# # #

Comi a mulher do meu amigo, uma coroa gostosa e safada

1353 palavras | 11 |4.55
Por

Meu nome é Camilo, tenho 35 anos, um amigo meu chamado seu Hélio me convidou pra assistir um jogo na casa dele e beber umas cervejas, ele tem 60 anos e a esposa dele Dona Sônia tem 56, uma coroa bonita, morena, cabelos lisos na altura dos ombros, dona de um corpão, pernas grossas, peitos grandes e bonitos, e um belo de um rabo gostoso que não tem como não olhar.
Dona Sônia estava usando um vestido estampado desses tecidos bem fininhos e soltinhos, um decote que deixava os peitos bem a mostra quase querendo pular pra fora, e bem curtinho com aquelas coxas toda de fora, usava uma sandália rasteira que deixavam seus lindos pés bem expostos, estava maquiada e perfumada, uma coroa pra ninguém botar defeito.
Seu Hélio me deixou bem a vontade, bebemos e beliscamos uns petiscos enquanto víamos o jogo.
Comecei achar que tinha alguma coisa estranha quando a mulher dele começou se insinuar pra mim, ela toda hora dava um jeito de desfilar com aquele rabo e aquelas coxas na minha cara, eu tentava não olhar mas era impossível, toda vez que ela trazia uma lata de cerveja pra mim ela me olhava fazendo cara de safada e dava um jeito de alisar minha mão.
Eu não tive dúvidas que aquela coroa estava sedenta por pica, Seu Hélio não tinha cara que dava conta daquele mulherão.
Eu tive certeza que ela estava me provocando quando ela sentou no sofá de frente pra mim, ela cruzava e descruzava as pernas de propósito, da onde eu estava dava pra ver a calcinha branca enfiada na bunda, isso com ela do lado do marido que parecia não perceber nada, ou fingir que não percebia.
Meu pau já estava muito duro com aquelas provocações e coloquei uma almofada em cima pra disfarçar.
Quando o jogo estava no final o celular do meu amigo tocou, ele parecia preocupado ao atender, pra minha surpresa ele disse que tinha que dá uma saída pra resolver um problema e que voltaria em uma hora, falei que era melhor eu ir embora, mas ele retrucou e pediu pra eu ficar e esperar, pediu pra mulher dele me servir uma cerveja e me fazer companhia enquanto ele não voltasse.
Pode deixar amor, eu cuido do seu amigo, vai tranquilo, ela falou com um risinho cínico no canto da boca.
Mal ouvimos o carro do meu amigo partir ela sentou do meu lado com uma cerveja, posso te fazer uma pergunta, ela falou, claro respondi, você me acha bonita ? Respondi sim, você é uma mulher linda.
Ela: O que você acha da gente se divertir um pouquinho enquanto o Hélio não volta, pode ficar calmo, ele vai demorar.
Eu: E se ele volta de repente e pega alguma coisa, vai ficar chato.
Ela: Parece que você não entendeu né bobinho, eu falei que ele vai demorar, porque você acha que ele pediu pra você ficar ?
Dona Sônia já foi alisando meu pau por cima da bermuda e me tascou um beijão de língua, ela estava louca de tesão, chupava minha língua e meus lábios cheia de desejo, já fui logo pegando naqueles peitos, ela deixou a alça do vestido cair e me ofereceu pra chupar, mamei feito um bezerro naqueles peitos fartos.
Dona Sônia estava sedenta por um pau, abriu meu ziper e tirou pra fora, ficou olhando maravilhada enquanto segurava.
Ela: Nossa que caralho lindo, como eu estava precisando disso, tem mais de três meses que eu não trepo com ninguém.
Eu: Pode usar do jeito que a senhora quiser.
Ela: Senhora é a puta que pariu, hoje eu quero ser sua vagabunda, me chama de vagabunda, de puta de piranha, chama que eu gosto.
Chupa esse caralho sua vagabunda, ordenei, ela caiu mamando e lambendo até as bolas.
Me xinga mais ela pedia e eu xingava e ela gemia de prazer e tesão.
Arranquei a calcinha dela e caí de boca naquela buceta depilada, já estava molhadinha pedindo pra ser fodida, ela gemeu alto e gozou na minha boca.
Lambi e chupei cada pedacinho daquelas pernas e chupei os pezinhos lindos dedinho por dedinho.
Quando ela não aguentou mais e implorou pra eu foder ela, eu abri bem as pernas e enterrei fundo, meti meus 21cm de pica pra dentro daquela buceta gulosa, ela gemia muito alto e pedia pra eu meter sem dó.
Ela: Isso isso, vai fode, fode essa buceta, fode safado, fode a mulher daquele velho broxa, come essa vagabunda, eu quero rola, aaiii que delícia, eu quero gozar nessa rola gostosa.
Eu: Toma vagabunda, fode esse caralho, vai goza nessa pica sua safada.
Dona Sônia gozou aos berros pela segunda vez.
Não deu tempo nem de respirar e ela já veio por cima e cavalgou no meu caralho, fodeu desesperada, parecia que não fodia a anos.
Falei que ia gozar e ela pediu pra eu gozar dentro, queria leite na buceta, gozei gostoso pra caralho.
Dona Sônia estava louca por pau e já foi logo caindo de boca no pau meio mole, não demorou e já estava duríssimo novamente.
Botei ela de quatro e cuspi no cuzinho, encaixei o cabeção do meu pau na entradinha e forcei, ela tentou sair mas eu segurei pela cintura, falei aguenta sua puta, ela falou esse pau é muito grande, vai arrombar meu cuzinho, põe devagarinho.
Fui forçando devagar, tava apertadinho, o cabeção passou pelo anelzinho, ela deu um grito, mas aguentou, fui introduzindo bem devagarinho até entrar a metade, ela foi relaxando e aos poucos foi sentindo que estava gostoso, faz muito tempo que não dou o rabo ela dizia, mas tá gostoso.
O pau entrou todo e ela fodeu gostoso com a pica no rabo, gemeu pra caralho e rebolava na vara com cara de safada, come meu cuzinho ela pedia, e eu bombava sem parar, nessa altura o pau já saía e entrava com facilidade, já tava arrobadinho o cuzinho.
Ela pediu pra sentar, sentou de costas pra mim e montou gostoso na vara, ela gemia, xingava e dizia que queria gozar com a pica no cuzinho, gozou gostoso batendo ciririca e enfiou os dedos melados na minha boca.
O cu tava tão gostoso que eu gozei dentro, ela levantou e arreganhou com as mãos pra botar a porra pra fora.
Fomos pro chuveiro e nos esfregamos e se beijamos cheios de tesão, meu pau ficou muito duro de novo e comi Dona Sônia ali mesmo no box.
Como eu já tinha gozado duas vezes, dessa vez eu fodi até dizer chega, comi Dona Sônia na sala também e na cozinha, mas foi na cama do casal que finalizamos aquela foda deliciosa, ela pediu pra eu gozar na boca dela, e eu fiz o que ela queria, jorrei porra na cara e na língua da safada e últimos jatos foram na garganta, ela engoliu tudo e disse que agora estava saciada.
Dona Sônia ligou pro marido e disse que ele já podia voltar.
Ficamos na sala esperando já vestidos e comportados.
Seu Hélio chegou como se nada tivesse acontecido, ninguém tocou no assunto, mas tava claro que ele sabia que eu tinha acabado de foder a mulher dele, talvez ele se sentisse mais confortável fingindo não saber ou talvez fosse algum tipo de fetiche.
Ele perguntou se a mulher dele tinha me tratado bem, respondi que muito bem, ele ficou feliz e disse que eu podia voltar sempre.
Até hoje eu tô comendo a Dona Sônia, ela sempre me liga e diz que o marido saiu pra deixar a casa livre pra gente.
Eu fodo a coroa gostosa, ela se satisfaz na minha pica, Seu Hélio fica feliz em saber que a esposa tá feliz e todo mundo fica feliz.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,55 de 38 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

11 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Anônima ID:xglzdzra

    Leio aqui me excito, fico meladinha
    Madura gostosa intensa aqui

    • Fabio ID:xlolbnm3

      Trepo com uma senhora de 67anos levo ela nos braços pra cama e ela chupa meu pau a ponto de dormir com ele na boca

  • Responder [email protected] ID:xglzdzra

    Sou madura , mas aparento 47 anos intensa jovial ,loira 54 kgs fogosa. Amo fazer amor

  • Responder LoboMoreno40 ID:fygwvlt0a

    É muito bom sair com casal maduro, concordo que da mais prazer do que outra coisa e quando o manso mama junto com a chifradeira é top demais!!!

  • Responder Celolara ID:81rs90ot0j

    Adoro uma coroa estou comendo uma de 72 anos umas delícia chamo ela de puta safada de putinha adoro gozar na cara de puta que ela tem e encher a bucetinha de de porra

  • Responder Ramon ID:41igzf7bv9k

    Nada melhor que uma coroa gostosa

    • Anônima ID:xglzdzra

      Se me visse intensa apertadinha ia amar então

    • Anônima ID:xglzdzra

      Sou intensa gostosa tesuda lisinha 58 mas aparento 47 loira 54 kls uso fio dental , chamo atenção em rapazes de 20 , convites rsss…adoro fazer amor

  • Responder Carlos Cézar ID:g3jaxspzm

    Adoro mulheres bem mais velha que eu, tipo de 60, 70, 80 anos, quero muito uma pra mim, meu telegram é @CarlosCAssis

  • Responder Moreno sul de Minas ID:8d5nw33zri

    Adoro uma coroa 👑😋, bom demais né 😂

    • Anônima ID:xglzdzra

      Eu sou intensa tesuda loira 58 anos corpo de 30 (uso filho dental) 54kgs lisinha