# #

a primeira vez é muito bom mais as seguintes são melhor ainda

624 palavras | 0 |5.00
Por

No meu conto anterior falei sobre minha primeira vez.
Agora vou contar sobre a sequência.
Não tínhamos muita liberdade para poder ter relação.
Afinal eu tinha completado 12 anos a pouco tempo e morava com meus pais e ele também morava com seus pais.
Eu estava doida pra repetir a experiência.
Toda vez que eu estava com ele sentia um fogo dentro de mim quase incontrolável !
Mais ao mesmo tempo tínhamos que ter cuidado para que ninguém descobrisse.
Em uma de nossas caminhadas pelo bairro descobrimos uma praça que ficava lotada de casais.
Prestando atenção logo descobri porque !
Era bem escura e tinha alguns cantos muito frequentados.
Cheguei a ver uma menina chupando seu namorado !
Em um desses cantos.
O mais difícil era encontrar ele vazio.
Então continuamos na nossa caminhada.
Foi quando lembramos que próximo tinha um loteamento de terreno que tinha muitas casas em construção.
Resolvemos dar uma olhada.
As ruas ainda estavam sendo asfaltadas e a iluminação pública deixava a desejar.
Era um lugar perfeito para se namorar !
Já estava bem escuro, deveria ser umas nove da noite, e as ruas estavam desertas.
Foi quando vimos uma dessas casas em construção ainda sem as portas e os portões.
Qualquer um tinha acesso livre !
Como estava deserta resolvemos entrar !
Dentro estava bem escuro, não tinha uma lâmpada acesa.
Então ele me abraçou e começou a beijar minha boca despertando um desejo quase incontrolável !
Não tinha como resistir !
Ele então arrancou minha calcinha e começou a enfiar seu dedo na minha buceta.
Como resistir a isso ?
Logo ele abriu sua bermuda e colocou seu pauzao pra fora.
Na hora me abaixei e comecei a chupar aquele pauzao gostoso.
Não sei como conseguimos, pois ele é bem mais alto que eu, mais em pouco tempo ele estava me imprensando contra a parede e tentava enfiar seu pauzao na minha buceta.
Estava muito difícil devido a sua altura, então me virei, apóie a mão na parede e fiquei curvada deixando que ele viesse por trás de mim.
Foi muito mais fácil !
Logo senti ele encostar seu pauzao em mim procurando a entrada da minha buceta.
Foi a primeira vez que ele penetrou minha buceta por trás !
Logo senti a cabeça entrando e preenchendo minhas .
Foi um dia inesquecível, talvez pelo risco de estarmos ali naquele lugar, ou talvez pelo tesão incontrolável.
Quando ele começou a socar com força e bem fundo comecei a gozar tanto que achei que não ia parar !
Pude sentir nossos liguidos de prazer escorrerem pelas minhas pernas.
Ou melhor os meus liguidos, pois ele ainda não tinha gozado !
Nesse dia não tínhamos a camisinha. Então ele não poderia gozar dentro então fiz um pedido a ele.
Quero que vc gose na minha boca !
Ele claro que concordou !
Depois de bastante tempo socando na minha buceta falou.
Vou gozar ! E tirando se preparou para que eu o chupasse.
Me agachei outra vez e coloquei seu pauzao na boca começando a chupar.
Pouco tempo depois ele começou a gozar enchendo minha boca com seu leite quente e bem consistente !
Foi uma experiência nova e muito gostosa !
Pude sentir seu pauzao pulsando na minha boca !
Aproveitei e sugando tudo deixei ele limpinho.
Saímos da casa e fomos caminhando pela rua.
Quando já estava quase em casa foi que lembrei que estava sem calcinha.
Tinha ficado na obra.
Os trabalhadores devem ter tido uma grande surpresa quando chegaram pra trabalhar no dia seguinte.
Continua.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 10 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos