# # # # #

Cheirei a cueca do vovô

642 palavras | 3 |3.67
Por

Um menino de 13 anos cheira a cueca do vovô e se dá mau

Dês de sempre, eu homem, de 13 anos tinha o hábito de pegar as cuecas do meu vô enquanto ele estava no trabalho e ficar cheirando por horas e horas, uma cueca suja com suor e cheiro de saco, mais eu amava, quando eu fui dormir um dia na casa do meu avô eu fui lá na cozinha aonde ficava perto da lavanderia para pegar uma no cesto de roupa suja, mais minha vó não saia de lá falando sobre seu médico e eu só pensando em bater uma com a cueca do meu lindo vovô, até que ela saiu foi pro seu quarto e eu fui lá mexer nas roupas, peguei uma cueca e coloquei dentro da minha calça, nisso minha vó avisa que vai sair para o centro e eu dei uma desconversava e fui pro meu quarto esperando ela sair, e assim ela foi saio para o centro , eu fechei a porta e comecei o meu trabalho, primeiro fui olhar nas coisas dele pra ver se tinha algo a mais, e lá encontrei, uma pacote aberto de camisinha e um gel afrodisíaco, e eu peguei esse gel e espalhei sobre minha pica de 20 cm e esperei, e quando eu fui ver minha rola estava latejando de tão dura, e lá fui, ao banheiro “pra fazer cocô” no banheiro eu tirei a cueca da minha causa e sentei no vaso peguei a cueca virei para o lado que viva encostada com a rola e vi um pelo e para mim foi um momento de alegria, peguei aquele pentelho e coloquei na boca, e cheirei a cueca e vai punheta, e quando eu fui abrir o lixo para a minha surpresa a camisinha aberta estava jogada lá, com porra do meu avô, peguei aquilo e sem pensar duas vezes engoli, era doce não era estranho era algo quase certo, e lá eu continuei a bater punheta, agora com a camisinha em minha rola e a cueca em meu nariz, e eu ouvi a porta se destrancando e um som de passos, e para mim estava tudo bem devia ser minha vó, mais não era meu vô que logo abriu a porta do banheiro e me viu naquela condição de estremo prazer, e ele sorriu e falou ” você é um menino muito levado, está merecendo levar umas correções” e eu falei em tom fraco e suave “eu estou mesmo vovô, o que o senhor vai fazer comigo” ele pegou pela minha mão e me trouxe até o quarto, ele tirou a roupa e a cueca e começou a passar brutalmente na minha cara como se tivesse me penalizando, eu comecei a gemer de prazer e para exita-lo, ele me pegou pelo pescoço me levantou e me beijou um beijo com sabor de morango, e começou a me lamber e ele me mostrou a su pica e me perguntou “você acha que cabe?” Eu disse “é claro vovô” e ele me puxou para o banheiro dentro do box e começou a me mijar e eu não sabendo o que fazer aceitei sem temer sem perguntar e ele colocou a rola na minha boca fazendo eu engolir e engasgar com o mijo e eu tentando mamar ele e não conseguia pois ele tinha a rola muito grande e eu não sabia fazer garganta profunda, ele mesmo assim enfiou e coube e foi a melhor sensação com mundo, ele depois me colocou de 4 e chupou meu cu e colocou e colocou tirando e colocando eu gemia e gemia, ele nem ligava e cada vez mais com mais força e mais velocidade, e ele gozou no meu cu, ele depois falou no meu ouvido “você aprendeu a lição?” E saiu me deixando desnorteado e largado no box.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,67 de 15 votos)

Por # # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder contohorrivel. ID:2ql412bbh

    falso demais, 13 anos e 20cm de pica

    conto todo fetiche ao extremo, bebe resto de camisinha
    pelo, credo

  • Responder Sla ID:1daicwpzrc

    Calma aí 13 anos e 20cm de pica??

  • Responder luiz ID:dlns5khrd

    deve ser maravilhoso da para o vovo