# #

Minha esposa deu o cuzinho para meu irmão mais novo

997 palavras | 0 |4.39
Por

Meu irmão sempre teve uma atração por minha mulher, quando tinha uma oportunidade logo tentava alguma coisa, chegando ao ponto de mostrar a rola dura para ela.
Minha esposa levando tudo na brincadeira, relevava suas tentativas porque sempre ele estava sobre o efeito do álcool. Ela me contava tudo, mas, eu dizia que era por causa da bebida.
Até que um dia mudou tudo, ela me disse que andou pensando muito na possibilidade de realizar minha fantasia de ver meu irmão foder ela. E, o que é pior, eu concordei com a ideia.
Não imaginava que seria muito difícil pra mim, ver minha esposa sentindo prazer com outro macho socando forte na sua bunda. Mas, o tesão que sentia era maior. Só em imaginar vê-la sendo abusada por meu irmão me dava um prazer imenso.
No último domingo de madrugada, meu irmão chegou em casa, tinha vindo de uma festa, pedindo se era possível dormir em casa, já tinha bebido um pouco. Disse para ele tomar um banho e depois ir para o quarto de hóspedes.
Ele não sabia, mas eu já estava esperando uma oportunidade como essa aparecer, para satisfazer minha fantasia de vê-lo comer minha esposa.
Enquanto ele tomava banho, chamei minha mulher, e perguntei se ela tava afim de realizar minha vontade de olhar ela sendo fodida por outro homem.
Ela deu um sorriso safado, e disse que também queria tomar banho, e saindo do quarto foi na direção de onde meu irmão tomava banho.
Eu entrei logo em seguida, não queria perder nada do que iria acontecer naquele quarto.
Ela bateu na porta, abriu e perguntou se poderia entrar, ele um pouco surpreso, disse que sim, ela já estava nua, e cheia de vontade.
Debaixo do chuveiro os dois começaram a se pegarem, ela punhetava sua rola até ficar dura. Ele beijava sua boca, com uma mão apertava sua bunda, enquanto a outra alisava sua buceta.
Ficaram por um tempo nessa pegação. Os dois faziam de contas que eu não estava ali.
Meu irmão abraçava ela por trás apertando os seus seios, esfregando sua rola na bunda dela fazendo com que ela virasse o rosto pra receber um beijo molhado do safado do meu irmão.
Ela colocou as mãos na parede, abriu um pouco as pernas grossas, empinava aquela bunda redondinha, revelava aquela marquinha de biquini, numa bela posição sensual revelando sua sensualidade.
Aquela troca de olhares revelava o quanto estavam atraídos sexualmente um pelo outro, não dava para disfarçar o desejo que sentiam.
Ela voltou a se apoiar na parede, enquanto ele beijava seu pescoço, mordiscando suas costas, descendo na altura de sua bunda.
Não estava acreditando naquilo que assistia, minha esposa agachada, chupava com tanta vontade a rola de meu irmão parecendo que iria engolir por inteiro.
Depois de alguns minutos meu irmão ficou de joelhos no chão para retribuir a chupada recebida, com as duas mãos abria a bunda de minha mulher deixando-a toda arreganhada, beijava, lambia e chupava o cuzinho e a buceta dela com tanta vontade e desejo, fazendo com que ela desse gemidos de prazer.
Meu irmão chupava ela por inteira, já de pé esfregava sua rola na bunda dela. Eu, sem saber o que fazer, achando que ele iria foder o cuzinho dela de primeira.
Mas, ele somente dava várias pinceladas de baixo para cima, encostava a rola na buceta e no cuzinho de minha esposa, levando-a pedir que ele a penetrasse logo. Pois, estava louca de vontade de sentir seu membro grande e grosso todinho dentro dela.
Meu irmão me olhava e sorrindo enfiava a pica todinha na buceta dela arrancando de gemidos de prazer. Ela gostava de ser penetrada por trás, era sua posição preferida. Ter um macho tesudo socando forte na bunda dela, era uma sensação incrível de se ver. E pelo fato de ser meu irmão, me dava mais prazer ainda.
Ela me olhava com uma cara de safada e dizia: era isso que você queria olhar, seu irmão fodendo minha bucetinha? Ele vai me deixar arrombada, tá muito delicioso sentir a rola dele preencher minha buceta.
Aquilo fazia com que a vontade aumentasse mais, queria ver agora sua bunda ser fodida por meu irmão.
Meu irmão não parava, não cansava, quanto mais ela gemia, mais ele aumentava as bombadas parecendo um animal.
Quando parecia que ela iria gozar, meu irmão tirou a rola da buceta, e já enfiou todinha na bunda dela sem aviso prévio.
Ela deu um gritinho e olhando para trás falou para meu irmão: tá gostando de foder sua cunhadinha, em safado? Gosta de comer minha bunda? Então, faz comigo o que você quiser, eu aguento qualquer coisa.
Meu irmão parecendo um cavalo atrás dela, segurava a cintura dela, e aumentou a velocidade das estocadas, eram profundas e rápidas fazendo minha esposa dá gritos e gemidos anunciando seu orgasmo.
A água não parava de cair sobre seus corpos nus. Era uma sensação incrível ver eles dois totalmente entregues naquela foda fenomenal.
Meu irmão percebendo que ela tinha gozado com seu pau atolado no seu cuzinho, deu várias bombadas fortes e profundas despejando uma quantidade de porra no rabo dela.
Eu na porta do banheiro me deliciava assistindo minha esposa sendo castigada pelo meu irmão mais novo. Minha esposa mau conseguia se manter de pé.
Quando meu irmão retirou a pica do cuzinho dela, vi o quanto ele tava arrombado. Meu irmão abraçou carinhosamente sua cunhada, e dando um beijo gostoso na boca. Ficaram um pouco debaixo do chuveiro curtindo aquela trepada maravilhosa.
Depois conto o que aconteceu quando foram todos para a cama…

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,39 de 18 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos