# # # #

Abusando do meu tio

1915 palavras | 6 |4.76
Por

Esse conto é real, como fiquei com meu tio gostoso.

Esse conto é real, aconteceu a tempo, meu nome é Bruno e o que aconteceu comigo eu tinha nove anos, sempre fui muito curioso, quando novinho ficava vendo os homens da casa tomar banho vendo por uma fresta de baixo da porta do banheiro.
Eu tinha vontade de pegar no pau dos meus irmãos e do meu pai, queria sentir em minha mãozinha, sentir o cheiro, mas tinha medo deles brigar comigo, até que um dia minha mãe fala que um tio vinha nos visitar durante uns dias, achei super legal conhecer um tio alguém da família da minha mãe.
Chegou o grande dia, sair do colégio correndo pra conhecer meu tio, não tinha interesse sexual, tinha apenas vontade de conhecer o irmão da minha mãe.
Chegando em casa vejo aquele homem 38a, alto, moreno, braços e pernas grossas, peito forte, barba cheia, fiquei super sem graça, ele no tempo tinha 1,89 de altura, era pedreiro de mãos cheia como dizia minha mãe.
– eu: bença mãe.
– mãe: Deus abençoe filho, venha conhecer seu tio.
– tio Carlos: cara como você tá grande.
Meu tio veio me abraçar, abaixou e me deu um abraço, aquele cheiro dele começou a mexer comigo, não entendia como aquele homem poderia ser tão cheiroso, mas não era cheiro de perfuma era outro cheiro, hoje eu sei que é cheiro de homem, fui pro meu quarto tirar me roupa e percebi minha rolinha dura, igual quando via meus irmãos e meu pai tomando banho, voltei pra sala e fiquei admirando aquele homem até que minha mãe mandou eu arrumar meu quarto porque meu tio ia dormir lá, nessa hora eu gelei, meu coração quase sai pela boca.
Arrumei meu quarto, meu irmão pegou um colchão que tinha lá em casa e colocou no meu quarto me ajudando a arrumar minha cama pro meu tio e o colchão no chão para mim, passamos a noite curtindo as histórias de família até que meu tio disse que ia descansar indo tomar banho, corri no meu quarto e fui deitar pra ver meu tio quando saísse do banho.
Ele entrou no quarto surpreso que eu já estava lá, ele tava vestido com uma camiseta e um short estilo de futebol, secando os cabelos.
-Tio: opa desculpe Bruninho, vou ter que dormir aqui né rsrs.
-Eu: sem problema tio, adorei conhecer o senhor.
-Tio: eu também príncipe, faz anos que vim aqui visitar minha irmã, você nem nascido era, você é lindo sobrinho, vou adorar passar um tempo com vocês, amanhã vamos no parque jogar bola tá.
-Eu: ebaaaaaa adoro jogar bola tio, você é o melhor tio do mundo .
Nesse momento fiquei tão feliz que levantei do colchão e abracei ele, nesse momento que me toquei que minha testa bateu bem no pau dele, pelo jeito ele tava sem cueca, eu fiz faz força pra sentir mais, ele deve ter ficado sem graça pois tentou me afastar, depois se abaixando e me abraçando, me dando um beijo na testa.
Ele foi deitar pra dormir e eu fui pro banheiro banhar, mas meu pauzinho tava duro, comecei a bater uma, pois gostava daquela sensação, eu não gozava ainda e sabia da punheta, porque via meus irmãos bater punheta quando tomava banho, eles tinham quadrinhos porno, revistas e fitas de putaria, eu olhava por de baixo da porta e via tudo rsrsrsrs.
Quando chego no quarto meu tio tava já adormecendo, sempre gostei de dormir pelado e assim fui deitar, minha cabeça ficava a mil de ter um homem adulto ali do meu lado, não conseguia dormir, meu coração acelerava queria pegar no pau dele e sentir como era, tinha essa curiosidade com vários adultos.
Depois de um bom tempo não sei quanto tempo passou eu ouvi meu tio roncar, sabia que estava num sono mais profundo, fiquei com medo, mas tirei força para me levantar e ir até ele, não conseguia ver completamente, no quarto não tinha meia luz, o que clareava um pouco era a luz do corredor que passava por baixo da porta.
Fui bem de vagar e fui procurando uma brecha em sua coberta para colocar minha mão e tentar achar seu pau, fui tateando bem devagar quando senti o tecido do short, fui passando a mão bem devagar e ele continua roncando, minha boca chega tava seca de medo dele acordar, comecei a perceber que a rola dele foi crescendo em minha mão, e eu continuava apertando bem devagar, queria sentir o cheiro daquela rola, pela primeira vez sentir vontade de fazer que nem as mulheres das revistas colocar a boca no pau, fui puxando o cobertor bem devagar pra levantar e poder colocar a minha cabeça, ele tava deitado de lado que facilitou muito, puxei a cordinha do short ele ficou bem solto, coloquei minha mão dentro do short e senti aquela rola quente, pegando fogo, quase morri do coração, que delícia de sensação, primeira rola que pego em minhas mãos, percebi que o pau dele era daqueles que tem pele e até hoje amo esses tipo de pau rsrsrs.
Levantei a coberta colocando minha cabeça, comecei a sentir o cheiro daquela pica me embriagava, que sensação era aquela tudo era primeira vez e tava amando, abaixei a pele da pica expondo aquela cabeça da rola, queria poder ver como era, tava tudo escuro de baixo daquela coberta, fui passando a língua naquele pau, ele era muito grosso, cabeça grande, minha mão não fechava, mas mesmo assim fui batendo bem de vagar e lambendo aquela rola, tentei colocar na boca, mas não entrava direito, entrava só a cabeça, eu não sabia chupar uma rola, mas ficava com a rola na boca e isso me dava muito tesão, por não saber fazer direito meus dentes pegou na cabeça da rola fez que meu tio acordasse com um susto ele me empurrou e cair em cima do meu colchão.
-Tio: Bruno? Bruno? (Não muito alto)
Não respondi, ele levantou e acendeu a luz.
Eu por medo deitei no colchão e também meu rosto, só que esqueci de cobrir meu corpo.
-Tio: Bruno olha pra mim agora, se não vou chamar sua mãe.
-Eu: tio por favor não chame minha mãe.
-Tio: o que você tava fazendo?
-Eu: nada tio, tava dormindo acordei agora no susto.
-Tio: mentira! porque você tava fazendo isso Bruno, você é doido? Quem te ensinou isso?
-Eu: não tava fazendo nada tio (comecei a chorar)
Meu tio me vendo já chorar ele veio até mim me abraçou.
-Tio: não chore por favor Bruninho, desculpe levei um susto muito grande, você já tinha feito isso com alguém?
-Eu: não tio, por favor não conte nada pra minha mãe e nem meu pai, nunca mais faço isso.
-Tio: alguém te ensinou isso?
-Eu: não tio, eu sempre vejo as revistinhas e filmes dos meus irmãos, eles não sabem e sempre tive vontade de fazer isso com alguém, mas não tinha coragem, por favor me perdoe, nunca mais faço isso.
-Tio: Bruno vai dormir e amanhã conversamos viu, não se preocupe, não vou falar para ninguém.
Eu não conseguia dormir de tanto medo, tava apavorado, na minha cabeça meus pais iam saber e me bater muito, eu ouço um barulho na cama como se meu tio tivesse virando na cama, porém sinto ele deitar no colchão, entrando de baixo da coberta, ele me abraça e me dar vários selinhos, pega minha mão e coloca em seu pau, parece que tava mais duro ainda.
-Tio: você não pode falar isso para ninguém bb, se não tô ferrado, fora que minha irmã não vai me perdoar nunca, você tem certeza que quer brincar dessa forma?
-Eu: sim quero tio, prometo não conto pra ninguém.
Meu tio foi beijando meu pescoço, ele usava barba e isso me dava mais tesão ainda, enquanto isso sentia aquele rola na minha mão.
Ele me virou de bruços beijando minhas costas e foi descendo, até chegar na minha bunda, ele meteu a língua no meu rabo que quase grito, que sensação foi aquela era perfeito, não sabia descrever ele ficou muito tempo chupando meu rabo, ia colocando um dedo bem devagar, pois sentia um pouco de dor, as mais dele era grande, dedos grossos por trabalhar com obra e ia chupando meu rabo mais ainda que me deixava loico, colocou mais um dedo que doeu, mas ele continuava enfiando aquela língua que me tirava suspiros, ele deitou e pediu pra ficar por cima dele, fiquei punhetando ele enquanto ele chupava meu rabo e falando besteira.
-Tio: bb passa a língua na cabeça passa, abre bem a boca e coloca até aonde aguentar.
-Eu: aí ai tio tá doendoooo
-Tio: calma meu bb, vai ficar bom você vai ver, aguenta mais um pouquinho, continua chupando essa pica vai.
-Tio: esse cuzinho será só meu viu meu viadinho, vou querer você todo dia.
-Eu: hummm hummmm aí tio, tá doendo, mas tá gostoso como falou.
-Tio: vêm fica de ladinho aqui vêm.
Eu fiquei de ladinho meu tio virou minha cabeça e ficou me beijando, ele passou a cabeça da pica várias vezes no meu cuzinho e ia colocando um pouco de pressão.
Eu sentia uma certa pressão que me dava medo, então meio que eu travava.
Ele foi forçando a pica no meu rabo, eu comecei a sentir uma ardência e dor, falei pra ele parar tava com medo.
-Tio: faz o seguinte força como se você fosse fazer cocô, vai doer um pouco, mas você vai gostar tenho certeza.
Fiz o que ele mandou a cabeça da pica entrou rasgando, ele tampou minha boca e me segurou com a outra mão.
-Tio: calma bb, calma, vai passar, não se mexe por favor, não se mexa.
Eu tentei sair e ele voltava a me segura pra traz nisso abpoca entrava um pouco mais, eu comecei a chorar e ele do nada começou a urrar no meu ouvido.
-Tio: porra putinha, falei pra não se mexer, que cuzinho apertado, tava mastigando meu pau, não aguentei e gozei no seu rabinho.
-Tio: não chora meu amor, só dói as primeiras vezes, depois vai ficar muito gostoso, você não vê nos filmes que fica gostoso?
-Eu: vi sim, mas doeu muito tio, não quero mais.
-Tio: prometo que vou cuidar de você pra não sentir tanta dor assim tá.
-Eu: Tá bom tio.
-Tio: fique aqui que vou cuidar de você meu bb lindo.
Meu tio me limpou e depois desse dia cuidou de mais de mim.
Lógico que tivemos outros dias muito bom.
Quem quiser bater um papo e trocar experiência chama no telegram @Pd202022

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,76 de 42 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Chama no tel Mil2mil2000 ID:ona2xs920j

    Continua

    • Ursobranco37 ID:41iht3e3k09

      Vou tentar escrever um por semana, espero que goste, são experiências reais.

  • Responder TefeAM ID:3c77vrkvzra

    Quando eu era pequeno…Ah tempo bom…aproveitei de vários machos héteros dormindo….eles acordavam com o pau na boca….assustados só continuavam e gozavam.

    • Ursobranco37 ID:41iht3e3k09

      Exatamente assim, aprontei muito desse jeito kkkkkkkkk e não me arrependo, era gostoso de mais e até hoje se der mole eu faço isso kkkkkkk

  • Responder Marlon ID:469cque96ia

    Delícia de conto. Que sorte desse tipo ter um viadinho virgem pra descanaçar

    • Ursobranco37 ID:41iht3e3k09

      Sorte foi a minha, aprontei muito com esse meu tio e outras pessoas também, meu tio me ensinou tudo e sou grato a ele.
      Se o pessoal curtir vou dar continuidade.