# # # #

Primeiro contato com o incesto

1341 palavras | 5 |3.42
Por

Olá pessoal meu nome é Amanda, sou nova por aqui e vou contar a minha vida, do começo até agora, e o que eu presenciei mudou a minha vida para sempre.

Meu nome é Amanda tenho 37 anos, tenho 1,78 de altura, seios grande e uma bunda arrebitada, olhos castanhos, loira, tenho algumas tatuagens no braço direito, tenho três irmãos dois homens e uma mulher, sou a caçula, eu nem conhece meu pai pois ele morreu em um acidente de caminhão então minha figura de homem dentro de casa foi meu segundo irmão chamado David, a minha infância foi meio que difícil pois tivermos altos e baixos, mais a um lema dentro de casa que nós respeitava-mos muitos que era ” TUDO QUE ACONTECER EM CASA FICAR EM CASA”, e isso acontece na minha casa, então vamos no princípio.

COMO TUDO COMEÇOU NA MINHA VIDA.

Na época eu tinha 12 anos e me lembro até hoje, morávamos no interior de Minas gerais, estava chovendo forte nessa noite e eu tinha medo dos trovões, eu tinha o meu próprio quarto, até que um dia caiu um trovão bem forte e sair correndo para o quarto da minha mãe, eu abri a porta e vir a cena que mudaria a minha vida, vir meu irmão mais nova deitado na cama da minha mãe e minha mãe sentada na cara dele e a minha irmã Sandra pulando na rola dele, eu lembro que fiquei espantada e sem entender o que estava acontecendo e voltei para o meu quarto.

No outro dia eu estava indo para a escola com a Sandra e aquilo não saia da minha cabeça então eu perguntei.

Eu:- Sandra o que você e mamãe estava fazendo com o David?.

Sandra me olhou com uma feição de estranheza.

Sandra:- o que menina?.

Eu:- vir você e mamãe fazendo coisas com David ontem a noite, o que foi isso?

Sandra:- ah menina para de falar besteira vai e andar logo.

Sandra ficou estranha e depois dessas palavras me deu um tapa no pescoço.

Então eu esquece isso e não pensei mais nisso por um bom tempo.

PUTARIA ENTRE IRMÃOS ROLOU GOSTOSO.

Era um dia calmo eu estava assistindo o meu desenho, minha mãe sair da cozinha para sala aonde eu estava.

Mamãe:- Amanda vai chamar Sandra e Paulo para vir almoça.

Paulo é o nosso irmão mais velho.

Nesse dia os dois foram para o quintal pega umas frutas, lembro que fiquei com raiva e a minha mãe gritou comigo, com medo fui atrás deles, andei por aquela mata e não vir eles, até que ouvir uns gemidos, então reconhece que era a Sandra e mais uma vez vir o incesto, Sandra estava de 4 e Paulo mentia a rola na buceta dela, fiquei vendo e então gritei.

Eu:- vou contar pra minha mãe.

Os dois levaram um susto tão grande que a Sandra escorregou kkk.

Corre mais rápido que puder e ao chega em casa já fui logo gritando.

Eu:- mamãe mamãe mamãe.

Mãe:- o que é menina.

Eu:- Paulo e Sandra estão fazendo coisas feias.

Mãe:- o que?

Eu:- estão fazendo aquilo que a senhora fez com o David.

Minha mãe ficou vermelha e entendeu o que eu estava falando, nesse momento Paulo e Sandra chegam bravos e minha mãe puxou eles para o canto e ficaram conversando, minha mãe começou a me explica que na nossa casa é normal e que não é bom falar para ninguém, não tinha entendido pois eu era muito nova e minha mãe me fez jura que não contaria a ninguém e assim o fiz, não contei a ninguém pois não queria que a minha família morresse ( coisa de criança kkk).

MINHA PRIMEIRA VEZ FOI MARAVILHOSO.

Bom deixei a cereja do bolo para a final, eu tinha que contar toda essa estória pois queria que vocês visse que esse seria o meu destino e de como tudo começou e ainda está acontecendo, eu tinha 14 anos estava com os hormônios a mil e depois de ver tantos incestos eu tinha que entra na dança, minha mãe antes disso conversou comigo me preparando para este dia, era domingo eu estava no meu quarto deitada, estava usando um short jeans curto, folheando o meu caderno de estudo, quando de repente sentir duas mãos nas minhas coxas, virei para ver quem era e vir que era David e Paulo.

Eu:- para com isso, vou chamar a mamãe.

Paulo:- pode falar, foi ela que mandou.

Nesse momento David veio em minha direção e eu gritei.

Eu:- mãe mãe.

Nisso David beija a minha boca, segurando meu cabelo não tive forças para tira ele de cima de mim pois aquilo estava deixando louca de tesão, nunca imaginei que aquele beijo me deixaria entre ao meu irmão, Paulo estava mexendo na minha buceta, sentir seu dedo brincando com meu grelo, então comecei a gemer, revirei meus olhos e David não parava de me beijar, sua mão tocava nos meus peitos, eu estava adorando o toque dos meus irmãos era uma sensação que eu nunca tinha sentindo em toda minha vida, Paulo começou a desabotoar o meu short tirando junto com minha calcinha e então sentir algo maravilhoso que até hoje nunca irei esquecer, Paulo começou a lamber a minha buceta.

Eu:- aahh aahh irmão, você me deixa louca.

David começou a lamber os meus peitos e de vez em quando mordia meus mamilos, a língua do Paulo estava na minha buceta e até no meu cu ( eu adoro ser lambida no cu, fico maluca de tesão), então David para, abaixa sua cueca e mostra aquela rola gostosa, sem demora coloquei na minha boca e comecei a chupa gostoso

David:- isso irmãzinha, chupa minha rola, vai.

Eu chupava aquela rola gostosa com tudo, fazendo David gemer de tanto tesão, Paulo tirou sua rola pra fora, cuspiu na minha buceta e no seu pau e foi quando eu sentir Aqua dor gostosa.

Eu:- aaiiii.

Paulo:- sei que vai doer mais você vai adora gostosa.

Com delicadeza Paulo começou a socar dentro da minha buceta, comecei a gemer e revira os olhos, mais fiquei firme, David colocou mais uma vez sua rola dentro da minha boca fazendo- me uma deliciosa garganta profunda.

Paulo começou a aumenta o ritmo fazendo-me gemer ainda mais, foi uma coisa louca.

David:- agora minha vez cara.

David me colocou de 4, cuspiu na sua rola e sentir ele rasgando a minha buceta, olhei pra baixo e vir sangue, me assustei mais minha mãe veio me socorrer e deixou seus filhos tira a minha virgindade, sentir o dedo no meu cu e também a língua e vir que era Paulo se divertindo com ele.

Eu:- aahh aahh que delícia David, soca.

David enfiou gostoso na minha buceta e então sentir um líquido quente nas minhas costas, então minha mãe safada foi e lambeu todo o gozo das minhas costas.

Depois foi as vez do Paulo, ele deitou na cama e eu sentei gostoso na rola dele e comecei a calvaga como uma puta, minha mãe começou a lamber o pau do David e eu não parei o ritmo, até que Paulo anunciou seu gozo.

Mãe:- goza na boca da sua irmã.

Paulo me fez deita e sentir todo aquele gozo na minha boca, na hora sentir nojo e minha mãe começou a ri.

Teve um tempo que eu perguntei a minha mãe como tudo isso começou ela sempre se esquivava das perguntas e dessa vez ela me contou tudo.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,42 de 24 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Casado19cm ID:gqb65nn8m

    Olá Amanda , eu adorei sua história e me fez lembrar da infância que tive , se quiser conversar me chama no telegram…
    @palestrino43 adoraria conhecer vc e trocar experiências… Aguardo contato..

  • Responder Mel ID:1daicwpzrc

    Horrível

  • Responder Was was ID:81rryw9m9j

    Continua

  • Responder Eric ID:1dak1nwqrk

    Q história picante eu gozei umas 5 vezes ❤❤

    • Lua ID:81rcs57d9k

      precoce procura um medico amigo kkkk