# # #

Minha madrasta e o fim das férias: Sendo fodido no banheiro da escola, fodendo em casa

1600 palavras | 3 |3.94
Por

Como comecei a transar com caras depois que meu pai me trocou pela minha madrasta, tudo começa na escola em 2021

Como disse nos contos anteriores , eu relatei como foi que de hétero fui a putinha submissa, sempre me submetendo a ordem de machos… Meu macho que me iniciou nunca mais o vi depois que terminei o namoro com a Talita.

Meu pai sempre me fodia, já que com a pandemia não podia se sair muito, no começo do ano passado ele começou a sair r conheceu minha madrasta uma senhora bonita pra sua idade, mas não ligava muito pra ela , mas sentia falta do meu pai me comendo.
Passou o mês todo de janeiro e eu na seca sem levar rola ou ate mesmo transar e chegou fevereiro , as aulas iriam ser os quinze primeiros dias presenciais, mal via a hora de voltar a ver meus amigos e aprontar como sempre, porém com a pandemia muitos mudaram inclusive eu.

Chegamos na escola aquela coisa estranha, apesar de sempre conversar com meus amigos e eles nao desconfiarem de nada estava tudo diferente… Alguns nerds puta que pariu ficaram gatos e alguns que eram gatos não eram tão gatos assim…

Na chegada da escola revi meus amigos começamos a conversar nisso chega o Breno ( FDP que me beijou na praça e ia ser meu namorado porém terminou comigo duas semanas depois) Trocamos olhar e não dissemos nada sobre o que aconteceu.

Eu fui trabalhar

Fomos pra aula os professores quase todos eram os mesmos só não o de Matemática que era um cara novinho parecia ser dotado e o de Física que era uma velha chata pra caralho.

Aulas cada vez mais chatas ate que pedi para ir no banheiro na terceira aula , quando cheguei no banheiro estava vazio, aproveitei pra tirar umas fotos novas, afinal estava pegando um corpo da hora por conta da academia quando entra um muleke meio gordinho fica me encarando e fingi demência, entrou em uma das cabines e começou a mijar de porta aberta. Entrei em outra cabine mijei e quando virei pra sair quase dei um selinho nele … ele estava na porta parado com a rola na mão olhando pra minha bunda.
_ E porra, sai muleke, sai da frente porra – Falei como um macho empurrando ele de lado pra sair do banheiro.
_ Passa donzela, e que bela raba você tem._ falou com cara de safado dando uma piscadinha . Caralho meu cu piscou e meu pau deu sinal de vida.
Ele era branquinho gordinho tinha peitinhos pequenos por conta de ser gordo uma rola grossa porém pequena.

Fui pra sala e fiquei pensando na cena daquele muleke com o pau na mão, o intervalo veio nada de bom aconteceu mas quando foi na penúltima aula, a professora pediu pra eu levar um livro pro professor na sala ao lado aproveitei e disse que ia no banheiro.
Pra minha surpresa quando cheguei escutei uns gemidinhos abafados eu pensei porra aquele gordo ta comendo alguém aqui.
fui direto pra cabine mijei, quando escutaram saíram do banheiro sem eu ver, nem liguei fui lavar minha mão quando um garoto do terceiro entrou no banheiro irritado pra caralho me pegou pelo meu pescoço e disse:
_ Vai ser em você mesmo que vou descontar minha raiva. _ Disse com um olhar furioso como se eu fosse culpado.
_ Pera ai carai, o que foi que eu te fiz nem te conheço, me solta se ta me machucando – Eu estava apavorado sem saber o que falar, eu já não estava entendendo mais nada.
Ele me soltou e me deu um tapao na cara e eu disse que se me bater vai dar rolo na direção e fui tentar passar por ele pra sair do banheiro, o mesmo que apanhei do professor. ( nunca mais venho nesse banheiro sempre apanho aqui).
Ele olhou pra mim e disse que era verdade, abaixou suas calças e eu quase ri. Um cara saradinho mais bonito que eu e com um pau de uns 16 cm no máximo nem era grosso.
_ Vem mamar sua piranha do caralho, ou quer que te estore na porrada aqui mesmo _ falou forçando meu pescoço pra mamar. Eu nem fiz nenhuma resistência , ele colocou a mão dentro da minha cueca e começou a dedar meu cu abaixou as calças e colocou a pica dele no meu cuzinho.
Começou o vai e vem de vagar depois socou forte, começou a bater na minha bunda e me xingava de putinha vadiazinha isso me excitou muito mas não durou três minutos não mais que isso gozou e saiu fora e eu sai depois e nem me limpei queria sentir o cheiro dele novamente.

Entrei na sala como se nada tivesse acontecido , e se não parava de pensar no gordo na foda então…
Quando sai da escola ele nem olhou na minha cara e saiu abraçado a uma gostosa do terceiro que eu já havia traçado antes da pandemia.

Fui embora pra minha casa e minha madrasta estava lá fazendo o almoço e meu pai me disse que daqui a pouco seus novos irmãos chegam da escola pra te conhecer…
Fui pro banheiro tomar um banho quando saio do banheiro sem camiseta só com um short e quando chego na mesa o mlk novato do terceiro esta sentado na mesa junto com a namorada dele e sua irma era uma garota que já transei também.
O muleke ficou branco que achei que ia ter um infarto, sua mãe quebrou o gelo e apresentou os dois:
_Felipe esse é o Ryan e sua na morada a Amanda, e minha filha a Mariani.
_ Ah Eu já dos conheço, estudam na escola.
_ É mano, ou precisava falar com você umas paradas ai se puder – Ryan falou levantando…
_ Relaxa vamos almoçar…- não queria falar sobre o ocorrido.

Quando terminamos de almoçar ele veio pedindo desculpas pelo que aconteceu e que não era pra eu contar pra mãe dele porque ela ia brigar, pois a mãe dele não gostava de gays etc….
Me vi completamente no lugar aonde eu queria , de chantagear esse macho pra conseguir ser fodido , não era grandes coisas o pau, mas já não ia passar vontade.
_ Eu não conto pra ela se você aceitar uma coisa. – perguntei com jeitinho inocente
_ O que mano? Lembra que eu tenho mina porra , sou hétero. Falou já meio desconfiado do que viria.
_ Não falo pra sua mãe, mas quero seu cuzinho pra mim, hoje.
_ Se ta louco, estou fora. – Virou as costas e foi ate aonde estava a namorada …
_ Esta tudo bem Lipe? _ perguntou minha madrasta.
_ Tá tudo bem sim mãe, eu posso dormir hoje aqui no Felipe? – Interrompeu Ryan antes que eu falasse qualquer coisa.
_Tudo bem pra você ? _ Disse a madrasta falando pra mim.
_ Tá ótimo – Respondi
_ Filha da puta _ Falou baixinho na sala e nem sua namorada ouviu

As horas se passaram e meu pai ia sair com a madrasta, ele me disse que ia levar ela pra fuder e me deu camisinha e me disse:
_ SEja uma boa garota, mas acho que ele também gosta de dar. – deu risada da situação.
_ Como você sabe que vamos transar? – Perguntei pro meu pai bem curioso.
_ Faz tempo que não te dou rola e te conheço bem minha putinha. Faz o que papai te ensinou, mas não deixa a mãe dele saber que pra ela o filho é hominho.
_ Tudo bem pai pode deixar.

Meus pais saíram era umas nove horas, ele já veio com a desculpa de que estava com sono e não sabia se ia aguentar e bla bla bla
_ Vem pro quarto então , mas duvido que vai dormir agora.
Ele levantou com a mão na frente do pau como se quisesse esconder algo, entrou no quarto e disse , seja rápido por favor eu nunca fiz isso e vai ser só essa vez.
Pedi para ela tirar a camiseta e o short e deixar de bunda pra cima na cama, quando ele tirou vi aquele abdômen trincado nem parecia que ele tinha tudo isso tirou o short e que bunda viu , maior do que a da namorada dele.

_ Tira você também, ou ta com vergonha do meu pau ser maior que o seu.
Tirei meu pau pra fora ele se assustou e disse:
_ Vai me arrombar..
_ Quem mandou me estuprar na escola, agora vem mamar.
Ele ajoelhou e sem jeito começou a chupar e foi dedando meu cuzinho.
Tirei a boca dele do meu pau mandei ele deitar na cama , abri suas pernas e olhei pra cara dele… lembrei quando fui fodido pela primeira vez , então fui com calma colocando devagarinho ele gemia de dor, e queria fugir, eu dizia que trato é trato.
Tirei meu pau gozado de dentro daquele cuzinho e disse, pronto cumpriu sua parte no trato.
Ele se levantou pra ir embora e eu disse:
_ Não vai dormir aqui?
_ Não, está doendo muito.
_ Dorme aqui e eu cuido de você…
_ Tá mais não conta pra ninguém ok?
_ Tudo bem.

Dormimos bem tarde porque depois disso rolou mais umas tres fodas , e um troca troca… o marrento dormiu feliz….

Agora estava adorando a minha nova madrasta… mau podia esperar os próximos dias com meu novo meio irmao kkk

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,94 de 17 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Anônimo ID:muj13lxia

    Continua, faz eles serem amantes, ta uma delícia 🤤

  • Responder Nelson ID:3c793cycoid

    Caraca que delícia. Um meio irmão assim é tudo de bom e com papai sabendo fica ainda melhor, quem sabe uma hora rola a tres. Ahahahahahah

  • Responder novinholuan ID:8kqtjnsqra

    perfeito! ansioso pela continuação