# # #

Descobrindo o mundo da perversão

846 palavras | 0 |3.82
Por

Fui apresentado ainda bem novo a vida sexual.
Eu tinha 9 anos e na época eu costumava brincar com um menino que morava algumas casas depois da minha um pouco mas velho ele tinha 12 na época mas nossas brincadeiras eram bem bobinhas coisas de criança mesmo.
Até que um dia estavamos brincando no meu quintal sozinhos lá tinha algumas plantas quase no meio bem altas nós fazíamos tipo uma pista que tomava o quintal quase todo que passava por trás dessas plantas e ficávamos brincando com carrinho fingindo uma corrida.
Quando ele derrepente teve a ideia de uma brincadeira diferente eu topei meio sem intender direito.
Ele disse que era só fazer igual oq ele fazia.
Fomos pra trás das plantas então tiramos nossos shorts.
Então ele pegou e começou a massagear meu pau que começou a ficar duro e pediu que fizesse o mesmo.
Eu sou mulato e na época meu pau não era grande coisa.
Ele era branco e eu ficava olhando a diferença não era muito maior que o meu mas era branco e tinha a cabeça rosada e algumas veias verdes.
Depois ele se abaixou e colocou meu pau inteiro em sua boca fez um breve vai e vem com a cabeça mamando ele e depois se levantou e pediu que fizesse o mesmo estranhei o gosto pós era uma coisa diferente que eu nunca tinha sentido mas fiz igual ao que ele fez coloquei tudo na boca e fiz um breve vai e vem com a cabeça dando minha primeira mamada.
Aquilo virou rotina na nossa brincadeira sempre agente ia pra trás das plantas e ficava revesando um mamando o outro.
Até que evoluiu ele pediu pra ficar de quatro de costas pra ele e começou a esfregar seu pau na minha bunda e passar pelo meu buraquinho e depois eu repeti alisando meu pau na sua bunda e relando no seu buraquinho.
Depois disso ele passou um tempo longe seu pai era militar e teve que ir pra outra cidade.
Foi quando eu descobri as mulheres.
Eu já tinha 10 quando brincando com uma amiga de minha irmã mas velha que era vizinha de frente pra gente durante uma festa em sua casa ela me chamou pra esconder dentro de casa.
Na época não mandei nada mas ela me levou pro seu quarto e trancou a porta lá ela me fez tirar toda a roupa e também tirou a dela deitou na cama com as pernas abertas e mandou eu deitar em cima fiquei esfregando meu pau na sua bucetinha até a hora que ela o segurou e direcionou pra sua entradinha foi a primeira vez que comia uma bucetinha e gostei muito e não demorou pra eu começar a fazer com outras meninas da rua com a ajuda dessa menina e aos 13 eu tirei o cabacinho da priminha dela que tinha 10 anos na época com a ajuda e a presença dela que me ajudou.
Foi quando ele voutou mas velho.
Descobrimos um cara na feira que vendia porno sem se importa pra quem só precisava ter o dinheiro na mão.
E como na época eu ficava um tempo só em casa agente aproveitava pra assistir.
Ele se lembrou de nossa brincadeira e perguntou se não queria brincar eu topei e tiramos par ou ímpar pra ver quem começava.
Eu perdi então ele ficou na minha frente e tiro pra fora aquele pau branco com a cabeça rosada já estava duro e um pouco babado e era bem mas grosso que dá última vez que tinha visto.
Então comecei a abocanhar e mamar então ele pediu pra ficar de quatro tirei minha bermuda e fiquei ajoelhado no sofá.
Ele começou a alisar minha bunda com seu pau e passar no meu buraquinho derrete ele apontou e me segurando pela cintura começou a empurrar.
Aquela rola entrou me rasgando reclamei e pedi pra parar mas ele continuou e sem dó começou a bombar.
Senti sua porra encher meu cuzinho e uma sensação de alívio e um prazer diferente tomou conta.
Então chegou minha vez era a minha vingança assim eu pensava.
Ele agarrou meu pau e começou a mamar com vontade dava algumas pausas pra mamar minhas bolas e lamber sua porra que escorria enquanto me punhetava.
Ele ficou na posição e sem cerimônia já posicionei e empurrei.
O viadinho já estava arrumando meu pau escorregou pra dentro sem nenhuma resistência.
Comecei a bombar e ele rebolava e gemia feito uma putinha.
Gozei enchendo seu cu ele de vira pra mamar e limpar meu pau enquanto dedava seu cu e depois lambia a porra nele.
Depois daquilo não voltamos a fazer aquilo eu tinha ficado um bom tempo com minha bunda doendo.
E meu legosso era mesmo meninas.

Tive outras experiências desse tipo mas vai ficar pra próxima

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,82 de 11 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos