# # # #

O tratamento de Layla

862 palavras | 13 |4.26
Por

Um pai inocente descobre que sua filha tem uma “grave e rara doença” e precisará enfrentar um longo e estranho tratamento oferecido pelo Dr. Emanuel.

Eu me chamo Kaio, 37 anos, branco, 1m67, magro e bastante ingênuo (pelo menos é o que os outros dizem). Eu tenho mesmo certa dificuldade em entender as pessoas e os acontecimentos a minha volta, mas eu sempre levei minha vida de forma leve e nunca tive grandes problemas, até esse ano…

Eu tenho uma filha, fruto de uma aventura, o nome dela é Layla (em homenagem a sua vó materna – uma mulher íntegra e que me ajudou muito nos primeiros anos da minha filha – infelizmente morreu faz 1 ano, vítima de uma parada cardíaca e sua filha, após o 2º ano de vida de Layla sumiu no mundo. Ela nunca foi uma mãe presente, após uma gravidezes difícil ela deixou a menina comigo e nunca mais deu notícias).

Hoje com 7 anos Layla é uma menina muito bonita, aparenta ter muito menos idade, muito tímida e carinhosa. Tem olhos claros (herança da mãe), cabelos curtos, liso e loiro, magra com o pai…

Eu moro sozinho com minha filha, numa casa alugada, bem afastada do centro da cidade, com um grande quintal onde Layla adora brincar com Bianca, filha do meu vizinho Marcus, médico militar.

Mês passado levei Layla para fazer exames de rotina com o pediatra Dr. Emanuel, um senhor grisalho de +/- 55 anos, 1m90, forte, branco e muito bonito. Ele provavelmente fazia academia e arrancava suspiros da mulherada. O médico que comumente atendia Layla se mudou para estudar em outro país e Dr. Emanuel foi muito bem indicado por ele. Realmente ele se mostrou bastante atencioso comigo e com minha filha, ele tinha muito carisma e Layla se divertia muito com suas piadas. Ele examinou Layla, pediu alguns exames e marcou o retorno pro mês seguinte.

Corri atrás de realizar os exames e no mês atual lá estávamos novamente no seu consultório, onde o Doutor me deu uma assustadora notícia:

Dr.: Kaio, eu vou ter que pedir uma nova bateria de exames para ter certeza da minha suspeita.

Kaio: Dr. Por favor, você está me assustando. É grave? Do que o Sr. suspeita?

Dr.: Kaio, não se apavore, pode não ser nada, mas por garantia eu vou pedir novos exames, mais detalhados para ter certeza.

Procurei realizar os exames com urgência e duas semanas seguintes voltamos a clínica do Dr. Emanuel e ele confirmou sua suspeita. Layla estava com uma rara doença chamada “PedoSurt”, ele me entregou uma folha me explicando um pouco sobre aquela doença, que segundo ele ainda estava em estágios iniciais e não apresentava ainda grandes riscos, mas que deveria ser tratada o quanto antes, e haviam grandes chances de cura.

Ele não me explicou muito bem como seria o tratamento mas me disse que Layla seria acompanhada por um grupo de médicos estudiosos dessa doença, mas minha filha não seria exposta publicamente de forma alguma, eles acompanhariam todo o tratamento e fariam registros para compreender melhor essa doença rara, que até então não se haviam tantas informações sobre.

Eu estava aflito com tudo aquilo, fui pra casa desolado e bastante preocupado com a saúde de Layla. Ela não sentia nada de anormal, mas agradeci a Deus por ter descoberto essa doença logo no início e por ter uma equipe tão comprometida com a cura de Layla.

O tratamento é bastante caro, mas dinheiro não era problema, sou herdeiro de uma família muito rica e nunca faltou nada pra mim nem pra minha filhota.

[NARRAÇÃO DO DR. DANIEL]

Quando olhei Layla pela primeira vez meu pau endureceu na mesma hora, o idiota do pai dela nem reparou, mas enquanto tirava suas medidas e peso no meu consultório eu passei discretamente a mão no seu peitinho e bunda e estava fascinado com sua beleza e ingenuidade. Pedi pra tirar algumas fotos, alegando ser para anexar a sua ficha, mas desde a primeira consulta eu já arquiteta a um jeito de abusar daquela garotinha.

Mandei a foto dela no grupo regional dos Médicos Pedófilos e arquitetamos juntos um plano para descabaçar a pequena Layla:

[NO GRUPO DO TELE]

Dr. Emanuel: Eae galera, olha que putinha mais gostosa entrou no meu consultório agora a pouco…

A galera pirou com a foto enviada e todos concordaram que ela merecia levar muita rola como forma de tratamento da falsa doença. Muito leite de pica eles receitaram… O último a comentar sobre a menina no grupo foi o Dr. Marcus.

Dr. Marcus: Caralho! Ela é minha vizinha!! Amiga da minha filha. Eu sou louco nessa vadiazinha desde que me mudei pra cá. Por favor, eu quero fazer parte desse grupo de pesquisa.

Dr. Emanuel: mas é claro meu querido amigo. Você e seus 22cm terão um papel fundamental no nosso plano, digo tratamento… Kkkkk

Continua…

Ps: me desculpem qualquer erro, é meu primeiro conto e eu quero sugestões nos comentários, assim como avaliações… vamos construir uma série excitante para alimentar a imaginação pervertida dos senhores.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,26 de 35 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

13 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Perv20 ID:2ql4amkkh

    Continua

  • Responder PEdro PAulo ID:40vok3e8b0i

    cadê a continuação?

  • Responder Juni ID:g3iue0a8k

    Continua parabéns pela criatividade só não pode ficar confundindo os nomes muito bom o conto

  • Responder Carlos ID:830zlmjm99

    Delicia de conto. Continua esta perfeito. Quero ver os medicos tratarem dela da forma certa cm por cm. Contato. [email protected]

  • Responder Magnum ID:ghfyqxu44

    Esse conto tem potencial. Como os amigos disseram, foque apenas num ponto de vista.

  • Responder Lili ID:81rqa5rk0d

    Mano foca numa visão só ,tipo conta como se fosse o médico ,dpois faz um separado como o pai e outro como ela

  • Responder herege ID:4adfu7wpxij

    Que bosta

  • Responder Ocram ID:xlo1mkeq

    Continua sim

  • Responder Kabel Bastos ID:on9667lqrc

    Seu conto é muito bom mas você troca os nomes dos médicos. 1 Se o médico que atendia a filha chamava se Dr Emanuel como que agora é Dr Kaio ?

    • hanzo ID:1v7eqw42

      kaio e o nome do pai

  • Responder Juares ID:8ef5lyfxia

    Conto maravilhoso pela continuacao, quero ver onde os 22cm do Dr.Marcos vai entrar.

  • Responder engenheiro ID:7xbwhotghm

    vamos ve continue

  • Responder Alex 1 ID:on90ornzri

    Até foi bem