# # #

minha prima que virou minha filha

841 palavras | 4 |4.14

sempre ajudei minha tia a cuidar da minha priminha, mas após uma serie de acontecimentos acabei ficando com a guarda dela

Sempre fui muito apegado a minha tia sempre ajudei ela em sua casa e a cuidar da minha priminha Milena, uma menina loira dos cabelos cacheados, olhos verdes, bem magrinha e pequena para a idade dela, como minha tia sempre trabalhava até tarde eu levava ela para a escola e buscava e ficávamos sozinhos até tarde e claro sempre aproveitei para ficarmos de umas brincadeiras.
Meu tio era um traste e após trair a minha tia ele foi embora e nunca nem quis saber da filha, após isso minha tia acabou entrando em depressão e quando minha prima estava com 7 anos e eu 19, minha tia acabou cometendo suicídio, na época eu já morava sozinho na casa que herdei de meu avo e após uma boa briga na justiça ganhei a guarda dela assim como uma pensão para poder cuidar dela

Quando ela estava para fazer 9 anos, eu coloquei nossas casas para alugar e comecei meu próprio negocio em outra cidade, agora que não tínhamos mais contato com o resto da família meu caminho estava livre, então logo após ela fazer 9 anos graças as nossas “brincadeiras” ela já era bem safadinha e acostumei ela a ficar pelada dentro de casa e a sempre me cumprimentar com um selinho, sempre era um deleite para os olhos aquele corpinho magrinho com seus peitinhos rosados e sua bucetinha lisinha, um dia quando chegamos em casa fomos direto tomar banho logo comecei a provocar ela e fazer cocegas, um pouco depois comecei da dar uns beijinhos pelo corpo dela, e a chupar seus peitinhos, ela estava gostando bastante então logo dei um beijo de língua bem envolvente nela e ela como sempre não demonstrou resistência e ficamos nos agarrando e beijando por um tempo, quando saímos do banheiro levei ela para a sala e a deitei no sofá pedi a ela que abrisse bem as pernas e comecei a chupar aquela bucetinha clarinha, logo vi por sua expressão que ela estava quase gosando, eu me debrucei sobre ela e falei em seu ouvido -Eu te amo muito minha linda, quero me casar com você, Você quer ser a minha namorada ? Ela disse que sim e que também me amava muito, então comecei a esfregar meu pau em sua bucetinha, até então nunca havia penetrado ela por que tinha medo ja que ela era muito pequena e meu pau era bem grande para ela, então posicionei a cabeça do meu bem na entrada e aos poucos fui encaixando logo que a cabeça entrou percebi o como sua bucetinha era pequena e apertada a coitadinha estava quase chorando de dor então fiquei parado um pouco a beijando e acariciando até que ela começasse a se acostumar e então comecei a enfiar mais, foi preciso fazer um pouco de força já que ela era muito pequena pro meu pau e parecia que ela continuava a sentir dor mas estava aguentando, quando mau cheguei na metade do meu pau senti que ja estava batendo em seu útero, a dor então deve ter ficado bem intensa já que ela começou a chorar, então ficamos assim até que ela se acalmasse após alguns minutos comecei a me mover, já estava praticamente perdendo o controle de tesão, não me conformava que só cabia metade do meu pau, mas estava gostoso, após uma meia hora hora mais ou menos gozei horrores dentro dela e tirei meu pau a coitadinha estava totalmente sem forças quando vi 0o estado frágil dela aquilo me excitou muito mas esperei ela descansar um pouco e então começamos a fuder de novo e de novo, ela já tinha se acostumado com o meu pau e ja não sentia mais dor então comecei a fuder com mais força eu queria enfiar o meu pau inteiro dentro dela e aos poucos fui conseguindo até que fiquei sem paciência e mete com muita força e não sei se é possível mas pude sentir como se meu pau tivesse penetrado em seu útero e saiu um pouco de sangue nesse momento Milena estava quase desmaiando fiquei um pouco preocupado mas continuei e céus nunca gozei tanto na minha vida e tive certa dificuldade para tira meu pênis de dentro dela, após isso começamos a fuder todos os dias feito animais, quando Milena tinha 15 anos ela engravidou de nossa filha Maria que puxou a mãe linda magrinha loira dos olhos verdes, isso nunca atrapalhou nossas secagens, inclusive sempre transamos com ela nos olhando e a masturbávamos também, quando ela fez 8 anos eu a penetrei e assim que ela fez 13 anos tivemos que nos mudar de cidade pois ela engravidou, hoje estou prestes a ser pai de minha terceira filha incestuosa e somos uma bela família feliz e muito sacana

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,14 de 29 votos)

# # #
Comente e avalie para incentivar o autor

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Policial militar ID:8ef6vikd9j

    Ah uma boa surra no seu rabo de cabra safado! Isso é pedófila e estupro seu imbecil.

  • Responder Casado muito safado ID:8eez7a6yhk

    Hummm q delicia de conto vc deve ser um super macho pra elas espero q tenho continuação E se alguém quiser manter contato ou falar sobre o tema pode me chamar no telegram
    @aLeotererj

  • Responder Dona Maricota ID:19p3wwt0j

    Credo, seu nojento!

    • Garoto rob. ID:830wykafia

      Meu vizinho é casdo com uma prima normal.