# #

Confissões de uma Mãe

594 palavras | 16 |4.11
Por

Minhas confissões mais secretas sobre meus desejos com meu filho

Foi um desejo que alimentei por muitos anos.

Tive poucos relacionamentos e em nenhum deles me senti a vontade o bastante pra revelar minha vontade mais secreta.

Uma vez formada e bem estabelecida profissionalmente, desisti de qualquer tipo de relacionamento “tradicional” e comecei a realizar o meu sonho.

Minha primeira grande decisão foi simplesmente engravidar. Mas não queria um pai na vida do meu filho. Não queria ninguém dando palpite sobre como eu deveria educar minha criança, portanto optei por uma maternidade independente.

Graças a ciência, pude engravidar sem um parceiro, e escolhi muito bem por ótimos genes a partir da descrição dos doadores.

Eu queria uma criança bela e saudável, claro, mas acima de tudo, eu queria gerar alguém gostoso, delicioso, alguém que fosse muito bom de pegar. Seria melhor que viesse menino, mas se viesse menina eu estaria determinada a pegar do mesmo jeito.

Foram nove meses de gestação cheia de ansiedade e desejo. Foi com muita alegria e prazer que recebi a notícia que era menino. Masturbava-me cheia de tesão diante do espelho, admirando minha barriga e o lugar por onde meu futuro amante viria ao mundo.

Foi um parto sem complicações, e tive uma recuperação plena com amparo de profissionais contratadas. E assim, comecei muito bem minha nova vida, agora mãe e com grandes planos para o meu filho.

Como minha empresa exige pouco de minha presença, pude me dedicar bastante aos seus
primeiros e frágeis anos de vida, dando-lhe todo o amor que ele merecia, já pensando no seu futuro comigo ao meu lado, e também por cima, por baixo e por trás de mim.

Já fazem anos que estou curtindo minha maternidade, me preparando para realizar meu sonho. Estou começando a acostumá-lo com o meu corpo e minhas carícias, mas ainda não sei quando devo começar, com qual idade ou abordagem. Estimulo ele diariamente nas oportunidades mais óbvias, e incentivo nudez e discrição entre eu e ele.

Eu sei que ele gosta de ficar a vontade comigo. Se diverte muito, ri muito, quando brincamos​ sem roupa, nos abraçando e agarrando, e ele também gosta quando ficamos abraçados totalmente nus, deitados no sofá assistindo televisão.

É muito gostoso sentir todo o corpinho dele peladinho e colado no meu, eu também toda pelada pra ele, como ele merece. Sei que ele gosta de sentir como o corpo da mamãe é macio, aquela sensação deliciosa da nossa pele na pele, meus seios contra o peito ou o rosto dele, minhas pernas entrelaçadas nas perninhas dele, ao ponto de roçar o membro dele com minha perna e da perninha dele roçar e sentir os meus pelos pubianos.

Eu sei que falta pouco para iniciá-lo.

Vou iniciá-lo com muito amor, carinho e tesão. Vou ensiná-lo a importância do sigilo para o mundo exterior, e o quanto ele é um privilegiado de ter uma mãe que quer que ele seja mais do que um filho: que seja um amante, meu homem secreto, um verdadeiro machinho e que entenda que deve usufruir do corpo da própria mãe, sempre que eu desejar.

Falta pouco para levá-lo para a minha cama e fazê-lo entender a razão pela qual ele veio a este mundo.

Minha buceta quer e ele vai gostar dela. ❤️

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,11 de 36 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

16 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Adams92 ID:enmteku43

    Que conto maravilhoso!!! Continua…. pensa na possibilidade de terum filho com ele 🙂

  • Responder Marcel Reis ID:41ii13ykk0j

    Tenho desejos na minha mãe me chama no telegram @PSC_25 e conversamos

  • Responder Oliver37 ID:7r05i99d9c

    Tento a anos encontrar uma mulher com esse tipo de desejo,minha última .ulher não aguentou bem,ela até tentou com o dela,mas quando ele mamou Nela e se masturbou,ela não quis mais,e acabamos nós deixando.

  • Responder Libidinosa ID:gqbopwwhl

    Super t entendo amiga, vivi essa fantasia e hoje vivo essa realidade! Vá em frente, estás no caminho certo!

  • Responder BiaOtakinha ID:t2qvce5zrk

    Muito bom, felicidades pra vocês dois. Chega deu vontade de ter um filho kk

    • Sr Duque ID:xgm0i2mz

      Te entendo kkkk

  • Responder Arlindo Sucumpica Segundo ID:g62jdjdzj

    Que doença

  • Responder Leitor Leitador ID:gqb5bfzri

    Ótimo o seu relato.

  • Responder Gi ID:w729i209

    Nossa que delícia, quem quiser conversar meu telegram: g200022

  • Responder mister k ID:7xbyxg0499

    Eu é que agradeço minha querida pela rápida resposta e espero que esse seja o começo de um grande amizade que pode evoluir para o que você decidir sempre respeitando seus limites e a nossa confiança;
    Mas sei também sei que confiança é uma via de mão dupla e desde já prometo fazer possível para merecer a sua sem julgamentos nem preconceitos
    Mas estou muito curioso a seu respeito porque não tenho nenhuma descrição sua nem do seu filho claro não precisa dizer nada para expor a identidade de vocês nem arriscar sua segurança.
    Mas poderia dizer a idade de vocês e nos dar um descrição física isso é importante para eu ter pelo menos uma imagem mental de vocês tenho outras curiosidades mas no momento ja me alonguei demais até a próxima

    • Dean ID:gp1eri4zm

      Papo de retardado doente, como se a pessoa fosse se mostrar e muito menos confiar em um retardado doente como tu 😆😆😆

  • Responder Pedro Luis ID:830xmr68rc

    Legal essa historia. Isso acontece muito sim. Sejam felizes

  • Responder mister k ID:7xbyxg0499

    Por isso recomendo que de ao seu filho uma iniciação completa sem pressa e aproveite para ter e dar todo prazer que vocês merecem sem traumas nem julgamentos e claro conte tudinho em data-lhes aqui desde já aguardo ansiosamente a continuação

    • Segredos de Mãe ID:r7bohw8m

      Obrigada pela singela mensagem de apoio. Cada dia que passa estou mais decidida. Sempre foi questão de tempo.

  • Responder mister k ID:7xbyxg0499

    Em Primeiro lugar quero lhe dizer que adorei seu conto,pela forma detalhada e delicada que descreve os eventos passo a passo.
    Sou um homem que por conta do destino só descobriu o sexo e o prazer que vem com ele bem mais velho, que a maioria dos homens.
    É exatamente por isso que penso hoje aos 39 anos pensando no tempo que perdi já que tive minha primeira vez só aos 35 em como teria sido maravilhoso ter descoberto isso aos 12 ou 13 anos pelas de uma mulher de verdade de seus 25 30 anos ou ate mais velha desde que bonita e atraente sei esse conceito é muito pessoal e relativo mas desde minha pré adolescência até hoje sempre fui atraído por mulheres madures sempre as achei mais interessantes em todos os sentidos desda conversa até a cama.

    • Enteado com tesão. ID:4adeu7wqb09

      Sempre senti tesão por senhoras em torno dos 50 anos de idade e bem dotadas de bunda. Aos 17 anos toquei muitas punhetas imaginando possuir minha madrasta que tinha uns 45 anos. Era baixinha e com uma imensa bunda que me deixava louco. Meu pai trabalhava à noite como vigia de uma concessionária de veículos. Certa vez, quando estávamos sós em casa, por volta de umas 2 horas da manhã, adentrei o quarto e a vi deitada de bruços. Delirando de tesão, aproximei-me e de leve toquei naquelas nádegas de mulher madura, sem qualquer reação dela. Tirei minha bermuda e aproximei a pica de uma das mãos dela. A pica latejava de desejos por aquela fêmea idosa, porém, ainda desejável para mim. Ela continuava inerte. Cautelosamente, mas com receio de alguma reação negativa dela, acariciei as imensas nádegas e aproximei a glande dos lábios como que implorando por carinhos proibidos. Repentinamente ela acordou e esboçou uma reação contrária aos meus interesses. Restou-me, então, colocar um lenço em sua boca para impedi-la de gritar e imobilizá-la com uma fronha. Não havia mais como retroceder e fui adiante na empreitada de possuí-la. Passei a proporcionar-lhe os prazeres de um banho de lingua integral, vasculhando todos os pontos sensíveis daquele corpo procurando vencer a sua resistência provocando-lhe desejos carnais. Separei-lhe as grossas coxas e toquei com a ponta da língua toda a extensão da vagina desejada que estava próxima de ser visitada por minha duríssima pica. Percebi que a gruta de prazer estava se umedecendo, denunciando tesão da parte dela. Ofereci-lhe a minha glande e tirei a mordaça, certificado de que ela não gritaria. Ela me olhava fixamente e tocou a cabeçona inflada e lustrosa com a língua fazendo-me estremecer pelo prazer inédito. Deliciosamente ela fazia um boquete digno de uma mulher madura e experiente seduzida. Disse-lhe, então, que iria penetrá-la e aos poucos senti a buceta recepcionando meu êmbolo de carne e músculos até meus testiculos tocarem sua bunda.