# # #

Minha irmã, minha namorada

1969 palavras | 8 |4.54
Por

Aqui vai o relato da primeira transa com minha irmã que despertou algo além do sexo

Me chamo André atualmente tenho 27 anos 1,80m 100 kg esse relato aconteceu no início de 2020

A minha irmã Rosana nome fictício com 18 anos cabelo preto pele morena clara magra com peitos e bunda tamanho m, coisa linda de se ver.

Meu pai é empresário no ramo automotivo e minha mãe cuida de uma fazenda nossa que tem produção de leite e derivados, então basicamente vivemos mais eu e minha irmã na casa e temos liberdade para tudo crescemos aprendendo a nos virar sozinhos.

Eu e ela sempre fomos muito próximos conversamos sobre tudo, ela sabe boa parte dos meus segredos, e eu também sei dos dela, sempre fomos aqueles irmãos que se ajudavam mas, nunca tivemos malícia nenhuma, ela sempre tinha os esquemas dela e eu os meus até aproveitava que as amigas dela vinham para minha casa, ficava sem camiseta andando pela casa só de short sem cueca e eu percebi muitas vezes olhares e até conversas cochichando quando eu passava e o fato de ser bem sério às vezes deixava elas com uma pulga atrás da orelha com aquele mistério, o que elas não sabiam é que eu era mente aberta e extrovertido até demais.

Sempre depois que as amigas dela iam embora ela tinha que ir no meu quarto para pegar no meu pé kkkk me falando que eu não tinha jeito e essa pose de sério deixava as meninas loucas rsrsrsr eu sempre respondi, estou em casa de boa eu quero ficar confortável rsrsr até me contou nesse dia que tinha uma amiga dela que se chamava Sandra eu acho que tinha uns 16 anos e falava que quando me via já ficava toda molhada, tenho tatuagem nos meus dois braços e ela falava que ficava doida e se masturbava pensando como não seria pegar esse tatuado gostoso e sentar nele todo kkkkk, nesse dia rimos muito e eu fiquei com aquela ideia na minha cabeça mas foi uma coisa momentânea e depois de uma bela punheta gozei e fui dormir.

Passado alguns dias eu falei para Rosana que iria sair e ela me pediu para deixar na casa da amiga dela da tal Sandra e assim eu fiz, perguntei minha irmã se ela queria carona para volta e ela me disse que voltaria a pé pois não era longe da nossa casa, até aí tudo bem cheguei lá a amiga dela aproveitou veio me cumprimentar quase me deu um beijo na boca, eu fingi que aquilo não aconteceu despedi delas e fui organizar algumas coisas que meu pai e minha mãe pediram, o fato daquela ninfeta safada quase enfiar a língua na minha boca me deixou com um tesão danado, só que a correria acabei esquecendo, depois de tudo resolvido ainda era cedo por volta das 14 horas eu estava cansado porque nesse dia estava muito quente e eu tinha saído de casa bem cedo, chegando em casa não tinha ninguém.

Eu não avisei a minha irmã que já havia chegado em casa, tinha uma mensagem dela no meu Whats falando que quando fosse embora ela iria com a Sandra perguntou se não teria problema, apenas respondi que não tinha problema, depois disso eu fui tomar um banho e no quarto liguei o ar condicionado fui assistir algo e estava apenas de toalha, acabei adormecendo e eu tenho sono profundo, acordei com a barulheira, abri o app das câmeras pra ver se eram as meninas e eram elas aparentemente tinham bebido, eu não gosto quando a Rosana bebe porque eu fico com medo de abusarem dela, mas eu não ia levantar só para dar uma bronca nela que chegou toda feliz.

Nesse espaço de tempo comecei a querer dormir só que às risadas das duas não deixavam, então fiquei lá apenas curtindo a cama e o ar gelado até que ouvi umas risadas na porta do meu quarto e olhei o reflexo por baixo da porta eram as duas danadas, bateram na porta do meu quarto eu não respondi a TV estava ligada e quando eu percebi que elas iriam abrir a porta eu fingi que estava dormindo eu estava espalhado na cama só de toalha e quando menos espero escuto uma coisa que eu nunca achei que iria escutar a minha irmã falando que eu era lindo, gostoso que se masturbava pensando em mim, a amiga dela começou a rir e falou independente do que ele é se fosse meu irmão eu já tinha transado com ele há tempos, nesse momento a minha irmã virou para ela e falou pior que é verdade né, e eu sentia elas muito próximas de mim aquilo estava me deixando louco, daí em diante eu senti uma mão passando nos meus braços barriga peito e não sou de ferro, me segurei muito mas o danado ficou duro, não e muito grande 17 cm e claro que elas perceberam só que não deram segmento pararam e saíram do quarto devagar.

Só ouvi risadas no corredor e escutei minha irmã falando que se pudesse ia entrar no meu quarto ia sentar gostoso no meu pau eu não acreditei no que ouvia, depois disso elas foram pro quarto de Rosana e ficaram mais quietas tenho certeza que as duas estavam aprontando e colocando o ouvido na porta do quarto dela escuto as duas gemendo nesse momento eu saí de mim, fui no banheiro desnorteado cheio de tesão pra bater uma e vejo uma fio dental rosa toda molhada no cesto e não tava seca tinha aquele mel maravilhoso e sabia que era da Rosana, peguei cheirei uhhhh que delícia de cheiro, passei a língua pra sentir aquele gostinho e fiquei cheirando até gozar fartamente, tomei outro banho voltei pro quarto e fiquei assistindo.

Logo após tudo isso ficou aquele sentimento de culpa e remorso mas, eu não fiz nada demais. Eram umas 17:00 escutei as meninas saindo do quarto e então fui rapidamente no quarto dela para confirmar, encontrei toalhas e roupas com gozo feminino, um líquido transparente e viscoso que dá uma liga e achei uma cueca minha junto com essas coisas e não sei porque aquilo não me deixou espantado, deixei tudo ali no lugar e sai rápido pro meu quarto. Uma meia hora depois escuto o portão abrir, era a Rosana. Bateu na porta do meu quarto perguntando se podia entrar eu disse que sim ela entrou e como temos intimidade ela foi logo deitando do meu lado e cobrindo, perguntei da Sandra ele foi embora, aí perguntei se estava tudo bem!? E ela acenou que sim e disse que meu pai iria dormir na fazenda para ajudar nossa mãe, até aí tudo certo. Perguntei se ela estava precisando de algo, ela disse que só queria minha companhia, e e claro nunca recusei fazer companhia para ela coloquei uma série para a gente assistir eu já estava vestido com um short leve e ela também, nisso ela pediu para abraçar ela pois estava com frio, sem problemas eu abracei ficamos de conchinha e tava tão bom que eu comecei a cochilar só que meu pau tava encostado na bunda dela até então tudo certo eu estava aliviado só que ela começou o ficar remexendo e ele foi ficando duro e ela percebeu e ainda comentou tem que me respeitar sou sua irmãzinha, eu ri e retruquei mas não sou de ferro kkkk ela ainda brincou “tem certeza?” Seu pau tá igual ferro. E eu completei como não ficar assim com você fazendo isso cheirosa do jeito que você tá.

Nisso ela virou me olhou nos olhos me puxou com toda força e me deu um beijo daqueles estávamos entregues ao incesto, nisso eu só fui beijando com mais intensidade começava a descer depois voltava para boca e assim eu fui fazendo até chegar naquela buceta maravilhosa, bem lisinha moreninha e inchada, então eu caí de boca eu chupava como se não houvesse amanhã chupei chupei até ela falar “não para, eu vou gozar” então continuei no mesmo ritmo até senti no meu queixo o canal vaginal apertando e expulsando aquele mel delicioso deixando o meu rosto todo melado, sem dizer os gemidos deliciosos que ela soltava, me chamava de cachorro, safado, gostoso nisso eu fui subindo sentindo o cheiro do seu corpo que estava um pouco úmido e quando senti ela me puxou me beijou forte e falou no meu ouvido coloca ele em mim, aí devagar tirei a bermuda sem parar de beijar fui chegando a cabeça do meu pau na entrada daquela buceta maravilhosa quando começou a entrar ela arrepiou inteira parou de me beijar e falou coloca tudo mas coloca devagar há muito tempo que eu quero sentir ele aí dentro eu obedeci e sem parar de beijar e acariciar seus peitos fui penetrando devagar ela tava muito molhada mas, muito quente, meu pau ardia lá dentro então fui colocando e tirando aumentando o ritmo e não tirava os meus lábios dos dela, estávamos em êxtase aquele cheiro característico de sexo, o suor escorrendo não existem palavras para descrever e durante essa mesma posição ficamos quase uma hora ela já havia gozado duas vezes e eu me segurava para não gozar, eu dei uma diminuída ela parou de me beijar ficou olhando meu rosto passando a mão e beijando o meu rosto todo, pediu que eu deitasse na cama obviamente eu obedeci então ela foi em direção ao meu pau e começou a chupar com muita vontade aquele boquete babado garganta profunda, eu delirava e comecei “eu vou go-go-gozar’ ela parou e falou eu quero que você goza na minha boca e continuou chupando dessa vez mais devagar e eu fui sentindo a porra vindo devagar e quando gozei foi uns quatro jatos bem forte na boca dela, que ela engoliu e ainda ficou sugando até acabar. Depois disso estávamos exaustos mas não queríamos desgrudar então fomos tomar um banho e lá de novo eu chupei ela e ela me chupou e finalizamos com uma trepada na qual ela gozou de novo e pediu para avisar que quando eu fosse gozar ela queria na boca de novo não demorou muito até eu tirar da sua buceta e gozar na sua boca.

Depois disso tudo ficamos no meu quarto grudados e ela me falando que sempre teve vontade e eu contei que eu tava acordado no momento em que elas estavam passando a mão em mim, ela sorriu e disse “eu sabia que você tava acordado” kkkkkk continuamos conversando entre carícias e beijos nessa noite transamos mais uma vez com menos intensidade pra sentir tudo nem oral fizemos mas foi maravilhoso.

Dormimos como um casal eu acordei cedo despertei ela e falei que precisava levantar pra deixar ela no colégio e depois ir trabalhar, ela sorriu e me pediu um beijo e rapidamente eu dei e ela me perguntou se aquilo só aconteceria naquela noite, eu disse que tudo dependia dela porque eu tinha adorado, ela me olhou com aqueles olhos lindos e disse que só precisava de mim em sua vida, eu cheguei bem perto passei a mão no seu rosto e falei que também não precisava de outra pessoa.

Então esse foi nosso início de irmã a namorada

Deixa aí nos comentários o que acharam.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,54 de 28 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Thay ID:19p1p9ghj

    O meu irmão nunca fez nada do tipo cmg, mas em compensação passei a ser puta do meu primo e dps de um tempo do meu cunhado, passava a tarde toda de pernas abertas deixando o meu primo me foder, e quanto mais ele gostava mais eu entendia que era só pra isso que eu servia, ele não me engravidou, mas adoraria um macho pra me engravidar e me usar de depósito de porra o quanto quiser

    Tele: taymuc

    • Dcptcs1994 ID:7xce1pezra

      Olá Thay, tentei encontrar seu telegram não encontrei. As vezes não surgiu a oportunidade e o momento pra você e seu irmão. Mas você já faz um incesto danado rsrsrs agora engravidar nessas situações e complicado.

  • Responder Jr ID:1dak6pwtm0

    Já que ela é tua agora você tem direto de engravidar ela

    • Dcptcs1994 ID:7xce1pezra

      Rsrsrss a ideia não e ruim quem sabe no futuro, não temos relação de irmãos apenas na frente de nossos pais ela ainda e nova, vou deixar o tempo se encarregar de tudo

  • Responder Insulano ID:82ttfmw8

    Fechou. Ela é agora tua mulher.

    • Dcptcs1994 ID:7xce1pezra

      Neh, isso era uma coisa que causava repulsa, hoje e normal ela e a namorada que eu sempre quis sabe de tudo na minha vida e somos parceiros em tudo

  • Responder @Morango ID:ona04imk0b

    Eu adorei sua historia, muito bem escrita, seria legal você mostrar sua irmã podia tampa o rosto se quiser, tem telegram ?

    • Dcptcs1994 ID:7xce1pezra

      Olha já foi difícil liberar o conto, fotos estão fora de cogitação no momento ela e muito tímida e eu muito cauteloso

      Tele. Dcptcs1994