# # #

Deixava um homem abusar de mim e descobri depois que ele era amigo de meu pai

1384 palavras | 8 |4.54
Por

descobrir que aquele homem José era amigo de meu pai fiquei com medo e receio que ele não quisesse mais brincar comigo, mas tudo ficou melhor.

O dia que descobri que José era amigo de meu pai foi estranho, eu ainda era uma menina, hj tenho noção, mas na época ficou muito misturado na minha cabeça, eu continuei brincando com minhas amigas na festa mas ao mesmo tempo olhava pra ele que me secava e lambia os beiços piscando pra mim, eu ria e ficava com uma sensação gostosa no corpo, lembrando as coisas boas que a gente tinha feito no barracão.
A mulher dele era bem bonita e o filho um pouco mais velho do que eu era bem quieto.
Uma hora passei por ele e ele conversava com papai, fiquei ouvindo a conversa e apesar do barulho percebi que falavam do barracão, eles riam e ouvi papai dizer que fazia tempo que não ia lá e perguntou se tinhas novidades, eu não acreditava no que ouvia, ai José falou que tinha sim e me descobrindo falou pro meu pai: tem uma putinha novinha que é uma delícia, topa tudo e papai riu e falou um dia vou lá conhecer suas novas amigas se vc não for preso primeiro e riram juntos.
Ai ele perguntou pro meu pai onde era o banheiro, papai me vendo me chamou e falou, filha mostra o banheiro pro meu amigo e sorrindo e espera ele pra voltar, senão ele se perde.
Nossa casa era bem grande mais achei estranho o pedido dele.
Chegando no banheiro ele me puxou pra dentro eu morri de medo mais adorei.
Ele me beijou e tirou meus peitinhos que tinha crescidos, pra fora do vestido e me chupou, eu aproveitei e peguei no pau dele e ele falou, gostou de saber que sou amigo do seu papai.
Eu falei que tava com medo e ele falou fica tranquila minha putinha seu papai é muito legal e colocando as mãos por dentro do meu vestido tirou minha calcinha e alisou minha xana.
Falou: vou levar essa calcinha de lembrança e vc vai ficar peladinha a festa toda, nossa que loucura, eu tinha só 11 anos, me senti tão poderosa desfilando de vestido sem calcinha por baixo que gozava a cada olhar dos homens e até papai me olhou com desejo essa noite.
Depois desse dia fiquei bem putinha atrevida e safada.
Ia algumas vezes com Carol no barracão e outras sozinha e ele mergulhava a boca dele na minha bucetinha lisinha, chupava meus peitinhos, me beijava e me fazia beijar e chupar o pau dele.
Mas ele não me comia, só metia na Carol que já era maior e mais safada.
Mas eu gostava de receber o gozo dele na minha cara ou lamber a bucetinha da Carol cheia de porra.
Conforme foi passando o tempo e fui pegando confiança às vezes eu ia sozinha encontrar com ele.
Nesses dias ele forçava um pouco o pau na minha buceta mas não ia até o final.
Uma vez fomos lá e tinham 3 homens desconhecidos, eu fiquei com medo no começo, mas eles eram bonzinhos, mais velhos que José, morenos e meios barrigudos.
José nos apresentou, Carol com certeza já tinha feito safadeza com outros homens e não ficou nenhum pouco inibida, dançou e vez stripper enquanto os homens beijavam e apertavam ela de todas as formas.
Eu sentada no colo de José sentia o pau dele duro na minha bundinha.
Ele então me fez ficar peladinha e deitar num colchão e os homens se aproximaram e começaram a me alisar todinha, que delícia aquilo.
Falava, todos tipos de putaria, me chupavam a bucetinha e os peitinhos e esfregavam os paus no meu corpo, eu ria e beijava todos.
Ele adorava fazia os homens gozarem no meu corpo, no meu rosto e depois ele e Carol me lambiam toda.
Voltava pra casa toda suja e cheirando porra, mamãe não percebia nada, mas papai quando encontrava comigo antes de tomar banho me beijava e apertava e falava que eu tava com cheiro delicioso.
Eu ia pro banho e imaginava meu papai me comendo, tinha remorso as vezes mas ficava molhadinha demais pra me arrepender.
Ai aconteceu o que eu já sabia, tinha passado uns 6 meses, eu combinei com José dele me pegar e iria me levar pra um novo local, então me levou pra uma casa afastada.
Cheguei lá ele me fez ficar num quarto sozinha, depois me pegou e me levou pra sala, tinha um menino de uns 12/13 anos moreninho claro, vestido como uma menina.
Ai ele me fez beijar o menino e tirar o pauzinho dele pra fora e chupar, era um pintinho pequeno perto dos homens que eu me acostumara, mas era gostosinho, ficou durinho, mas era fininho e quando gozou era bem ralinho, mas eu gostei.
Ele me aprestou, ele chamava Edu e depois que chupei ele ele ficou ajoelhado no meio da sala esperando, tava com meia calça e calcinha fio dental e vestia uma cropet preto, a boca com baton e maquiado como uma menina.
Eu e ele se afastamos e ficamos de longe, o menino sorria, tinha um sorriso lindo.
Ai José falou alto, pode entrar Marcos estranhei poís era o nome de meu pai e quando vi meu pai entrar peladão com o pau duro me assustei e quase gritei, mas José tampou minha boca.
O que eu via não acreditava.
Papai se aproximou do menino e começou a beijar e tocar no corpinho dele.
O menino se entregava todo e beijava como mulher, José incentivava.
Papai não consegui nos ver mas eu ouvia ele gemer e falar putaria pro menino.
Meu pai entregou o pau pra ele chupar o menino chupou e José falou: pergunta o nome da nossa menina: Papai então perguntou e o menino falando como mulher respondeu: Elisa papai, me chamo Elisa e chupou ate receber o gozo de meu pai na boca.
E papai falava chupa Elisa minha filhinha puta e socava o pau na boca do menino.
José rapidamente tirou minha roupa e me colcou no colo, eu assistia aquilo e ele abusava de mim gostoso, ele falava queria tar no lugar dele ne putinha, dando pro papai, eu gemia e falava sim eu quero dar pro papai.
Eu olhava agora papai chupar o pau do menino, a boca enorme dele engolia o pau e os saco do menino, ate que o menino gozou o mesmo gozo ralinho, depois papai virou de costas e ficou de 4 enquanto o menino encostava o pauzinho na bunda dele.
Mas o pauzinho era pequeno demais, e enquanto assistia, sentia o pau de José no meio das minhas pernas e fui abrindo-as até sentir o pau entrando na minha buceta.
Agora papai tirava a roupa do menino e empurrando ele encostou o pau na bunda do menino e falou alto: Elisa minha filha agora vou comer seu cuzinho e o menino respondia me come papai come gostoso.
E enquanto papai comia o menino eu sentia o pau enorme, grosso de José penetrando na minha buceta, comecei a pular no pau dele que ia abrindo caminho até sentir que ele me tirara o cabacinho.
Nossa foi uma loucura, no fundo eu depois da conversa na festa sabia que papai tinha esse lado pornográfico, mas José era muito safado em fazer aquilo.
Papai foi embora depois do menino tomar banho e levou ele pra casa, fiquei sabendo que era um menino que tinha fama de gay e era conhecido na cidade por namorar outros meninos desde novinho.
Eu tb tomei banho feliz, com José.
Depois ele me levou em casa e não fez questão nenhuma de esconder que me trazia, via que papai da janela tinha nos vistos.
Eu entrei papai tava na sala com mamãe e me ver falou, Elisa filhinha cadê meu beijo e fui e senti um aperto diferente.
Ele falou pra mamãe^: nossa filha tá linda ne Li, e minha mãe respondeu, sim muito linda, só ando preocupada com os sumiços dela, depois vamos conversar….eu ri e fui pro quarto sonhar com meus machos.
Depois fiquei sabendo que papai e José tinham armado tudo, mas conto melhor no próximo.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,54 de 26 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder mamasafada ID:1fuu6b9o8ra

    eu estou deixando meu companheiro brincar com minhas filhas, no começo fiquei preocupada, mas elas estão gostando tanto que to deixando acontecer.
    Um dia deixei elas tomarem banho com ele, meio que na inocência, já que uma tem 9 e a outra 11.
    Ela no começo tb fez cara de que não queria mas esse dia do banho vi que ficou de pau duro enquanto ensaboava as meninas e passa as na bucetinhas lisinhas dela e elas se encostavam no pau dele e riam.
    Depois não teve como, me pegou no quarto e me comeu em plena luz do dia, eu instigava ele e falava perguntava se ele tinha gostada de dar banho nas meninas ele urrava de prazer.
    Eu gozei muito.

    • Daddy69 ID:gqatxpd9c

      🔥🔥

    • Sid ID:beml5vj4v2

      oie, td bem cntg? vc deixaria eu fazer isso tbm com elas?

      vc tem tele**

    • Daddy ID:8k4je3j8rc

      Boa tarde !
      Pode me passar seu contato ?

    • Papa ppkinha ID:gsuadkkm1

      Olá Mamadafada fique com inveja , seria ótimo ganhar as calcinhas usadas por suas menininhas

  • Responder Casado muito safado ID:8eez7a6yhk

    Lindo conto linda e seu pai é seu José já tava atmandonpra vc a muito tempo vc já estava sendo preparada pra isso e sei q seu pai tbm teve seus bons momentos com vc depois disso
    E se quiser conversar um pouco mais sobre isso me manda im ou no telegram.. @Leotererj

  • Responder Dasilva oto-san sensei ID:1dai5li8ra

    Vai ser um otimo conto o próximo com novas descobertas e mais prazer assim como esse delicioso conto, aguardo continuação.
    Parabéns pelo conto!

  • Responder Obs ID:8d5ienmt0c

    Amo menininha! Ainda mais patinhas que começam cedo! Te. Ja vi meninas de 10 que já chupam gostoso! Quem não gosta de safadezas novinhas?