# #

Por influencia do meu pai acabei comendo minha irmã

941 palavras | 1 |4.05
Por

Me chamo lucas quando eu tinha 2 anos, minha irmã nasceu, e minha mãe sofria de esquizofrenia tomava vários remédios contratados e tudo. Pois bem quando ela teve minha irmã teve uma crise de depressão pós-parto e teve que ficar internada e isso durou praticamente quase toda nossa infância. E fomos criados por nosso pai, tudo começou quando eu tinha 10 anos e minha irmã 8 anos o nome dela é alice, desde quando éramos bebês tomávamos banho com nosso pai e isso eu já com 10 anos, já estava nascendo os meus primeiros pelos pubianos mas eu ainda não gozava em um desses nossos banhos meu pai se agachou e percebeu que na bocetinha da Alice tbm tinha começado a nascer. Só que nessa idade ela já se lavava sozinha, mas me lembro bem que meu pai ao perceber se agachou na frente dela e comentou: olha só minha filhinha já tá começando a ficar mocinha e começou a passar o sabonete líquido nos braços dela depois na barriga e derepente pediu p ela abrir as pernas e começou a passar na sua bucetinha, então Alice não falou nada daí percebo que meu pai fica com o pênis duro coisa que nunca tinha acontecido antes, só que eu também fico calado então meu pai tenta enfia a ponta do dedo indicador foi quando nesse momento Alice dá um salto para trás encostando suas costas na parede e fala para papai tá doendo e meu pai responde calma meu amor tem que lavar dentro dela também e Alice tenta fechar as pernas mas meu pai põe o joelho entre as as pernas dela quando eu olho percebo que aponta do dedo dele estava dentro da bucetinha dela ela continuava pedindo para ele parar mas ele não parava foi quando ele me puxou pelo braço e pegou minha mão e colocou na bucetinha dela me pediu para eu ficar passando a mão para cima e para baixo foi quando ele se levantou com o pênis e encostou na boca dela eu não fazia ideia do que estava acontecendo não tinha noção que aquilo era um abuso Alice já chorando com a ponta da cabeça do pênis do nosso pai nos lábios e eu instintivamente só olhava foi quando nosso pai me perguntou se eu não ficava com meu pênis duro também porque ele estava mole daí meu pai me me manda sair do banheiro e continua lá com Alice eu vou para o meu quarto depois de um bom tempo Alice chega ainda chorando e eu pergunto o que ele tinha feito com ela e e ela disse que ele mandou ela colocar o pênis na boca dela e chupar como se chupa um picolé no dia seguinte tomamos banho novamente e o meu pai fez tudo isso na minha frente. No terceiro dia fomos para o clube onde ele tem uma cantina era um dia de semana e não tinha ninguém lá entramos os três na piscina ele colocou Alice para boiar abriu as pernas dela me mandou ir para o meio dela afastou seu maiô e novamente enfiou a ponta do dedo na bucetinha dela isso praticamente dois palmos de distância do meu rosto ela tentava sair mas ele segurava isso demorou alguns minutos depois ele ajeitou seu maiô e saímos da piscina. No outro dia não sei mas acho que por castigo de Deus nosso pai tem um infarto fulminante e faleceu dormindo. Nossa mãe ainda internada foi quando nossa avó materna nos pega para morar com ela, na casa da vovó eu e Alice não tomávamos banho juntos nem dormiamos no mesmo quarto. Eu já com 12 anos entro na puberdade e viro o maior punheteiro, um dia chego do colégio e vejo Alice sentada na cadeira do computador assim que eu entro na sala tenho a seguinte visão era Alice só de camisola sem calcinha com as pernas abertas distraída nem me viu chegar na mesma hora minha rola fica a ponto de bala nessa época Alice estava com 10 anos fui me aproximando até que ela percebe minha chegada então eu pergunto onde estava nossa avó e ela responde que nossa avó tinha ido até o centro da cidade fazer compras Quando eu olho percebo os biquinhos dos peitinhos dela marcando a camisola vou para o meu quarto coloco um calção sem cueca e volto para sala daí com minha rola ainda dura encosto no ombro dela nesse momento ela olha no meu calção e percebe minha rôla dura olha para mim e fala, o que é isso Lucas sem falar nada coloco a rola para fora e encosto no ombro dela com a mão já enfio dentro da sua camisola e começo a alisar os seus peitinhos a outra mão já coloco no meio das suas pernas levantando a camisola me dando avisao daquela bucetinha já com bastante cabelinhos ela tenta fechar as pernas mas eu forço minha mão entre suas pernas tiro a mão que estava no seus peitos fui atrás da sua nuca e peço para ela me chupar feito ela fazia com nosso pai ela no início tentou sair mas eu segurei colocando minha rola na boca dela e não demorou muito eu dei uma bela gozada na sua boca fazendo ela engolir tudo. CONTINUA…!!!

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,05 de 43 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Tarado ID:gqbykba8k

    Pode continuar está ficando muito bom seu conto