#

Novinha fogosa

1547 palavras | 0 |3.86
Por

Um furacão de 14 anos chamado kele , insaciável, linda e safada

Irei compartilhar com vcs uma lembrança minha dos anos 90 , pra ser mais exato acho que era meio de 95 se não me engano .

Eu estava com 20 anos , tinha um porte atlético era praticante de judô , olhos verdes e sempre fui bem simpático .

Um amigo me chamou pra uma festa que estava acontecendo em um sítio , o primo dele também meu amigo que estava fazendo .
Muita bebida música e mulheres !
Quando chegamos já estava lotado , muita gente estacionamento cheio e a pegação já estava rolando !

Estacionei a pampa do meu pai e nós misturamos.
Algum tempo depois eu conversando com algumas meninas e alguns colegas , percebo uma menina que ficava me encarando , ela tinha uma 14 pra 15 anos , tava de sainha e uma blusinha que deixava a barriguinha de fora , sempre que ela me olhava ela sorria com a língua entre os dentes , acho que fazendo um charme pra mim .

Eu continuei a minha turma mas agora trocando olhares com aquela pequena que insistia a me provocar .
Um dos meninos que estavam com ela passou por mim e eu o segui e o perguntei sobre aquela pequena que estava com eles .

A o nome dela e kele , veio com uma amiga e o namorado aí pra não ficar segurando vela ela se enturmou com a gente .

Mas ela não e muito nova pra tá ak a essa hora ? Eu perguntei .

Cara eu já a vi em outras festas , e ela fica até tarde ! Mas pq o interesse ? Tá afim dela ?

Cara ela tá me provocando o tempo todo , e ela e muito nova .

Encerramos a conversa ali , e cada um seguiu seu rumo , até que eu não aguentei mais e comecei a flertar com ela , nós aproximamos eu a conheci e iniciamos uma papo até agradável, vi que ela tava com frio e disse pra ela espera que pegaria uma blusa no carro mas ela se ofereceu pra ir com migo .

Chegando na pampa que estava bem afastada do tumulto da festa eu a parei e disse :

Olha pequena vc tá me provocando a noite toda , e tá difícil pra mim me segurar ! E segurei ela pela cintura .
Seu sorriso e esse seu corpo tá me deixando louco .

Ela sorriu e disse :

Mas pq vc tá se segurando , vc chamo minha atenção desde que chegou , acho homem grande muito atraente !

Puxei ela pra perto de mim pra ela sentir como ela avia me deixado , e pra ela saber o tamanho da encrenca que ela ia encarar .

Nossa isso tudo e por minha causa ?

Aí eu não aguentei , e comecei a beija lá .

Esqueci sua idade , e ela baixinha eu quase a carregava pra beija lá . Passava a mão na sua bundinha e meu pau até latejando de tesão na quela pequena , levei ela até a pampa a sentei no capô perto da porta do motorista e voltamos a nós pegar .

Eu cometa beijar o pescoço dela baixei o ombro da sua blusa e cai de boca naqueles peitinhos deliciosos , ela gemia e segurava minha cabeça contra seus peitinhos eu já estava a ponto de rasga a roupa dela ali mesmo e saborear aquela bucetinha deliciosa .
Ela levou a mão na minha calça , e alisando meu pau me disse :

Deixa eu ver ele deixa !

Eu abri o zíper e tirei pra ela

Nossa !! Ela disse surpresa.

Oque vc nunca tinha visto um antes ?

Eu já vi tio mas não desse tamanho e dessa grossura !

Vc quem deixou ele assim , e agora temos que dar um jeito nele .

Ela desceu do capô se abaixou e começou a chupar meu pau ali mesmo , e eu só conseguia pensar.

Mano , que menina e essa e que boquete delicioso !

Ela segurava meu pau com as duas mãos e chupava e passava a língua na cabecinha , eu com medo que alguém passasse e a vici ali , abri a porta da pampa falei pra ela sentar no banco do motorista e fiquei ali em pé enquanto ela me chupava maravilhosamente , até que a sensação do gozo começou a vir , eu levei a mão na sua cabeça mas sem forçar pra ela entender que eu iria gozar , aí a pequena abriu bem a boca e começou a passar a língua na cabeça com ela dentro da sua boca , cara foi um loucura que menina e essa ! Eu gozei na boca dela e ela engoliu tudo sem nem mesmo fazer vômito , assim que acabou meu gozo ela levantou do banco virou de costas pra mim puxou meus braços a abraça-la e ficou esfregando a bundinha no meu pau que anda estava duro .

Eu fui no ouvidinho dela e disse :

Deixa eu te comer deixa ?

E muito grosso e grande vai me machucar !

Eu passando a mão na sua bucetinha que tava ensopada de tesão , disse :

Vc ainda e virgem ?

Não tio mas o menino com quem eu transei não tinha o pau desse tamanho não!

Eu vô de vagarinho, e só vc se inclinar aí .

Ela também tava querendo , e se inclinou .

Eu não resisti , tirei a calcinha dela apertei sua bundinha abrindo bem e deixando a sua bucetinha bem arreganhadinha e dei uma chupada na ppkinha delas que ela gemeu alto na hora , chupei ela , mordia de leve a coxinha dela , aí me levantei pincelei a cabeça na bucetinha dela e fui enfiando de vagar na quela bucetinha apertadinha , a cada bombadinha que eu dava ela gemia e dizia :

Devagar tio ! devagar !

Depois que a cabeça entrou , gente que delícia que apertadinha , eu ia bombando bem de vagar e sentindo cada milímetro meu entrar e sair da minha pequena , eu comecei a acelerar um pouco e ela gemendo e eu de olho pra ver se não vinha ninguém , aí eu escuto ela falar :

Vai tio faz suas bolas bater na minha bucetinha faz !

Aí foi d+ , eu já esqueci de festa de que alguém poderia vir no estacionamento e segurei ela pela bundinha arreganhando bem e comecei a bombar com força , o único som que eu ouvia era o dela fazendo :

Ummm ummmmm aí tio forte vai ! Ummmmm aí meu Deus que isso ummmmmm

E eu com mais força e o gemido só almentando e quando eu gozei eu enterrei a pica na bucetinha dela e fiquei com ela atolada lá até sair a última gota de porra que tinha em mim .

Ela se limpou eu também nós beijamos um pouco ali mesmo e voltamos pra festa .

Ela conversou com a amiga dela , e eu só observando de longe as riram a amiga colocou a mão na boca e depois me olhou , ela voltou pra perto de mim já como se fossemos namorados oque me deixou sem jeito pq ela só tinha 14 anos , mas aí percebi que ninguém tava nem aí pra quilo todo mundo só queria se divertir eu fiquei mais de boa .

Ficamos lá até umas 4 da manhã as pessoas já estavam indo embora aí eu a chamei pra ir em um lugar lá perto que eu conhecia , sem nem pensar ela aceitou e fomos .

Era uma lagoinha que tinha a poucos minutos de lá , entramos no carro e fomos .

Peguei um lençol velho que tinha na pampa forrei o chão e nós deitamos e a primeira coisa que ela me disse sorrindo foi :

Eu ainda estou sem calcinha , vc guardou ela né ?

Kkkkkk se não tiver no carro fico lá no chão no estacionamento , mas pera aí deixa eu ver isso ?

Levei a mão e aquela bucetinha lisinha, eu já aproveitei e fiquei por cima dela , comecei a beijala abri as perninhas dela e depois de mais umas pinceladas começamos a transar de novo , eu a beijando e bombando e os beijos dela vinham com gemidos baixinhos , os meus joelhos estavam doendo por causa de algumas pedrinhas eu passei a mão na cintura dela e sem deixar nosso encaixe perfeito acabar eu me virei com ela e a deixei sentada no meu colo .

Rebola pra mim do jeito que vc rebolou lá no sítio!

Ela apoiou a cabeça no meu ombro e começou a rebolar e na beira da lagoa tá mais frio ainda eu sentia seus mamilos durinhos passando em mim , eu me deitei e ela começou a cavalgar em cima de mim eu senti ela me molhando com seu gozo juvenil em quanto gemia , eu acabei gosando junto mas ela não parou e mesmo com meu pai meia bomba mas ainda enterrado nela , ela rebolou e gemer até não aguentar mais e se deitar no meu peito , eu senti meu pau amolecer dentro dela , eu puxei a blusa de frio e a cobri também puxei parte do lençol pra amenizar o frio e os pernilongos e nós cochila-mos ali daquele jeito , eu acordei com ela deitada no meu braço e abatendo uma pra mim bem de vagar e olhando o nascer do sol .

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,86 de 7 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos