#

Caidinha por um coroa do bar

1045 palavras | 5 |3.53
Por

Meu nome é Sarah, hoje tenho 17 anos e este é um conto real que aconteceu comigo nos meus 15 anos.

Eu era uma menina meiga, branquinha, magrinha, cabelos longos, peitinhos pequenos e pontudinhos e um bumbum rosinha e durinho e tinha o costume de depilar os poucos pelinhos que tinha na minha perereca na epoca. Era sempre toda lisinha…

Tenho uma amiga, Bianca, e ela sempre me contava suas fantasias sexuais e foi atraves dela que me rendi ao meu primeiro menino que eu era apaixonadinha, o Felipe, primo da Bianca. Foi ele quem me comeu a primeira vez ainda quando eu tinha 14 anos.

Mas vamos ao conto… Bianca sempre falava de homens mais velhos, amigos de tios dela e tal, e de algumas cantadas que recebia e nisso meus pensamentos iam longe porque comecei a ter curiosidade em relacao a homens mais velhos e ate porque sempre gostei de ver fotos na internet de pintos, tanto de garotos e agora de homens mais velhos.

Morava em Venda Nova em BH, no bairro Serra Verde com minha mae e meu padrasto. A Bianca mora aqui tambem e perto da casa dela tem um bar, esses que chamam de copo sujo que fica uns coroas jogando sinuca e bebendo. A gente vai sempre lah comprar coxinha, que por sinal é uma delicia. Nessas idas e vindas nesse bar, tinha um senhor que passou a sempre me olhar diferente e eu sempre ficava instigada e falava com a Bianca e a gente ria. As duas ultimas vezes que vi ele, ele passava a lingua na boca me olhando e apertava o pinto dele pq sabia que eu ficava sem jeito.

Umas duas semanas depois, lembro que era uma quinta-feira a noite, eu voltei sozinha no bar porque ficava imaginando aquele senhor e eu queria tentar ver ele denovo e era sempre o horario que ele costumava estar lah jogando e bebendo com outros caras. Entrei no bar e ele estava lah. Eu sentei numa mesinha para comer minha coxinha e ele ficava me olhando e toda hora mexia no pinto dele e eu olhava meio disfarçada.

Quando eu sai do bar e estava andando, logo logo escuto um psiu, me chamando e ele veio e perguntou meu nome e falou que teve coragem para falar comigo hoje porque eu estava sozinha. Eu estava tremendo com a situacao, mas tb com tesao no homem. Falei para ele que me chamava Sarah, que tinha 15 anos e ele disse que se chama Ramon, q tem 39 anos e se tinha problema. Disse que nao com o coracao a mil.

Ele foi andando comigo um pouquinho conversando e uma hora do nada ele ja soltou que reparava que eu olhava pra ele quando ele segurava ou coçava o pinto. Fiquei queimando de vergonha e sem falar nada kkkkkkk… Mas ele disse q era normal nessa idade e que eu podia falar a verdade pra ele. Acabei falando que sim pq tinha curiosidade de ver um pinto de homem de verdade, pq eu ja tinha visto soh em foto de internet e do primo da minha amiga. Ele perguntou se o primo da minha amiga fez algo comigo e eu disse que ele foi o primeiro menino que me comeu quando eu tinha 14 anos. Dai ele disse que a mulher dele tinha deixado ele e o filho a uns 3 anos e o filho dele tinha 14 anos tb.

Bom! Ele me pergunto se eu queria ver o pinto dele rapidinho. Estavamos perto do barracao de fundos onde ele mora soh ele e o filho dele. Aquele hora o muleque deveria estar na rua jogando bola com os amigos e seria rapidinho, ele disse. Eu queria tanto ver que aceitei ir rapidinho com ele. Sei que arrisquei mais estava cega de vontade de ver o pinto dele.

Qdo chegamos lah, o filho dele estava lah, mas estava saindo. Ele era bem magrinho que reparei e ele estava de tenis, short, sem camisa e com a camisa jogada no ombro. Eu fiquei sem jeito dele me olhando e logo o pai dele falou que eu vim pegar um dinheiro de um shampoo que eu ele tinha comprado da minha mae. Dai o menino falou a tah e disse pro pai dele que ia dar um role com um amigo dele e nao demorava. Fiquei aliviada na hora.

Bom! O Ramon tb era magro, estatura mediana, moreno de sol, cabelo meio raspado e tinha um bigodinho ralinho. Tipico homem de bar. Ele disse que qdo pediu pra falar a verdade de eu querer ver o pinto dele era porque ele tem uma relacao aberta com o filho dele e ele fala pro menino qdo ele quer levar mulher no barracao pra comer a mulher lah e que os dois sempre conversar esses assuntos. Fiquei timida na hora.

O Pedro ja saiu e falou que nao vai demorar, duvido, disse o pai dele, mas nunca se sabe pq ele pode voltar logo. O Ramon trancou a porta e sento num sofazinho que tinha num comodo lah e me puxo pro colo dele. Senti o pinto dele durao e ele seguro meu cabelo pro lado e falo no meu ouvido assim: tah sentindo meu pinto gostosinha. Fiquei toda arrupiada. Ele coloco a mao na minha perereca e fico passando os dedos nela. Depois ele me viro e tiro o pinto pra eu ver e pediu pra eu ficar segurando nele. Fiquei lah com ele uns 20min e eu segurei no pinto dele, no saco, bati um pouquinho pra ele, fiz ate chupetinha na cabecinha do pinto dele. Ele pediu pra esfregar um pouquinho o pinto dele na minha perereca e eu deixei.

Foi tudo muito rapido pela situacao. Pra ele nao sei, mas pra mim estava numa adrenalina pura… ate tremia. Eu juro que fiquei morrendo de vontade de fazer sexo com ele. Ele tinha pinto fino e grandinho. Nao grosso. Mais ele tinha sacao tb.

Ficamos soh nessa pegacao, mas marcamos de eu voltar pra ele me comer pq ele disse q fico loco na minha perereca.

Depois dessa situacao, eu tive com o Ramon mais 2 vezes e uma vez com o Pedro, filho do Ramon, antes de mudar de bairro. Mas conto pra vcs com detalhes adiante.

Bjinhos, Sarinha.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,53 de 17 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Bia ID:xglptrd3

    Sara, gostei do seu conto se quiser me chamar .
    [email protected]

  • Responder Dona Maricota ID:19p3wwt0j

    Minha nossa, quanto fogo nessa perereca minha filha!

  • Responder unknown person ID:8cips3frd2

    delícia de conto e parece ser verdade

    • Sarinha ID:3i7n8ka68ra

      É verdade… Aconteceu mesmo.

  • Responder Eu casado ID:xgnp931q

    Muito interessante seu conto, espero a continuação. Tem email? O meu é [email protected] me chama lá