# #

O dia que fui humilhada

966 palavras | 4 |3.68
Por

(Me chamo Beatriz tenho, 18 anos) Certo dia me convidaram pra ir em uma festa na cidade, eu moro no interior essa festa ficava ah uns 12km longe da onde eu morava, fui eu e mais 2 amiga, Ana e carol ( não era tão próximas minha) não sei por que elas me convidaram. Então nós fomos né, chegando la elas começaram a bebe muito, só uma de nós 3 sabia dirigir carro, que era a Ana, então não demorou muito Ana já estava bêbada, eu fiquei brava perguntando quem iria levar nós embora, então Carol mandou eu relaxar, então eu fui pegar uma bebida e começei a tomar de boa né, sair lá pra fora da festa para ir bater foto, quando percebi que meu celular estava quase descarregando, demorei uns 30 minutos lá fora, quando eu fui entrar Ana e carol tinha indo embora cada uma com um ficante, Ana com um cara,e Carol com outro nesse momento começei a chorar de raiva, peguei meu celular vir que estava em 8% de Bateria, aí que me desesperei mais ainda, e não tinha nenhum conhecido no lugar que raiva daquelas meninas, eu morava ah 12 km dali

Então se passou alguns minutos algumas pessoas começaram a ir embora, não tinha quase ninguém ali, e eu desesperada aí chegou um carro perto de mim, e perguntou se eu tava sozinha, aí eu me lembrei que aquele cara era namorado de uma amiga da minha prima, então eu respondi que sim, ele falou que me levava, eu fiquei meio assim, “será que vou, mds” aí ele mandou eu entrar no carro, eu entrei aí no banco de trás tinha mais outro cara aí eu fiquei morrendo de medo pois bem dizer eu não conhecia nenhum dois dois né

Aí andamos uns 4 km, chegando em uma área isolada perto de um matagal ele mudou de direção, aí fiquei com medo ele entrou em um um caminho de estrada de terra, perguntei pra onde ele tava indo eles começaram a acho graça agente andou uns 3 km longe da pista, aí ele parou o carro e mandou eu desce, eu sair do carro ele falou “pensou que a carona ia se de garça sua vagabunda” eu fiquei com medo começei a chorar, falando o que vcs querem pfv, ele falou vai pagar a carona agora sua vadia, eu tu dar pra nós agora eu nós te deixar aqui msm, no meio do nada, eu falei que não, pra eles não fazer isso, eles não podiam me deixar ali no meio do nada, aí ele mandou eu tira a roupa eu falei que não, aí eles falou que iam me largar ali mesmo, pra mim ir andando eu falei que não pfv, que era muito longe, aí ele falou então tira a roupa sua vadia, chorando eu começei a tira a roupa tirei tudo, eles começaram a rir falando ” olha que puta do caralh# ” me dava muito raiva eles me xingando, aí ele mandou eu fala que “eu era uma puta, que eu era uma vagabunda msm, que eu queria dar muito ” aí eu fui falar quando, eu fui ver o outro cara tava filmando, eu me desesperei aí eles começaram a rir falando “agora nós tem provas de que você e uma vadia mesmo” eu falei não pfv, aí ele mandou eu me ajoelhar e eu me ajoelhei ele tirou o pau pra fora eu me assustei com o tamanho era muito grande, aí que me desesperei msm, o outro cara tava só achando graça,e dizendo que eu não passava de uma puta msm, aí ele falou bora chupa sua putinha, ele puxou meu cabelo e segurou minha cabeça e levou até seu pau, ele falou se morder tu vai ver sua vagabunda, eu chupando aí o outro tirou o pau pra fora na hora que eu olhei vir que o pau dele era muito grande tbm, mais também era muito grosso, aí os 2 me botaram pra chupar, me xingava de puta, vagabunda, vadia, até que eles me jogaram no chão me botou de 4 aí um deles começou a meter na minha bucetar e outro mandou eu continuar chupando, o pau dele tava me rasgando, eu tava chorando de dor, e tbm da humilhação que eu tô passando, o outro foi pra trás de mim e começou a meter em mim tbm, e outro foi no carro pegar alguma coisa que eu não vir, até que os 2 mandaram eu ficar de joelhos de novo falando que eles ia gozar na minha cara, eu odiava bebe poha tinha nojo de mais, aí eles começaram a gozar os 2 gozaram na minha cara, aí caiu no meu olho eu fechei os olhos aí quando eu tirei a poha do meu olho eu fui abrindo meu olho, eles tava batendo foto do meu rosto todo gozado, eu chorando com raiva, até que eles me deu um pano pra limpar meu rosto, fui procurar minha roupas ele rindo falando, pensa que vai a onde em sua vadia? Eu falei pega minha roupas eles falando que não ia dar minhas roupas, ele tinha trancado ela dentro do porta mala do carro, eu falei você falou que era só eu liberar pra vcs e nós ia embora

Ele falou ainda vai ter segundo° round eu falei não pfv
Eles falaram que só tava esperando mais 2 amigos chegarem
Eu fiquei com muita medo d chorando sem saber o que fazer pelada, no meio do nada

… Aguardem parte 2

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,68 de 28 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder O sincerão ID:fcyx5oxii

    Que bosta de conto mal escrito, faz um favor pra humanidade e não escreve outra parte não…

  • Responder lina ID:40vohk9kt0a

    eu tenho vontade de ser abusada por mais de um, meu insta lina_dneve

    • Betina ID:831hpceoib

      Eu quis…e fui, porém escolhi os meus abusadores.
      A idéia Inicial era uma certa pessoa, mas da forma como a situação se apresentou, juntei a fome com a vontade de comer. Nem nos meus sonhos mais promíscuos, imaginei perder a virgindade daquela forma. Fui usada, abusada, seviciada…e estuprada por três carinhas super gostosinhos. Sendo que, como eu disse, foi eu que escolhi meu “estuprador”, e os outros dois, vieram de brinde…rsrsrs…

    • Pauzudo 19cm 25 anos ID:ona04j4xic

      Você nem responde no insta Lina, como vai ser abusada se você não responde ninguém, nem da informações da sua rotina pra alguém se preparar pra te abusar e te usar como bem entende ?