# # #

Meu Capitão II

1543 palavras | 5 |4.69
Por

Obrigado pelos comentarios e os votos isto ensentivou eu a contar a segunda parte eu o capitão e meu filho

Eu e o capitão nós encontramos uma vês por mês,como relatei, no ultimo encontro falei com ele sobre meu filho e se o mesmo queria conhecer,me disse que sim,seria um prazer conhecer seu filho se for vistoso como você deve ser um lindo garoto.
Fique de ligar para o capitão marcando local e o dia.
De sabado sempre levo meus filhos na casa dos meus pais e de la vamos em uma praça ali perto para andar de bicicleta.
Tudo conspirou para dar certo,minha esposa foi trabalhar,o meu filho mais novo com dor de garganta, ficou na casa dos meus pais peguei o mais velho coloque a bicicheta no transporte e fomos para a praça,mandei a localização para o Almeidão,que logo chegou,eu estava sentado em um banco quando vi ele chegar de longe,meu filho estava dando volta por fora do campo de areia,capitão chegou me comprimentou,perguntou cade ele é aquele ali apontando para outro garoto eu falei que não e mostrei aonde o meu menino estava,que comentou parece ser um menino bonito,chamei meu filho e apresentei ele ao capitão como amigo da familia.
O capitao sentou e já levou ele para sentar no seu colo,vou descrever meu filho ele tem um metro e cinquenta e oito,pesa uns cinquenta quilos é magro,tem uma bunda ate saliente,um rosto lindo cabelo castanho claro usa um topetinho e colocou um brinco na orelha.
Quando o Almeidão pegou , levou ele para o colo meu filho não fez nenhuma resistência,ate pelo contrario ate se ajeitou no colo dele
O Almeidão perguntou sobre escola namorada do que ele gostava foi conversando como se eu não estivesse ali.
Como eu estava ali e nem participando da conversa fui levar a bicicleta no carro,coloque no transporte amarrei e de la eu olhava os dois,parece que estavam se entendendo muito bém eu vi até o capitão dando beijinhos no rosto do meu filho.
Voltei para perto deles foi ai que o capitão falou,pega seu carro e vamos dar uma volta você vai dirigindo e nós vamos atrás conversando,olho para meu filho e continuo o que acha meninão, meu filho respondeu vamos.
Quando meu filho sai do colo do capitão eu olhei e vi um volume monstro nas calças do capitão, meu filho também ficou olhando e deu uma risadinha,o capitão se ajeitou e fomos para o carro.
Eu no banco da frente e os dois atrás conversando,perguntei a onde vamos,ele me respondeu pega a rodovia vamos ficar rodando,vou ficar aqui falando com seu filho ok.
Quando chego na saida da cidade e pego a rodovia eu escuto o capitão falar ,quer sentar no meu colo de novo em mulecão,e meu filho responde sim eu quero,e foi para o colo do capitão que sentado no meio do banco ficou bem na reta do retrovisor de dentro,que eu ajeitei para ver direito.
Meu filho sentou encima do pau do capitão e começou a dar umas reboladas para se ageitar,quê logo segurou na cintura dele com aquelas mãos gigante,eu não perdia nada bem devagar eu estava com o carro.
O capitão falava isto se ageita ai vai ta gostoso ele respondia que sim.
Eu não imaginava que meu filho ia aceitar esta situação tão facilmente fiquei pensando será que alguem já tinha mexido com ele eu foquei de volta na estrada e o que ali acontecia,quando meu filho colocou as duas mãos uma em cada banco se curvou até me olhar e falou,pai eu gostei muito do seu amigo ele é legal.
Percebi que meu filho estava gostando desta situação rebolando no pau de um macho foi ai que o capitão falou,levanta um pouco ele se levantou e virou e ficou olhando para trás,o capitão abriu a calça e tirou o pau para fora,meu filho comentou,nossa e mais grande do que do tio da piscina,então eu percebi quê meu filho já tinha feito alguma coisa com outro macho,eu dei risada e perguntei,que outro tio filho,o professor de natação pai ele respondeu,foi ai que eu vi o capitão se punhetando,abaixou o shorts do meu filho e ficou passando para cima e para baixo no rego dele sem forçar a entrada.
Eu estava pensando como pode isto estar acontecendo e meu filho gostando nem sei o que fazer parar,não deixar,foi eu quem provoquei isto ou meu filho já fazia isto e nunca contou,ate que eu ouvi dizer ai eu estou gozando era o capitão se punhetando na entrada do cu do meu filho,dava para ver a porra escorrendo entre as pernas do meu filho,o capitão falava,que delicia de garoto tenho que comer este cuzinho arruma um lugar escondido,para o carro so vou colocar um pouco meu pinto neste cu,você deixa ne meu mulecão,meu filho falou,sim deixo tio vai devagar é grande o seu pinto.
Tinha uma estrada de terra e do lado canavial no primeiro carriador eu virei andei um bom tanto e parei.
O capitao acabou tirando toda a calça e o short do meu filho ficando pelados ambos da cintura para baixo,abriu as portas traseira do carro e colocou meu filho deitado de costa no banco de trás ,cuspiu na mão lambuzou o cuzinho do menino que já estava melado de porra,colocou a cabeçona do pinto bem na reta e foi com o dedão no cabeção da rola foi empurrando para dentro,forçando bastante para entrar é muito grande,meu filho estava fazendo uma careta e gemendo de dor bem baixinho quando a cabeçona deu um pulo para dentro,ele deu um grito,e pediu para tirar mais o capitão foi empurrando para dentro,lembrei de mim quando ele fez isto comigo,agora com meu filho,ele ficou parado esperando o cu do menino que já estava com a rolona toda dentro acustumado com o tamanho e a grossura,para ele dar umas bombadas.
Olhe no rosto do capitão dava para ver a alegria dele em estar comendo um cuzinho novinho daquele.
Olhei para meu menino que ainda fazia careta com umas lagrimas escorrendo no rosto.
Foi ai que o capitão perguntou posso dar umas bombadas filho,meu menino respondeu,de vagar sim,e a sim começou o vai e vem eu estava sentado no banco da frente virado para trás não perdia nada nenhuma socada e nem um gemidinho dele,quê delicia o que eu estava vendo hipnotizado pela cena linda aque homem grandão com um menino tão pegueno e ele aguentando um pintão tao grande a sim.
O capitão aumentou o ritimo e logo gozou enchendo o cu do menino de porra e foi tirando devagar,no rosto dos dois você via alegria meu filho gozou também sem colocar a mão.
O capitão foi se limpando com uma tolha que sempre deixo no carro,peguei uma flanela fui limpar meu filho,estava molinho, se trocaram e voltamos na praça eles se despediram,eu e meu filho fomos conversando eu pedi sigilo absoluto sobre o que aconteceu para ele,que disse pode deixar pai jamais vamos falar para alguém sobre isto fica entre nós,fui buscar o irmão dele na casa dos meus pais,ele não desceu do carro dei uma desculpa que ele caiu e estava com dor na perna,e fomos para casa.
Chegando em casa o mais novo foi para o videogame e eu fui dar um banho no outro e passar uma pomada para não ficar doendo..
Eu perguntei para ele meu filho você já tinha feito isto alguma vez com outro homem,me respondeu que sim e falou,o professor de natação eu já chupei ele e me comeu algumas vezes,você gosta,respondeu que sim eu gosto pai,faz tempo que isto acontece, um ano pai mais ou menos,tem mais alguém,ele falou que não,só brinca com alguns amiguinho mais não colocam dentro so punheta ou chupadas,você gostou do amigo do papai,sim ele tem um grande,vai querer de novo,sim mais sem força ele tem que colocar de vagar porque o dele é grandão.
Me levantei estava de pinto duro tirei para fora e falei quer chupar,ele pergunto não esta errado fazer isto com o senhor,falei que não você já esta crescidinho vem,foi gostoso ver ele me chupando gozei na boca dele e fui fazer o mesmo chupar ele que gozou tambem na minha boca uma porra ralinha,acabou o banho falei com ele,nosso segredo em ele me pergunto,pai você também gosta do pinto dos outros homens,respondi que sim….

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,69 de 13 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Nelson ID:3c793cycoib

    Pqp, que delícia, parece até um sonho, como desejei isso toda minha infância e não consegui. Garoto de muita sorte.

    • Felipe Bruno ID:38py1e2xt0b

      Obrigado pelos comentários vou relatar tudo que esta acontecendo espero que gostam

  • Responder Luiz ID:dlns5khrd

    Que conto maravilhoso!! isso nao é um conto foi uma poeta virtual garantida agora acho que o pai e capitao podem apresentar esse menino a outros homens uma festinha no quartel so para oficial ficava otimo

    • Felipe Bruno ID:38py1e2xt0b

      Obrigado pelo comentário da ânimo para contar o restante que esta acontecendo

  • Responder Andrezinho ID:g61zb7344

    Quero que meu padrasto me leve para eu servir ele e os amigos dele,tenho 13 anos e sou cabacinho ainda, quero macho