# # #

Abusado Pelo Vizinho na Infancia

781 palavras | 4 |4.37
Por

Historia de como fui abusado por meu vizinho aos 11 anos

Aos 11 anos eu era bem bonitinho, magrinho, cabelo loiro. Ficava jogando bola sozinho no play do prédio, as vezes um vizinho, Andre jogava comigo. Ele tinha uns 50 anos, alto, bem magro, cavanhaque. Certo dia me ralei e ele disse pra irmos em sua casa para cuidar. Chegando lá ele disse pra mim ir limpar no banho, sem maldade fui, sem perceber que estaria peladinho com um homem. Entrei no banheiro, fechei a porta sem trancar, tirei a bermuda e fui pro banho. Do nada ele entra no banheiro, pelado, e vem tomar banho comigo. Fiquei sem graça mas tava na casa dele né. Ele começou a me ensaboar, passando a mão na minha bundinha, fazendo elogios tipo vc é uma gracinha, o tio te acha lindo. Qdo olhei a rola tava muito dura e ele roçava ela em mim enquanto dedava meu cuzinho. Eu num sabia o que fazer, tinha medo de reclamar e ele me agredir. Fui deixando rolar e sem perceber ele passou sabonete no meu cuzinho qdo enfiava o dedo. Me virou de costas pra ele e disse pra relaxar que não ia doer e começou a enfiar a rola no meu rabo. Bem devagar colocando só a cabeça, qdo enfiou a rola eu gritei, aquilo doeu. Pedi “para tio isso doi muito”. Mas já era tarde, ele passou mais sabonete, abriu mais minhas pernas e mandou empinar a bunda. Assim começou a me penetrar, bem devagar, eu sentia cada centimentro daquela piroca entrando em mim e apenas chorava. Ele me puxou pra fora do banheiro e me colocou de 4 no sofá, meteu a rola no meu cu mais forte, eu gemia de dor e tesão ao mesmo tempo, de repente senti algo dentro de mim, quente, ele tinha gozado no meu cu. Paramos e voltamos ao banho, ao sair sentamos no sofá, ele dizendo que era nosso segredo e se eu gostei. Nem precisei responder, já fui pegando na rola dele. Ela foi crescendo na minha mão e logo Andre foi puxando minha cabeça na direção dela “bota na boca, chupa igual picolé”. Me curvei e comecei a chupar aquela rola, ficava enfiando ela na boca enquanto ele dedava meu cuzinho. Minha boca ressecou e fui na cozinha beber água, ele tava tarado e ficou atrás de mim me agarrando. Ajoelhei e comecei a chupar de novo, dessa vez conseguia enfiar a rola toda na boca, ele mandava eu passar a lingua e sentia aquela piroca latejando. Meu joelho tava doendo no chão e querendo que ele me comesse de novo fui indo pra cama, me deitei com a bundinha pra cima e ficamos dando uns amassos, ate que ele se deitou e me virou, começou a chupar meu cuzinho enquanto eu mamava a rola dele, ficamos um bom tempo ali, tava uma delicia. Logo ele levantou, pegou um creme, passou no meu rabinho e se deitou por cima de mim, colocou um travesseiro na minha barriga deixando minha bunda bem pra cima e começou a me comer de novo, dessa vez com força, sentia a rola dele rasgando meu cuzinho e apenas suspirava, ele me virou de lado na cama sem tirar a rola de dentro e continuou enfiando, bem devagar agora, tipo descansando mas me comendo. Meu cuzinho secou o creme e certa hora passou a doer e qdo ele tirou a rola um pouco me levantei. Ele olhou pra mim com cara de susto ‘quer mais não?”. Peguei o creme, passei eu mesmo no cuzinho e me coloquei de 4 no sofá, na posição que tava mais gostoso. Falei ‘Vem cá tio, faz daquele jeito de novo’. Eler abriu um sorriso e logo enfiou a rola toda no meu cu, com força, dessa vez eu tava mais solto, relaxei bastante e a piroca entrava inteira e rapida, sentia as bolas dele bater na minha bunda. Ele cansava me puxava pra trás encaixando meu cu na piroca, eu passei a fazer isso, acho que ficamos ali uns 20 minutos, meu cuzinho já tava ardendo, renovei o creme e me deitei no sofá, abri as pernas e ele veio, levantou elas ate o pau dele ficar no meu cu e me comeu assim, se deitava sobre mim enauqnto me penetrava, socou no meu rabinho ate dar uma parada repentina, tirou a rola do meu cu rapido e gozou em cima de mim, um jato de porra que veio até meu rosto. Ainda chupei um pouco aquela rola babada mas precisava ir embora. Tomei banho e vazei. Nunca mais conseguimos de novo, uns 3 meses depois ele se mudou.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,37 de 35 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Serginho ID:831hpc0fii

    Eu tinha 11a tbm qdo meu vizinho começou abusar de mim, mas não de cara. Ele tinha um notebook e deixava eu jogar. Qdo via ele chegando do trabalho, já esperava no hall e subia com ele. Na época não tinha essas paradas de câmeras ainda. Ele ligava o notebook, me deixava jogando e ia tomar banho. Antes ele saía de short e camiseta, passou a sair de cueca, e logo era só de toalha enrolada no corpo. Ele me botava no colo, e me bolinava enquanto eu jogava. Punheta eu já batia, mas não tinha gala, era só “uma aguinha” que melava a rola. Ele me punhetava um pouco, depois me botava em pé, e chupava até eu “gozar”. Então um dia ele saiu peladão e me levou pro sofá. Abaixou meu short e a cueca, fez eu me deitar e me chupou. Não demorei pra gozar. Ele fez eu me sentar, e começou a passar a rola nos meus lábios. A rola era grande e grossa, e ele tinha um “sacão” enorme, pesado. Me fez pegar, e depois pediu pra eu chupar tbm. Eu não esperava era que ele ia gozar na minha boca, e engasguei com tanta porra. Dali em diante, o jogo era segundo plano, o negócio era mais putaria. A coisa esquentou tanto que eu já ia pro banho com ele, e depois da putaria ele secava meu cabelo pra não dar zica. Um dia ele me fez deitar de bunda pra cima, botou dois travesseiros por baixo, mandou eu abrir bem as pernas, beijou minha bunda, e meteu a língua no meu cusinho. A sensação foi tão boa que fiquei largado. Ele aproveitou, passou gel, pincelou a rola no meu anelzinho, e começou a forçar tentando me comer. Na primeira doeu muito, e até dei um gritinho. Ele ficou pincelando mais um pouco, e ia tentando né. Na terceira ou quarta tentativa, minhas preguinhas se foram. Doeu demais, eu literalmente mordia a fronha, e gemia de dor enquanto ele me penetrava. Senti os pentelhos dele roçar minha na minha bundinha. Ele disse que eu tinha um cusinho guloso demais, que a rola dele estava todinha dentro de mim, começou metendo devagar, e só parou depois de gozar. Assim foi minha primeira vez.

  • Responder luiz ID:dlns5khrd

    Eu acho que vc quem abusou do seu vizinho apesar da diferença de idade vc adorou a pica dele

  • Responder Hiago ID:8kqv5bbb0j

    O filho do meu vizinho tinha 17 anos quando começou me comer eu tinha 14 anos hj ele tem 23 anos e sempre quando ele quer gozar dentro do meu cu eu dou pra ele e também chupo e deixo ele gozar na minha boca tenho namorada mais sou a puta do meu vizinho ele me da do jeito q ele quer ser puta de um macho pra te meter pica o tempo todo é muito bom só dou pra ele sem camisinha pra sentir os jatos de leite na minha bundinha

    • Fabio002 ID:3vi1ien7b0b

      Deixa eu dar p ele tbm