# # #

Arrombando um garotinho

1264 palavras | 22 |4.47
Por

Me chamo Rodrigo, moro no interior de São Paulo, pra ser mais específico, em Barretos. Tenho 26 anos, 1,86 de altura, sou branco e meu corpo é relativamente malhado e sou moreno, meu pau mede 17cm e é bem grosso. A história que vou contar aqui pra vocês aconteceu nesse último final de semana, então bora lá.

Eu e meus 4 amigos estávamos pensando em fazer uma viagem e decidimos ir pra praia curtir e relaxar um pouco, e assim fomos. Na sexta de manhã botamos o pé na estrada e fomos pra Praia Grande em Ubatuba. Chegamos da viagem e fomos para um apartamento que tínhamos alugamos durante a semana. Subimos para o apê e descansamos da viagem já que ela foi bastante longa e cansativa. Na sexta a noite a gente decidiu curtir a cidade e ir pra praia só no dia seguinte.

No sábado de manhã acordamos, arrumamos as coisas e descemos direto pra praia. Chegando lá, nós montamos nossa tenda fomos curti. 3 de meus amigos entraram no mar, mas eu decidir não entrar, preferi ficar em baixo da tenda bebendo uma cerveja e cuidando das nossas coisas acompanhado de um amigo meu. Eu estava lá, parado admirando o mar, quando eu olho pro lado e percebo o comportamento estranho desse cara ( ele estava acompanhando da família e uns 3 amigos e eles, também estavam acompanhados de suas famílias, mas na barraca só estava ele seu filho e seus colegas ). Ele pegava o menino, que parecia ser seu filho e ficava botando no colo dos caras, eles davam risada e o pai continua, o menino devia ter uns 7 anos e parecia estar gostando da da situação. Não fiquei olhando por muito tempo mas pude notar o volume da sunga dos caras, pareciam que nem estavam tentando esconder. E antes que eu notasse meu pau começou a ganhar vida dentro da sunga.

Já adianto pra vocês que desde era jovem eu sinto um puta tesão em criança, começou nos meus 14 anos quando peguei meu irmão mais novo comendo nosso primo e daí pra frente foi só vrau, não posso ver um moleque dando sopa que já meto o pau e admito, vendo aquela cena meu pau ficou durão e tava difícil de esconder. Tentei disfarçar o máximo prós caras não notar mas acho que acabarem percebendo, visto que alguns olhavam pra mim e balançava a cabeça.

Passou algumas horas e eu tava lá, curtindo a praia, entrei pro mar e fiquei zoando lá com meus amigos. Quando eu saí do mar, vou em direção a tenta e a família toda do cara estava lá, menos 2 de seus amigos, o que era normal, eu pensei. Quando do nada o pai do menino se levanta junto do amigo dele e saem com seu filho. O colega do pai olha pra trás e faz um sinal com a cabeça pra eu seguir eles. Eu como não sou bobo nem nada eu vou indo atrás deles, mas antes dou uma desculpa pro meu colega que tava comigo e continuo seguindo.

Os caras andaram pra cacete naquela praia, passamos por umas pedras e andamos mais um pouco, quando reparei a gente tava em outra praia e nela não tinha quase ninguém e ele foi rumo a umas pedras que tinham por lá. Chegando lá tava o resto dos caras e eles já chegaram me cumprimentando:
– Eai aí cara, Me chamo Gustavo, esse é o João, esse o Thiago e aquele ali é o Fábio, pai do garoto. Repararmos que tu tava curtindo nossa brincadeirinha com o Felipinho aqui, e pensamos em te chamar pra nossa festa.
Ele nem tinha terminado a frase e eu já tava excitado. E o pai do menino fala:
– Pô, olha lá, o cara já tá no clima hahah vamo em bora então.
O Fábio tira um um comprimido do bolso e da pro garoto e diz pra mim:
– Fica tranquilo cara, é só um relaxante muscular, o garoto vai ficar bem.

A gente esperou um pouco e quando o remédio fez efeito o garoto desmaiou de sono e foi ai que a parada ficou loca. O pai do moleque já tira o pau pra fora e manda direto no buraquinho do menino, da uma cusparada carregada e começa a meter. O cara mete a piroca e vai metendo com força, dava até pra ouvir o barulho do saco dele batendo na bunda do menino. Ele tava completamente doido metia sem pena mesmo, enquanto isso Gustavo segurava a cabeça do Felipe e punha seu pau na boca do moleque, ele foi metendo o pau devagarinho até encher a boca do menino e quando conseguiu, foi enfiando até o fundo da garganta dele, socando o pau lá no fundo. As vezes o menino dava uns espasmos por que ficava sem ar mas isso não impedia o Gustavo. E ficou nisso, Fábio metendo atrás e Gustavo macetando na frente, enquanto eu João e Thiago ficava na punheta, vendo aquela cena maravilhosa.

O pai do garoto solta um berro goza na bundinha dk moleque e só fico reparando no o estrago que o cara fez, o cu do Felipe tava vermelhinho e cheio de porra, o que me deixou pirado e cheio de tesão.

Me arrumo atrás do moleque e começo a enfiar meu pau. Vou metendo devagarinho, queria sentir cada sentimento daquele cuzinho deflorado e vou enfiando até o talo. Mesmo meu pau sendo grosso ele entrou facinho por causa da porra Fábio que tava lubrificando o caminho. Começo a meter e vou aumentando a velocidade e a força devagar. Cheguei num momento que já não aguentava mais de tesão e comecei a dar cada estocada violenta que o corpo do menino até saia de lugar. Fico num vai e vem com força e sem perceber o cu do moleque começa a sangrar e ele começou a acordar. Thiago entra no lugar do Gustavo e já vai logo enfiando a pika na boca do Felipe pra ele não falar nada. O menino gemia, mas gemia alto, só que os sons estavam sendo abafados pela piroca do Thiago e o garoto acabou desmaiando de novo. Continuei metendo até gozar, já não aguentava mais, joguei meu corpo em cima do garoto e botei meu leitinho bem lá no fundo.

Depois que gozei foi a vez foi João e em seguida o Thiago, a gente ficou se revezando no garoto até entardecer. Quando acabamos o garoto saiu carregado de lá e mal conseguia andar e falar do tanto que a gente aproveitou. No caminho de volta, em vez de ir pra minha tenda, pego um Uber e volto para apartamento tomar um banho, depois do banho me deito na cama e tiro um cochilo. Acordo de noite com meus amigos chegando da praia e me perguntam o que tinha acontecido. Só disse que tava passando mal e que preferi voltar pro quarto. E foi isso que aconteceu.

Voltei pra praia no domingo de manhã na esperança de esvaziar meu saco mais um pouco, mas eles não estavam lá. Eu e meus amigos curtirmos a praia mais um pouquinho e voltamos pra Barretos depois do almoço.

Se vocês quiserem bater um papo é só puxar no tele: @Rdgott

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,47 de 45 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

22 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Anonimo ID:on90osab0i

    Um apai desse merecia ta e na cadeia isso sim nojentos

  • Responder militar ID:gqb5vjkv3

    queria passar na hora só pra ver vc socando no mlk

  • Responder papaiperv ID:831c7wrhrc

    meu twitter perv_lollypoper

  • Responder Richer florzinha ID:81rg5np8ri

    Delicia

  • Responder Richer florzinha ID:81rg5np8ri

    Nossa eu lendo esse comentário lembro de quando meu tio e meu primo me chamaram para caça em uma mata que tinha perto de casa era bem densa a floresta e tenebrosa , mas fui chegando lá já tinha um grupo de homens um mais gostoso que o outro e estava esculachando um garoto quase da minha idade eu estava com 13 anos ,logo que me aproximei meu tio me deu um tapão na nuca cai de quatro no chão os caras me seguraram tiraram minha roupa me escoraram em um tronco caído que fazia eu ficar de quatro sem reação abriram minhas pernas veio um passou guspe em meu cú e empurrou com tudo dei um grito mas logo fui calado com um soco nas costelas e o dizer se gritar vamos te estuprar até vc morrer pensa num dia sofrido mas gostoso tinha uns seis caras fui estuprado pelos seis eles me faziam de tudo que é jeito engoli porra deles várias vezes passei um bom tempo lá chupando rola e tomando estocada no cú quando terminaram me deixaram nessa mata sozinho aí vem meu tio e me acha caído no chão e pergunta se estava tudo bem eu disse o que fizeram comigo e o safado foi baixou as calças e tirou. 25 cm de rola e enfiou em mim me estuprando também confesso foi o dia que me judiaram mas gostei muito várias rolas gozaram em mim chupei vários pirocos e bebi leitinho quente de machos variados uma delícia , hoje em dia eles meus estupradores sempre me levam emum sítio bem no meio do mato e me fazem de mulherzinha deles amo todos passo final de semana todo sendo usado toda hora um gruda em mim pra me comer tesão total agora são u grupo de 12 me pegando o cú fica ardido de tanta rola mas aguento como menininha rsrs

  • Responder luiz ID:dlns5khrd

    Porra um conto desse tem que ter continuação com 11 anos eu aguentava numa boa

    • Jeffinho ID:3nwpcn3020a

      Eu tbm, com 11a aguentava numa boa, e dava quase todos os dias. Fim de semana então, qdo ia pra natação, voltava com pra casa com o cusinho ardido e escorrendo porra. Teve um dia, que cheguei a dar pra três caras, mas não foram os três juntos. Um foi logo que cheguei, outro foi no vestiário da quadra, e o outro foi na casa dele, é que pegávamos o mesmo ônibus, ele me convidou pra ir na casa dele, e eu fui. E ele me comeu no quarto dele. Uma vez qdo saímos da natação, o Douglas me convidou pra ir na casa dele, e falou que o Zé Carlos ia tbm. Já tinha dado para os dois, mas nunca juntos. E naquele dia fiz DP pela primeira vez. O Douglas tinha 15a, e o Zé Carlos 14. Foi um tanto incômodo no início, mas depois que conseguiram sincronizar a coisa… foi bom demais. Qdo mudei daquela cidade, eu tinha 16a, e na cidade onde fui morar, passei oito meses sem dar pra ninguém, pois não conhecia a galera muito bem, e quis ter certeza de quem era quem. Mas só um era de confiança, e por quase três anos, só dei pra ele.

  • Responder Carlos ID:8d5ksplqr9

    Se houver um viadinho assim na região de Campinas é só chamar

    @Carlos_A_Souza

  • Responder Gaius ID:2ql49id9j

    Categoria kimerda nível zero. Estupro coletivo de um moleque, é pra doente mental e bandido.

  • Responder Luciano ID:dloxg16ij

    Adorei esse putinho 14 quero te pegar e gozar dentro de vc

    • lasmka ID:5h60l9s8

      soca em mim, tenho 14 aninhos também tô doidinho pra uma piroca

  • Responder edu_578 ID:2ql4cbdv0

    Chamem no Tele pra trocar uma ideia

    edu_578

  • Responder Edinhopv ID:2qln3doi9

    Um leke gostosinho tem de ser chupado e bem comido msm.
    @Edinhopv

  • Responder putinho ID:7xbywvk98j

    caramba que delícia de conto, escreva mais

  • Responder professor 28a ID:gqb5vjiv3

    porra sou doido pra socar minha rola 22cm num lekim desses na praia

    • putinho14 ID:3v6ose3i6ik

      soca em mim, tenho 14 anos e qro muito uma pika

  • Responder Sincerão ID:469cque96ia

    Muita imaginação. Que pai faria isso com o filho. Deixar um estranho comer sem camisinha. Vai falar mentira assim lá longe.

  • Responder Dotado Grosso ID:funxvfyqm

    Tesão de conto meu tele Maik29en

    • Nulgos ID:gsu0texib

      Muito bom

  • Responder Dotado Grosso ID:funxvfyqm

    Só chamar no tele @ Maik29en

    Tesão de conto 😈

  • Responder MaisUmaFicMalFeita ID:8kqtlwnqra

    Você é branco ou moreno, decide aí.

    • comedor de novin ID:40vozue2b0j

      ce eh burro em parceiro. branco = etinia. moreno = cor do cabelo.