#

Família

927 palavras | 0 |4.33

Sou de uma família de classe média, meu pai é militar e eu tenho uma loja no centro.
Meu pai é uma figura controversa, pois é muito rígido e muito depravado, ele sai do banho sem nenhuma roupa e senta na sala, com minha mãe na cozinha e minhas irmãs de 8 e 10 assistindo desenho, sem o menor pudor.
Eu depois de anos de namoro, fiquei noivo e marcamos o casamento, já estamos juntos a 5 anos e temos muita liberdade e intimidade, ela adora ficar nua no meu quarto e morria de vontade de alguém entrar e ver ela assim, minhas irmãs sempre vão ao meu quarto eu até saio para a sala, pois elas falam demais e trocam roupas e brincam e tomam vários banhos. Um dia minha noiva me contou um desejo dela, de ser vista nua por várias pessoas, me perguntou se eu podia armar um geito de meu pai ver ela nua. Eu concordei e prometi segredo sobre o assunto.
Mas eu e meu pai, também temos muita intimidade e contei para ele o desejo dela e pedi para entrar no quarto sem avisar, ele concordou e subiu em um momento que ela estava no banho e com minhas irmãs no quarto com minha mãe. Ele entrou e disse que estava apertado para usaro banheiro, disse que não ia demorar, mas retirou a bermuda e sentou no vaso, e começou a conversar com ela sobre nosso casamento, sobre o que ela queria na festa e sobre o que ele queria, ela ficou bem a vontade e depois de alguns minutos voltou ao banho. Ele permaneceu no vaso até ela pedir a toalha, ele entregou e acabou de tirar a roupa, disse que também iria tomar banho, falou para ela sair nua mesmo, pois só tinha mulher no quarto.
Meu pai é muito bem dotado, grande e grosso, mesmo estando meia vida, eu não fico a vontade com minhas irmãs no colo dele quando está pelado.
Minha noiva saiu do banho só de toalha, e minha mãe pediu para permanecer assim pois iriam experimentar alguns biquínis que compraram.
Minha mãe mandou minhas irmãs tomarem banho com meu pai, tirarem a roupas e colocarem no chão e entrar no banheiro. Logo que entraram meu pai saiu, pelado e molhado, com aquele pinto semiduro e pediu uma toalha, minha mãe olhou para minha noiva pedindo a toalha para não molhar outra. Agora estavam novamente os dois pelados no quarto sem nenhuma vergonha, minha noiva se sentou ao meu lado e meu pai ficou de pé, com aquele monstro ao lado do rosto dela, enquanto minha mãe contava uma longa história, resolvi tomar banho também e ajudar minhas irmãs para sairem rapido, eu tirei toda roupa e coloquei no chão e entrei, dei banho nas duas lavando e esfregando e dando cuidado em suas bandas e bocetas, mandei se encharcar e saírem do chuveiro para eu terminar, por último eu sai e só estava minha noiva nua deitada de pernas e braços abertos na cama.
Eu estava me secando, quando meu pai entrou novamente no meu quarto, ele disse que agora ela era da família, e como ele fazia com todas da casa, beijaria ela na boca sempre que chegasse ou saísse e que era apenas afeto de uma família que se ama. Deu um beijo nela e não resistiu ver toda aberta na cama deu também um longo beijo na buceta dela, que tremeu toda com o toque, chupou minha noiva por um longo tempo até que saiu e deu outro beijo na boca dela. Eu achei lindo ver a entrega e a intimidade dos dois e não podia reclamar, já que várias vezes eu fui usado para satisfazer minha mãe.
À alguns meses nós decidimos acampar, estávamos em três casais e passamos 2 dias numa fazenda, no alto de uma montanha, com lago e três chalés com um salao em comum, um paraíso.
Logo no início um dos meus amigos propôs de trocarmos os casais, pois todos já estavam juntos a muito tempo e isso só aumentaria a intimidade entre amigos.
Aceitamos todos e fomos ver quem seriam os casais, antes teve uma brincadeira de beijo na boca vendados e cinco minutos no paraíso.
Seria um dia e noite com uma e depois trocaria o casal.
Eu entrei no quarto com a mulher do meu melhor amigo, muito gostosa, comecei ajeitando os cabelos, massagem nos ombros, tirando a camisa, beijo e mão nos seios, depois foram horas e horas de um sexo muito bom, ficamos pelados o tempo todo, sem sair do quarto, dia e noite. Minha ideia era fazer ela se apaixonar por mim e eu me aproveitar o máximo do corpo dela.
No outro dia trocamos os casais e novamente sexo, alimentar, dormir, sexo e muito amor entre nós.
Mesmo objetivo, tratar o melhor possível para ele se apaixonar e aproveitar ao máximo o corpo da minha amiga. Consegui comer a bunda das duas e gozar dentro, isso destrói o homem mas deixa muito feliz.
Na manhã do terceiro dia estávamos indo embora e voltamos os casais, Tínhamos o direito de dar um último beijo nas meninas em particular e outro rápido na frente de todos. Foi um ótimo fim de semana.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,33 de 9 votos)

#
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos