# # #

Tesão por Coroa do Uber

758 palavras | 1 |2.86

Eu, virgem, me aventurando com um coroa em um Uber em público.

O motorista do Uber atende a meu chamado e vem me pegar em casa, como que para uma viagem qualquer. Me leva para uma rua tranquila e eu troco o banco de trás pelo da frente, sem que ninguém me veja.

Seguimos o caminho e eu acaricio seu pacote por cima do jeans, enquanto ele dirige. O volume aumenta e pulsa como se tivesse vida. No semáforo, aproveito para discretamente abrir a fivela do cinto. Enfio a mão pela entrada aberta pelo desabotoar de um dos botões da camisa, para acariciar sua barriga.

Pegamos um caminho mais deserto e aproximo meu corpo do dele. Abro o botão lentamente e deslizo o zíper. A cueca azul claro é exibida, revelando algumas gotas de baba de pau, já absorvidas por ela, além da silhueta mais evidente da forma de seu membro. Por cima do tecido macio e quente, levemente suado, afago seu pau, me deleitando com o simples toque. Nesse ponto, sei que meu tesão seria tamanho, que gozaria sem nem ao menos tocar meu pau.

O odor de macho se apodera do carro. Agridoce e pungente, me hipnotizando.
Finalmente encerro a antecipação e puxo o pau para fora, abaixando a cueca levemente e passando-o por entre a abertura estreita do ziper.  A cabeça melada se revela, enquanto o prepúcio se retrai, deslizando lentamente por conta própria. Um homem de verdade, um pau de verdade. De tamanho médio, grosso e cercado por pentelhos fartos. Eu envolvo minha mão no mastro quente firmemente, enquanto ele pulsa seguindo o ritmo cardíaco acelerado. Começo a masturbar esse falo generoso, sentindo cada veia grossa, cada nuance de suas texturas. 

A nossa respiração fica mais pesada e intensa. Ele alcança a mão sobre meu pau latejante, sob a calça. Eu me afasto por insegurança e timidez. Precisei de muita coragem para iniciar essa aventura e ainda não estou pronto para me expor assim. Ele, paciente, respeita meu ritmo.

Paramos numa rua sem saída isolada. Sua cabeça de cabelos prateados, se reclina no banco. Seus olhos fechados, seu corpo completamente relaxado, se desfazendo dos sapatos e mantendo apenas as meias brancas de algodão. Contrai os dedos dos pés e então os relaxa, esticando as pernas e puxando a calça para baixo da bunda carnuda.
Acelero os movimentos, aplicando também uma rotação enquanto desço em direção a seus pentelhos grisalhos, agora finalmente expostos. Seu pau não para de babar. O líquido viscoso e translúcido escorre em direção a meus dedos suados. Recolho o excesso e levo a meus lábios, saboreando o néctar levemente salgado.

Desabotoo toda a camisa e exponho seu peito de urso. Encosto minha cabeça sobre seu ombro e passo meu braço esquerdo ao redor de seu pescoço, num abraço voluptuoso. Ele começa a gemer e vociferar com sua voz grave e levemente rouca.

Não estava nos meus planos desde o princípio, mas não posso resistir. Quando seu corpo começa a se contrair em espasmos de prazer e o clímax de aproxima, abocanho a cabeça de seu pau e a massageio com minha língua. Seu pau salta violentamente a cada contração, enquanto ele segura minha cabeça com carinho e massageia meus cabelos. Posso sentir seu saco se contrair, suas pernas perderem o controle, os dedos de seus pés se tensionarem. Finalmente ele jorra sua porra quente na minha boca. O jato inicial potente vai direto na minha garganta, me engasgando. As pulsações continuam, à medida que seu corpo gradualmente vai relaxando e seus gemidos se intensificam. A porra quente não para de fluir e não cabe na minha boca, escorrendo abundante e melando toda a minha mão. Engulo o que restou dentro de mim enquanto ergo a cabeça, ainda confuso e envergonhado.

Ele olha para minha calça e nota a mancha crescente no tecido, do orgasmo que ele me deu sem nem ao menos me tocar.

Tenho 28 anos e ainda sou virgem. Vivo apenas minhas fantasias, como essa. Tenho problemas psicológicos e muita dificuldade de me relacionar ou mesmo de sair de casa. Talvez tivesse coragem de realizar ao menos parte desse sonho. Embora não saiba se na realidade, ele seria como imagino ou mesmo se iria gostar. Vivo na ZN de SP.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,86 de 7 votos)

# # #
Comente e avalie para incentivar o autor

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder luiz ID:dlns5khrd

    Ta esperando o que para da esse cu?