# #

Helô

505 palavras | 2 |3.93
Por

ninfeta, novinha, virgem, bucetinha pequena

Acho que tinha uns 15 anos, sempre ficava só em casa e minha tia ficar com minha prima que tinha uns 5 anos na época , sempre vinha junto uma amiginha da mesma idade e a irmã dela Helô que tinha uns 11 anos mas era bem pequena, bundinha pequena, peitinho nascendo e bem bunitinha. Um dia eu estava assistindo televisão e Helô estava bem perto de mim, do nada dei uma esticada no meu pé deixando bem proximo da sua bucetinha , como ele não reclamou eu encostei meu dedão na sua rachinha, chamei Helô para preparamos um lanche para as duas, chegando na cozinha perguntei se ela tinha gostado de eu roçar meu pé na sua bucetinha e ela disse que sim, perguntei se ela já tinha namora e beijado alguém, ela disse que não, nisso chamei ele pro meu quarto e dei um beijo na boca dela, foi o primeiro beijo dela e como ele era bem baixinha tive que me abaixar para roçar meu pau na direção da sua bucetinha, terei a blusinha dela e dei uns beijinhos nos seus peitinhos e perguntei se ela estava gostando e ela disse que sim, depois tirei o shortinho dela e ele estava com aquelas calcinhas de criança , deitei ela na cama e dei um cheirinho naquela bucetinha pequena e com uns pelinhos, estava com cheiro de urina mas não foi problema, chupei muito e deixei ele bem molhadinha, depois pedi pra ela chupar meu pau que quase não coube em sua boca ela não sabia como chupar mas chupou com vontade, dei uma gozada na boca dela que ela chegou a se engasgar, depois fomos dar o lanche das meninas. Na semana seguinte fizemos o mesmo ritual chupei a bucetinha e o cuzinho rosa dela, fique passando meu pau melado na sua bucetinha, mas meu pau era muito grande pra quela bucetinha e não quis ariscar, pasamos a nos divertir toda semana, ele goza com as minhas chupadas e eu gozava na sua boca ou em cima da sua bucetinha. Depois passamos a nos ver pouco e acabamos por nos afastar, depois de uns 5 anos estava em frente de casa e ela estava vindo da escola, como estava só pedi pra ela entrar e ai comi a bucetinha dela valendo, já não tinha mais o selinho mas continuava pequena, comi com vontade e dei uma gozada bem no fundo, outra vez fui comer ela em casa e quando ela ficou de 4 vi em filete de gala escorrendo e perguntei se ela já tinha fudido naquela tarde e ela disse que sim com o namoradinho, chemei ela de putinha e ela me respondeu que ela era putinha por minha causa, disse que poderia ter tirado o selinho dela se quisesse , eu respondi que não me arrependia pois poderia ter dado problema, mas foi bom demais, minha proxima história vai ser a respeito da Karla uma outra ninfeta, [email protected], espero que gostem.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,93 de 15 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Nilramos ID:h492s5xzl

    Amigo, pode parecer mentira mas vivi uma situação semelhante, sendo que no meu caso já estava com meus 18, ela aos 11 mandou-me umas cartinhas de amor muito mal escritas, como ela era muito linda nem liguei, minha intenção era chutar e meter naquela bcetinha virgem mesmo, ela gostou tanto que nos casamos anos depois

  • Responder Mr man ID:xlolbp8j

    Quando for inventar, procure escrever direito,sem erros básicos