#

Alan e Ton parte 2

1282 palavras | 2 |5.00

2 amigos , 1 com 45 e outro com 18, mais que amizade, um caso entre dois rapazes que se encaixaram…

Ton abriu a porta e foi até a parte de trás do carro, abriu a tampa traseira e deitou o encosto do banco traseiro e jogou os 2 colchonetes forrando aquele espaço, Alan ainda sentado no banco do passageiro mas virado p/ trás de joelhos olhando o que Ton estava fazendo, olhando nos olhos de Ton novamente, oferece mais um sorriso lindo e espontâneo de quem tá gostando e aprovando e Ton retribui sorrindo, fecha a tampa traseira, aproveita p/ urinar e, sem pressa e vai até a porta do passageiro, abre a porta e se aproxima de Alan e diz, “Quer ir ali atrás?”
Alan responde: “Vou adorar, tá parecendo que ficou muito confortável”
Ton: “Sim, tb acho que deve tá muito confortável”
Alan: “Posso fazer xixi tb?”
Ton: “Sim, pode sair.”
Ton se afasta e Alan vai até a parte de trás do carro e sobe o vestidinho e urina em pé mesmo.
Ao retornar Ton aproveita p/ fazer uma brincadeira. “Achei até que vc ia se agaichar p/ fazer xixi, rsrs.”
Alan para na porta antes de entrar, olha no rosto aproximando sua boca na boca de Ton e diz, “Sabe q me passou isso na cabeça? rsrs”
Ton com toda sua gentileza, abraça Alan e com as bocas coladinhas ele diz com carinho, ” Vc é tão lindo, vc está tão lindo, sua boca é a boca mais gostoza do mundo.”
Alan se arrepia por inteiro e entrega um beijo caliente e macio, saboroso sabe, daqueles que não dá vontade de parar mais, estava um tempo agradável, uma brisa leve e suave envolvia os dois amigos que se abraçavam e não desgrudavam daquele beijo que agente só dá em quem agente gosta de verdade.
Naquele momento Tom descobriu que tinha um romance p/ viver, diferente por ser com um rapaz mas, muito excitante, o beijo daquele menino era diferente, doce sabe?
Depois de uns 5 minutos, os dois encostados abraçados de frente se roçando e sentindo o tezão das rolas duras se encostando, mesmo que por cima da calcinha, vestido e calça e cueca, os dois já podiam sentir que o tezão que já estavam experimentando era diferente, um tezão forte que parece que tem até cheiro sabe, Alan tem bom gosto, seu perfume era suave como de uma flor, sua boca macia, sua língua suave, com as bocas coladas Tom susurrou, “vamo p/ dentro do carro meu lindo? seu cheiro me faz sentir bem.”
Alan olha no olho de Tom e diz, “Você é lindo Tom, e eu estou muito feliz em poder me entregar por inteiro p/ você nessa noite.” devagar se descolam do beijo e Alan vai se virando segurando na mão de Tom, se vira e com o bumbum encostado na rola dura de Tom ele puxa seu homem p o banco de trás do carro que já está deitado e com colchonete no jeito, Tom já sabia que aquela noite seria especial e foi bem preparado, até travesseiro e coberta ele levou,
Alan de 4 naquela cama improvisada entrando na parte de trás do carro e Tom atrás, já aproveita p levantar o vestidinho do menino e ver aquele bumbum lindo e com uma calcinha preta de renda, Tom precisava de ver, tava um pouco escuro mas viu, certinho, não resistiu, teve que sentir o cheiro daquela calcinha de perto, cheiro suave sabe, toda limpinha mas com cheiro de menina e de menino ao mesmo tempo, Tom não resiste e começa a beijar e lamber o bumbum lindo, redondo e lisinho daquele menino, nesse momento Tom arreda a calcinha de lado com um dedo e coloca a lingua no cuzinho de Alan, os 2 gemem de prazer, Tom sentindo o cú de Alan piscar em sua lingua e Alan sentindo 1 homem muito carinhoso lamber seu cuzinho pela primeira vez.
Naquela posição Tom explora o cuzinho de Alan por uns 15 minutos, sentindo o cheiro, o sabor e a textura de um cuzinho de menino, os dois estavam se conhecendo, se descobrindo, que delicia, que carinho bom.
em meio a gemidos Alan consegue dizer para Tom, “vem me beijar meu lindo”, Tom se desvencilia daquele cuzinho saboroso e vai lá na nuca de Alan beijar, morder e dizer que ele era o homem mais feliz daquela noite, Alan se sentindo muito feliz também vira o rosto e recebe o beijo na boca que pediu sentindo a rola dura de Tom, leva a mão p/ trás e já segura por dentro da calça, Tom desabotoa a calça e aassim Alan pode segurar com jeito e sentir o quanto a rola de Tom é gostoza de segurar, ele precisa ver essa rola, então se vira e quando vê a rola de Tom e com olhos nos olhos diz, “Tom, sua rola é muito linda, posso sentir o sabor do seu mel?” Tom dá um sorriso e diz, sente meu lindo, meu mel é todo seu, só que tem uma coisa, eu também vou querer sentir o sabor do teu melzinho, Alan dá um sinal com a cabeça de positivo e coloca os lábios pela primeira vez na cabeça daquela rola linda e quente de seu amigo, que noite, que tezão lindo dos dois
no primeiro toque d lingua ele já sente o sabor do melzinho de Tom, nesse momento Alan descobriu que esse homem era o que ele procurava a algum tempo em rapazes mais novos mais acabava de descobrir que mel saboroso assim era só com aquele coroa mesmo e assim chupou e acariciou a rola daquele homem por uma meia hora ou mais, Tom com o tezão muito forte com jeitinho foi virando aquele rapaz e com muito carinho ele pos o menino em posição de 69, ele também sabia que aquele rapaz seria seu e precisava sentir o sabor do mel daquele menino, ele não estava nem entendendo o pois nunca tinha feito aquilo com rapazes antes mas uma coisa ele tinha certeza, tezão assim ele nunca tinha sentido antes, se deixou levar e se entregou no 69 mais gostozo que ele teria feito até então, tinha feito com meninas, mas com Alan tava muito bom.
Tom nunca tinha chupado uma rola, descobriu que química boa rola de menino novo era gostozo demais, segurando a tanguinha de lado esperimentou lamber as bolas do menino, pois sentiu que ele também estava experimentando lamber as suas, q delicia, os dois sincronizados, colocando as bolas na boca um chupando e dando prazer p/ outro, Tom aproveita e coloca o indicador na portinha do cuzinho de Alan, aquele cu era lindo demais, Tom lambeu a ponta do dedo e bem molhadinho foi introduzindo sabe, bem devagar, rola do menino na boca e dedinho invadindo seu cuzinho,. Alan sentindo a brincadeira fez o mesmo com Tom q assustou de leve com a atitude do rapaz que ainda usava calcinha e vestidinho mas como naquela altura do campeonato o tezão era tanto que aquela troca de caricias iria acontecer, o dedo do rapaz foi invadindo devagar o cú daquele homem, carinhoso e viril, Tom relaxou e sentiu o dedo de seu garoto entrar dentro de seu cuzinho, apertadinho Tom passou mais saliva no dedo de Alan e em seu dedo também, e assim foi mais suave, um penetrar o dedo todo dentro do cuzinho um do outro, e as rolas bem duras dentro das bocas, aquele carinho era delicioso, como era bom fazer amor assim, os dois estavam felizes, continua… parte 3

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 3 votos)

#
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Nelson ID:3c793cycoii

    Delicioso. Tesão com muito carinho. Só não demora mais um ano para postar mais, por favor.

    • Desejos Secretos ID:g3iue0gm2

      ok amigo, deixa comigo, já estou terminando a parte 3, obrigado pelo feed back