e eu sentia cada vez mais prazer, depois de foder ela me pediu pra subir e descer novamente, e assim fiz.

Mas desta vez n demorou muito, depois de uns 3 minutos subindo e descendo eu senti q a qualquer instante eu gozaria, então Lari me pediu pra parar novamente.

Ela voltou a segura minha bunda com uma das mãos e a outra agarrou meu pau e novamente ela começou a se movimentar, no mesmo instante q ela ia penetrando meu cuzinho ela tbm masturbava meu pau, e assim foi, ela ia aumentar aos poucos a velocidade das estocadas no meu cu e tbm a velocidade das punhetas.

N demorou muito e eu avisei q ia gozar, ela então começou a me punheta muito rápido e tbm a enfiar aquele cacete bem rápido em mim, eu já estava quase gozando quando ela me segurou forte e enfiou aquele cacete bem fundo em mim, na hr n aguentei e com a punheta dele gozei, eu nunca tinha visto meus jatos de gozo irem tão longe.

Depois de gozar soltei meu corpo sobre o dela e fiquei sobre o corpo enquanto ela ainda tava com aquele cacete dentro se mim e tbm ela passava a mão no meu gozo e levava até a boca dela, ela me deu uns beijinhos no pescoço.

Depois de alguns minutos ela me pediu pra levantar, assim fiz, fui direto e me joguei na cama dela com a bunda pra cima, ela se levantou tirou o cinto veio e se jogou sobre mim, agarrando minha bunda, veio até meu ouvido e disse q tinha amado me foder, me deu um bj no pescoço e me disse q na próxima ia convencer a Gabi a participar tbm, assim enquanto ela me fodia eu poderia foder a Gabi, dei um sorrisinho e disse q havia amado a idéia, ela se levantou e disse q ia tomar um banho, e eu apaguei.

Acordei no dia seguinte com Lari me chamando deitada ao meu lado só de calcinha, ela me chamava dizendo q eu iria me atrasar pro colégio, me levantei com muita preguiça enquanto olhava pra ela, n falei nd e fui indo em direção a porta, assim q tava saindo Lari me chamou e me falou q era pra eu ir treinando pq ela ia me foder muitas outras vezes, só dei um sorrisinho de puta safada e sai, durante o dia todo eu n conseguia me concentrar em nd só pensando no q havia ocorrido, e durante o dia todo no colégio eu fiquei pensando se eu deveria dar pra outros garotos tbm ou se eu dava só pra Lari, quem sabe numa próxima eu conto mais.

Esse foi a história de Leandro um conhecido meu, ele me contou outras histórias dele, se quiserem continuações deixem seus comentários aí.

E se vc tiver uma história e quiser me conta pra q eu publique entre em contato cmg eu garanto sigilo total e discrição.

Aqui é o Shad deixe seu comentário pois ele é muito importante para q eu prossiga trazendo outras histórias.

Um abraço a todos e fui…

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,25 de 12 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Shadow ID:3nwpelydt0c

    Blz

  • Responder Paloma. ID:5h7lvkxz

    Simplesmente amei e adorei

    • Shadow ID:3nwpelydt0c

      Q bom, fico feliz q tenha gostado

  • Responder Rafaella ID:7xbyxpzfi9

    Interessante..
    Beijos !!

    • Shadow ID:3nwpelydt0c

      Vlw, bjs