#

Homem de calcinha

845 palavras | 5 |4.00
Por

Conheci um cidadão, já meio idoso, mas muito sério e respeitado, por todos, excelente pai de família, um belo dia descobri que ele veste calcinha.

Essa história é bem interessante, tudo aconteceu no bairro em que moro a duas casas acima da minha, tenho um vizinho muito querido por todos e também muito respeitado, excelente pai de família, bom de prosa, super educado e atencioso, cidadão que não levanta nenhuma suspeita de caráter, bom amigo e companheiro para toda obra.
Em um sábado a tarde eu o chamei para me prestar um favorzinho, pois eu teria que subir no telhado de minha casa para fazer um reparo em uma telha quebrada e ele prontamente veio ao meu auxilio, pois esse é o seu oficio, subimos e fomos logo ao problema, trocamos a telha quebrada, mas ele ao se abaixar eu vi que ele estava vestido com uma calcinha fio dental e até parecia que estava fazendo questão que eu a visse, claro que vi, mas fiquei na minha e ele de repente me disse, não viu nada de estranho em mim, eu disfarçando disse não, claro que não, então ele abriu o zíper e me mostrou que estava vestido de calcinha, era uma calcinha vermelha e muito bonita, nisso me perguntou, você gostou, eu sim gostei, ficamos ali conversando, eu o agradeci por ter me auxiliado e nos despedimos, mas fiquei com aquela cena na cabeça e vou dizer uma coisa, pense na bunda do camarada, toda depilada, bem redondinha, cá entre nós, super apetitosa.
Passaram se algumas semanas e a esposa dele foi visitar a filha que acabara de ganhar neném, e ele ficou sozinho e numa quarta feira ia passar o jogo entre dois times famosos e ele passou em casa e me convidou para tomarmos uma cervejinha e assistir o jogo, pensei vou ou não vou, acabei indo.
Chegando lá ele me recebeu educadamente, me convidou a entrar e já foi me servindo uma geladinha, televisão ligada, de repente ele se sentou ao meu lado e passou a cariciar o meu pau, claro, gostei e fiquei bem a vontade, ele o tirou para fora e passou a chupa lo, que homem que sabe chupar um pau, fui as nuvens com as mamadas, chupou bastantes e virou aquela bunda sedenta por pau, só puxei a calcinha de lado e meti o pau naquele cu todo depilado, o homem além de ter uma bunda bonita, também tem um cu delicioso e ele gemia e rebolava gostoso, nisso o jogo começou e acabou e não ficamos sabendo do resultado, de tanto que estava boa aquela festinha, eu gozei como nunca, ele também se masturbou enquanto eu o comia e acabou gozando também, exaustos fomos tomar um belo e refrescante banho, lembro me que durante o banho nós nos beijamos ardentemente, eu me entreguei aos caprichos dele, vi também que ele tem um pau muito bonito, claro eu também o acariciei, apesar de nunca ter passado por uma experiência desse tipo, mas senti o desejo de dar, guardei comigo, me despedi e fui para casa.
E todos os dias quando ele passava por frente de casa eu estava no portão só para cumprimenta lo e isso foi várias vezes consecutivas e numa dessas passadas ele parou e me disse, minha mulher chega amanhã, que tal hoje, eu…legal tudo bem, estarei lá as 8 h, beleza, entrei caprichei no banho, depilei a região genital, me perfumei e fui.
Quando sai do meu portão, ele já estava enfrente de sua casa a minha espera, claro…os vizinhos não desconfiaram de nada, entrei, e já fui logo sendo servido com uma cervejinha bem gelada, ele já estava semi nu, só de calcinha, eu mirei meu olhar no pau dele e ele percebeu, deitamos ali no tapete da sala na posição norte e sul, e nos chupamos demoradamente, no inicio foi difícil para mim, abocanhar aquele pau grande e grosso, mas aos poucos fui relaxando e nos mamamos, ele me ofereceu o seu cuzinho, meti gostoso e antes que gozasse ele me perguntou se eu gostaria de experimentar, fiquei meio receoso, mas topei, uauuuuuuuuuu, quando passou aquela cabeça, dei um grito de dor, ele me acalmou, esperou um pouco e reiniciou, foi metendo bem devagarinho, até eu engolir tudo, uauuuuuuuuu, aquele vai e vem dentro do meu cuzinho estava uma maravilha, depois de alguns momentos me comendo, voltamos a nos chuparmos e nisso gozamos, ele me encheu a boca de porra e eu idem e novamente fomos ao banheiro, tomamos aquele delicioso banho, claro, aos beijos.
Gente…. depois disso descobri duas coisas, a primeira que meu vizinho é gay, e a segunda, é que descobri que também gosto da coisa, apesar de nunca ter chupado um pau e dado o meu cuzinho, adorei e muito e vou dizer mais…. repetimos isso em várias ocasiões, até no matinho já transamos.
Claro… tudo dentro do armário, ninguém nem desconfia e muito menos as esposas, uauuuuuuuuuu, estou amando tudo isso.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 16 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Moreno Sil de Minas ID:dlnr0kd99

    Nossa que delícia 😋 tbm quero um vizinho assim usando calcinha e precisando de pica.
    Meu pau ficou doido aqui de tesão

  • Responder Nelson ID:3c793cycoii

    Que delicia precisando de um vizinho assim coroa como eu e nem precisa usar calcinha, que venha logo nu mesmo. Ahahahahahah

    • Anônimo ID:5u0xt7wnhj

      Quero comer teu cuzinho Nelson

  • Responder @babinovinha telegram ID:41ihvhgeqrc

    Acho tesão os cara de calcinha enfiada

  • Responder Fábio P. ID:gsui188rd

    Também tenho vontade de experimentar.