# # #

Abusada pelo vizinho

1351 palavras | 7 |4.38
Por

Me chamo Beatriz tenho 155 de altura 50kg magrinha peitinhos pequenos pele clara cabelos longos cara de garotinha até mesmo pq eu ainda sou só tenho 15 anos.

Tive uma nova experiência muito inesperada.
Tenho um vizinho seu nome e Alessandro ele veio morar a pouco na rua acabou de se separar de sua esposa ele tem 39anos mulato alguns cabelos brancos e umas entradas na cabeça não chega a ser gordo mais já tem uma barriguinha um cara normal não tem nada de super e bastante sério mas e bem descontraído as vezes.

Minha mãe ganhou uns quadros e um tapete da minha tia que estava pra se mudar mas não tinha como buscar.

Durante uma conversa no portão Alessandro ele se engraçando pra minha mãe que estava bem assanhadinha se ofereceu pra ir buscar em seu carro.
Minha mãe aceitou mas ela não iria poder ir por conta do seu trabalho.

Então ele me pediu pra ir com ele mostrar onde meus tios moravam.

Nós arrumamos e minha mãe sentou no seu lado pra irem conversando e eu fiquei atrás.

Deixamos minha mãe no trabalho e seguimos pra casa dos meus tios.
No caminho ele disse que precisava abastecer.
Paramos no posto e desci do carro enquanto abastecia ao volta ele disse pra ir na frente pós estava calor e eu ficaria mas perto do ar.
Entrei e cruzei minhas pernas e fiquei mexendo no celular.

No decorrer da viagem noitei ele olhando minhas pernas e a marcação dos meus peitinhos.
Eu usava uma blusinha fina sem nada por baixo então eles estavam bem marcados e minha saia era bem curta.
Ele puxou conversa e eu já estava ficando excitada com sua olhada.

Resolvi estigar um pouco.
Descruzei as pernas afastei elas um pouco e inclinei o banco.
Desse modo a busa marcou mas meus peitinhos e ele podia ver um pedaço da minha calcinha.
Ele olhou e deu um aperto no seu pau que já estava duro dava pra ver o volume em seu short.

Chegamos na casa da minha tia ele colocou as coisas no carro e minha tia insistiu pra que fizessemos um lanche e começou a fazer perguntas a ele quando íamos saindo ela me perguntou oq eu acharia de ter um padrasto.
Até parece que eu não tinha percebido o clima dele com minha mãe.

Sentei no carro com as pernas um pouco aberta e fiz a saia subir mas um pouco minha calcinha ficou quase toda amostra.
Ele se deparou com a sena e me olhou com cara de safado.

Saímos dali e ele começou a passar a mão na minha coxa fingindo ser sem querer e os poucos foi colocado a mão em cima e a alisando
Sua mão começou ir na direção da minha bucetinha e ele começou vai ficar alisando por cima da calcinha eu já estava suspirando de tesão ele foi subindo a mão e levantou um pouco minha blusinha e ficou sem saber se olhava meus peitinhos ou a pista ele passou sua mão neles alisando carinhosamente e deu um apertadinha no biquinho.
Voutou a alisar minha bucetinha seus dedos começaram a entrar por baixo dela ele ficou dedilhado por um tempo depois levou seus dedos melados até a boca e começou a lamber.

Depois voltou a dedilhar sujando novamente com a babá da minha bucetinha e voltando a lamber.
Ele abaixou um pouco seu short e liberou seu pau.
Ele tinha a cabeça bem vermelha e veias enormes saltando e brilhava de tão duro.
Ele puxou minha mão e eu o segurei e comecei a punhetar ele voutou a mão e continuou dedilhado meu grelinho.
Eu gemia baixinho e olhava pra quelé pau que eu segurava e masturbava.
Comecei me contorcendo e gemia alto dentro do carro tive um delicioso orgasmo.
Ele lambeu os dedos e segurando minha mão me fez acelera a masturbação e ele começou a espirrar sujando minha mão sua roupa e parte do volante do carro.

Cheirei minha mão e depois coloquei na boca era a primeira vez que esperava esperma mas me deliciei com aquilo.

Chegamos em casa e levamos tudo pra dentro.

Ele vem e me agarra por trás e começa a beijar meu pescoço uma mão entra na minha blusa e aperta meu peitinho a outra enta na minha calcinha e começa a dedilhar meu grelinho.
Eu fiquei toda mole deixando ele fazer tudo que quisesse comigo só gemia de prazer.

Ele arrancou minha blusinha e começa a me beijar.
Sua língua invadiu minha boca e começou a entrelaçar com a minha.
Ele começou a chupar mês peitinhos enquanto sua mão brincava com minha bucetinha.
Eu gemia alto e rebolava na sua mão.

Ele me fez ajoelhar e começou a força seu pau na minha boca eu nunca tinha chupado um pau mas me lembrei de um vídeo que vi.
Segurei e comecei a passar a língua em todo ele depois coloquei ele pra cima e comecei a sugar suas bolas enquanto punhetava ele

Ele falava isso putinha assim tá gostoso coloca ele todo na sua boca vadia chupa seu macho.
Eu obedeci e abocanhei e comecei a mamar em pouco tempo parecia uma bezerrinha com sede de leite.
Eu mamava aquele piroca e me tocava cheia de tesão.

Ele me levantou e me escorou na parede arrancando minha calcinha se abaixou e começou a me chupar
Eu empinava pra sua língua passear com mas facilidade e chegar no meu grelinho.
Ele abria minha bundinha e lambia meu buraquinho e isso me dava muito tesão eu rebolava na sua cara gemendo feito louca.

Ele me virou ainda me jogando contra a parede me deu outro beijo daquele e começou a chupar meus peitinhos e esfregar seu pau duro na minha bucetinha.

Ele levantou e segurou no alto uma de minhas pernas ainda chupando meus peitinhos e pincelando seu pau.

Ele aceitou bem na entradinha e começou a força.
Eu falei calma para aí eu ainda sou virgem.
Imediatamente ele me respondeu safadinha piranhasinha hoje vc vira puta de vez.
E continuou forçando sem se preocupar com meus gritos de dor até que finalmente entrou.
Ele manteve seu pau enterrado em mim me beijando e chupando meus peitinhos.

Começou a tirar lentamente e colocar de volta.
Ele foi almentando a velocidade e aos poucos eu começava a me entregar novamente ao tesão e gemia alto pedindo pra ele socar gostoso.

Comecei a me tremer tendo meu primeiro orgasmo empalada em uma piroca.

Ele continuou socando por um tempo.
E me faz ajoelhar novamente e mamar seu pau.
Ele tinha um pouco de sangue mas ele forçou e eu abri minha boca pro seu pau entrar.
Dessa vez ele segurou minha cabeça e enfiou até o fundo da minha garganta e pude sentir seus jatos de porra na minha garganta.

Eu fiquei no chão sem conseguir me levantar totalmente arrasada minha pernas doíam muito e tremiam quando eu tentava ficar de pé.
Minha bucetinha queimava e tinha um restinho de porra escorrendo pelo meu queixo.

Ele ficou um tempo me olhando destruída no chão.
Se vestiu me deu um beijo e disse que vai querer minha bundinha na próxima.
Se virou e foi embora.

Com muito custo levantei ajeitei a bagunça tomei um banho e apaguei.
No outro dia minhas pernas ainda doíam minha bucetinha estava inchada e vermelha e ainda podia sentir o gosto de porra na minha boca.

Disfarçava pra minha mãe não percebe que eu mancava

Mas tarde ele estava no portão como nada tivesse acontecido dando em cima da minha mãe.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,38 de 29 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Nilramos ID:8d5i4j86ia

    Pelo jeito, Beatriz vai ganhar um amante e marido de sua mãe

  • Responder Fco.bel.45 ID:gqbjdkdzi

    Muito bom e excitante seu relato, parabéns

  • Responder Bispo Edir Macedo 🙏 ID:3q9adjem2

    Vai ficar bom mesmo é quando rolar mãe, filha e tia na rola.
    Putaria é o que existe de melhor na vida sexual.

  • Responder Mesq ID:gsudr720i

    Mas um conto delicioso.
    Gostaria muito de saber mais sobre como tudo aconteceu de como começou seus desejos e fantasias.
    Entra em contato pra gente conversar.

    Se tiver alguém afim de conversar sobre seus fetiche me procura pra trocar uma ideia.

    @mesqui1983 twitter

  • Responder Mesq ID:gsudr720i

    Me deliciei muito com esse conto.
    Com certeza foi muito gostoso brincar com vc e tirar seu cabacinho.

    Me conta mas como foi adoraria te ouvir.

    @meesqui1983.

    Se tiver mais alguma menina querendo conversar falar sobre seus desejos e fantasias pode chamar.

  • Responder Rafaella ID:7xbyxpzfi9

    Beatriz…
    Não querendo ser machista, mais ele está tentando ganhar na promoção, compre uma e ganhe duas.
    Pelo jeito ele gostou do brinde da promoção.
    Muito bem relatado, e vc amiga.. realmente gosta da coisa .
    Beijos !!

    • Dddm ID:fgqramnhi

      Ddss