# # #

As Aventuras de Alice 4

4790 palavras | 11 |4.35
Por

No dia seguinte, Celso estava de folga e decidiu ajudar a Erika arrumar a casa.
Como ainda era cedo, os 3 ainda estavam de pijama pela casa. Erika estava com um pijama azul e a Alice com uma camisola que deixava sua vagina aparecendo, Celso não tinha pijama, então ele usava uma bermuda larga.
Celso pegou o cesto de roupas sujas e foi até o quintal para colocar as roupas na máquina de lavar.
Enquanto Celso colocava as roupas na máquina, Erika estava conversando com Celso no quintal.
Alice viu Celso com o cesto de roupas sujas e foi correndo até ele para colocar a camisola dela para lavar, pois Celso havia gozado nela no dia anterior.
Quando Alice chegou ao lado dele, Celso tirou a camisola da Alice na frente da Erika e colocou na máquina de lavar, deixando a Alice totalmente peladinha no quintal.
Erika vendo aquilo ficou com um pouco de raiva, pois ainda estava se acostumando com a Alice andando pelada em casa.
Celso também aproveitou e tirou a cueca dizendo que estava suja e jogou na máquina de lavar.
Erika não esperava que Celso ia fazer aquilo e falou para ele entrar rápido para que os vizinhos não vissem ele pelado no quintal.
Celso deu risada e disse que os muros eram altos e que os vizinhos não poderiam ver ele.
Alice começou a rir e deu um tapa na bunda do Celso dizendo que ele tinha um bundão grande. Celso dando risada pegou a Alice no colo e entrou na casa para dar banho nela. Mas enquanto ele andava, Celso sentia a vagina quente da Alice esfregar na sua costela e isso acabou acordando seu pinto, lhe causando uma leve ereção.
Erika percebeu que cada passo que Celso dava o pinto dele crescia. Então Celso percebendo que estava sem saída decidiu pôr a Alice no chão para tentar conter sua ereção.
Quando Celso se agachou no chão da sala, Alice pulou no pescoço dele dizendo que queria brincar de luta e Celso caiu de barriga para cima no tapete com a Alice em cima da barriga dele.
Celso segurou a Alice com força empurrando ela para ficar em cima da sua rola.
Celso fingiu que não tinha percebido a própria ereção e continuou brincando com a Alice para Erika pensar que era uma ereção involuntária devido a sensibilidade do pênis com o toque da Alice.
Erika estava de pé na porta vendo eles brincarem e ficou agoniada ao ver o pinto do marido soltando uma baba que estava melando sua filha. Alice estava com o corpinho todo brilhoso de tanto sair baba do pinto do Celso.
Celso esfregava o pinto na bucetinha dela e os lábios da Alice se abriam sobre o tronco do pinto dele. Celso estava sentindo a quentura da vagina da Alice sobre seu membro e ele já estava quase gozando.
Durante a brincadeira Celso segurou a perna da Alice e a girou para o lado oposto que ela estava, deixando o bucetão dela na cara dele. Alice forçou a cintura para trás e acabou sentando no rosto do Celso.
Celso não aguentou e acabou dando um chupão no lábio direito da Alice, deixando Erika totalmente constrangida com aquilo.
Alice sorriu dizendo que aquilo fez cócegas então Celso fez de novo dando outro chupão no lábio esquerdo da vagina dela.
Erika ficou nervosa e pediu para eles pararem, mas Celso fingiu que não ouviu e continuou brincando com ela.
Alice dava várias gargalhadas e Celso chupava a virilha dela deixando a vagina toda molhada.
Celso estava se segurando mas não conseguiu aguentar e deu uma gozada na cara da Alice, escorrendo porra por todo o membro do Celso formando uma poça de porra sobre sua barriga.
O jato de esperma do Celso foi tão forte que sujou o cabelo da Alice.
Nesta altura Erika já estava quase tendo um surto psicológico e tirou a Alice de cima dele.
Celso pedia desculpas dizendo que não tinha percebido a ereção e que não aconteceria novamente.
Erika falou que não queria ver eles brincando daquele jeito novamente e que era melhor Celso colocar roupas quando fosse brincar com a Alice.
Erika também falou que não gostou dele ter chupado a vagina dela pois parecia um ato erótico. Celso disse que foi uma brincadeira porque ele ia morder a perna da Alice na luta mas como ela se jogou para trás ele acabou fazendo isso na vagina dela sem querer, e ao perceber que ela sentiu cócegas com aquilo ele fez de novo, mas acabou ejaculando devido seu instinto masculino ao tocar a vagina dela. Celso prometeu que não iria fazer isso novamente e que iria prestar mais atenção nessas brincadeiras.
Erika pegou a Alice no colo e levou ela para para dar banho e limpar o esperma do marido que tinha sujado a filha. Erika não sabia o que iria fazer depois daquele ocorrido, ela ficou bem chateada com Celso. Porém Érika não queria largar Celso porque amava muito o marido e acreditou que isso não ia acontecer novamente.
Celso se levantou do tapete e pegou um paninho da boneca da Alice que estava no sofá e limpou o esperma do pinto dele. Celso entrou no banheiro assim que Erika saiu com a Alice no colo, quando Celso terminou o banho ele percebeu que Erika ainda estava bem abalada com a situação e foi até ela dar um abraço e pediu desculpas novamente. Erika disse que os dois estavam deixando ela louca e Celso riu dizendo que a Alice nem se importava com isso, e que Erika devia ficar calma com essa situação pois não havia maldade entre eles. Celso disse que iria sair com a Alice para deixar a Erika descansar longe dos dois. Erika deu risada e disse que ele estaria fazendo um favor para ela. Celso então, entrou no quarto para se arrumar enquanto Erika escolhia um vestido para a Alice sair com ele. Erika viu que a vagina da Alice não estava mais inchadinha e decidiu pôr uma calcinha nela.
Erika perguntou para Celso para onde ele estava levando a Alice e ele disse que iria passear com ela na orla da praia e depois dar uma passadinha no parquinho. Ambos se despediram da Erika e Celso saiu com a Alice no colo.
Chegando na orla da praia, Alice pediu para Celso passar no quiosque do Sérgio pois ela queria ver o pai dela. Como Celso estava de folga, ele não se importou em ir para lá.
Quando eles chegaram no quiosque do Sérgio a Alice teve uma grande surpresa, Rafael e Henrique estavam sentados na bancada do quiosque conversando com Sérgio.
Alice desceu do colo do Celso e foi correndo abraçar os dois rapazes. Celso achou aquilo muito estranho, pois ele nunca tinha visto aqueles dois caras antes e a Alice parecia ter uma grande intimidade com os dois, pois ao invés dela correr em direção ao pai ela correu em direção a eles.
Henrique viu que Celso estava confuso e foi até ele para cumprimentá-lo. Rafael também se apresentou e disse que estava perguntando para Sérgio onde estava a Alice, pois estavam com saudades dela.
Era a segunda vez naquela semana que Henrique e Rafael desceram para o litoral para ver a Alice.
Sérgio estava explicando que a Alice não ficava com ele aos finais de semana devido o fluxo de clientes no quiosque, mas que Celso era um bom padrasto e que ajudava Erika cuidar da Alice.
Rafael se empolgou ao saber quem era o Celso, pois ele se lembrou que a Alice havia falado sobre o dia que o padrasto tirou seu cabacinho, facilitando para eles terminarem de arrombar ela. Rafael era fascinado em gravar filmes eróticos com criancinhas e estava doido para gravar Celso com a Alice, assim como ele gravou a última foda entre eles, porém Rafael ainda não sabia como iria fazer isso. Então, Rafael convidou Celso para beber e conhecer o apartamento que eles haviam alugado para passar alguns dias enquanto estavam no litoral.
Celso ficou animado e aceitou o convite pois além de gostar de beber, Celso percebeu que eles eram bem de vida, então provavelmente teria bebidas caras para ele beber.
Rafael e Henrique se olharam com um sorriso malicioso pois o plano estava dando certo. Rafael também chamou Sérgio por educação mas sabia que ele não poderia ir devido a correria do quiosque. Sérgio agradeceu o convite e falou para deixar para outra hora.
Antes de saírem do quiosque, Rafael chamou um menino que estava brincando na areia, era Victor o sobrinho de Rafael, um garotinho da idade da Alice (7anos) que tinha os olhos verdes e a pele bem branquinha. O menino vivia fazendo viagens com o tio, pois a mãe dele não se importava devido Rafael ser bem de vida. Durante essas viagens, Victor passava dias fora com Henrique e Rafael, e os dois arrombavam o cuzinho dele sem ninguém perceber.
Victor vivia com o cuzinho inchadinho de tanto Henrique enfiar a rola grossa dele. Henrique já enfiava os 18 cm de rola no cuzinho dele, Victor sempre aguentava com o cuzinho ardendo mas conseguia esperar seus machos gozarem.
Celso admirou o Victor de sunguinha e viu que a metade das nádegas branquinhas dele estava para fora da sunguinha.
Como estavam na praia, Rafael deixou Victor caminhando de sunga até o prédio exibindo suas nádegas.
Alice fez amizade rapidamente com Victor e os dois ficavam correndo pela calçada.
Enquanto isso, Rafael e Henrique trocavam ideias com Celso durante o caminho.
Celso ficou maravilhado ao chegar na portaria do prédio pois viu que era um prédio de alto padrão.
Quando subiram no apartamento, Celso brilhou os olhos ao ver que o apartamento tinha dois andares. Celso perguntou quantos dias que eles iriam ficar no litoral para alugar um dúplex daquele. Ambos deram risadas e falaram que seria durante 2 ou 3 dias.
Alice e Victor corriam pela casa brincando de pega-pega. Rafael chamou Victor dizendo que ele tinha que tomar banho para tirar a areia da sunga que ele estava brincando na praia.
Victor foi até a porta do banheiro onde Rafael estava e Rafael abaixou a sunga do Victor na frente do Celso expondo a bunda branquinha dele.
Alice começou a rir ao ver o coleguinha pelado e Victor ficou com um pouco de vergonha. Celso percebeu que havia um volume na bermuda do Rafael mas imaginou que eles não poderiam ser igual a ele com as criancinhas.
Rafael entrou com Victor no banheiro e fechou a porta.
Henrique disse para Celso que ele poderia andar pelo imóvel para conhecer os cômodos do apartamento. Celso pegou a mão da Alice e começou a caminhar por aquele grande dúplex.
Celso caminhou até o final do corredor e viu que tinha uma hidromassagem e ficou impressionado!
Celso disse para Henrique que se ele alugasse um apartamento igual aquele, ele nem imaginaria em descer para a praia, disse que ficaria o dia todo só aproveitando a hidromassagem e vendo a paisagem lá de cima.
Henrique deu risada e disse que eles poderiam entrar na hidro mais tarde. Celso disse que não estava com a sunga por baixo da bermuda e que não poderia entrar. Henrique disse que não tinha problemas pois ele poderia entrar nu com a Alice, afinal, eles estavam somente entre homens e provavelmente Alice devia estar acostumada com a nudes do padrasto. Celso ficou envergonhado e disse que realmente a Alice não se importava pois eles sempre tomavam banho juntos. Henrique apertou o volume nesta hora, pois imaginou Celso fudendo a bucetinha da Alice toda vez que eles tomavam banho juntos.
Henrique falou que precisava descer para buscar as bebidas e que Celso poderia ficar a vontade pelo apartamento até Rafael sair do banheiro.
Celso se sentou no sofá com a Alice e o silêncio do apartamento reinou pelo imóvel. Celso escutou sons esquisitos vindo do banheiro como se algo estivesse batendo. Era Rafael fodendo o cuzinho do sobrinho no banho, as bolas do Rafael batiam tão forte na bundinha dele que Celso podia escutar lá da sala.
Celso viu que aqueles sons eram familiares e ficou pensando se era aquilo que ele estava imaginando, Celso ficava se perguntando se era possível que Rafael e Henrique faziam a mesma coisa que ele fazia com a Alice. Depois de 5 min a porta do banheiro se abre e Rafael sai com um roupão de banho e os cabelos molhados, indicando que havia tomado banho com Victor. Celso observou aquilo e se lembrou que foi daquela forma que ele acabou iniciando a Alice, através de um simples banho ele tirou a virgindade daquela bucetinha.
Victor saiu do banheiro peladinho e chamou a Alice para brincar. Rafael perguntou para Celso onde Henrique estava e ele respondeu que Henrique foi buscar as bebidas. Rafael se sentou em uma poltrona de frente para Celso e começou a conversar com ele, neste momento Celso percebeu que Rafael estava sem cueca por baixo do roupão, pois assim que ele se sentou, Celso pode ver as bolas do Rafael sair do roupão.
Celso estava achando aquilo muito esquisito pois havia acabado de conhecer os caras e eles já estavam a vontade na frente dele. Celso olhou Victor brincando de quatro com a Alice no chão e se assustou ao ver que o cuzinho do menino havia algumas preguinhas rompidas, dando sinal que já havia entrado um pinto ali. Celso abismado não parava de olhar o cuzinho do Victor pois ele não estava acreditando que isso era possível acontecer com um menino, automaticamente o pinto do Celso começou a crescer e Rafael notou o volumão na bermuda dele. Rafael chamou a Alice e ela se levantou do chão e foi até Rafael para dar um abraço nele, ela disse que estava com muitas saudades e que achou que eles iriam demorar para ver ela novamente. Neste momento Rafael pegou a Alice no colo e colocou ela em cima de sua perna. Rafael disse que sempre que ele voltasse para o litoral ele iria procurar o Celso para ver ela. Victor ficou com ciúmes da Alice e disse que também queria sentar no colo, Rafael falou que o dele estava ocupado e que era para ele sentar no do Celso.
Celso ficou vermelho na hora e pegou o menino no colo, colocando ele em cima do seu volume para esconder a ereção. Victor se mexia muito conforme eles conversavam e o pinto do Celso babava cada vez mais. Victor estava sentindo o pinto duro dele e se mexia de propósito. Celso tentava se controlar mas quando ele observou a virilha do Rafael ele percebeu que a cabeça do pau dele estava escapando para fora do roupão, aparentando estar com o ereção, pois a cabeça estava totalmente descoberta pelo prepúcio deixando a cabeça rosada do Rafael bem exposta.
Rafael disse para Celso que ele poderia subir para colocar um roupão se ele quisesse, pois ele ouviu Henrique dizer que Celso poderia entrar na hidro com a Alice.
Celso ficou todo envergonhado mas Rafael insistiu para que ele pegasse um dos seus roupões de banho para se vestir, assim todos poderia ficar a vontade e poderiam entrar na hidro, Celso então aceitou e tirou o Victor do colo.
Quando Celso se levantou, havia uma mancha redonda na bermuda dele de tanto que ele havia babado, Celso tentou disfarçar mas Rafael percebeu o volume dele. Celso subiu as escadas e foi trocar a roupa pelo roupão.
Quando Celso voltou ele percebeu que eles já não estavam mais na sala e escutou risadas vindo do final do corredor. Quando Celso se aproximou, ele viu que estavam na hidro e se deparou que a Alice já estava na água junto com o Victor e Rafael. Ambos estavam pelados e Rafael disse que as crianças não queriam esperar ele e acabou entrando junto com eles. Celso disse que não tinha problemas pois sabia o quanto Alice era ansiosa. Celso tirou o roupão expondo sua rola meia bomba e entrou na água. Victor brilhou os olhinhos ao ver o pinto do Celso balançando em direção dele e quase esticou as mãozinhas para pegar.
Alice não saía de perto do Rafael e a todo momento ela se aproximava do pinto dele. Celso olhou Rafael e não sabia se estava ereto ou se o pinto dele estava boiando com a água. Neste momento, Henrique apareceu com as bebidas e brincou dizendo que eles não tinham esperado ele. Rafael falou para Henrique parar de drama e entrar logo com eles.
Henrique abaixou o shorts de praia e saltou a rola negra dele. Celso ficou sem jeito tentando não olhar fixamente para o pinto dele pois era muito grande mas Henrique percebendo o desconforto do Celso, riu dizendo para Celso não se preocupar pois aquilo era um terror apenas para as mulheres, todos riram e começaram a abrir as cervejas para tomar enquanto estavam na água.
Celso percebeu que a Alice não parava de se movimentar no colo do Rafael e ele já não estava mais vendo o pinto dele boiar ( Alice tinha escondido o pinto dele na sua bucetinha), Henrique percebendo a desconfiança do Celso, decidiu ligar as bolhas da hidromassagem para movimentar a água e despistar a visão do Celso.
Celso chamou a Alice para perto dele mas ela disse que queria matar as saudades do Rafael primeiro e depois do Henrique.
Quando Henrique ligou as bolhas, Victor começou a brincar com a saída de ar da hidro, colocando a bundinha no espaço que saía o ar para formar as bolhas na água, a pressão do ar fazia as nádegas do Victor abrir de baixo d’água e massagear o cuzinho dele. Henrique percebeu o que Victor fazia e perguntou por que ele estava fazendo aquilo, Victor disse que as bolhas faziam cócegas na bundinha dele e ele estava gostando daquilo.
Henrique deu risada e zombou do Victor por gostar de massagem no cuzinho. Celso ficou envergonhado ao ver Henrique falando daquele jeito com o menino.
Henrique se ajoelhou pôs o pinto onde saía as bolhas de ar dizendo para o Victor que era assim que ele tinha que fazer e não colocar o cuzinho. Henrique olhou para o Celso e perguntou:
– você já experimentou isso Celso?
– não, é a primeira vez que entro numa hidro.
– então vem cá!
Celso dando risada se ajoelhou e aproximou o pinto dele onde Henrique estava, e sentiu a pressão do ar massagear suas bolas de baixo d’água.
Víctor estava adorando ver o pinto deles crescendo de baixo d’água e deu risada porque o ar deixava o pinto deles balançando, então Victor segurou no pinto do Henrique e ficou brincando dizendo que parecia um submarino. Henrique falou para Victor pegar no pinto do Celso para ele ter dois submarinos. Victor segurou o pinto do Celso e começou a brincar com os dois”submarinos”. Celso entrou na brincadeira deixando o menino lhe masturbar. Rafael deu risada ao ver os dois ajoelhados e Victor brincando com o pinto deles.
Rafael aproveitava a distração do Celso com Victor e enfiava o pinto na bucetinha da Alice, fazendo ela sentar no cacete dele de baixo d’água.
Victor disse que o submarino do Henrique era muito grande e que ia colidir com o submarino do Celso, e pegou o pinto do Henrique movimentando para frente e para trás simulando uma batida, Henrique soltou um gemido e Celso olhou para água viu que estava saindo vários jatos de porra do pinto do Henrique. Celso sentiu um imenso tesão ao ver Henrique gozando na mão do menino e também acabou gozando na mão dele. Victor se alegrava ao ver saindo esperma do pinto deles, ele falava que os submarinos estavam atirando.
Celso não estava acreditando no que tinha acabado de acontecer, um menino de 7 anos acabava de masturbar o pinto dele na frente do tio e ele não falou nada. Rafael apenas dava risada da situação dizendo que os brinquedos do Victor agora gozavam.
Celso estava gostando do convívio com os rapazes pois não havia tabus entre eles, o simples fato de um garoto brincar com o pênis de um homem era comum para eles. Celso havia encontrado os melhores amigos.
Celso ficou com um pouco de nojo depois que a água ficou toda gozada com o esperma dele e do Henrique, e disse que iria sair para se lavar. Henrique também se levantou e disse que também iria sair para pedir algo para eles comerem, pois ele ficava bêbado quando não comia nada com a cerveja.
Ao lado da hidro havia um box de vidro com um chuveiro lá dentro, Celso chamou a Alice para tomar banho junto com ele mas ela disse que ia ficar com o tio Rafael ainda, pois estava com muitas saudades. Celso não compreendeu a permanência do Rafael na hidro, pois ele viu o esperma do Celso e do Henrique saindo na água e mesmo assim ele quis continuar. Mas o que Celso não sabia era que Rafael estava cravado na bucetinha da Alice e para despistar Celso, Rafael pediu para que ele levasse Victor com ele para adiantar o banho do menino.
Celso concordou em dar banho no Victor mas ele quis usar o chuveiro que era ao lado da hidro para ficar de olho na Alice.
Enquanto Celso dava banho no Victor, ele olhou para o lado e percebeu que Alice estava debruçada na borda da hidro e Rafael estava atrás dela de joelhos abraçando a cintura dela. Parecia que Rafael estava se movimentando mas Celso não pode ver direito devido o vapor que subia no vidro. Celso escutou um gemido e viu que Rafael estava abraçando a Alice com força. Celso desligou o chuveiro e perguntou o que tinha acontecido, Rafael disse que tinha escorregado e batido o dedo na hidro. Rafael tirou o pinto da bucetinha da Alice e se sentou novamente na hidro.
Alice saiu da água e abriu a porta do box dizendo que era a vez dela tomar banho, Celso ligou o chuveiro novamente e começou a dar banho nela. Celso viu que a bucetinha dela estava avermelhada e que escorria um líquido viscoso de dentro dela. Seria esperma aquilo? (Pensou Celso), Celso quis acreditar que não era pois a todo momento ele estava de olho na Alice e acreditou que iria perceber caso isso acontecesse. Mesmo que Celso tinha se aproveitado do Victor mais cedo, ele não gostava da ideia de dividir a Alice, e tinha uma certa resistência com isso. Mas ele não sabia que a Alice já havia enfiado o pinto deles na sua bucetinha.
Celso e Rafael vestiram o roupão de banho e seguiram para sala para continuar a beber. Celso estava rodeado de bebidas caras e não parava de beber, ele não tinha percebido mas já estava bêbado e um pouco sonolento.
Celso se sentou na poltrona e adormeceu.
Quando Henrique chegou e viu Celso dormindo na poltrona, ele deu risada dizendo que Celso era fraco para beber. Rafael disse que aquele era o momento do Henrique fuder a bucetinha da Alice.
Alice escutou isso e disse para Henrique:
– vem me pegar tio!
Alice saiu correndo pelo apartamento e subiu as escadas em direção ao quarto, Henrique entrando na brincadeira abaixou as calças e foi atrás dela.
Quando Henrique chegou no quarto a Alice subiu na cama e ficou de quatro levantando a bucetinha.
Henrique foi em direção dela falando:
– vou devorar sua bucetinha!
Henrique segurou as pernas dela e enfiou a boca na bucetinha dela chupando os lábios dela. Alice dava gargalhada dizendo que o lobo mal havia pegado ela.
Henrique pegou o lubrificante e lambuzou o pau dele. Quando Henrique enfiou o cabeção dele, a Alice gemeu com o tamanho daquela tromba entrando no buraquinho dela. Henrique sentiu o calor da bucetinha dela apertar a cabeça do pinto e empurrou mais um pouco para dentro dela. Henrique tinha o pinto muito grande e tinha que ter cuidado para não machucar a Alice, ele começou a meter só com a cabeça do pinto para ela se acostumar com a grossura do pau dele. Depois Henrique foi empurrando e empurrando para ver até onde cabia o pau dele. Alice estava com a buceta arregaçada tentando enfiar aquele jumento dentro dela. Henrique pulsava o pinto para dar elasticidade na vagina dela e conseguir terminar de foder ela. Quando Alice se acostumou com a grossura, Henrique começou a foder a bucetinha dela enfiando o pinto até onde alcançava. Alice ficava olhando o espelho no teto vendo o tamanho do Henrique em cima dela. A vagina da Alice podia ser pequena mas estava bem quentinha para receber o jumento do Henrique. O espaço era tão pequeno que quando Henrique começou a gozar, o esperma saía pelos lados da vagina dela molhando todo o lençol.
Alice nunca tinha transado tanto como aquele dia, sua bucetinha estava bem inchadinha depois que recebeu a rola do Henrique e seria difícil disfarçar de Erika.
Henrique tentou limpar o máximo da vagina dela mas não parava de escorrer porra.

Enquanto isso lá em baixo, Celso dormia com o excesso do álcool, depois de algumas horas Celso acordou com Victor ajoelhado chupando pinto dele na frente do Rafael. Celso acordou assustado e ficou constrangido pelo menino ter feito isso e tirou o pinto da boca dele. Rafael começou a rir e disse que não tinha problemas pois Victor também fazia isso com ele as vezes.
Celso assustado perguntou se ele deixava Victor fazer isso mesmo com o pau dele e Rafael disse que sim, pois sempre deixou Victor a vontade para conhecer o corpo dele. As vezes Victor até pedia para ele dar leitinho antes de dormir e o Henrique também ajudava dar leite para ele. Rafael perguntou se a Alice também não pedia leite para Celso antes de dormir e Celso ficou todo constrangido mas respondeu que sim. Rafael perguntou se ele dava leite pra ela quando Alice pedia, Celso disse que preferia não responder.
Neste momento Henrique estava descendo as escadas segurando a mão da Alice, Celso ficou assustado ao ver o estado da vagina dela toda vermelha e inchada. Celso entendeu que Henrique havia usado a bucetinha dela e deixou ela toda arrombada. Celso ficou frustado ao ver a vagina da Alice pois se sentiu culpado devido um pequeno descuido que ele teve. Celso não podia falar nada pois também havia brincado com a boquinha do Victor.
Celso olhou para o relógio e viu que era mais de 20h e que Erika devia estar preocupada com eles. Celso falou para Alice colocar a roupa pois eles precisavam ir embora.
Rafael disse que Celso poderia dormir lá com a Alice mas Celso disse que Erika ficaria preocupada e ele tinha que retornar. Rafael disse para ele voltar no dia seguinte e Celso disse que iria pensar, pois Erika talvez não iria deixar porque ele havia demorado para chegar em casa naquele dia.
Celso pegou a Alice no colo e Rafael e Henrique acompanharam eles até a portaria.
Enquanto Celso voltava para casa a cabeça dele estava a mil, pois ainda não acreditava o quão maravilhoso tinha sido aquele dia.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,35 de 23 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

11 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Bacellar ID:8ef852vzr9

    E agora? Não terá mais continuação como nos outros contos de”Alice”?

  • Responder Fã do Bourne ID:8d5vce96ic

    Olá! Meu caro autor, precisamos conversar! Quero compartilhar minhas ideias mais inusitadas com você e escrevermos deliciosos contos. Pesquise aqui no site “Criando Silvinha”. Se gostar, me encontre no @fadobournevetdadeiro, no T3L3GR4M. Valeu!

  • Responder Perv20 ID:1dak5baa8i

    Delícia

  • Responder Beto ID:g3iuekr8j

    Acho que não deveria deixar tão óbvio a mãe ver ele com a filha perdi um pouco o tesão, legal seria levar o pai dela também para o apartamento deixar ele meio bêbado para não percebe a filha sendo comida, no quiosque também seria legal os três com ela, uma olha o pai viria porra saindo e perguntaria o que era aquilo, Celso falaria que era pomada devido está irritada pelo pano da calcinha

    • Lynch ID:g3jlcfw44

      Bom ponto, a mãe vendo perde um pouco da adrenalina do serem pegos bom é o perigo

  • Responder pitbullzera ID:w72k76v1

    fizeram estrago na buceta da criancinha

  • Responder Fã de contos ID:t2pu7wboik

    Continua, continua
    pls !!!

  • Responder Edilza ID:81rt8gcm9c

    Muito bom
    Seria legal a Alice com os três

  • Responder Fã da Alice ID:g62k7wu44

    Faz o Celso continuar se aproveitando da Alice a na frente da mãe e depois do pai

  • Responder Caiçara ID:fi07cbmm4

    Perfeito, não demora pra continuar não
    por favor!!

  • Responder Lynch ID:g3jlcfw44

    Primeira a comentar 😆😆😆 adoro essa contos