# # # #

Lição na prima (parte-4)

1538 palavras | 0 |4.14
Por

É um cinto fictício e contém estupro se não gosta e vai falar merda então saia.

Essa é a continuação de como fui castigar minha priminha e fiz dela minha putinha, da uma olhada nas outras partes

Eu escrevo pelo celular então desculpa se tiver alguns erros de português.

No conto anterior eu e meu amigo Alex arrombamos minha priminha e a irmãzinha dele.

Continuação:
Então fomos dormir, Lá para meia noite eu tirei o vibrador do rabinho da Alana e desamarrei ela porque de manhã eu ia brincar com ela.
Eu acordei mais cedo, acordei o Alex e peguei uma fita que estava no meu quarto.
-Vou colocar essa fita na boca da sua irmã mano

-Por que?

-Para ela não gritar e acordar minha prima, vou deixar ela dormir um pouco mais, aí depois a gente brinca com ela

-Beleza
Então a gente colocou a fita na boca da Larissa e foi ligar o vibrador, o rabinho dela tinha se fechado em volta dele.
-Ai, a putinha da sua irmã fechou o cu com o vibrador dentro dela kkkk

-Ela vai ter que aguentar agora
Liguei o vibrador no máximo e me afastei dela, o corpo dela deu um pulo e ela gritou com os olhos todos abertos, o grito foi abafado pois ela estava com a fita na boca.
Ela se mechia com as mãos e pernas amarradas e balançando a cabeça tentando sair dali, saímos do quarto e deixamos ela lá com o vibrador no rabo se contorcendo toda.
Ficamos uns 30 minutos arrumando tudo, até que acabamos e voltamos para o quarto, Larissa estava se mechendo e dando uns pulos na cama igual louca com o vibrador no cu e o corpo tremendo.
Fui até ela e desliguei o vibrador, quando fui tirar ele n estava saindo.
-Ai mano o rabo dessa putinha gostou do vibrador, não tá querendo soltar

Ele riu e falou
-Nunca pensei que eu tinha uma puta boa dessas e n sabia

Ela estava chorando, então puxei o vibrador bem devagar e ela começou a dar uns gemidos de dores conforme eu puxava o gemido durava mais tempo, só que chegou um momento que ele não quis sair eu girava ela e puxava mais não soltava.
Então voltei ele pra dentro e puxei todo para fora de uma vez, ela gritou com a voz toda abafada e ficou se mexendo por uns 2 a 3 minutos.
E o buraco do cuzinho dela ficou aberto, desamarrei as pernas, os braços dela e tirei a fita da boca dela mandei ela fazer silêncio e ir para o banheiro escovar os dentes e depois ir para cozinha comer alguma coisa, Ela foi com a mão na bunda e as pernas tremendo.
-Até me deu uma dó dela ontem, quando você socou a pica no rabo dela do nada

-Que nada mano tem que acostumar essas duas com pica mesmo, no futuro vão tá dando pros macho aí é bom ser o primeiro a ver se o produto é de qualidade

Fomos para a cozinha, Larissa estava lá sentada em cima de uma almofada toda nua olhando para a gente com os olhos cheio de lágrimas.
Comemos e fomos para a sala, ficamos lá por um tempo até que deu vontade de brincar um pouco, chamei o Alex e falei para ele ir no banheiro que a gente ia brincar um pouco lá com a irmã dele, então ele foi.
-Larissa tem uma coisa no banheiro

-Oque?

-Vai lá olhar
Ela toda inocente foi ver oque era e eu fui atrás, ela entrou no banheiro e viu o irmão dela sem roupa, sabendo oque víria ela tentou sair do banheiro mais eu apareci coloquei ela Lara dentro e tranquei a porta.
Tirei minha roupa e fui até ela, coloquei ela no box onde o Alex estava e coloquei ela de 4 mostrando novamente o rabinho dela.
Ela já estava chorando, Alex nem aí colocou o pau na boca dela e fez ela mamar, sem perder tempo joguei um pouco de água no meu pau e coloquei bem na entrada do cuzinho dela me posicionei e soquei tudo de uma vez, ela deu um berro e o Alex socou a rola na garganta dela para ela não gritar.
Começei a bombar devagar enquanto ela mamava o Alex e chorava dando uns gritos abafados.
-Ai, que cuzinho apertado e gostoso de fuder você tem em Larissa.

Então eu aumentei a velocidade, e ela dava uns gemidos de dor e eu fui bem mais rápido dando uns tapas na bunda dela.
Ficamos uns 20 minutos assim, até que eu escutei alguém na cozinha, Alana tinha acordado era hora de brincar com minha putinha.
Falei para o Alex uma coisa e fui quarto pegar o vibrador grande, o pequeno e umas cordas, Alana só me olhou com medo e voltou a comer peguei uma cadeira e levei pro banheiro.
A cadeira tinha um espaço onde o vibrador passava tranquilo, então sentamos a Larissa coloquei o vibrador de controle remoto na buceta dela e o grande no cuzinho arrombado dela, amarramos ela e o vibrador para ele não cair da cadeira e tampamos a boca dela com fita novamente, ligamos os 2 no máximo então colocamos a roupa e saímos do banheiro deixando ela se contorcendo e gritando com os vibradores.
Alana entrou e ouviu alguma coisa atrás do box e perguntou oque era.
-Nao tem nada aí, deve ser o vizinho fazendo alguma coisa

Ela escovou os dentes saiu e perguntou da Larissa, falamos que ela tinha saído pra brincar e daqui a pouco voltava.
Alana comeu e disse que ia brincar também, segurei ela pelo braço e disse
-Não sua putinha, a gente vai brincar com vc agora

Peguei ela no colo e levei ela pro quarto tranquei a porta coloquei ela de quatro no tapete, Alex já tirou a roupa e foi na frente dela e colocou ela pra mamar.
sem perder tempo tirei a minha também, meu pau ainda tava molhado então me posicionei e soquei ele inteiro na bucetinha dela, ela começou a virar o rosto e mecher os pés tentando sair dali, Alex deu um tapa na cara dela e eu dei outro na bunda dela.
-Fica quieta e mama

-Sua putinha, se prepara que você vai levar pica até não aguentar mais
Ele bombava o pau na boca dela, e eu bombava o meu na bucetinha quente e apertada dela e fui acelerando, tirei meu pau e soquei inteiro no rabinho dela sem ela esperar ela deu um grito que não tava nem conseguindo ficar de 4 com as mãos e pernas tremendo, e fui bombando bem rápido
-Ai que delícia, vou estourar esse cu todinho

Tirei meu pau fora, segurei ela no colo posicionei meu pau no cuzinho dela e soquei debuna vez, ela esticou as pernas gritando
-Aaii, tá doendo, para

Alex chegou na frente dela posicionou o pau na buceta dela e socou de uma vez, ela gritou tanto que a voz dela sumiu
Fui tirando e socando de uma vez, enquanto Alex bombava o pau na buceta dela.
Ela desmaiou, e agente continuou socando gostoso nela sem parar com força. Ficamos nessa por umas 2 horas, até que ela acordou a gente tava gozando bem nessa hora soquei meu pau fundo no rabinho dela e gozei, ela deu um gemido mechendo as pernas e o Alex gozou também, a bucetinha e o cuzinho dela estavam vazando porra pelos cantos e ela gritava.
-para, tá doendo , paraa, isso machuca

-Cala a boca sua putinha, aprende a gostar de pica

Gozamos mais uma vez, e continuamos socando nela durante um tempo ela já estava sem forças pra se mecher e nem aguentava gritar direito, continuamos ali por uma hora até que íamos gozar de novo, desci ela abri a boca dela e gozamos dentro.
-não engole

Ficou com a boca cheia de porra, levei ela pro banheiro e lá estava a Larissa, com a respiração ofegante e quase inconsciente com os vibradores ligados e o corpo dela tremendo.
Tirei a fita da boca dela e coloquei Alana no colo dela com a boca cheia de porra.
-Faz a mesma coisa daquela vez abre a boca e passa a língua na dela

Ela então fez isso, a porra saia da boca dela suando elas quando ela acabou tirei ela de cima da Larissa e deitei ela no chão, desamarrei a Larissa e coloquei ela de quatro fazendo ela chupar a buceta da Alana cheia de porra, já fui tirando o vibrador do cuzinho dela e meti meu pau até o fundo, ela deu um gemido de dor então começei a tirar e socar de uma vez e começei a bombar forte Alex já foi na minha priminha fazer ela mamar.
Ficamos ali por um bom tempo, até que gozamos e fomos para fora deixando elas tomarem banho.

Desculpa pelo cinto ser curto dessa vez, é que ficou um pouco tarde e estou com sono.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,14 de 7 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos