# #

Gravidez Anal

2285 palavras | 11 |4.57
Por

Engravidando pelo ânus, morava na roça e nao sabia nada de sexo apenas via os bichos. Mamae ficou gravida e eu queria ficar tambem.

Quando eu morava na roça lá pelo fim dos anos 60, a gente não tinha noção de porra nenhuma de sexo, tudo era tabu, ninguém falava nada pra nós. O que a gente via era um cachorro engatado numa cadela, um cavalo enfiando a piroca na égua, um galo em cima da galinha, isso era tudo que a gente sabia de sexo.
Quando a minha mãe ficou gravida eu vi a barriga dela crescendo ate que chegou um dia que meu pai levou ela pra cidade, lá no hospital e depois ela veio pra casa com o meu irmão mais novo.
Mamãe chegou sem a barriga, ai eu perguntei pra ela: – Cadê sua barriga mamãe? Ela respondeu
– Olha ela aqui em meus braços, é seu irmãozinho que estava aqui dentro de mim e agora esta aqui fora!.
Mamãe estava com meu irmão dando peito pra ele mamar. Lembro daqueles bicos grande pretos pingando leite e meu irmão ali todo enfiado nas tetas da mamãe.
Quando eu sai dali fiquei questionando: Como ele saiu da barriga da minha mãe e pior ainda, como ele entrou e ficou la dentro??? Essas perguntas não saiam da cabeça.
Ate que um dia eu estava no engenho de farinha com o meu amigo Linguiça, que trabalhava na fazenda colhendo laranja e mamão e a tardinha ate a noite em algumas vezes ele ficava no engenho fazendo farinha de mandioca.
Numa tardinha eu tomei banho e fui pra la pro engenho ajudar Linguiça a fazer farinha, eu sentava na maromba e ficava batendo com a varinha na mula pra ela não parar de rodar e a farinha não queimar.
Ele perguntou sobre o meu irmão e eu falei que estava bem e que dormia muito e que minha mae estava com os peitões enormes dando de mama pra ele.
Aproveitei e perguntei pra Linguiça: – Vc sabe me dizer como o meu irmão entrou dentro da barriga da minha mãe e como ele saiu?
Ele olhou pra mim e deu uma risada e disse:
-Vc não sabe não??
-Não?
Me pegou pelo mão e me levou ate no fundo do engenho no quartinho do paiol e me disse:
Vou te contar o segredo mas vc não pode dizer pra ninguém, se não, seu pai e sua mae vao te bater, ta bem???
– Ta bem, não conto nada pra ninguém!
Ele encostou a porta do paiol abriu os botões da calça e colocou o pau pra fora e mandou eu segurar e balançar.
Fiquei espantado e curioso, mas obedeci e comecei a apertar e balançar. Fiquei excitadíssimo e meu pau ficou duro também. O Pau dele ficou enorme e grosso, então ele me pediu que eu abrisse a boca e chupasse igual meu irmão fazia no peito da minha mae, fiquei meio apreensivo mas fiquei com tesao e abocanhei aquele pedaço de carne com aquela cabeçona vermelha.
Minha boca engoliu aquela cabeça e toda vez que ele empurrava eu me engasgava, mas ela ia entrando ate que entrou mais da metade, eu já estava com aquele pedaço de carne entrando na garganta, nesse momento ele deu um gemido e apertou minha cabeça de encontro ao seu pau e gemeu alto e comecei a sentir um monte de caldo entrando na minha garganta , quis tirar da boca mas ele segurou firme quase que vomitei.
Quando ele soltou minha cabeça estava quase sufocado e os olhos esbugalhados, tirei logo e vi aquele monte de leite branco saindo da minha boca. Uma grande parte eu tinha. engolido. Tinha gosto de remédio depois que descobri que parecia agua sanitária.
Então ele me disse: – É assim que seu irmão entrou na sua mae. Seu pai meteu o pau na boca da sua mae e Ele entrou assim igual esse leite.
Eu acreditei e perguntei e como ele saiu???
Então Linguiça me disse daqui a pouco eu te mostro como ele saiu, agora vamos la colocar a farinha no forno, então saímos dali e fomos pra dentro do engenho.
Depois de uma hora quando a farinha já estava torrada tiramos do forno e então colocamos a farinha nos sacos e Linguiça levou os sacos pra dentro do deposito. Chegando la ele fechou a porta principal do Engenho pra sair pelos fundo. Foi quando ele me levou no deposito das farinhas e me disse:
-Agora vou mostrar de verdade como seu pai fez seu irmão com sua mãe, mas antes vou te mostrar por onde seu irmão saiu.
Ele me pediu pra eu tirar o meu short, eu perguntei pra que?? Ele disse calma, so vou te mostrar por onde seu irmão passou.
Tirei o short e fiquei pelado, so de camisa. Me pediu pra eu ficar debruçado em cima dos sacos de farinha e de bunda pra cima arrebitada com as pernas abertas.
Linguiça chegou por trás abriu minha bunda e deu uma lambida no meu cu e começou a enfiar sua língua no meu cu. Eu travava tudo e ele dizia pra eu relaxar. Fui relaxando aos poucos então ele me disse que ia colocar o pau dele no meu cu aos poucos ate entrar todo porque ele já estava ensaiando como e por onde um filho sairia. Fiquei com medo mas ele me abraçou e disse no meu ouvido: -Vc quer ficar gravido igual sua mae e ter um filhinho?? Pensei rápido e achei aquilo uma coisa maravilhosa. Já pensou eu ser mae de um filho igual o meu irmão???
Respondi pra ele :
– Sim claro eu quero ter um neném também.
Ele me perguntou:
– Posso ser o pai??
Eu respondi: – sim pode sim. Como vc vai fazer ?
Ele começou a colocar o seu pau bem no olhinho do meu cu e foi forçando a entrada. Entrando e saindo aos poucos. As vezes eu dizia: – Ai ta doendo… ta muito grosso, tira um pouquinho! Então, ele tirava e logo enfiava de novo , ate que teve uma hora que ele entrou todo.
Ele me abraçou pela cintura e disse pra mim:
-Agora vc é mae do meu filho vou encher vc todinho de leitinho e eu comecei a sentir o meu cu arder mas quando ele aliviava eu queria mais entao ficamos ali engatados um tempo ate que ele disse:- ai vou gozar…to gozando, senti imediatamente algo escorrendo por dentro de mim, muita calda caindo dentro de mim então comecei a contorcer e acabei mijando e ficando todo mole.
Linguiça viu que eu gozei e estava quase desmaiado de tanto prazer.
Levantei o short e ele me disse que ainda faltava fazer os pes as pernas e os braços que eu tinha que ir com ele novamente 6 vezes pra meu filho sair perfeito,
Depois de 4 dias tomando no cu duas , ate quatro vezes , já não conseguia quase sentar com a bunda dolorida, as vezes nem conseguia cagar de tanto que ficava esfolado meu rabo, mas eu não podia parar, se não meu filho ia nascer aleijado faltando alguma coisa.
Todos os dias eu me olhava no espelho pra ver se minha barriga ia crescer igual da minha mae.
Ficava imaginando qual nome eu ia dar pra ele, mas me preocupava de como ele ia sair, porque eu tinha que alargar mais o cu pra ele passar e isso me preocupava.
Falei pra Linguiça, :
Linguiça, Meu cu ainda esta muito apertado pra passar uma criança, como vamos fazer pra nascer nosso filho?
Ele me disse que ia dar um jeito, ia chamar o Nil o primo dele que tinha um pau bem grosso e que iria alargar mais minha bunda pra passar o nenê”
Encontrei com eles no meio dos pés de laranjas atras no morro de casa, Nil chegou perto de mim e logo foi dizendo: – Vou alargar vc mas também quero ser pai de um filho seu. Eu consenti e assim fomos todos pra moita, onde tirei o meu short fiquei de quatro no chão com o cu pra cima. Ele deu um tapa e disse : -que bunda linda, gordinha , grande e gostosa. Cuspiu no meu cu e foi enfiando aquela rola grossa, eu gemia mas tinha que aguentar se não meu filho não ia passar e podia morrer sufocado. Então, ele foi penetrando e meu cu ficando cada vez mais ardido e mais dolorido, ate que teve um momento que falei eu vou desmaiar não aquento mais . Ele me pegou firme pelas ancas e me puxou e entrou ate os ovos no meu cu e deu uma gemida dizendo: _ Goza seu puto goza que eu estou gozando e arregaçando seu cu, eu dei um gemido e comecei a mijar de tanto tesao.
Linguiça então me disse- Aguenta ai que vou colocar meu pau no seu cu pra ajudar a alargar. Ele veio e foi penetrando no meu cu também. Eu dizia:,,,ai,,ai,ai, ai meu cu ta pegando fogo , tira um pouco, agora sim pode entrar de novo ! Quando eu fui ver estava com duas enormes e grossas picas no cu.
Senti que demorei pra fechar as pregas do cu mas consegui me sentir femea.
Descemos pra casa e eles me dizendo que estavam felizes porque eu agora era mulher deles dois e so deles eu prometi guardar segredo e ficava toda hora olhando pra o meu espelho pra ver se minha barriga estava crescendo.
Assim foi durante 3 meses dando o cu pra Linguiça e as vezes com os dois.
Eu já estava ate sentido os meus filhos mexerem dentro da barriga. Pior é que as vezes Linguiça me fazia sentar em sua piroca pela frente e ai ficava chupando meus peitos dizendo que ia fazer tirar leite dos meus peitinhos. Confesso que eu amava essas chupadas dos meus peitos sentia ate leite sair deles.
Depois de 3 meses eu fui com a minha mae na casa do meu primo e ele me mostrou umas revistas de sacanagem e eu vi que a mulher tinha um outro buraco que não era o cu, ai perguntei pra meu primo o que era aquilo ele me disse que era uma buceta que servia pra mijar e parir filhos, Eu disse que eu não tinha buceta e que eu estava gravido do meu amigo e que o meu filho ia sair pelo cu.
Meu primo caiu na gargalhada e quando eu perguntei qual era a graça ele me disse: Primo vc não tem buceta e filho so sai pela buceta, mas já que vc ta gravido o que vc quer fazer? Eu disse: – Quero que eles saiam de dentro de mim. Meu pirmo disse:- Posso tirar? Eu disse: – Como?
– Vou enfiar meu pau no seu cu pra medir quanto tempo falta pra eles saírem.
Então meu primo me sentou a piroca dele no meu cu também e ficou la dentro muito tempo e eu perguntava_ vai dar pra sair?? Ele dizia: – ta quase la. Ate que gozou e me disse acho que eles so vao sair depois de vc me da seu cu por 10 vezes.
Quando eu voltei pra casa com a minha mae, estava doido pra falar com ela que eu estava gravido e não sabia como eu ia tirar meus filhos da barriga pra parir.
Perguntei pra minha mae quanto tempo um bebe ficava n a barriga ela me disse eu eram 9 meses. Pra mim ainda faltava mais 3 meses, mas minha barriga não crescia.
Entao fui conversar com Linguiça, porque meu primo disse que eu não estava gravido e que ia demorar pra nascer se eu tivesse gravido.
Linguiça ficou puto e me deu um esporro me dizendo : – Quem mandou vc dizer pra seu primo da nossa gravidez??
– Eu disse porque estava com medo, porque minha barriga não estava crescendo!
Então , linguiça me disse que ia novamente me comer pra ver como estava e me colocou de 4 e me enfiou o pau ate o talo la no fundo depois de gozar ele tirou o pau pra fora e me disse que eu não estava mais gravido.
Fiquei muito triste e ai ele me disse que eu não ia ficar gravido porque eu não tinha buceta. Fiquei com muita vontade de ficar gravido e fui frustrado, Mas linguiça me disse que se eu quisesse continuar tentando ser mae de um filho dele ele continuaria colocando leitinho dentro de mim. Então aceitei e todas as semanas nos íamos pra o mato ou pra dentro do engenho pra transar e ele me enchia de leite no cu e eu gozava com ele apertando meu pau. Isso durou muito tempo ate que aos 13 anos me mudei pra cidade pra estudar e lá eu aprendi muito coisa e descobri que eu era bissexual por isso gostava tanto de levar leitinho no rabo.
Fui morar na casa de um tio meu , irmão do meu pai casado que acabou virando também meu marido escondido da mulher dele. Ele me fazia usar ate baby-doll quando ficávamos sozinhos em casa, sempre pela manha.
Mas isso é uma outra historia.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,57 de 28 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

11 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder kandangobi ID:4adfrjpcqrk

    Falando em roça, minhas primeiras experiencias sexuais foram com animais:cachorra, cabrita, egua, cachorro, ponei, galinha e por fim com uma mula novinha.
    Nao resisti ver o bucetao da cachorra entao, levei ela pradentro do banheiro, sentei no vaso e puxei a bolinha e cuspi no pau e fui enfiando bem devagar e ela aguentou tudo entao fiquei ali sentado no vaso saindo eentrando naquele buraco quente apertado ate que me estrebuchei todo e gozei sem saber o que era gozar. Meu pau latejava meu corpo arrepiava e meu cu piscava, agarrei a cachorra e apertei e depois fiquei quase desmaiado, o pau baixou e saiu de dentro dela, que deitou e lambeu a buceta limpando tudo que saia. Depois disso toda vez que eu ficava sozinho e de pau duro eu ia atras dela e comia novamente. Um dia eu vi o cachorro engatado nela e quando ele tirou o pau pra fora eu vi aquelas duas bolas enorme e o pau grosso grandao. Fiquei imaginando como a cachorra aguentava aquilo tudo dentro dela. Fiquei cheioi de curiosidade e comecei a pensar coisas muito doida com aquele cao! Isso é uma historia depois eu conto.

  • Responder Pirocudo ID:dcswg9gv1

    gente kkk muito bom cara seu conto acho que seja o melhor que vi aqui no site …queremos mais com certeza

  • Responder Fabio ID:6oeg84qhrc

    Muito bom o cinto

  • Responder Admirador ID:81rg0lh49c

    Gozei horrores lendo seu conto, conta mais

  • Responder fr ID:8d5f158hr9

    espetaculo

  • Responder Novinha18 ID:yb02rgzl

    Gostei kkkkk engraçado mais imagina ele ficando gravido

  • Responder Novinha17 ID:yb02rgzl

    Gostei kkkkk engraçado mais imagina ele ficando gravido

  • Responder Joby ID:1wlykv9h

    Continua

  • Responder Juan ID:w72dfyzl

    Gostei do conto.
    Mas em vez de me dá tesão, me rendeu foi uma crise de riso.

  • Responder Irmão mais velho ID:bf9kikz8rd

    Muito bom, gozei

    • @a2versatil ID:ona28geoib

      Delicia