# #

17y, Tara em calcinha é outros fetiches

321 palavras | 0 |4.70
Por

Tenho visio em calcinha o cheiro delas me deixa com tesão

Não vou enrolar é falar quem sou pois acho que todo mundo ta pouco se fudendo kk
Nesse dia estava na casa da minha vó.

Quando mais pequeno eu não sabia ainda como me masturbar aprendi a primeira vez roçando contra a cama da minha tia, eu fiquei pensando em uma garota que queria ver muito pelada na época e minha imaginação tomou conta de mim é acabei gozando na coberta da cama ,logo depois me levantei pra tomar café minha vó veio logo em seguida pra arrumar minha cama ela viu q tava molhado porém era pouco é não era tão pegajosa então ela não ligou tanto quando tinha acabado de completar os 14 anos eu sabia um pouco mais, quando eu ia tomar banho tirava minha roupa toda é colocava no sexto de roupa mais minha tia deixava em cima da pia eu ficava sentindo um cheiro bem forte vindo da calcinha dela até chegar a hora em que peguei a calcinha dela na mão e começar a cheirar fiquei agachado no chão do banheiro cheirando a calcinha enquanto meu pau ficava duro um cheiro tão gostoso só de ficar pensando que aquela calcinha tinha ficado o dia todo esfregando na quela buceta me deixava cheio de tesão minha tia percebeu que eu tbm olhava ela pela porta do banheiro tomando banho dava pra ver ela de pernas abertas na minha direção, mais não ela só ela que tinha por lá que me deixava de pau duro minhas primas da minha outra tia ao todo são 3, sempre que agente brincava eu via as calcinhas delas todas meladas de tanto roçar na bucetinha delas porém como ainda éramos crianças não sabíamos como fazer nada ainda mais as vezes ela ficavam de saia sem calcinha o que me deixava de pau duro enquanto brincava

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,70 de 10 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos