# # # #

Descobertas Incestusosas

1375 palavras | 7 |4.84
Por

Um pai faz descobertas reveladoras sobre o filho. Agora precisa lidar com o medo e o tesão….

O que pensar quando se descobre que seu filho é gay ? E o mais assustador o que fazer quando você é o seu objeto de desejo.
Você! O pai.
Fiquei confuso, angustiado e com medo.
A primeira suspeita surgiu com o sumiço das minhas cuecas usadas no banheiro. No início eu não notei, mas depois de um tempo passei a sentir falta…
A segunda foi minhas camisinhas usadas. Por mais que minha mulher tomava anticoncepcional a gente se prevenia.
Não queríamos um segundo filho.
Um já estava bom. Eu tremia só de pensar em um segundo, os gastos…
A terceira foi o histórico de navegação do seu PC. Ele achou que eu não descobriria a senha do seu usuário: DADDY.
E quanto ele estava na escola eu entrei no seu PC.
Fiquei em choque quando vi seus sites pornôs: GayCest, Family Incesto com os vídeos:
* Pai comendo cuzinho do filho.
* Filho mamando o leite do saco do pai.
Me afastei do computador tremendo. Que porra é essa! O que estava acontecendo? Meu filho era gay ? Que vídeos eram aqueles? Pai transando com filho?
Fiquei noites sem dormir, eu nao conseguia olhar pro moleque depois daquilo. Passei a evita-lo.
Depois comecei a pesquisar.
INCESTO.
Ele estava em vídeos. Em contos. Na monarquia e na Bíblia…
Tentei apagar aquilo da minha mente, fingir que não tinha descoberto nada. Resolvi viver em negação e seguir em frente.
E foi assim por um tempo…
No futebol conheci o Richard, estilo de bandido, tatuado, macho fudedor.
Ele era muito safado.
O desgraçado era boa pinta, traía a mulher e era muito puto. Era intenso com seus 32 anos.
A gente foi se tornando amigos, ele me criticava dizendo que eu era muito certinho. Que tinha que aproveitar os prazeres da vida…
Um dia quando estamos sozinhos no vestiário ele me confidenciou:
– Mano tô comendo o filho da minha mulher.
– O que ? Tá maluco?
– A culpa não é minha cara, o moleque partiu pra cima de mim. Acordei com ele me mamando. Ele gosta de rola, o que eu posso fazer? – sussurrou.
– A mãe dele viajou esse final de semana. A gente passou esses dias só trepando. Velho, é o cu mais gostoso que já fodi na vida.
– Cara! Tá doido ? Você é o padastro dele. Não tô acreditando nisso! Você tem que parar.
– Parceiro, na real. O problema é que eu não sei se quero… se consigo… . O moleque é muito gostoso, mais que a mãe. Pensa numa pele branquinha, um cu apertadinho e rosado…
Para meu horror meu pau começou a ganhar vida.
Me concentrei.
– Cara, não me conta isso. … tá maluco. Isso é errado.
– Errado é eu perder um cu desses. Ele aguenta meu pau mais que e mãe e toma meu leite…
– Tô indo embora…
Saí do vestiário, mas o que ele havia me dito não saia da minha cabeça. E aos poucos fui deixando me consumir, fui me entregando a novos pensamentos e voltei a procurar o Richard querendo saber mais detalhes.
– Mano eu nao tô aguentando deixar minha rola longe daquele cu, o garoto é insaciável. Tô tendo que revezar. Depois que como a mãe do moleque tenho que ir no quarto dele. Ele exigi isso. Já me espera com cuzinho aberto . Meto o pau melado de buceta no cuzinho dele e gozo lá dentro. Pensa? Tô plantando minha semente no cu do meu enteado. Só de pensar já fico duro, cara.
Me contou enquanto jogávamos bola. Mal consegui disfarçar minha ereção.
Nossa conversas pelo whats ficaram mais intensas, ele me contava cada detalhe enchendo minha mente de fantasias.Eu estava mergulhando cada vez mais fundo, nas fantasias da minha mente…
– Amigão, tenho um presente pra você. – falou rindo malandro, quando nos encontramos para uma trilha. Íamos caminhar até o alto de um morro.
– O que é? – Perguntei ansioso.
O coração acelerando.
– Quando a gente chegar lá te mostro.
Demoramos uma hora para chegar ao top. Eu tava ansioso. Sentamos embaixo de uma árvore. Escostei no tronco e ele sentou ao meu lado. Encostando o ombro no meu.
– Olha isso – falou pegando o celular do bolso e dando play em um vídeo.
” Um moleque loirinho de quatro na cama. A bunda branquinha empinada, enquanto ele levava uma vara grande é grossa no cu.
– Vai Pai, mete com força. – ele pedia com os lábios rosados, enquanto gemia. Era lindo.
– O moleque gosta de me chamar se pai enquanto eu fodo ele. – Richard murmurou em meu ouvido. Arrepiado minha pele.
A cena me deixou sem fôlego.
Olhei para o Richard seu olhar era puto. Desviei pro seu short, em direção a sua rola.
O puto era dotado!
Voltei para o vídeo, hipnotizado em ver ele atrás do moleque enterrado aquela rola branca e grande. Suas coxas grossas e peludas.
AHAM HUMM AHAMMM AI – gemiam.
Richard segurou uma das nadegas do garoto.
Seu pau em movimento chegava a dobrar. Sua respiração era pesada.
– Ah Deus! Isso – o Richard gemia enquanto estocava mais fundo.
– Aí Pai, tá tão gostoso. Humm. Humm
O garoto gemia muitoo gostoso. Era uma putinha. Seu cu engolia a rola até as bolas.
– Isso! Ahhh Vai. – murmurou Richard segurando aquela cintura fina e metendo com força.
De repente ele deu um tapa na bunda deixando o moleque louco.
– Mano que vídeo é esse ! Que dlc.
O vídeo era curto 17 min. Mas maravilhoso.
Ele riu sacana:
– Gostoso, né. Ei se quiser bater uma vendo o vídeo fica de boa, somos parceiros.
Não pensei duas vezes tirei meu pau pra fora e comecei a punhetar. Richard também tirou o dele. Era um pouco maior que o meu. Punhetamos juntos gozei muito, foi a gozada mais intensa e gostosa da minha vida. Depois rindo cúmplices fomos explorar o lugar. Enquanto andávamos contei sobre o meu filho…
– Mano tem que ser você!
– O que ? Tá doido? Meu próprio filho.
– Tu tem comer ele cara. Ele tá afim. É o que ele quer se não for tu vai ser outro. Tu vai ter que plantar a sua semente primeiro.
– Cara, eu não consigo… não sei se posso…
– Lukao. Se não for você deixa eu cara. Seu filho é uma delicinha. Ele tá querendo muito uma rola, e é a tua. E se não for a tua o que tu acha da minha? Ele precisa ser iniciado, somos brother. Vamos fazer o seguinte eu vou tirar o cabaço dele e depois se tu quiser ele vai tá mais preparado pra receber a sua rola. O que acha? E aqui tu não vai precisar comer ele sozinho. A gente faz isso juntos, demorou? Sempre que tu quiser.
Engoli em seco.
– Mas será que ele vai aguentar a nossa rola?
– Por isso eu vou tirar o cabaço dele. Tira a rola aí pra fora vamos medir.
Ele abaixou o short e ficando do meu lado começou a medir.
– Taá vendo, depois que eu entrar vai ser mais fácil pra você.Mano pelo amor De Deus pela nossa amizade, vocé tem que deixar eu plantar minha semente no cu do seu filho. Tu tem que deixar eu comer ele. Ele deve tá louco por você. Não vai demorar e ele vai começar a investidas não tem jeito.
Meu pau ficou duro, pulsando no ar. Richard olhou pra ele, os olhos brilhando.
– Eu sei que tu quer. Tu sabe que é melhor ele começar trepando com seu Bro aqui do que um qualquer.
Tremendo com as cenas em minha mente e cego de desejo respondi.
– Tudo bem cara, tu pode comer meu filho… mas eu vou tá la abrindo a bunda dele para receber essa rola sua.
– É claro, mano.
Ele me deu um abraço apertando, nossas picas duras se encostaram e rimos safados.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,84 de 32 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Gus19 ID:7r03o5vzr9

    Isso precisa de uma continuação por favor

  • Responder tarado20cm ID:gqb5vjkv2

    se precisar de mais uma rola pro teu mlk to aqui

    • Novin14's ID:5pbarenmoib

      Eu quero rola

  • Responder [email protected] ID:gqawlfr43

    Delícia mano

  • Responder putinho cwb ID:7xbywvk98i

    delícia continua logo

  • Responder Macho,o John Deere ID:g3jjxse8l

    Né veado,e se você também descobrir que veadagem é curada com uma só coça cura-veado dada por mim,John Deere,Matador de Veados?Cuidado maricona sem-vergonha,estou em toda parte,veado bom é igual sovaco de cobra!

  • Responder Macho do john Deere ID:bf9e1q1hrd

    Continua logo