# # # #

2 primos comeram o meu cú quando eu era novinho – parte 3 (FINAL)

4508 palavras | 15 |4.47
Por

Mamei bem gostoso meus 2 primos e eles gozaram bastante na minha boca e na minha cara, chegou a hora da melhor parte, dar meu cúzinho pra eles.

Continuação da parte 2… /2023/01/2-primos-comeram-o-meu-cu-quando-eu-era-novinho-parte-2/

CONTO FICTÍCIO

…Lucas (Eu): Então vem logo Vini, come meu cúzinho come, fode o cúzinho da sua priminha fode, goza dentro de mim, quero sentir todo o seu leitinho dentro de mim, você foi o primeiro a gozar na minha boca e quero que seja o primeiro a gozar dentro de mim. Eu empinei a bunda pra ele e disse “Vem cá vem, come meu cúzinho”

Depois que eu disse isso, com uma voz bem feminina e manhosa, o Vinicius ficou louco, deixei ele excitado pra caralho e com muito tesão, o pau dele estava duro igual pedra e pulsando muito. Ele encostou o pau em mim e ficou esfregando ele na minha bunda, aquela sensação era muito gostosa, sentir aquele pau quentinho esfregando em mim, passando ele na minha bunda e cutucando meu cúzinho. Deu pra ver que ele estava louco pra me comer bem gostoso.

Mas ele parou e resolveu me preparar antes. (Ainda bem, porque acho que iria ter doido muito mais do que doeu quando chegou a hora). Ele chegou mais perto, ficou com o rosto bem próximo da minha bunda, e começou a passar as mãos, foi passando a mão, apertando com força e dando uns beijos na minha bunda. Eu ali chupando o pau do Eric e adorando sentir o Vinicius passando a mão em mim e beijando minha bunda.

Até que veio o primeiro tapa… deu aquele tapa com gosto, com força, certeza que ficou a marca da mão dele, na hora me assustei, não estava esperando por aquilo, então só gemi bem alto.

Eu: Aaaaiiiiiiinnn, doeeu! (Saiu até uma lágrima na hora kk). E ele rindo…

Vinicius: Doeu priminha? Que bom, porque é pra doer mesmo, você é a nossa mulherzinha e vamos usar você do jeito que a gente quiser. E como uma boa putinha, você tem que obedecer calado, sem reclamar e fazer tudo o que a gente mandar, entendeu?!

Eu: Mas doeu… (E lá veio outro tapa bem forte, dessa vez do outro lado) eu gemi de novo “aaaaiiiiinn! ha… hai… haii ai ai ai”.

Vinicius: Não quero saber sua cachorra! vagabunda! Quando seu macho te fazer uma pergunta, você tem que responder, entendeu porra?!

Eu: Sim Senhor, eu entendi meu macho. Vocês mandam e eu só obedeço calado, porque eu sou a mulherzinha de vocês e vocês vão fazer o que quiserem comigo.

Vinicius: Hahahaha, agora sim porra, agora você entendeu quem manda aqui, entendeu qual é o seu lugar, putinhas submissas como você só servem pra satisfazer seus machos, só servem pra serem usados e abusados até deixarem seu machos satisfeitos. E você está cumprindo bem com o seu papel, merece até uma recompensa. Então ele enfiou a cara no meu rabo e começou a lamber o meu cúzinho com vontade. (Aquela sensação era nova pra mim, eu nunca senti algo tão gostoso antes, sentir ele lambendo meu cúzinho com a cara enfiada na minha bunda era uma delicia, eu estava amando aquela sensação e comecei a gemer bastante).

Eu: Oohhh, aiinn, issoo… que delicia… continua vai… aahh aahh oohh, que gostoso… ohhh isso, vai… aahh. (Eu estava me tremendo todo com aquela sensação maravilhosa).

Eric: Hahaha, nossa… olha só como a nossa priminha está adorando isso. Você está deixando ela maluquinha, mas é isso ai, deixa ela toda molhadinha, relaxada e cheia de tesão que na hora da penetração vai ser bem melhor, tanto pra gente quanto pra ela.

Vinicius: Eu sei kk, por isso estou preparando ela, mas vou terminar logo, porque estou louco pra comer esse cúzinho dela. Ele voltou a lamber e chupar o meu cúzinho, até chegou a deixar a língua dura e me penetrou algumas vezes com ela e que delicia, se a língua dele estava me deixando louco de tesão, imagina o pau dele, eu iria gozar como nunca antes. Ele foi lambendo e chupando, até q terminou, deu uma cuspida no meu rabo e no pau dele, e foi colocando o pau na portinha do meu cú.

Eu estava tremendo, louco de tesão, sabia que o momento mais esperado tinha chegado, eu estava prestes a perder a virgindade do cúzinho com meus primos e estava amando tudo aquilo, eu só conseguia pensar naquelas mulheres do filme pornô que eu tinha visto com eles, as mulheres pagando um boquete bem gostoso para os negões atores, depois dando pra eles com vontade, como se aquilo fosse a melhor coisa do mundo, ver o rosto delas cheias de tesão, dando pra eles, gemendo sem parar como putas no cio, e depois deixando eles gozarem nelas com todos aqueles jatos fartos de porra.

Eu já tinha mamado meus primos e eles já tinham gozado em mim, só faltava dar pra eles, queria muito sentir a sensação que aquelas mulheres estavam sentindo quando estavam transando com aqueles caras, com eles socando aquelas rolas enormes dentro delas com força, em todas as posições, eu queria ser como elas, levar muita rola igual elas, dar pros meus machos em todas as posições, deixar eles me usarem do jeito que eles quiserem, queria ser uma putinha, queria levar pau no cúzinho até cansar e gemer bem alto pra eles, deixar eles gozarem o quanto quiserem dentro de mim.

O momento finalmente chegou, o Vinicius com a cabeçinha do pau dele bem na portinha do meu cú. Começou a empurrar, meu cúzinho foi abrindo aos poucos, eu fui sentindo uma dorzinha, mas eu estava relaxado e muito excitado, isso facilitou a penetração, ele foi empurrando e o pau dele entrando aos poucos, eu comecei a gemer um pouco mas fui aguentando, eu queria a rola inteira dele no meu cú.

Ele foi colocando e colocando, aquela dor aumentando, ele já tinha colocado metade. Eu disse pra ele.

Eu: Espera, espera só um pouquinho, está doendo e ardendo, espera só um pouco e depois você continua, só pra eu me concentrar aqui e relaxar mais, para a dor passar.

Vinicius: Kkk Concentrar? Relaxar?… Se concentra com isso aqui ó. Ele segurou na minha cintura com força e enfiou o pau dele inteiro com tudo dentro de mim. Parecia que tinha me rasgado, senti uma dor absurda, vi estrelas naquela hora, até chorei um pouco, gemi de dor, segurei nos lençóis com toda a força e me segurei pra não gemer e aguentar aquela dor insuportável. Enquanto eu fazia força segurando os lençóis pra não gemer e parar de chorar, eu apertava bem forte o pau do Vinicius com meu cúzinho, ficava fazendo força e piscando o cúzinho apertando a vara dele todinha no meu cú.

Vinicius: Aaahh, caralho! Que delicia, isso, pisca o cúzinho pra mim, pisca. Sua vagabunda, cachorra, safada! Minha pica está todinha dentro de você, agora sou oficialmente seu macho kkk e você minha mulherzinha. Mas calma minha putinha, já foi viu? Está todo dentro de você, agora sim é o momento certo pra você se concentrar e relaxar, vou deixar você se acostumar um pouquinho e já vou começar a me movimentar, não quero judiar tanto de você hoje, quero ver você bem pra poder te usar todos os próximos dias.

E então, depois de um tempinho, a dor finalmente foi passando, consegui me concentrar e senti o corpo dele colado no meu, e o saco dele encostado na minha bunda, aquele pau gostoso todinho dentro de mim, comecei a sentir e a aproveitar aquela sensação que eu tanto queria sentir e experimentar.

Eu: Pronto Vini, a dor já passou um pouco, acho que agora eu aguento, pode meter, só mete um pouco devagar no começo pra eu me acostumar e depois já aviso pra você meter com força, depois que eu me acostumar, você pode fazer o que quiser comigo, só deixa eu me acostumar um pouco primeiro, por favor, quero muito aproveitar esse momento com vocês. Quero ser a putinha de vocês, quero vocês me fodendo em todas as posições, quero dar pra vocês em todos os cantos dessa casa, mas como é a minha primeira vez, pega um pouquinho leve no começo, por favor meu macho.

Vinicius: Hmm, gostei de ouvir isso, então tudo bem putinha, vou respeitar o seu pedido, vou começar devagar e depois vou fazer o que quiser com você, mas seja rápido, não vou esperar muito não, quero socar com força em você até deixar você todo esfolado, vou gozar tanto no seu cúzinho que vou te engravidar. Agora toma pica, toma… (E começou a meter bem devagar em mim, fazendo aquele vai e vem).

Eric: Caralho, que delicia ver essa cena, agora vem logo aqui putinha, que meu pau está esperando, deixei você se aliviar da dor, mas agora que está melhor, volta logo aqui pra chupar meu pau vai, cai de boca, mama meu pau bem gostoso mama, deixa ele bem babado. (Ele puxou meus cabelos, me trouxe até seu pau e fez eu chupar ele, voltei a chupar aquele pau delicioso de novo).

Aquele pau de 19cm do Eric na minha boca era muito gostoso, eu mamava bem gostoso e ele mal cabia na minha boca, enquanto isso o Vinicius ali atrás de mim com seu pau de 16cm enterrado em mim, metendo devagar até eu acostumar, eu ali de quatro na cama, no meio das pernas do Eric, chupando o pauzão dele e levando pica no cúzinho, depois de alguns segundos, comecei a me acostumar e fui gemendo bem baixinho com a rola do Eric na boca “hmm… hmm… hmm, gló, gló, gló… hmmm… hmmm”.

Vinicius: hmm hahaha, acho que esse é o sinal, significa que agora posso meter a vontade, certo priminha? Eu continuei chupando o Eric mas afirmei “hum rum” e comecei a rebolar meu rabo com a pica toda do Vinicius lá dentro, o que deixou ele louco, conseguia sentir o pau dele pulsando dentro de mim de tanto tesão que ele estava, parecia que ia explodir.

Vinicius: Aahh, finalmente caralho. Agora vou arregaçar esse seu cúzinho sua vadia, se prepara, então ele tirou quase o pau todo, deixou só a cabecinha dentro, e meteu com tudo de uma vez, até o talo. Eu gemi “huuummm”… ele tirou de novo, e fez a mesmo coisa, mais umas 5 vezes, tirando o pau, deixando só a cabecinha e depois enfiando tudo de novo, e a cada estocada eu gemia.

Eric: Boa irmãozinho, agora mostra pra essa puta quem é que manda aqui, arregaça ela, fode ela com força agora.

O Vinicius deu um tapão na minha bunda, segurou na minha cintura bem forte com as duas mãos e só falou “agora se prepara cachorra, que agora só vou parar depois que jorrar todo meu leite dentro de você”. E começou a meter mais forte e mais rápido, ele parecia um cachorro no cio traçando sua fêmea, montou em cima de mim e ficou estocando a rola dele com tudo, o pau entrava e saia de mim com toda a força, eu estava gostando pra caralho, não conseguia controlar meus gemidos, mas também, eu nem queria rs, queria gemer muito pros meus machos.

Vinicius: Aaahhhh! aaahhhh! aaaiii caraalhoo! toma pica toma, vabagunda, toma pica nesse cú toma, ele falava enquanto dava uns tapas na minha bunda. Ele metendo com força dentro de mim até que enfiou o pau dele lá no fundo e disse “vai priminha, rebola pra mim rebola, rebola pro seu macho com o pau dele inteiro socado no seu rabo, rebola vai”. Eu obedeci na hora, comecei a rebolar como uma boa putinha pra ele, caralho, que sensação gostosa rebolar com a pica dele no meu cú. Fiquei ali rebolando por um tempo, mas depois não aguentei e pedi pra ele.

Eu: Ai, eu não aguento mais, mete em mim vai, eu quero sentir seu pau entrando e saindo do meu cúzinho de novo, estava muito gostoso, me come vai, soca com força no meu rabo, deixa eu sentir mais essa pau gostoso dentro de mim, soca vai, come sua putinha.

Vinicius: É pra já. E voltou a meter com tudo, dessa vez foi até gozar mesmo. Ele ficou mais uns 15 minutos metendo aquela pica no meu cú, até que começou a gemer alto e foi acelerando, e me segurando com mais força. Eu já estava revirando os olhos, estava tremendo de tesão, sentir ele metendo forte aquela pica no meu cú estava maravilhoso, eu só queria sentir a porra dele toda dentro de mim, depois que vi que ele ia gozar, eu empinei a bunda pra ele, parei de chupar o Eric um pouco e comecei a me masturbar.

Vinicius: Oooohhhh! AAAAhhh! Vou gozar agora… toma pica, toma vadia, vou encher você de leite agora priminha, toma tudo dentro de você toma… vou gozar… vou gozar… AAHHH!!! QUE DELICIA! OOHHHH!! AAAHHH!!!!

Eu: Aiiinn, goza em mim goza, me enche de leite, quero todo o seu lentinho dentro de mim, esvazia suas bolas, quero sentir seus jatos de porra dentro do meu cú, aainnn, oooohh, ooohh , aaahh, me come, me come , oohh, aaainn, come sua putinha, goza dentro da sua mulherzinha goza, goozaaa, oohhh! isso… issoo… aaii!!

Ele começou a gozar muuito dentro de mim, eram jatos fortes e grossos dentro do meu cúzinho, foi a melhor sensação que já tinha sentido na vida, com certeza aquilo iria me deixar viciado, a partir daquele momento iria querer sentir a porra deles dentro de mim todo dia, ser usado todo dia por eles, estava muito feliz por ser a mulherzinha deles, por ser igual as atrizes pornôs do filme, agora eu tinha sentido tudo o que elas estavam sentindo. E eu queria mais e mais, muito mais, queria que aquilo durasse pra sempre, aumentei a velocidade da minha punheta enquanto o Vinicius metia e gozava dentro de mim, eu queria muito gozar naquela mesma hora.

E consegui, depois das últimas metidas do Vinicius e das últimas jatadas no meu cú, eu comecei a gozar, com tudo, melei todo o lençol da cama, mas ninguém se importou, a gente só queria continuar fodendo. Então o Eric se levantou com pressa e já foi dizendo.

Eric: É, agora sai logo dai Vini, que chegou minha vez, agora você vai sentir um pau de verdade priminha, o Vinicius foi só um aquecimento, agora você vai ver como é ser dominada por um macho alpha de verdade, vou de foder até você não conseguir mais andar, tratar você igual a escrava que você é, vou te rasgar no meio, deixar você todo arrombado, seu cú vai ficar no formato do meu pau agora, para você nunca esquecer quem que é o seu dono, vem cá porra.

Eu já sem forças, ele pegou meus cabelos, puxou com força, me colocou na ponta da cama, falou “Vai, fica de frango assado ai, e abre bem essas pernas pra mim sua puta do caralho, deixa seu cúzinho a mostra pra mim”. Eu deixei de costas na cama, de frente pra ele, abri bem as pernas como ele pediu, com meu cúzinho todo aberto pra ele. Ele veio em cima de mim, começou a me enforcar com a mão esquerda e me dar tapas na cara com a mão direita.

Eric: Toma vagabunda, é isso que você merece, apanhar de macho, me deu mais uns 3 tapas na cara, deixou meu rosto vermelho e disse “agora vai, pede pela pica do seu dono pede, implora pra eu meter essa pica toda dentro de você”.

Eu: Eric, você sabe que você é meu dono, eu não preciso pedir, você faz o que você quiser comigo. Mas sim, é óbvio que eu estou louco pra sentir seu pauzão enorme dentro de mim, coloca ele dentro vai, me arromba, me fode com força, me transforma de uma mulherzinha de verdade, vou ser pra sempre a priminha putinha de vocês, agora me come por favor, me come. Eu falei isso e já fui abrindo minha bunda pra ele com as duas mãos, todo aberto e arreganhado pra ele, só esperando ele enfiar aquela rola enorme e deliciosa dentro de mim.

Ele sem cerimonia, encaixou a cabeça do pau na porta do meu cúzinho e enfiou de uma vez só, sem dó nem piedade. Eu só gritei bem alto, o pau dele era bem maior e mais grosso que o do Vinicius, puta que pariu, que dor. “AAAAAAIIIIII, AAAIII, AAAAHH, CARALHO! TIRA! TIRA! TIRA!” Se tinha alguma prega ali antes… agora com certeza não tinha mais nenhuma, ele tinha me rasgado no meio, me senti todo aberto. Ele tapou minha boca e começou a meter com força, com raiva, sem dó nenhuma.

Eric: CALA A BOCA SUA PUTA! Aguenta calada caralho! Você não falou pra fazer o que eu queria com você? Então caralho, é isso que eu quero, te arrombar, te fazer sofrer, deixar você mancando sem conseguir andar ou sentar a semana inteira, quero judiar de você e desse seu cúzinho apertadinho gostoso do caralho! Aaahhh porraaa! que delicia caralho, toma vadia toma, sente o pau do seu dono.

Ele metia enquanto me enforcava e tapava minha boca, eu tentava gritar mas não adiantava, ele era bem mais forte que eu. Me deu um tapão no rosto e disse.

Eric: To mandando você ficar quieto caralho! Aguenta calado e toma pica nesse cú, você quer que os vizinhos escutem você gemendo? quer que os vizinhos escutem você aqui levando rola nesse cú igual uma putinha? quer? que todos os vizinhos fiquem sabendo que você é uma bichinha, que adora beber leite de macho? ein? Eu com lágrimas escorrendo do meu rosto só balancei a cabeça negativamente, dizendo que não queria deixar os vizinhos escutarem meus gemidos.

Eric: Então fica quietinha como uma boa putinha, e sente essa pica no seu rabo, toma vagabunda, toma. Eu que já estava de frango assado com a rola dele atolada toda no meu cú, ele pegou minhas pernas e as duas nos ombros dele, eu simplesmente estava nas mãos dele, naquela posição ele podia meter como quisesse em mim e eu não iria poder fazer nada. Então ele veio com tudo e começou a meter com toda força, com muita raiva, ele queria mesmo me deixar todo arrombado.

Ele estava metendo muito em mim, enquanto o Vinicius parecia um cachorro no cio traçando sua fêmea antes, o Eric parecia um Touro no cio, ele estava me fodendo como se eu fosse um brinquedo, um boneco, nem estava sem importando comigo, só queria satisfazer seus desejos e se aliviar usando meu cúzinho. Mas depois do susto a dor foi passando, e se transformando em tesão, eu comecei a gostar de tudo aquilo, enquanto ele foi me comendo com vontade, eu comecei a gemer e abraçei ele com força, falando no ouvido dele.

Eu: Aii, isso, me fodee, me fode… me fode… me come com força vai, você está me arrombando, e eu estou adorando, come meu cúzinho vai, goza dentro de mim, quero sentir sua porra dentro de mim meu macho, eu sou toda sua, me fode gostoso, isso, isso, oohhh, ohhh, oh, ohh, oh, aaahhnnn aaii, aii aiii, me fodeee, jorra todo o seu leite no meu cú, eu quero um filho seu, engravida sua priminha vai, goza pra mim…

Parecia que ele não cansava nunca, ficou me comendo por mais uns 20 minutos sem parar, eu já nem sentia mais as minhas pernas, estava tremendo de tesão. Até que pena primeira vez, gozei sem tocar no pau, foi a melhor gozada da minha vida, e saíram jatos muito fortes que eu nunca tinha soltado antes, gozei pra caralho no meu peito, veio até um pouco de porra no meu rosto, eu ali embaixo do meu macho, gemendo enquanto gozava. O que deixou ele bem animado em ver a putinha dele gozando com um pau socado no rabo.

Eu tinha gozado e ele nada ainda… Ele disse que ainda iria se divertir muito comigo, que iria me usar até minha Mãe chegar em casa. E foi realmente o que ele fez, ele ficou me comendo por quase umas 2 horas, nunca vi alguém com tanta energia. Ele me comeu de várias posições, depois do frango assado me colocou de ladinho, ficou metendo em mim bem gostoso, depois fez eu montar nele e cavalgar na pica dele, fiquei subindo e descendo naquela rola sem parar com as últimas forças que me restavam, fiquei quicando nele bem gostoso, ele estava amando a putinha dele quicar no pau dele e rebolar bem gostoso pra ele com a rola inteira no cúzinho.

Depois ele me fez ficar de pé, falou pra encostar na parede, que ele iria me foder de pé, mas eu não estava mais aguentando ficar de pé, então segurei no armário pra tentar ficar de pé e ele vendo que eu não tinha mais forças, segurou na minha cintura com força pra me manter de pé e foi metendo sem dó, aquele barulho do corpo dele batendo no meu com força ecoava no quarto todo, estava bom demais ouvir o barulho dele socando atrás de mim com toda a força.

Ele finalmente estava prestes a gozar, então me virou de frente, segurou minha pernas por baixo e me levantou pra cima com as costas na parede, deixando meu cúzinho na altura do pau dele, ele colocou pra dentro de novo, segurando bem forte na minha bunda com as duas mãos, me pressionando na parede e começou a socar com toda a força.

Eric: AAhhh! caralho! agora sim, vou gozar nesse cú, vou encher você de leite, você é a minha mulher está ouvindo? MINHA!

Eu: Sim, eu sou sua, sou toda sua. Me fode com seu pauzão, goza em mim, quero sentir toda sua porra dentro de mim, goza dentro vai, goza em mim. ohhhh, ohhhh, soca vai, issooooo aaaii oohh.

Eric: A partir de hoje, vou te comer todo dia, sem descanso. Você é minha e vou te usar quando eu tiver vontade. E vc vai satisfazer todos os meus desejos, vai me obeceder sem questionar, vou realizar várias fantasias com você minha putinha hahaha.

Eu: Sim meu macho, faz o que quiser comigo ohhh, me usa aahhh aaahhh, me domina ooh ohh! Goza pra mim!

Eric: Então toma caralho! aaahhh to gozando !!! OOOOHHHHH!!!! AAAHHH CARALHO! TOMAA SUA PUTA! TOMA TUDO!! AAAHHH!!! PORRA!…

O Eric gozou uns 7 jatos de porra dentro do meu cú, gozou pra caralho dentro de mim, era porra escorrendo que não acabava mais, eu estava me sentindo cheio por dentro, totalmente satisfeito por ter dado prazer aos meus machos, mais ainda não tinha acabado, enquanto o Eric me fodia, o Vinicius ficou batendo uma punheta, eu ali no chão desfalecido depois do Eric ter gozado dentro de mim, o Vinicius chegou perto de mim colocou a pau bem próximo do meu rosto e avisou “aahh caralho, que delicia, vou gozar também, mas vou gozar na sua cara priminha, toma porra na cara toma, aaahh” começou a gozar na minha cara toda, uma pena, eu queria que ele tivesse gozado na minha boca, mas tudo bem, na cara foi muito gostoso tembém, aquele leitinho quentinho na minha cara toda era bom demais.

Eu e meus primos deitamos no chão mortos de cansaço, até que uns 2 minutos depois…

A gente escuta um barulho na porta… era minha Mãe chegando em casa. Eu simplesmente não conseguia me mexer, o Eric me pegou nos braços, pegou 3 toalhas e disse pro Vinicius passar um desodorante ou perfume no quarto pra disfarçar um pouco o cheiro de sexo e suor, fechar a porta do quarto e correr pro banheiro também, e assim ele fez…

Nós 3 ali no banheiro, o Eric me deixa sentado no chão e liga o chuveiro. Minha Mãe chega em casa e pergunta cadê todo mundo… o Eric grita, estamos no banheiro Tia, estava chovendo, a luz aqui de casa já tinha piscado umas 3 vezes, resolvemos tomar banho juntos pra garantir que a energia não ia cair e algum de nós acabasse tomando um banho gelado kkkkk, nós rimos juntos pra disfarçar e concordamos. Minha Mãe disse, “mas vocês já não são grandinhos demais pra tomar banho juntos?”

Eric: Ah, que nada Tia, não tem nada haver isso ai, nós somos todos homens, e somos primos. Quantas vezes nós já n tomamos banho juntos, ou jogamos bola na chuva e coisas do tipo, é de boa po, da nada não. E também já estamos terminando, bom é que não gasta tanta água kkkkk, já foi 3 em 1 haha.

Minha Mãe: É… isso é verdade. Tudo bem então, só n fiquem muito tempo pra não desperdiçar água, vê se vocês terminam esse banho logo.

Então meus primos responderam “tá bom Tia, pode deixar” e eu “tá bom Mãe”. Meu mal terminei de falar o Eric já puxou meus cabelos e colocou o pau dele na minha boca, o Vinicius também se aproveitou e ficou revezando com o Eric, algumas vezes até tentavam colocar os 2 paus na minha boca, mas n cabia, então ficavam revezando, enquanto eu chupava um, ficava masturbando o outro, ou eles ficavam batendo com o pau na minha cara. Eles gozaram muito na minha boca, no meu rosto e no meu corpo, terminamos o banho, todos satisfeitos e cansados. Enquanto minha Mãe estava no quarto dela, o Eric me levou até meu quarto e me colocou na cama, eu me deitei todo quebrado e cansado sem sentir minhas pernas e do nada…

Ele me enforca, olha nos meus olhos, me da um beijo na boca, depois cospe na minha cara e me da um tapa no rosto.

Eric: Vê se descansa bem minha putinha, porque amanhã tem mais. Amanhã vou até pegar folga do trabalho porque eu e o Vinicius vamos foder você o dia inteiro rs. Eu toda safadinha olhando pra ele dei um sorriso e disse

Eu: É tudo o que eu mais quero rs

***FIM***

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,47 de 15 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

15 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Passivo bi ID:81rqf7bd9a

    Mano faz uma continuação cara esse foi o melhor conto que ja li

    • Lúcifer ID:8ef5gws8r9

      Obrigadoo. Muito bom ganhar feedbacks positivos.

      Já que você pediu, vou escrever uma parte extra desse conto, uma continuação contando o dia seguinte e algumas coisinhas novas na história rs. Obrigado por ler <3

  • Responder Paulinho ID:fuoog0d9k

    Meu sonho acontecer isso comigo mas sou gorda e peluda aí não me querem

    • Lúcifer ID:8ef5gws8r9

      Isso n é problema, tem gente que gosta. Muitos gostos de gordinhos(as), mas uma maioria prefere sem pelos, coisa facil de tirar tbm.

  • Responder Paulinho ID:fuoog0d9k

    O pai devia chegar bêbado e comer esse viadinho também

    • Lúcifer ID:8ef5gws8r9

      Nesse conto o personagem não mora com o Pai, mas… tem um Tio na casa… rs.

  • Responder Sla ID:1daicwpzrc

    Aaaaa eu amei,queria primos assim,não me decepcionou igual os outros autores kkk,obg pelas gozadas

    • Lúcifer ID:1wlyfmzk

      E eu amei seus comentários kkk, você leu todos os 3 contos, obrigado, fico feliz que tenha gostado e feliz que eu tenha feito você gozar bem gostoso nos 3 contos.

      Estou pensando em um tema para o próximo conto.

    • Sla ID:1daicwpzrc

      Seria bom com pai e filho kkk amo quando pai tira cabaço do filho teen

    • Lúcifer ID:8ef5gws8r9

      Pode ser, vou mandar um com esse tema então.

  • Responder Andrezinho ID:g61zb7344

    Tenho 13 anos sou cabacinho e quero macho ativo dominador

    • Lucas ID:yazubdqk

      Euuuu

    • Claudio ID:1coxf15nt0a

      Eu deixa seu contacto

    • Andrezinho ID:g61zb7344

      Que idade tu tem tio Claudio tu é só ativo

    • Andrezinho ID:g61zb7344

      Tu é macho dominador tio Claudio