# # #

A história da Mariana parte 3

1337 palavras | 5 |3.00
Por

Como uma garotinha perdeu a virgindade quando adotada por uma nova família e acabou conhecendo os mistérios do sexo

Continuando a parte 2 ….

Naquela época notei uma mudança radical Sr Roberto que agora tinha que chama-lo de papai, qualquer reclamação ou suspeita da mamãe ele me castigava de um jeito diferente agora, não queria que a dona Carmem soubesse de nossas brincadeiras sem ela.

Chegando do serviço sempre no início da noite depois de conversar com a mamãe ele sempre vinha até meu quarto me dar bronca e castigos.

-: Mariana dizia ele quando entrava no meu quarto com ar sério, fechava a porta ( coisa que ele não fazia antes) quero falar com você!!

Isso me arrepiava, porque ele fazia quase me deitar no colo dele, e se já estava nua, e se tinha algum motivo, me dava uns tapas na bunda.

Mas diferente dos meus tempos de moleca, agora papai antes de me bater mandava eu erguer a saia para expor melhor minha bundinha, quando eu estava de calças compridas mandava eu abaixá-las deixando as minhas calcinhas à mostra.

E assim fui ficando cada vez mais intrigada, eu apesar de ser ainda virgem já era crescidinha não era mais uma menininha boba.

Eu sentia vergonha e uma raivinha de apanhar na bunda e ser obrigada a mostrar minha bundinha para ele.

Então movida pela raiva tomei uma típica atitude de menina nova que não sabe bem ainda como lidar com as situações.

Resolvi provocar papai usando de propósito uma calcinha mais provocante, quando a gente ia sair meio transparente que entrava no rego.

Certa noite esperei ansiosa meu pai chegar, e sabia que mamãe tinha me visto dando uns amassos no garoto gostoso do 212.

Quando papai entrou no meu quarto eu estava de mini blusa sem sutiã, uma sainha curta e claro sem calcinha.

-:Mariana você tem que se portar me portar de acordo com meu status de filha do nobre advogado, criticou é claro minhas roupas e tirando a cinta mandou eu levantar a saia, gelei na hora, mas já era tarde:

-:Pai…paizinho… perdão, eu vou me comportar…prometo!

Ele me deu uma cintada leve nas pernas e falou firme:

-:Levanta a saia menina, obedece que vai doer menos…

Sem outra opção levantei a sainha expondo minha bundinha morena e com as as marcas do bikini, papai sorriu:

-:Percebo agora, você quer mesmo apanhar…sua mãe me falou da tua esfregação com o moleque do 212
Eu muito arrependida e envergonhada:

-: Papai eu juro que não vou mais falar com ele.

Como resposta recebi uma cintada forte na bunda. Fiquei firme, saia levantada e me esforçando para não gritar, papai bateu forte três ou quatro vezes depois parou e começou a alisar minha bundinha:

-: Tire essa roupa, fique pelada, …você está pronta para meu uso, esperei muito, mas hoje vou te fazer mulher para ser minha fadinha!

Assustada tirei toda a roupa e a calcinha e joguei na cama. Papai pegou, cheirou a calcinha e guardou no bolso:

-:Essa vai para minha coleção, vai ser especial..
.
Então percebi que eu não era a primeira garota que meu papai comia

Sem acreditar vi papai tirar o pau para fora, muitos meninos fizeram isso para mim tentando me seduzir e eu sempre corria, mas agora, correr para onde?

Olhei bem para o cacete do papai e de repente me deu um tesão danado, o susto inicial e a dor das cintadas desapareceram, comecei a sentir um calorzinho na minha perereca e percebi que ela estava ficando molhadinha.

dona Carmem, entra no quarto e vê a cena que se desenrola ali….

-:Alimente bem essa menina amor, ela precisa ficar forte…. Falou dona Carmem que agora eu chamava de minha mãe.

-:Mamãe ficou quieta resignada, depois de um tempo sorriu, sentou-se a meu lado:

Ela percebendo que eu não era mais inocente, que havia perdido minha virgindade:

-:Ele te machucou muito filha? Perguntou Dona Carmem, agora minha mamãe.

-:Eu aguento! Respondi, estou com a boceta arregaçada e quer saber? Eu gostei muito mãe! Como você mesma disse, papai é um bom homem, e eu digo gostoso também…

Eu a encarei e fui cruel:

Eu fiquei até com pena da mamãe:

-: Filha falou dona Carmem, eu também não tenho raiva nem vergonha, fico mais tranquila vendo você aceitar bem a situação, espero que seja sincera e realmente gostou do que aconteceu.

-:Eu nunca gostei muito do sexo, quando recém casada sofri muito, você já sabe o cavalo que teu pai é na cama, eu sofri muito, mas a gente se acostuma, continuou.

-Mãe…eu não sou como você, gosto de sexo e ficar virgem até aos agora 11 anos foi a maior tortura, pode acreditar.

Mamãe saiu do quarto, e papai continuou…

-:Isso putinha, minha vadiazinha querida…gosta do leitinho do papai? Quer mais? Perguntou papai.

Logo estou à beira de outro orgasmo, papai acelera os movimentos e mais uma vez eu perco o controle, um orgasmo atrás do outro e já não sei de mais nada, me ouço gemendo e gritando e claro papai rindo.

Sinto quando a porra morna invade toda minha xaninha, sinto ele sacar seu pau e o vácuo que fica no meu interior.

Ele acaba de gozar na minha barriga, fico toda melecada e sinto mais porra escorrer da minha xana para o cuzinho, ele percebeu e aproveitando enfia novamente o dedo, já sei o que ele pretende e sim, eu quero muito levar no cuzinho…

Ficar só de brincadeirinha com os meninos foi frustrante. Sou sincera, gostei que papai me pegou, gostei até de suas grosserias dele, adorei papai me xingando, me tratando como vagabunda!

Gosto e sempre gostei até das cintadas que levei! Se é errado que seja, mas é assim que eu quero…se ele me pegar todas as noites estarei pronta e não vou reclamar.

Meteu o cacete babado e meio mole em minha boca…eu gostei!

Não desci para o jantar e não deixei meu quarto naquela noite, depois de muito tempo consegui me levantar para tomar banho já que meu quarto é suíte, tenho meu próprio banheiro.

Primeiro fui urinar, ardeu muito e saiu misturado com sangue, testemunhando a partida do meu cabacinho.

No banho, me lavei muito bem, e percebi o estrago na minha xaninha, ela estava meio inchada mais avermelhada e ainda ardia bastante.

Quando voltei para minha cama já estava mais calma e com os pensamentos em ordem, eu não estava com raiva, meu sentimento era uma mistura de euforia pela tesão e prazer que senti e ainda sentia.

Exausta e dolorida, veio uma sonolência, estava nua, mas com preguiça de colocar o pijama, simplesmente puxei o edredom me cobri e dormi pesado..

No outro dia cedo fui tomar meu café, de bom astral beijei papai e mamãe, papai sorrindo falou para a minha mãe:

-:O que papai faz? Quem acertar ganha um beijinho…é claro, ele dá uma gostosa risada:

Subi para o meu quarto, quando retornei, mamãe já havia saído para dar aula, e papai para o escritório dele, abri a geladeira esquentei a comida, tomei 2 taças de vinho fui assistir televisão e adormeci novamente.

Percebi que teria que aceitar a situação, não saí de casa aquele dia, não fui a academia e muito menos no cursinho, fiquei fechada no meu quarto meditando.

Resolvi aceitar e assumir toda a situação, que no fundo era mesmo meu desejo. No dia seguinte retomei minha rotina.

Fazer sexo é esvaziar o corpo, fazer amor é preencher a alma. Sexo é apenas sexo, mas o amor ah é phoda

Espero que tenham gostado, desta terceira, logo a quarta parte será postada, quem quiser me fazer feliz comente e me deem sugestões, meu e-mail é [email protected]

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,00 de 9 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Mestre2021 ID:1wlykvbh

    Estava já com saudades dos seus contos delicia!

    • mikaela ID:8eez5vj742

      Boa tarde Mestre a saga ainda continua por mais alguns capítulos hoje enviei para serem publicados mais 2 hoje creio que me atrapalhei porque posto de um olho no que faço e outro no meu Daddy porque se ele me pega tô ferrada kkk

  • Responder Hirinho ID:830zqz2b0i

    so um esclarecimento bobo, pensei q perderia varios contos novos mas pelo visto perdi nada rs

  • Responder Rafaella ID:7xbyxpzfi9

    Lindo relato, Florzinha…
    Mas acho que vc deu uns vácuos. kkk ( sem outras intenções.. )
    Beijos !!

    • Rafael ID:3cin5lybt0k

      Rafa, sempre tem alguns vácuos kkk, faz parte… essa menina mulher tem muitas historias, só pelos contos… bjos @jrafael83