# # #

Transei com um menino de 13 anos

1387 palavras | 8 |4.48
Por

O filho da minha patroa tentou me seduzir e eu botei ele pra mamar

Henrique tinha 13 anos quando comecei a trabalhar na sua casa, sua mãe começou a trabalhar fora e precisava de alguém pra limpar a casa e fazer companhia pro Henrique, que apenar de grande ela não queria deixar ele sozinho

Como todo menino na sua idade, ele estava com os hormônios a for da pele, sempre falando besteiras, ouvindo funk, e já tinha pego até ele vendo porno, tbm vivia dando cantadas infantis em mim, falava pro amigos que jogava online com ele que eu eu era uma delícia mas eu levava tudo na brincadeira, até que passei a querer ser mais notada por ele, então em um certo dia, levei um vestido bem curtinho e fininho que eu tinha, e decidi provocar ele, afinal ele nunca tinha ficado com nenhuma menina e o máximo q ele tinha era um porno e uma punheta então aquele dia eu ia presentealo com meu corpinho.

Assim q sua mãe saiu eu fui me arrumar pra ele, fiz uma leve maquiagem, passei perfume e vesti o vestido sem calcinha nem sutiã e o aguardei voltar da escola, assim q ele chegou eu abri a porta e ele logo arregalou os olhos, me olhou de cima a baixo e foi direto pro quarto, coloquei o almoço e chamei ele, quando ele entrou na cozinha elogio meu vestido, disse q eu tava bonita e sentou, aí eu respondi, me arrumei pra vc, então ele ficou vermelho e sem entender nada, então servi ele e sentei de frente pra ele, a mesa era de vidro, então fiquei com as pernas levemente abertas ele não parava de olhar, comeu rápido e foi pro seu quarto, em seguida eu fui atrás, ele tava no computador ao lado da cama, e eu comecei a me debruçar na cama tirando as roupas de cama pra lavar e ao me inclinar minha nunca ficava completamente de fora e virada pra ele, e cada vez eu me inclinava mais até q o controle cai no chão e eu fico de 4 e deixo ele me ver completamente nua, ele se vira e só fala nossa, eu levanto e vejo q ele está de pau duro e parece ser até maior do q eu imaginava, então eu eprgunto se ele gostou de olhar, e ele com muita vergonha responde que sim, que era o sonho dele ver uma mulher pelada de verdade, então eu chego bem perto dele abaixo e fico com o rosto bem perto dele, puxo a cadeira perto da cama e falo q era o dia de sorte dele, que eu ia deixar ele me ver de pertinho, então tiro os dois seios pra fora e falo pra ele que ele pode tocar e ele com os olhos brilhando começa a passar a mão e apertamos então eu digo q ele pode abaixar as calças e deixar o pau de fora, mas q não pode tocar nele, ele rapidamente põe seu pau pra fora e era pequeno mas grande pra idade dele, então eu coloco minhas pernas na cama e deixo minha buceta completamente aberta na frente dele, ele mal se mexe, como se não acreditasse, então ele começa a toca-la e e explorar ela, os seus toques vão me deixando doida de prazer, cada dedinho dele me tocando me fazia delirar, até que eu falo pra ele me chupar, ele diz que não sabe fazer isso então eu disse que era fácil, levanto e chego pertinho da boca dele e falo, é igual a beijar, vc começa dando um selinho, e dou um selinho nele, depois vc abre a boca e começa a passar a língua, e o beijo de língua, e ele me beija de volta como se soubesse o q tava fazendo, ao mesmo tempo toca nos meus seios então eu paro de beijar ele e dou meus seios pra ele mamar e ele mama deliciosamente, então eu digo pra fazer o mesmo no meu clitóris, abro minhas pernas e ele se ajoelha e começa a passar a língua nela, diz q o gosto é bom então eu pego sua cabeça e encaixo a boca no meu clitóris e falo pra ele mamar igual mamou meu peito e assim ele faz, então eu digo pra ele que se ele me mamar até eu gozar que eu chupo ele tbm, então ele me chupa com mais vontade e apesar de ser desajeitado, estava muito bom e rapidamente eu tava gemendo na boca de um menino de 13 anos, então eu mando ele deitar e tiro toda sua roupa e o beijo na boca e vou beijando seu pescoço barriga e o chupo pela primeira vez, ele da uma gemida alta e goza um monte na minha boca e eu continuo chupando e engulo tudo, o pau dele continua duríssimo mas fica sensível então eu começo a chupar suas bolas e vou descendo até o cuzinho dele, ele fica sem graça mas eu digo q se ele quiser mais disso vai ter q deixar eu fazer do meu jeito, então mando ele ficar de 4, ele meio contrariado me obedece e eu começo a lamber seu cuzinho com muita vontade e o punhetar ao mesmo tempo e quase faço ele gozar deito ele novamente te frente e sento por cima dele encaixo seu pau na entrada da minha bucetinha molhada e sento de uma vez e ele se treme completamente, então começo a rebolar naquele pau pequeno mas delicioso e faço ele gozar maravilhosamente. Depois de gozar seu pau começou a amolecer e ele já estava sem forças mas eu queria mais, meu tesão estava pelas paredes já, então o deito de costas e começo a beijar seu ouvido e pescoço, vou lambendo suas costas, chego na sua bundinha e vou intercalando entre mordiscadas e lambidas, abro bem sua bundinha e começo a lamber ela e forçar minha língua na entradinha e ele começa a empinar a bunda mostra do que está gostando e eu fico ali um bom tempo até q ele fica com o pintinho duro de novo, e eu o chupo e faço ele gemer mas não o faço gozar, pois disse q agora era minha vez de ser chupada, então mando ele lamber o meu cu igual eu fiz nele e ele vem e começa a me lamber meu cu e eu vou ficado doida de tão gostoso que é, logo ele desce pra minha buceta e enfia a língua lá dentro dela e começa a lamber eu todinha então eu viro de frente, pego a mão dele e enfio dois dedos em mim e vou ensinando ele a dedar, e então ele coloca mais um dedo e começa a me comer com as mãos, então eu puxo ele e o deito e sento nele novamente e rebolo nele a e digo que se ele gozar vai ter me lamber tudo no final, e começo a rebolar mais forte e rápido, e vejo ele revirar os olhinhos e sinto cada bombada dentro de mim, quando ele termina mando ele abrir a boca e chupar tudo q tá dentro da minha bucetinha, e sento na boca dele e ele começa a passar a língua e eu vou esfregando minha buceta na cara dele, e ele mal respira mas não reclama, depois de me limpar mando ele mamar no meu clitóris até eu gozar e assim ele faz, e eu gozo tão profundamente que espira um líquido na boca dele, e ele fica todo melado, então mando ele ir tomar um banho enquanto arrumava o quarto, quando ele volta digo a importância de não contar a ninguém, pq se ele contasse nunca mais iríamos transar e ele jura q jamais falaria pra alguém.

Se quiser conto outras coisas que fizemos.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,48 de 29 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder mario ID:g3ipy92zl

    adorei…[email protected]

  • Responder Paloma ID:5h7lvkxz

    Adorei , muito bom continue. Beijos!!!

  • Responder JSS Telegram ID:81rd29tt09

    Delicia de conto queria uma safadinha como vc la em casa, conta mais.

  • Responder Casado19cm ID:gqb65nn8m

    Chama no telegram @palestrino43
    Adoro incesto e safadezas..
    Vamos conversar
    Chama também Ane , adoro uma conversa safada..

  • Responder Feh ID:8d5g5n6t0c

    Ótima história, conta mais por favor

  • Responder Ane ID:830y8eowhi

    Que delicia , esta criando acho muito legal se quiser se falar tem email ?

    • mikaela ID:8eez5vj742

      Jane eu tenho e já fiz algo parecido, se quiser falar… [email protected] te aguardo

    • mikaela ID:8eez5vj742

      oi Ane eu quero!! [email protected]