# # # #

Putaria em família part 2

621 palavras | 0 |4.08
Por

part 2
Na volta para casa no carro joca logo tirou a pica para fora e me ordenou que mamasse não pica dele enquanto ele dirigia era a primeira vez que eu mamava então não sabia muito bem como fazer .. joca me ensinava como ele gostava de ser mamado, enquanto eu mamava ele enfiou à mão dentro da minha calcinha e ficou mechando na minha pepeka eu estava adorándo … o pau dele ficava cada vez mais duro, o pau dele já estava ficando em pe fora da cueca, eu amava ver aquilo .. me dava tesao ver o pau dele tão duro ..
Ele estava ficando ofegante e vermelho de tanto tesao eu também ..
Joca mandou eu deitar no banco de trás. Tirou minha calcinha e abriu bem minhas pernas … ele parecia um animal de tanto tesao .. minha buceta era pequena e estava toda molhada .. Joca enfiou um dedo nela e cheirou , só o dedo já me doeu, e dei um grito !
Joca voltou para o banco do motorista e voltou a dirigir .. não entendi nada pá achei que ele fosse fazer comigo como fez com minhas irmãs ..
chegamos na fazenda de irmão de Joca, ele morava sozinho .. Joca conversou com o irmão e pediu para eu e ele passar uns dias na fazenda, nem roupa eu tinha levado mas como sei que devo obedece..
O irmão dele me olhava com olhar estranho .. ele arrumou um quarto pra gente …
Joca já me jogou na cama e começou a esfregar o pinto em mim .. o pinto dele tava muito duro .. enquanto isso o irmão dele olhava pela porta e mechia no pau..
Joca estava ficando cada vez mais com tesao até que não aguentou e enfiou o pau tudo dentro da minha bct naquela hora eu gritei pArecia que o pau dele tinha rasgado minha bct eu sentia o pau de Joca dentro da minha barriga ele metia com mt força e eu sentia muita dor .. minha bct estava toda rasgada com o pau dele .. enquanto isso o irmão dele batia punheta .. estava doído de tesao vendo aquela cena …
Joca Urrava de tesao em cima de mim ele metia cada vez mais forte .. e minha bcta doía cada vez mais … eu gritava muito de dor ..
– isso putinha grita mesmo pode gritar mas vai ter que se acostumar a me satisfazer pois mulher nasceu pra isso
Ele metia cada vez mais forte .. e eu sentia muita dor na xota .. o irmão de joca se aproximava cada vez mais louco ao ver o estrago que joca tava fazendo no meu buraco … … ele meteu até encher meu útero de porra, eu sentia aquela porra quente no meu corpo .. joca se levantou e me deixou toda arreganhada na cama, minha bct latejando de dor misturado com tesao ..
Alberto o irmão de joca se aproximou olhava minha bct toda aberta e aumentava o rítmo da punheta .. eu não tinha força para nada
_ posso brincar com ela tbn ? Perguntou a joca
– pode mas deixa meu buraco esse aí quero só pra mim
Alberto meteu o pau na minha boca como se fosse uma buceta eu logo engasguei com aquele pau gigante mas ele continuou até gozar ..
– bebe minha porra tudo vadia,
Eu bebi o leite de Alberto tinha um gosto ruim mas eu tinha que obedecer ..
depois de gozar eles saíram e me deixou lá sozinha.. eu sentia muita dor na bct mal conseguia andar .. eu não imaginava como joca era agressivo na cama .. eu estava ali toda arrombada e com medo de como seria minha vida na mão daquele animal ..

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,08 de 13 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos